BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo Costa Rica

10 coisas que acontecem em dezembro na Costa Rica

Dezembro na Costa Rica.

O mês de dezembro é cheio de muitas celebrações e eventos no mundo todo, não é mesmo? Hoje vou comentar sobre 10 coisas que acontecem aqui na Costa Rica neste mês tão festivo. Algumas delas são esperadas com grande ansiedade e outras nem tanto assim, porque estão mais no âmbito do “tem que ser feito”. Vamos lá?

TAMALES

Fonte: Arquivo Pessoal

O tamal é um prato típico natalino na Costa Rica, mas você pode encontrar ele o ano inteiro no AutoMercado, me parece que a associação Natal = tamal é direta por aqui. Quando eu vejo um tamal, eu lembro de pamonha, apesar de terem sabores bem diferentes. O tamal é feito de uma massa de milho com carne (frango ou porco), cenoura, pimentão, coentro e arroz, tudo isso envolto em uma folha de bananeira e cozido na água. A tradição conta que as famílias se reuniam (algumas ainda se reúnem) para preparar os tamales para as celebrações de Natal. Na empresa que eu trabalho, sempre tem o desayuno natalino e sempre tem tamal. Confira uma receita de tamal.

PAGAR O MARCHAMO

Fonte: Arquivo Pessoal

O marchamo é o nosso IPVA, ou seja, o imposto sobre veículos automotores, que deve ser pago entre novembro e dezembro. Sabendo a placa do carro, é possível consultar o valor que lhe cabe pagar pelo site do Marchamo.INS. Não pagar o marchamo dá multa, você pode ter as placas do seu veículo retiradas e, enquanto não regulariza suas dívidas, não pode tê-las de volta. O valor do marchamo é um percentual do valor fiscal do seu carro. Consulte aqui mais informações sobre o cálculo e aqui sobre como saber o valor fiscal do seu veículo. Ele pode ser pago em qualquer banco e o valor deve ser pago integralmente, mas tem muita oportunidade de crédito nessa época para ajudar a pagar o imposto.

IMPOSTO DE RENDA

Fonte: Pixabay

Os ajustes com o leão também acontecem em dezembro. Os trabalhadores registrados em uma empresa não precisam fazer nada, o ajuste é de responsabilidade da empresa. Já os autônomos, sim, precisam fazer seus ajustes. O teto para trabalhadores assalariados é de 15%, consulte mais informações sobre esse tema aqui.

AGUINALDO

Fonte: Pixabay

Quando escutei esse termo pela primeira vez, dei muita risada, o aguinaldo aqui é o nosso décimo terceiro, é a média dos salários brutos dos últimos 12 meses – para 2017 será de dezembro de 2016 a novembro de 2017. O salário bruto inclui horas extras, bonificações e comissões. Não há desconto de nenhuma carga social (CCSS) ou imposto de renda, ou seja, o valor pago é integral e costuma ser pago no começo do mês de dezembro. Consulte a calculadora do aguinaldo.

FESTIVAL DE LA LUZ

Fonte: Arquivo Pessoal

O Festival de la Luz, apesar do que sugere o nome, não é uma festa natalina. No nosso primeiro ano aqui o nome nos enganou e fomos assistir pensando que seria uma festa com tema natalino… #SQN. Na verdade, me lembra um Carnaval, tem carros alegóricos que em espanhol chamam-se carrozas. O festival começou em 1996 e é um desfile de carrozas e das melhores bandas da Costa Rica. Em 1999, incluíram no festival a figura de um Mariscal, um cidadão costarricense que trouxe orgulho ao país e é homenageado durante o desfile. Em 2016, foi o ciclista Andrey Amador. Os carros alegóricos e bandas que participam do desfile são avaliados, e uma lista dos ganhadores é divulgada ao final do evento. Confira como foi o festival no ano passado. Aqui tem um vídeo com a queima de fogos de artifício e aqui outro com todo o festival do ano passado.

LOS TOROS

Fonte: Pixabay

São touradas que acontecem em Zapote. Embora aconteçam também em outras regiões, a de Zapote é a mais famosa. É tipo um rodeio, mas a grande atração são os touros que chamam de corrida de toros a la tica. Nessa corrida, grupos de pessoas que ficam dentro da arena têm que fugir do touro que ficou preso por alguns minutos antes, o que, obviamente, faz com que ele se irrite e os “toureiros” o irritam ainda mais. Nem é preciso comentar que isso sempre acaba no hospital, alguns com ferimentos bem graves. Tem também a montaria, onde aquele que fica mais tempo montado no touro ganha. Esse evento é televisionado e o povo daqui gosta muito de assistir tanto pela TV como ao vivo. Existe uma briga boa entre os que defendem os touros e os que acham que está tudo certo.

VENTOS ALISIOS

Fonte: Pixabay

Na Costa Rica tem duas estações: com chuva e sem chuva. A temporada de chuva vai de abril a novembro e a temporada sem chuva vai de dezembro a março. Em dezembro muda o clima e começam os tais dos ventos alísios que se formam pelo deslocamento das massas de ar frio dos trópicos para as zonas equatoriais – como estamos no hemisfério norte, os ventos alísios daqui são de nordeste para sudoeste. Na prática, de dezembro a março, temos vento o dia inteiro (não para, é vento 24 horas por dia), o que faz com que tenhamos uma queda na temperatura. Os costarricenses chamam de verão o período sem chuva e de inverno o período com chuva. Para mim não faz muito sentido verão no hemisfério norte em dezembro, ainda mais porque é quando sinto um pouquinho mais de frio e uso casaco com mais frequência.

FIESTA DE TODOS LOS AMIGOS

Fonte: Pixabay

Foi assim como um amigo daqui se referiu às chamadas confraternizações de final de ano. Tal como no Brasil, vamos ter a confraternização dos amigos da universidade, da família, do trabalho, dos amigos mais próximos, dos amigos da igreja, da turma do futebol, etc. Também tem o amigo secreto. Meus colegas de trabalho me contaram que era mais comum somente nos finais de semana, mas somente finais de semana está ficando pouco para tanta confraternização.

EL TOPE NACIONAL

Fonte: Pixabay

Um tope é uma cavalgada e o nacional é a reunião de 5 mil cavaleiros montados em seus cavalos. Eles desfilam pela principal avenida do centro de San José. A ideia inicial era ser uma homenagem aos cavaleiros que levam o gado de um lado para o outro em uma fazenda, ou para regiões mais favoráveis ao cultivo desses animais. Os ginetes montavam em seus cavalos para “topar” o gado. No ano de 2013, cresceu uma preocupação por parte dos organizadores deste evento pois o número de gente embriagada montando cavalos cresceu muito, o que proporcionou muitos acidentes.

CARNAVAL

Fonte: Pixabay

Na Costa Rica também tem Carnaval e é em dezembro. Em 2016 ele voltou com força total, depois de 10 anos sem ter o tradicional evento que fazia parte dos festejos de final de ano do país. A justificativa foi que outros festivais o ofuscaram, e o sentido do Carnaval se perdeu. A festa é muito querida pelos costarricenses e a ideia é que os grupos usem fantasias e adereços como os que conhecemos no Carnaval brasileiro. O desfile acontece no centro de San José, mas não são 4 dias e sim apenas uma tarde.

Related posts

Dezembro sem Natal e Ano Novo no Camboja

Roberta Jorge

Por que conhecer a Costa Rica?

Franciane Reis

Sete lugares para visitar na Costa Rica

Franciane Reis

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação