BrasileirasPeloMundo.com
10 Motivos Alugar/Comprar Imóvel Pelo Mundo Austrália

10 dicas para alugar imóvel na Austrália

Dividir uma casa com desconhecidos, morar em hostel ou com uma família que não é a sua pode ser algo muito fácil para algumas pessoas e uma verdadeira tortura para outras. Eu faço parte desse segundo grupo, prezo por privacidade e adoro minha individualidade, por isso essas opções acima nunca foram uma opção pra mim. Alugar uma casa para chamar de sua é um tanto quanto burocrático porém vale muito a pena! Assim como a Aline já falou neste post, nada como poder cozinhar nosso feijão em paz, né?

Pensando nisso, enumerei 10 coisas que acho importante saber antes de começar a busca pelo lar doce lar.

A demanda é muito maior do que a oferta

No Brasil estamos acostumados a ter os corretores de imóveis correndo atrás de nós e ofertando milhares de opções de locação e compra de imóveis, porém aqui a história e completamente diferente. Além da oferta ser pequena, a concorrência é enorme, principalmente em cidades mais populares como Melbourne e Sydney.

Você não consegue alugar imóveis estando no Brasil

Sei que seria muito melhor já chegar aqui com tudo resolvido né? Porém, infelizmente isso não é possível. Alugar um imóvel na Austrália é burocrático, processo esse que necessita que você já esteja aqui para resolver. Por isso, será necessário conseguir uma moradia temporária como, casa compartilhada, hostel ou homestay.

Provavelmente você vai procurar bastante

Graças a tecnologia, o processo de busca é muito prático. Hoje, além de procurar através de websites você também pode usar aplicativos que vão facilitar e muito a sua busca. A parte complicada é encontrar imóveis em bairros bons e com preços que caibam no seu bolso. Existem opções mais em conta que são mais afastadas do centro, então é preciso pensar bem no que vale mais a pena.

Os contratos costumam ser longos

Os contratos de aluguel costumam ter a duração de 6 à 24 meses, sendo que, as imobiliárias dificilmente vão escolher alguém que queira ficar no imóvel por menos de um ano. Não é algo impossível, mas contratos de curta duração podem ser um problema.

Você irá em muitas inspeções

Depois de realizar a busca e encontrar o imóvel ideal, você deverá comparecer as chamadas inspections, uma visita agendada que não dura mais de 20 minutos, elas geralmente acontecem uma vez por semana e são organizadas pela própria imobiliária. Você terá acesso ao formulário de inscrição através do site da imobiliária ou até mesmo no anúncio do imóvel. Nas inpections você e a torcida do Corinthians vão até o imóvel escolhido, fazem uma pequena vistoria e conhecer melhor o local.

Durante as inspeções, seja a tia Cotinha

Sabe aquela tia Cotinha que chega na sua casa reparando em tudo, procurando defeito por toda parte? Pois é, você precisa se transformar nessa tia Cotinha quando for às inspeções, olhe tudo e repare mesmo. Tudo o que você encontrar de errado ou com problema precisa ser relatado à imobiliária, caso você fique com o imóvel. Como as inspeções são super rápidas, você precisa reparar em tudo e bem rapidinho!

Gostar de um imóvel não significa que ele será seu

Como citei lá em cima, a demanda é muito maior do que a oferta. Alugar um imóvel é praticamente uma competição! Você vai literalmente batalhar contra outras pessoas e que ganhe o melhor!
Logo após a inspeção, se você ainda estiver interessado no imóvel, você deverá preencher um formulário de aplicação e enviá-lo para a imobiliária (por email mesmo) com todos os documentos requeridos, se possível no mesmo dia da inspeção.
Cada imobiliária trabalha de um jeito, mas geralmente os documentos requeridos são:

  • Cópia do passaporte com o visto
  • Comprovante financeiro: É importante que se tenha um emprego que lhe forneça holerites, não ter essa comprovação pode ser um empecilho bem grande para conseguir alugar um imóvel. Se for possível, enviar comprovações financeiras de aplicações no Brasil também costumam ajudar.
  • Carta de referência
  • Histórico de aluguel ou comprovante de pagamento de sua residência atual

Você vai desembolsar uma grana para pagar o Bond

Bond é um depósito de segurança, como se fosse nosso cheque caução. Geralmente esse valor é de um à dois meses de aluguel.
Esse dinheiro ficará sob custódia da imobiliária ou senhorio por toda validade de seu contrato e poderá ser devolvido assim que o contrato vencer ou for reincidido. Se houver algum dano no imóvel durante sua estadia, esse dinheiro ou parte dele será utilizado para fazer os reparos necessários.

É possível simplificar o processo alugando direto com o proprietário

Alugar através de imobiliárias dá um trabalhão, é burocrático e normalmente bem impessoal. Em sites como o Gumtree, você encontra opções de imóveis anunciados diretamente pelo proprietário, o que torna o processo um pouco mais simples pois você não terá que fazer inspeções junto com a torcida do Corinthians e talvez não precise entregar milhares de documentos, além do fato de, conhecendo o dono do imóvel pessoalmente, fica mais fácil de conseguir convencê-lo de que você é legal o suficiente para alugar a casa dele.
Essa opção é ótima, porém é preciso tomar cuidados redobrados para não ser enganado. Portanto, ative o seu brazilix malandrex e se preserve o máximo possível para não cair em um golpe, sempre desconfie.

Sempre garimpe em lojas de segunda mão

Se sua casinha nova não for mobiliada, uma ótima opção são os brechós ou lojas de eletrodomésticos que vendem produtos de segunda mão, nessas lojas você encontra coisas novas por um preço super bom! Eu não tinha esse hábito no Brasil, mas aqui em Melbourne eu vivo dentro dessas lojas! E sério, encontro muita coisa boa e barata!
Caso você não queira coisas de segunda mão ou não encontre o que precisa, indico lojas como IKEA e KMART que são super legais e não costumam ser caras.

Tasla já deu dicas super legais de como montar sua casa gastando pouco, para ler mais sobre, clique aqui!

Então é isso, espero que esse post te ajude um pouquinho a realizar o sonho da casa Aussie! Até a próxima, cheers!

Related posts

Dez motivos para morar na Rússia

Paula Vieira

O transporte público em Melbourne

Juliana Letra

Dicas para alugar apartamento em Amsterdã

Giovanna Prata

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação