10 diferenças entre Alemanha e Portugal

4
1862
Advertisement

10 diferenças entre Alemanha e Portugal.

Eu acho fascinante como países tão próximos geograficamente podem ser, ao mesmo tempo, tão diferentes culturalmente. Isso é algo que noto em toda Europa. Portugal e Alemanha têm, por exemplo, suas capitais separadas por menos de 4 horas de voo. Mesmo assim, as diferenças entre esses países vão muito além do esperado, como a língua e a cultura. Claro que as diferenças entre esses países me chamam especialmente atenção, já que estudei e morei 2 anos em Lisboa antes de me mudar para Berlim. Aqui vão alguns exemplos:

1. Produtos brasileiros

Como não é difícil imaginar, em Portugal não é nada difícil encontrar os produtos brasileiros com os quais estamos acostumados. Sempre pude comprar, sem problemas, produtos como batata palha, guaraná e leite condensado em qualquer supermercado. Fora as tantas padarias que oferecem nossos amados salgados como coxinhas e pastéis. Já na Alemanha a situação é bem diferente. Em Berlim, uma cidade cosmopolita, é possível encontrar alguns poucos restaurantes e lojas que vendem produtos brasileiros e/ou latinos em geral. Já em outras cidades o desafio se agrava. No entanto, por ser mais raro e faltar concorrência, produtos e serviços brasileiros acabam sendo bem mais caros que em Portugal.

2. Caixa eletrônico

Sacar dinheiro (ou como eles dizem: “levantar dinheiro”) em Portugal é uma coisa maravilhosamente fácil. Por todo lado há caixas eletrônicos “Multibanco”. Ou seja, independente de qual seja o seu banco, sempre poderá retirar seu dinheiro sem problemas. Já na Alemanha, não é sempre assim. Muitos bancos só autorizam a retirada de dinheiro sem taxas nos caixas eletrônicos da própria filial. O único porém desse processo em terras portuguesas é que, por dia, o utilizador não pode sacar mais do que 400 euros – sendo que 200 por vez.

3. Português brasileiro

Em Portugal, é normal ouvir o nosso português brasileiro diariamente pelas ruas. Inclusive, várias vezes ao dia e mesmo em pontos não turísticos. Isso acontece com muito menos frequência na Alemanha. Mesmo em cidades grandes como Berlim ou Frankfurt. Na capital alemã, a época em que há mais chances de ouvir nosso sotaque pelas ruas é no final do ano, ao redor do réveillon.

Leia também: salários na Alemanha

4. Clima

Essa diferença é bem óbvia, mas vale ser mencionada. O inverno na Alemanha é bem rigoroso, bastante longo, extremamente escuro e não dá trégua. Há quem diga: Na Alemanha, são 6 meses de inverno e 6 meses de frio. Por outro lado, em Portugal a coisa muda um pouco de figura. Há, de fato, dias bem frios. Só eu sei o quanto de chuva já peguei em inverno português! No entanto, a estação tem uma duração bem limitada, quase como no sul do Brasil. Vale ainda ressaltar a importante presença do sol – isso faz toda a diferença. Mesmo em meses tipicamente frios como novembro, dezembro ou janeiro, o sol consegue deixar alguns dias bem agradáveis, dando até pra vestir uma manga curta de vez em quando. Na Alemanha, por sua vez, não tem outra: é frio e escuridão sem pausa. Nem mesmo a primavera ou o verão são garantia de temperaturas altas e luz solar.

Novembro em Portugal

5. Música latina

Não é difícil ouvir uma boa música latina pelas ruas de Portugal. Seja através dos ritmos brasileiros, como o samba ou MPB, ou outros tipos latino americanos como reggaeton ou salsa, a frequência desses sons faz com que nos sintamos não muito longe de casa. Na Alemanha, há alguns locais onde alguns estilos de músicas latinas também podem ser apreciadas. No entanto, não é algo tão comum e espontâneo quanto em terras portuguesas. Claro que, nesse ponto, a língua também pode ser um fator importante.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar em Portugal

6. Dublagem

Por incrível que pareça, ao contrário de Portugal, a maioria dos filmes na Alemanha contam com dublagem. Na minha opinião, ponto para os portugeses! Tanto nos canais de televisão quanto na maioria das salas de cinema, quase a totalidade dos filmes é dublada em alemão. O lado positivo é que, pelo menos, isso não parece afetar a habilidade dos alemães em falar inglês. Em cidades maiores, como Hamburgo e Berlim, pode-se encontrar cinemas que projetam filmes no idioma original. A indicação se dá pela sigla OV (de original voice) ou OmU (idioma original com legendas em alemão).

7. Racismo contra brasileiros

Diferente do tópico 6, o ponto não vai para os portugueses quando o assunto é preconceito. Infelizmente, ouvir piadas ou comentários racistas em relação ao Brasil e/ou aos brasileiros não é algo raro. Eu mesma nao posso contar nos dedos as vezes que presenciei algo do tipo, direta ou indiretamente, mesmo morando em Portugal por apenas 2 anos. O assunto já foi inclusive assunto de um post anterior aqui no blog, que pode ser lido aqui. Segundo a Agência da União Europeia para os Direitos Fundamentais (FRA), os brasileiros são os que sofrem mais preconceito e discriminação em Portugal. Na Alemanha, os estereótipos são geralmente positivos em relação aos latinos.

Leia também: como obter o Cartão Azul/ Blue Card para morar na Alemanha

8. Hábitos alimentares

Particularmente, eu amo a cozinha de ambos os países! Come-se muito bem, na minha opinião, tanto na Alemanha quanto em Portugal. Ainda assim, há algumas diferenças básicas. Enquanto em terras germânicas a regra é cerveja e porco/salsicha, o vinho e bacalhau são a prioridade para os lusitanos. Ambos os povos são, inclusive, muito orgulhosos tanto dessas bebidas quanto dos pratos típicos. Outro contraste é o horário: em Portugal, se janta beeem mais tarde, quase como no Brasil.

9. Sistema de saúde

Ao contrário de Portugal, o seguro de saúde é obrigatório na Alemanha para todos que aqui residem. Praticamente não existe isso de ir a um consultório médico com dinheiro na mão. Todos levam seu cartão e, após uma consulta, a conta vai direto para o seguro.

10. Mulheres

Claro que cada pessoa é diferente. No entanto, de forma geral, notei algumas diferenças em como as mulheres se vêem e em como elas são vistas pelas sociedades portuguesa e alemã. Eu observo que a questão da igualdade de gêneros e direitos da mulher é mais presente na Alemanha. As alemãs são, geralmente, super seguras e independentes – o que também é resquício da segunda guerra mundial, uma vez que as mulheres foram as responsáveis por reerguer o país, já que muitos homens morreram nas batalhas e os sobreviventes estavam terrivelmente traumatizados. Por outro lado, nota-se que as portuguesas são um pouco mais recatadas e ainda se preocupam em ir ao encontro de certos papéis sociais atribuídos ao gênero feminino.

E vocês, conhecem os dois países? Quais diferenças e/ou semelhanças vocês notaram? Contem pra gente nos comentários 🙂 

4 Comentários

  1. Olá Nathalia…
    Me chamo Micheli…
    Estou me formando em engenharia civil, no final deste ano, mas já sou graduada em matemática…
    Tenho muito interesse em ir pra Portugal ou até mesmo para a Alemanha, para trabalhar…
    Gostaria de saber se tens alguma dica para me dar, ou conselho…
    Estou meio perdida ainda, pois não sei como funciona nada, então não sei como seria para eu validar meu diploma em outro país e tal…
    Podes me dizer algo???

    Beijão!
    PS: Adorei o post!

  2. Adorei o artigo maravilhoso. Faço faculdade de Geografia e estou fazendo um relatório de pesquisa referente ao assunto . Que sorte o google me levou no texto que eu estava procurando . Vou acompanhar o site identifiquei bastante. Pretendo um dia morar em Portugal , pois já tenho amigos que foram para lá e estão adorando. Para meu relatório cai num gerador de conteudo automatico . gerador de conteudo automatico bjus

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.