BrasileirasPeloMundo.com
Polônia Turismo Pelo Mundo

5 motivos para incluir Toruń no seu roteiro de viagem

Facilmente acessível por diversos meios de transporte, a cidade de Toruń, na Polônia, merece ser incluída em qualquer roteiro de viagem que se proponha a conhecer a fundo a história e a civilização polonesa.

Toruń é considerada como uma das mais belas e bem conservadas cidades da Europa Central. Antes de ser consagrada como parte indissociável do território polonês, a cidade já foi parte da Prússia e ainda conserva diversos traços em comum com a vizinha Alemanha.

Detalhe de um dos portões medievais orginais da cidade. (Fonte: Acervo pessoal)

 

Localizada no coração da Polônia, Toruń é uma cidade histórica, tombada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, que combina sua herança cultural com uma vivência contemporânea, sendo também casa de um time internacionalmente conhecido de speedway (motociclismo), paixão nacional polonesa.

Este artigo traz 5 motivos, em contagem regressiva, que definitivamente fazem a cidade de Toruń ser um destino que vale a pena.

5. MotoArena Toruń

O MotoArena Toruń é um estádio dedicado ao esporte speedway, um dos mais populares na Polônia.

Speedway é praticado com motos, equipadas com potência superior a de uma motocicleta convencional, sem freio ou câmbio, no qual o atleta deve utilizar sua própria força e capacidade técnica para domar o equipamento. É extremamente popular em países como Inglaterra, Dinamarca, Polônia, Suécia e Austrália.

Leia também: Custo de vida em Varsóvia

Atualmente, e por ser um dos mais modernos do mundo, o MotoArena é palco de diversas competições nacionais e internacionais de speedway, atraindo público polonês, europeu e de diversas outras regiões do mundo. Devido às baixas temperaturas do inverno europeu, o estádio não recebe eventos de speedway entre outubro e março.

4. Nicolau Copérnico

Toruń é a cidade em que o astrônomo renascentista Nicolau Copérnico, ou Mikołaj Kopernik em polonês, nasceu e viveu boa parte de sua vida.

Copérnico foi o primeiro astrônomo ocidental a formular um modelo astronômico de heliocentrismo, o qual colocava o Sol como centro, com a Terra e os outros planetas girando em seu torno.

Um verdadeiro renascentista, Copérnico foi também reconhecido por suas competências nas áreas de matemática, medicina, tradução, política, diplomacia e economia, dando nome à internacionalmente reconhecida Universidade Nicolaus Copernicus (Uniwersytet Mikołaja Kopernika), uma das mais respeitadas da Polônia.

Monumento a Nicolau Copérnico em Toruń (Pomnik Mikołaja Kopernika w Toruniu). (Fonte: Acervo pessoal)

 

Em Toruń, podem ser visitados a Casa de Nicolau Copérnico (Dom Mikołaja Kopernika), prédio tombado pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade, e o Museu da Universidade Nicolaus Copernicus (Muzeum Uniwersyteckie Uniwersytet Mikołaja Kopernika), também localizado em um prédio histórico.

3. Planetário

Falando em astronomia, outra atração da cidade é o Planetário (Centrum Popularyzacji Kosmosu “Planetarium – Toruń”), que oferece um menu de sessões sobre o universo, nossa galáxia e o nosso
sistema solar.

Monumento a Nicolau Copérnico em Toruń (Pomnik Mikołaja Kopernika w Toruniu). Fonte: Acervo pessoal.

Agrada desde quem é frequentador assíduo de planetários ao redor do mundo até iniciantes, inclusive tendo sessão infantil. Possui sessões em cinco línguas e bilhetes promocionais em dias de evento.

2. Museu do Pão de Mel

Muzeum Piernika, ou Museu do Pão de Mel, é uma celebração da versão polonesa desse doce
internacional. A receita, de acordo com historiadores locais, segue os mesmos ingredientes básicos e
modo de preparo há mais de mil anos (!) e é marca registrada de Toruń.

Queridinho na cidade, o museu é uma experiência viva, em que os visitante podem conhecer um pouco da história do doce e também são convidados a preparar seu próprio pão de mel tradicional.

O museu passou recentemente por uma reforma que o deixou acessível a todos os visitantes, inclusive idosos e portadores de necessidades especiais.

Cidade Medieval de Toruń. Fonte: Acervo pessoal.

1. Gotyk na Dotyk

Tombado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, o centro histórico de Toruń conta com diversos prédios, construções e monumentos com arquitetura gótica, erguidos na Idade Média.

Apelidados de Gotyk na Dotyk, algo como gótico na palma da mão, os principais monumentos ficam
próximos uns dos outros, sendo possível realizar a visita à pé e em um único dia. Com seus tijolinhos típicos, os monumentos mais famosos são:

  • Antiga Prefeitura da cidade velha (Ratusz Staromiejski), foi durante séculos a residência oficial do governante da cidade e atualmente abriga o museu regional de Toruń. Da torre mais alta do museu é possível ver toda a cidade medieval.
  •  Castelo Teuntônico de Toruń (Zamek krzyżacki w Toruniu), ou as ruínas que restaram do castelo original, foi construído por cavaleiros cristãos da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos de Santa Maria de Jerusalém no século XIII. Durante uma revolta popular, que ocorreu em 1454, os cidadãos de Toruń cercaram e destruíram parte do castelo, obrigando os Cavaleiros Teutônicos a deixarem a cidade. Durante os diversos festivais de verão que ocorrem em Toruń, a batalha e vitória contra os Cavaleiros Teutônicos é reencenada em um espetáculo com roupas típicas, arcos, flechas, fogo, espadas, catapultas e muito teatro!
Perfil de Toruń à noite. Fonte: Catálogo oficial da prefeitura Toruń.

Leia também: Museu da vodca polonesa

  •  Catedral de Toruń (Bazylika katedralna św. Jana Chrzciciela i św. Jana Ewangelisty w Toruniu), que apesar das reformas ocorridas em seu interior, ainda abriga diversas peças medievais de arte sacra em seu acervo e manteve a estrutura original em seu exterior. Em seu carrilhão, está um dos maiores sinos medievais originais da Europa e o maior da Polônia, chamado Tuba Dei.
  •  Torre inclinada de Toruń (Krzywa Wieża w Toruniu), parte da muralha de defesa da cidade medieval, a torre deve sua inclinação ao solo arenoso sobre o qual foi construída. Ao longo dos séculos, serviu de prisão feminina, oficina de ferreiro e atualmente abriga uma loja de réplicas de artigos medievais. Das lendas a respeito da torre, a mais curiosa é a do mentiroso: para provar que está falando a verdade, a pessoa deve colocar seu corpo contra a torre. Se cair para frente, é porque está mentindo. Se conseguir ficar reta, mesmo com a inclinação da torre, é porque está falando a verdade. O único problema é que é impossível se manter reto!
  •  Muralha da cidade velha e passeio do Rio Vístula (Mury miejskie w Toruniu i Promenada nad Wisłą), a cidade medieval é cercada de uma muralha que resistiu a invasões, guerras e inundações do Rio Vístula. Em vários pontos há placas contado sobre curiosidades de cada um dos portões da cidade.

Boa viagem!

Links úteis para planejar sua viagem

Related posts

Roteiro turístico para primavera e verão em Berna

Fernanda Moura

Conhecendo a Espanha Romana

Thais Maciel Gomes

Feriados na Polônia

Gizelli Gliwic

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação