5 motivos para morar em Buffalo no estado de Nova Iorque

0
615
Fonte: Visit Buffalo Niagara

5 motivos para morar em Buffalo no estado de Nova Iorque

Buffalo fica no estado de Nova Iorque e faz fronteira entre Estados Unidos e Canadá. Graças a sua posição privilegiada, grande aporte de água e energia elétrica, a cidade teve um rápido desenvolvimento socioeconômico nos séculos 19 e 20. Neste artigo, vou falar de 5 motivos para morar em Buffalo e mostrar algumas curiosidades nos links espalhados pelo texto.

1Comida

Fonte: Pixabay

O prato típico da cidade são as Wings ou Buffalo Wings (asinhas de frango) que são fritas com molho apimentado acompanhada por queijo azul, cenoura e aipo. Na verdade, o queijo é branco com uma massa bem macia e quebradiça e tem umas ramificações azuis dentro, é delicioso! Eu, que não sou carnívora e nunca havia comido asa de frango frita, acabei gostando dessa combinação. Confesso que passada a atração inicial, voltei a me apegar a cenoura e aipo, mas não tem jeito: sempre que um amigo de fora vem me visitar, levo para comer as tais asas de frango. O molho apimentado que acompanha o prato é vendido e amado nos Estados Unidos inteiro.

Outro prato típico é o hambúrguer de rosbife com pão austríaco tipo kaiser acompanhado de molho de raiz forte, chamado de Beef on Wreck. Parece estranho, mas se você é carnívoro, vai gostar! Eu experimentei, mas carne realmente não é meu forte (exceção para churrasco brasileiro! Rs)

Ainda sobre comida, há uma grande variedade de restaurantes internacionais graças aos imigrantes que residem em Buffalo. É fácil encontrar comida chinesa, japonesa, tailandesa, indiana, jamaicana, cubana, coreana, italiana, grega, iraniana, portuguesa, hum…. a lista é grande e deliciosa.

Você deve estar se perguntando: tem comida brasileira aí? Sim! Temos dois restaurantes brasileiros aqui, o Texas de Brazil (churrascaria) e Pie Mania (à la carte ou por encomenda). Existe um mercado especializado em comida brasileira numa cidade vizinha (cerca de uma hora de carro). Além disso, é fácil encontrar creme de leite, leite condensado, pão de queijo, tapioca, manteiga de garrafa, guaraná, açaí e até caldo Knorr regularmente nos supermercados aqui. O que não encontramos, compramos pela Amazon ou então, esperamos um amigo caridoso vindo do Brasil.

2Parques e natureza

Fonte: Pixabay

Os parques de Buffalo foram projetados pelo famoso arquiteto paisagista Frederick Law Olmsted (1822-1903) em 1868. Os irmãos arquitetos Joseph e Andrew Ellicott que projetaram a capital americana, também são responsáveis pelo design de Buffalo. Pense no Niemeyer projetando Brasília! Outros arquitetos famosos que contribuíram para o planejamento da cidade são Frank Lloyd Wright, H.H. Richardson e Louis Sullivan. Buffalo é a considerada a cidade mais bem planejada dos Estados Unidos e é tombada pelo patrimônio histórico. Como resultado, a cidade é referência em arquitetura e urbanismo e atrai estudantes da área e turistas do mundo inteiro.

Costumamos dizer que Buffalo não é uma cidade com parques, mas uma coletânea de parques com uma cidade dentro. Existem áreas verdes por todos os lados. Cada bairro tem o seu parque e até os cemitérios foram projetados em alinhamento com esta paisagem.

Além disso, estamos cercados por água. Temos o Lago Erie, o Rio Niágara e as famosas Cataratas do Niágara. O lago Erie é tão grande que parece um oceano com direito a praias com restaurantes e marinas que ficam lotadas no verão. Temos ainda o Chesnut Park com uma trilha ótima para os amantes da natureza e uma pequena cachoeira. Bem no meio desta cachoeira existe uma gruta com gás natural e uma chama que nunca se apaga (eternal flame).

3Tecnologia, inovação e educação

Fonte: Pixabay

Como mencionei, Buffalo foi palco de grande desenvolvimento econômico e industrial americano nos séculos 19 e 20. Existe uma lista completa de descobertas e invenções criadas aqui, mas vou destacar algumas que mais me chamaram atenção: primeiro poço de gás natural (1821), primeiro trilho de trem sobre ponte do mundo (1855), primeira cidade americana a ter iluminação elétrica nas ruas (1881) e primeiro cinema do mundo. Outras invenções incluem: o ar condicionado, marca-passo e hidrante. A cadeira elétrica também foi inventada aqui, apesar de não termos nenhum orgulho disso.

Por conta de tanta tecnologia e inovação, a educação aqui é de alta qualidade com grande foco em engenharia, computação, arquitetura, urbanismo e ciências médicas. Cientistas da Universidade de Buffalo (Universidade Estadual de Nova Iorque) são continuamente condecorados com prêmios de pesquisa e medalhas pela inovação e impacto social de seus trabalhos. A cidade está em constante crescimento e se reinventando.

4Arquitetura

Fonte: Visit Buffalo Niagara

Além dos parques, temos uma coleção de prédios dos anos 1800 e 1900 que são lindos e historicamente reconhecidos por conta de seus arquitetos. A lista inclui galerias de arte, museus, jardim botânico, hospitais, igrejas e casas. O meu favorito é o Hotel Lafayette com estilo renascentista francês projetado pela arquiteta Louise Blanchard Bethune, a primeira mulher a se tornar membro da associação americana de arquitetura. Dá para fazer um tour a pé, de bicicleta ou de ônibus para conhecer os prédios com um guia que te conta sobre o momento histórico de quando cada prédio foi erguido e o que representa para o país. Os passeios geralmente acabam num restaurante e daí juntamos 3 paixões de Buffalo: arquitetura, comida e pessoas!

5Pessoas

Fonte: Pixabay

Buffalo tem uma grande concentração de imigrantes, um reflexo dos Estados Unidos como um todo. Britânicos, holandeses, italianos, poloneses, alemães, irlandeses, suíços, húngaros, armênios e gregos imigraram para cá nos séculos 19 e 20. Atualmente, latinos, africanos e asiáticos em geral tem procurado Buffalo, com destaque para países como Porto Rico, Tailândia, Sudão, Etiópia, China, Coréia e até mesmo Brasil, em menores proporções. A cidade também recebe refugiados do Oriente Médio e da África. O que isso significa? DIVERSIDADE! Tanto na cultura quanto em coisas comuns do dia a dia.

Algumas regiões da cidade são conhecidas pelos imigrantes que lá habitam, por exemplo, a região do Norte tem forte presença de refugiados do Oriente Médio. Os restaurantes, mercados, as roupas, o idioma, religião e até placas de sinalização refletem isso.

Buffalo é conhecida como cidade da boa vizinhança. Apesar de haver preconceito como parte da cultura americana, de forma geral, as pessoas são educadas, generosas e gostam de conhecer mais sobre a cultura alheia.

É fácil se sentir em casa em Buffalo. A cidade te acolhe e as pessoas te conquistam. Morar aqui tem sido uma experiência maravilhosa. O crescimento da comunidade brasileira faz tudo ainda melhor! Por mais que eu viaje bastante pelos Estados Unidos, nada se compara a Buffalo no meu coração.

Espero que todos que morem longe de suas famílias se sintam tão acolhidos como me sinto aqui e que encontrem um ponto de apoio para as dificuldades na adaptação na vida de exilado assim como eu encontrei aqui em Buffalo. Para encerrar, se quiserem saber mais da cidade, assistam este vídeo aqui de 12 minutos e se apaixone por Buffalo!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.