BrasileirasPeloMundo.com
Macau

A arquitetura em Macau

A arquitetura em Macau.

Além dos cassinos, o que faz Macau ser tão interessante?

A resposta é muito fácil: a mistura! Macau é especial por causa da mistura de culturas que deu certo, e que criou em território chinês, um lugar de pluralidades, mas cada um mantendo sua singularidade.

É notório que a influência mais forte é a portuguesa, afinal, até 1999 a região ainda estava sob responsabilidade de Portugal. Por isso, é muito comum encontrar várias construções em estilo europeu e as famosas calçadas de pedras portuguesas, inclusive parecidas com as “ondas” do calçadão de Copacabana.

Dentre as obras , a mais famosa chama-se Ruínas de São Paulo. Datadas do século XVI, construídas pelos Jesuítas, onde funcionava a Igreja da Madre de Deus e, em anexo, a Escola de São Paulo, ambas destruídas por um incêndio em 1835, restando apenas a fachada principal da igreja.

Leia também: Macau, a pérola da China

foto 2 redimensionada
Foto: Antonio R. J. Monteiro

Ao lado das Ruínas, encontra-se a Fortaleza do Monte, também construída pelos Jesuítas e que, assim como as Ruínas de São Paulo, foi transformada em Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, em 2005. Mas não foram apenas esses dois monumentos que entraram para lista da Unesco, na verdade, a lista incluiu outras construções, que foram chamadas de Centro Histórico de Macau (ver a lista completa aqui).

Uma das histórias contadas sobre a Fortaleza do Monte, diz que sem querer, um padre Jesuíta, vendo que Macau seria invadida pelos holandeses, tentou a sorte ao disparar um dos canhões e, não se sabe se por milagre ou não, acertou justamente o navio que fazia o carregamento de pólvora. A explosão foi tão intensa que destruiu toda a frota acabando, assim, com a tentativa de invasão.

Hoje, mesmo diante de tanto brilho das luzes dos cassinos, a luz guia ainda continua a ser a mais brilhante dentre todas; estou falando das luzes do Farol da Guia. Ele foi construído na Colina da Guia, ponto mais alto da península, dentro de uma fortaleza militar também chamada de Fortaleza da Guia. Ao seu lado, existe também a Capela de Nossa Senhora da Guia. Este conjunto também faz parte da lista da Unesco. O Farol foi muito importante na sua época, pois guiava os marinheiros que por estas águas se aventuravam, servindo ainda como “observatório meteorológico”, avisando sobre a aproximação de tufões. Além disso, foi o primeiro farol construído no extremo oriente. É interessante observar também que, próximo ao farol e a capela, existe uma rede de túneis subterrâneos que serviu durante a Segunda Guerra Mundial como abrigo de proteção contra os ataques aéreos.

Leia também: adaptação em Macau

Foto: Antonio R. J. Monteiro
Foto: Antonio R. J. Monteiro

Dentre as construções modernas, quero destacar a ponte de Sai Van e a Ponte da Amizade, ambas ligam Macau a Taipa, passando sobre o encontro do Rio das Pérolas e do mar.

A Ponte da Amizade é a mais longa ponte de ligação entre a península e a Taipa. Com 4,7 quilômetros, é realmente é uma construção que impressiona.

Já a ponte Sai Van possui 2,2 quilômetros , mas o que chama a atenção é que, na parte inferior, ela também abriga um túnel. O túnel só é aberto quando a via superior fica intransitável para a passagem de automóveis, devido aos ventos fortes dos tufões. Quando isto acontece, as outras duas pontes são fechadas, ficando transitável apenas este túnel. Mesmo assim, seu funcionamento é em serviço emergencial, pois fica sendo a única ligação entre Macau e as ilhas. Futuramente irá passar por este túnel o metrô, que já está sendo construído.

Seguindo a linha da “modernidade”, vale destacar também o Centro de Ciências e Tecnologia, que como o próprio nome já sugere, hospeda o museu de ciências e tecnologia. Além da arquitetura arrojada, o centro abriga também um planetário, onde a cúpula é um ecrã inclinado de 15 metros de diâmetro, com projetores  em 3D. Este planetário é tão incrível que ganhou o prêmio Guinness World Records de Planetário com a mais alta definição em 3D do mundo. Dentre as projeções destaco a corrida espacial. Este espaço abriga várias exposições, é realmente um lugar fantástico para divertir crianças e adultos.

Foto: Antonio R. J. Monteiro
Foto: Antonio R. J. Monteiro

Em Macau, muito da arquitetura moderna está ligada aos cassinos, que fascinam com suas exuberantes construções. Mas creio que algumas das maiores obras de Macau são seus aterros. No século XIX, Macau possuía apenas 11,6km2, mas com os aterros o território expandiu para 30,4km2. Sim, praticamente todo território pertencente a Macau é aterro.

Atualmente, creio que a obra mais impressionante é a ponte que esta sendo construída sobre o mar, que ligará Macau-Hong Kong-Zhuhai. Esta obra faraônica será a maior ponte sobre água do mundo, com 42km de comprimento e, para completar, ainda terá duas grandes ilhas artificiais, uma em cada lado.

Leia também: Natal em Macau

Macau, assim como toda a China, é um canteiro de obras. A cada ano surgem novos empreendimentos que modificam ainda mais a paisagem.

Mas o que faz Macau ser diferente é observar a fusão do velho com o novo, do oriente com o ocidente, causando um “caos” organizado  que ao mesmo tempo se harmoniza numa dança perfeita de misturas.

Espero vocês para continuarmos desvendando esta mistura de oriente com ocidente. Até a próxima!

Related posts

Maternidade em Macau

Fernanda Martins

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

A lusofonia em Macau

Cristina Lu

4 comentários

Bruna Pickler Junho 24, 2016 at 9:22 am

Que impressionante esse país! Adoro Macau demais. Ótimo texto Fer :*

Resposta
Fernanda Martins Junho 28, 2016 at 2:00 pm

Obrigada Bruna.Eu sou suspeita em falar pois adoro Macau.

Resposta
NAIRA NOBRE Setembro 8, 2016 at 2:31 am

Assistindo o filme truque de mestre 2 “conheci” macau e imediatamente fui pesquisar tudo sobre esse lugar. Me encantei em saber que se fala um pouco português, já li todos os seus post’s sobre macau, se tornou um sonho em conhecer esta las vegas ocidental. Continue nos apresentando macau. Bjos. Sou do Maranhão, bem longe rs.

Resposta
Fernanda Martins Setembro 8, 2016 at 2:12 pm

Naira, que bom que você está gostando e realmente Macau é um lugar fascinante. Lembre-se que nada é tão loge, que não possamos sonhar e realizar. Espero que continue nos acompanhando. abraços

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação