BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo Macau

Festa de Fim de Ano em Macau

Festa de Fim de Ano em Macau.

O mês de dezembro chega, com ele vem o frio, o fim de ano e a tão esperada data para muitas crianças de todo o mundo: o dia do Natal, mês do Papai Noel; momento em que ser expatriada mais pesa, porque estamos longe de nossas famílias. Mês de retrospectiva do que nestes 10 anos eu venho aprendendo e como me transformei. Mostrarei também como Macau participa dessas datas e  como é a festa de fim de ano em Macau.

Logo que cheguei em Macau (2006), fiquei imaginando como faria para tornar essa data especial para meu filho, pois era a primeira vez que passaríamos longe de nossas famílias. Como recém chegada, não sabia como eram as comemorações no território, já que no mundo oriental essa data não é celebrada por se tratar de uma comemoração tipicamente ocidental. Como sabem, Macau foi uma colônia portuguesa e, assim, as tradições ocidentais chegaram aqui, e para nossa surpresa, o Natal também!

A cidade se transforma nesta época do ano, fica lindamente decorada com os arranjos natalinos, muitas luzes, árvores de Natal gigantes, corais natalinos, enfim, uma pérola no meio do oriente. Porém, o mais interessante é perceber como os chineses se adaptaram e gostam desta “nossa data”. Antigamente, durante as festividades natalinas, víamos poucos chineses a comemorar e fazer compras de Natal. Os presentes deles eram mais a troca de frutas e chocolates, mas, ao longo destes 10 anos, as coisas mudaram e eles já incorporaram muitos dos nossos hábitos, tais como dar brinquedos para suas crianças e enfeitar suas casas com árvores e enfeites natalinos. Agora, a maior disputa é para comprar o presente das crianças, pois é necessário ir mais cedo às lojas para não correr o risco de deixar sua criança sem o brinquedo solicitado.

Leia também: Natal em Macau

Macau fica cheia de turistas nesse período, pois muitos chineses vêm para ver a decoração da cidade e também para provar algumas comidas típicas desta época, como o Bolo Rei. O Bolo Rei é uma comida típica do Natal português e é bem parecido com uma rosca natalina com frutas secas. Temos também o peru, o bacalhau, as rabanadas, enfim, uma série de guloseimas típicas deste período, inclusive o panetone.

Contudo, para um expatriado, a família é o que mais faz falta nessa época, e, como somos muitos, é também neste período que formamos uma grande família, onde nos juntamos em grupos para matar um pouco a saudade de estar longe dos nosso entes queridos, sendo comum celebrar com a comunidade. Aqui também temos as típicas missas católicas desta época, como a Missa do Galo.

Mas como falar de dezembro sem também lembrar da festa de fim de ano, ou melhor , da festa de Ano Novo? Como sabem, para os chineses o ano novo é comemorado de acordo com o calendário lunar, então, a verdadeira comemoração para eles é, no caso deste ano, no fim de janeiro. Porém, aí vem a parte boa de morar numa região especial (leia mais sobre isso aqui): temos duas comemorações de passagem de ano!

No dia 31 de dezembro, o governo da RAEM promove vários shows pela cidade, mas a contagem regressiva e o palco principal da festa acontecem na praça em frente à Torre de Macau, assim, como a queima de fogos. Se quiser uma festa mais luxuosa, basta escolher um dos bailes que os grandes hotéis promovem, ou seja, tem festa de todos os tipos e para todos os bolsos também. Mas de qualquer maneira, não é a mesma alegria que encontramos no Brasil.

Não sei qual o motivo, mas parece que é nesta época que ficamos mais sensitivos e emotivos, pensamos mais no próximo, olhamos mais ao nosso redor, e como disse antes, aqui vem a minha mudança. Às vezes é difícil mudar, não somente de espaço, mas física e emocionalmente também. Parece frase clichê, mas é isso mesmo: às vezes precisamos sair da concha para ver o mundo.

Sempre tive uma vida boa e confortável e nunca me imaginei sequer mudando de cidade, quem dirá de país, mas, do dia para noite, minha vida mudou. Eu aceitei esta mudança de bom agrado, porém com medo. Minha primeira lição foi que tudo depende de como eu quero encarar as coisas, ou seja, se eu quero que o lugar seja bom para mim, eu tenho que fazer ser bom, então, cabe a mim decidir que vou gostar e, sendo assim, todo o resto se transforma. É importante saber que é você quem transforma o lugar, não o contrário, porque senão você nunca será feliz em lugar nenhum.

Uma das muitas lições que tive, foi aprender a respeitar as “limitações” do próximo. Não podemos querer comparar as nossas experiências com as de outras pessoas, pois cada um vive o seu momento, tem o seu tempo de aprendizado. A consequência é que me tornei uma pessoa mais paciente. Paciência parece ser o segredo da sabedoria, que, juntamente com o tempo, nos ajuda a desvendar todos os mistérios da vida, mas isso só acontece se soubermos abrir os olhos.

Viver longe de sua família dói, mas as vezes é necessário para seu crescimento, para ensinar a enxergar o mundo fora da caixa, para aprender a valorizar o tempo e as alegrias, a deixar para trás as brigas e confusões, pois se temos tão pouco tempo para estarmos juntos, por que devemos perdê-lo com tristezas? Devemos aprender que em cada lugar onde guardamos uma mágoa, deixamos um momento feliz de fora, por isso, desejo a todos vocês um cantinho de alegrias, onde nenhuma mágoa ou tristeza venha a roubar o lugar da felicidade.

Feliz Natal e bom Ano Novo!

Tallenna

Related posts

Dezembro sem Natal e Ano Novo no Camboja

Roberta Jorge

O Sete de Setembro Pelo Mundo

Juliana Bezerra

Tradições de ano novo na Dinamarca

Cristiane Leme

3 comentários

António Neves Dezembro 23, 2016 at 2:46 am

Bom dia!
Haverá alguma festa brasileira na passagem de ano?
Obrigado.
Boas Festas!

Resposta
Fernanda Martins Dezembro 29, 2016 at 6:12 am

Infelizmente não tem uma festa específica de brasileiros, mas tem várias outras festas espalhadas pela cidade. Boas festas e um Feliz Ano Novo

Resposta
Thais Janeiro 27, 2017 at 11:22 pm

Olá Fernanda!
Tb sou brasileira, meu marido tb trabalha na aviação e se tudo correr bem, em breve nos mudaremos para Macau. Gostaria de mais informações sobre o lugar, como é viver aí e tudo mais que vc puder me falar e dar dicas.
Obrigada!!
Thais

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação