BrasileirasPeloMundo.com
EUA

A mudança de São Francisco para Santa Cruz, na Califórnia

A Mudança de São Francisco para Santa Cruz, na Califórnia.

Muito bem!!! Eis-me aqui novamente, cheia de gás para te contar absolutamente tudo sobre a aventura que está sendo a nossa mudança de São Francisco, a cidade do vento-gelado-que-congela-pinguim (não canso de repetir, pois é a pura verdade) para a eleita Santa Cruz, na Califórnia.

Santa Cruz é a cidade em que, nos anos 80, foi filmado o inolvidável cult The Lost Boys, quem se lembra?

É aquele filme delicioso, sobre vampiros e parque de diversões na praia, que a princípio parece não ser uma boa combinação, mas que se revela uma das melhores, especialmente se regada à trilha sonora insuperável, como a trama ostenta.

Eu simplesmente amo esse filme de paixão, que enverga muito bem dois dos mottos locais da urbe em questão: a estranheza e o inesperado.

A misteriosa cidade de Santa Cruz é praiana e tem um dos melhores climas do Norte da Califórnia, pois é quente mas confortável, com praias maravilhosas que podemos freqüentar no verão à la Brasil mesmo, ou seja de biquini/roupa de banho comum, minha gente!

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar nos EUA

Sim, eu ainda me sinto um pouco louca ao me gabar que podemos ir à praia de biquini, mas explico. Em São Francisco também existem várias praias deslumbrantes, mas que só podem ser freqüentadas com casacos grossos e calças de lã, já que o vento perene, mesmo no verão, é geladíssimo e dá a impressão de congelar mesmo aqueles pinguins mais magrinhos ou desavisados, que são o meu tipo.

Preparando a Mudança

Agora que vocês já conhecem o destino, vamos conversar sobre as especificidades do processo de mudança daqui do subúrbio de São Francisco, onde moramos atualmente — San Rafael — para Santa Cruz, que fica a 144 Km, ou seja, a mais de duas horas de viagem pela rodovia 101.

Pesquisamos inicialmente as formas e companhias de mudança que servem à região, para então convocarmos o batalhão encarregado da visitação para os orçamentos.

Descobrimos que existem inúmeras formas de se efetuar uma grande mudança, que variam desde o aluguel de um caminhãozinho da famosa U-Haul, que nós próprios o carregamos com caixas e móveis e dirigimos para o destino, até empresas que fazem absolutamente tudo, desde o empacotamento de roupas, mínimos objetos pessoais, incluindo os móveis mais pesados, além do translado e toda a montagem e arrumação das coisas no endereço de destino. Sim sim, um sonho perfeito, minha gente, que verificamos não sair por menos de 10 mil dólares.

Mas enfim, deixem-me elencar as formas pitorescas encontradas de efetuar nossa mudança para Santa Cruz, para que tenham ideia do sortimento de opções que constatamos.

As Formas Mais Baratas de Mudança de Longa Distância

1. Alugar um Contêiner Móvel

Já inicio a exposição com a forma de mudança que escolhemos, que é uma das alternativas mais populares de mudança para longas distâncias. O aluguel de um contêiner sai muito mais em conta do que contratarmos uma empresa de mudança profissional, pois tais contêineres oferecem a grande vantagem de poder funcionar como espaço de armazenamento (guarda-móveis) antes e depois da mudança.

Em nosso caso, esse detalhe vale muito à pena, uma vez que até este momento em que vos escrevo, ainda não encontramos uma casa para alugar em Santa Cruz. Estamos em plena amada-idolatrada-salve-salve temporada de alto verão na cidade e as ofertas e aluguéis dos imóveis  operam em grande rotatividade.

Os custos deste tipo mencionado de mudança dependem do tempo de aluguel do contêiner e de seu tamanho, girando em torno de US $ 2.000 por mês. Comparado ao valor estimado de US $ 4.000 a US $ 6.000 que uma empresa profissional de mudança nos cobraria só para transportar os nossos bens, os contêineres são uma mão na roda.

Nesta modalidade, só precisaremos carregar o contêiner com nossas caixas e mobília, que a empresa faz o translado, deixando o contêiner como armazenamento, se necessário. Uma vez em nosso destino, descarregamos os badulaques e saímos para o abraço!

Eis as companhias mais conhecidas de mudança através de contêineres: PODS, ReloCubes, U-Pack, United Mayflower, Go Mini’s e 1-800-PACK-RAT. Esta última foi a nossa opção e os custos saíram por volta US $ 1.700, incluindo o serviço de guarda-móveis durante um mês!

2. Alugar um Caminhão

Essa alternativa de alugar um caminhão e empacotar tudo, carregá-lo e pilotá-lo para o seu destino é a mais radical e mais barata, feita sob medida para quem gosta, além de todo o trabalho com a mudança, de pegar a estrada à unha.

A já mencionada U-Haul, oferece pacotes de aluguel de caminhões dos mais variados tamanhos, que incluem o caminhão, a distância a ser percorrida e os custos do seguro. Além disso, paga-se pelos custos adicionais de combustível.

No entanto, há de se considerar que caminhões não economizam combustível, bem o sabemos. Na verdade, a maioria desses caminhões faz a média de 4,2 quilômetros por litro, ou seja, precisaríamos de muitos litros de combustível para chegarmos ao nosso destino, fora o trabalhinho de carregarmos e descarregarmos a nossa montanha de pertences.

Eis as opções de aluguel de caminhões existentes na região: U-Haul, Budget, Enterprise e Penske.

3. Alugar um reboque de carga

Uma outra maneira de transportar a parafernália por grandes distâncias seria alugar um reboque grande de transporte de carga, que basicamente funciona assim: a empresa estaciona em frente à sua casa um reboque grande de 8 metros e meio e dá três dias para o carregamento. Depois de três dias, a empresa irá buscá-lo e levá-lo para o seu novo endereço.

Eis as empresas de reboque de carga mais famosas: U-Pack, Estes SureMove e Old Dominion Household Services.

E os custos de uma mudança de longa distância através dos reboques pela U-Pack, para referência, giram em torno dos U $ 3.000.

4. Despachar as coisas

Finalmente, elencamos o envio dos pertences como outra excelente forma de mudar de país, especialmente se não existirem muitos pertences domésticos a serem transportados.

Além de poder enviar os itens via USPS, existe a possibilidade de despachar objetos maiores através de provedores de serviços on-line, como o uShip, um website que facilita a escolha da companhia certa para a expedição de determinados pertences.

Foi assim que despachamos do Brasil para os Estados Unidos grande parte de nossos bens mais preciosos, como nossas  9 caixas de livros, há 5 anos.

Espero ter contribuído com ideias ou simplesmente ter ilustrado seu pensamento com formas de mudança peculiares aqui do estado da Califórnia.

Meu próximo texto será escrito na nova casa e eu pretendo contar tudo o que estiver aprendendo sobre Santa Cruz, com o intuito de sempre : inspirar, informar e partilhar as vivências de uma brasileira na Califórnia,  pois solidariedade é sempre muito bom, não é mesmo?

Meu abraço amigo e nos vemos em breve!

Related posts

Renunciando à cidadania norte-americana

Lorrane Sengheiser

Nova Orleans completa 300 anos

Cristina Wollenberg

Cinco motivos para não morar em Nova Iorque

Debora L. Juneck

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação