BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica

A paixão dos belgas pelos animais

A paixão dos belgas pelos animais

A Bélgica tem me surpreendido muito a cada dia vivido no país. Temos a impressão do povo europeu ser mais fechado (isso de fato é uma realidade), porém, quando se faz uma amizade por aqui, ela é para toda a vida.

Outra coisa que me surpreendeu bastante foi os abrigos para animais. Na região de Flanders, temos um abrigo para cada município, são muitos cães, gatos e coelhos para a adoção. Todos são bem cuidados e mantidos nesses locais até que alguma pessoa interessada vá escolher um bichinho. Engana-se quem pensa que os animais ficam por muito tempo nos abrigos, por aqui o processo é rápido, isso dá um certo alívio para quem gosta de animais. Contando também que a adoção não é gratuita, você vai desembolsar aproximadamente 100 euros (o valor depende do município).

Leia também: O que deixo e o que levo da Bélgica

Este valor é referente às vacinas e ao microchip (todos os animais possuem um microchip com as informações do último abrigo). O microchip ajuda na localização caso o seu animalzinho se perca e alguém o encontre. Dessa maneira, o animal é encaminhado para o último abrigo e entram em contato com o dono atual, claro, se isso acontecer, você terá de desembolsar uma taxa novamente.

Na região de Flanders, existe um parque somente para cachorros. Isso mesmo, é um parque para você passear com seu cãozinho, livre de coleira, onde ele pode interagir com os outros cachorros, correr livre e solto. Obviamente, há lixeiras prontas para receber as fezes do seu animalzinho, e é de sua responsabilidade depositá-las adequadamente (sujeito à multa caso você deixe a lembrança no parque).

Muitas pessoas recorrem aos abrigos por conta de ser mais barato do que comprar um animal. Como no país não tem histórico de abandono e animais na rua, geralmente as pessoas compram um filhote ou buscam um pet no abrigo mais próximo.

Leia também: Racismo e xenofobia na Bélgica

Geralmente, quando alguém deixa o animal no abrigo para a adoção, essa pessoa também precisará pagar uma taxa – há muitos casos de separação de casais, pessoas que adoecem e não conseguem mais cuidar do bichinho, então, elas preferem deixar no abrigo. Claro que a história é triste, mas na Bélgica os animais sempre conseguem um lar, e isso nos aquece o coração, pois os pets são tratados como deveriam, como membros da família.

Você também pode acompanhar on line, os abrigos sempre colocam as fotos dos bichinhos que estão para adoção e mostram quem foi adotado. Você pode encontrar seu pet em “um amor à primeira foto” e fazer uma visita na sequência.

Os abrigos funcionam de segunda a sábado para visitação. É permitido passear com os cachorrinhos, caso você queira sentir a energia deles antes de tomar uma decisão. Existem muitos voluntários que ajudam a manter o ambiente limpo, passear com os cachorros e alimentá-los. Muita gente que não pode ter um animal de estimação por questões de espaços, oferece seu tempo livre para cuidar e fazer companhia aos animais do abrigo.

Foto: Pixabay

A consciência a respeito dos direitos dos animais na Bélgica é muito grande, algo que todos os outros países do mundo deveriam observar e começar a mudar o conceito que têm. Mesmo sendo um país alto consumidor de carne, observo que recentemente há uma grande preocupação com a diminuição do consumo de carne e o foco em uma alimentação mais equilibrada e saudável.

Na Bélgica o seu animalzinho está seguro e sempre será respeitado, você não verá pessoas agredindo um animal solto na rua, pelo contrário, eles irão tentar localizar o dono ou levar ao abrigo mais próximo, o mais rápido possível.

Há dois quilômetros de onde eu resido tem um desses parques para cachorros. Visitei para observar o comportamento das pessoas e dos seus animais e fiquei emocionada. Caso você goste de animais e tenha a chance de visitar, acredito que será uma visita construtiva e feliz aos seus olhos, vale a pena conferir.

A Bélgica e suas peculiaridades!

Related posts

Cosméticos e maquiagens na Bélgica

Ana Laura Visentini

Assistente Pessoal na União Europeia em Bruxelas

Tábata Senna

Imposto de renda na Bélgica

Elisa Penna

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação