BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica Natal Pelo Mundo

A diferença entre o Papai Noel e o Sinterklaas na Bélgica

A diferença entre o Papai Noel e o Sinterklaas (Santa Claus) na Bélgica.

A festa de São Nicolás (Sinterklaas) é celebrada, todo ano, no dia 06 de dezembro, na Bélgica. A data também é comemorada nos países como: Holanda, Alemanha, Aruba e Curaçao – porém, no dia 05 de dezembro.

Existem duas versões  sobre de onde surgiu o Santa Claus. A primeira, fala sobre um homem muito rico de Mira (atual Turquia) chamado San Nicolás de Bari, o qual trazia presentes para as crianças em meados do século IV anonimamente. Ele ajudava as pessoas com dificuldade financeira, entregando, também, um saco com moedas de ouro. Claro que o mito também contém um mix de fragmentos de outras histórias folclóricas e  assim como se acredita que a figura de San Nicolás ser baseada no deus nórdico Odin –  o deus que cavalgava seu Spleipnir de oito patas sobre os céus.

San Nicolás também cavalgava em um cavalo branco, porém sem as oitos patas, digam-se de passagem, mas com sua capa vermelha e seu cajado dourado.

A segunda versão diz que San Nicolás surgiu na Espanha, especificamente em Alicante, e todos os anos desde 1934 (menos o ano de 1944) ele chegava à costa da Holanda em um barco movido a vapor, acompanhado pelos seus ajudantes. Ao desembarcar, faziam as distribuições dos regalos às crianças.

Leia também: A paixão pelo ciclismo na Bélgica

Aqui na Bélgica esse feriado (Sinterklaas – 06 de dezembro) é mais forte do que as comemorações de 25 de dezembro ligadas ao Papai Noel. No caso, o que se diz por aqui é que os EUA fizeram uma versão do Sinterklaas (assim como o nome em inglês: Santa Claus) e propagaram para o resto do mundo, com seus produtos comerciais, propagandas e etc. E é de se pensar que foi desse mito, sim, que o Papai Noel teve inspiração, a começar pelo fato de o Papai Noel residir no Polo Norte ou Finlândia; e suas vestimentas serem vermelhas, e todos os outros detalhes. Dessa forma, não temos como negar que sim, aí está a grande inspiração americana.

Aqui, o Natal (nascimento de Jesus Cristo – cristão) é comemorado nas igrejas católicas por ser uma comemoração basicamente católica; e a Bélgica, por ser um país em sua estrutura inicial, também, cristã, porém, sem esse foco no Papai Noel, mesmo porque, aqui, os belgas comemoram o Sinterklaasfeest no começo de dezembro, assim como mencionei no início.

Claro que muitas famílias aqui na Bélgica se reúnem no dia 25 de dezembro, sim, mas durante o dia 25 de dezembro, não na virada do dia 24 para o dia 25 como fazemos no Brasil, com nossa ceia cheia de frutas e todos os pratos típicos – rabanada, pavê e toda a nossa criatividade brasileira dentro da culinária, aqui, geralmente se tem um almoço longo com a família, conversas, bate-papos e muita cerveja ou vinho. E como se popularizou a troca de presentes no dia 25 de dezembro, isso também é acrescentado, por aqui, nessas reuniões familiares. Porém, tudo muito calmo, sem fogos de artifício ou sem amigo secreto, algo que muita gente iria ficar satisfeita em saber disso, sem a piada do pavê e sem amigo ladrão, tão pouco competições de presentes.

Leia também: Trabalhar por conta própria na Bélgica

Dentro do feriado de Sinterklaas, temos vários doces específicos e pães – algo que é somente feito na época de Sinterklaas, nada de panetone, minha gente, muito menos chocotone, por aqui. As guloseimas são muito gostosas e pegam mesmo as crianças pelo estômago e os pais pelo bolso, pois um simples tradicional pão no formato do Sinterklaas chamado: klaaskoek Saint-Nicolas, não sai por menos de 5,00€.

O que não podemos contestar é a beleza da decoração natalina, por aqui, pois a decoração natalina é a mesma, mesmo o teor e a data comemorativa sendo diferentes, a beleza e a criatividade das decorações são de deixar qualquer amante do Natal estático olhando cada detalhe. As grandes lojas e os grandes supermercados fazem um grande investimento para atrair seus clientes e, claro, puxar a atenção das crianças, são cascatas com neve falsa, ursos falantes de todos os tamanhos, animais dançando no gelo. Tem para todos os gostos, todos os tamanhos e isso a gente não se cansa de admirar.

Após o feriado de Sinterklaas, começa por aqui o movimento dos mercados natalinos. Funciona da seguinte forma: no centro das cidades (são cidades pequenas, ok? Lembrando que a Bélgica é menor do que o Estado de São Paulo) eles montam feiras com rodas-gigantes, carrossel e alguns outros atrativos para os pequenos. Juntando isso, tem-se diversas barracas de vários tipos de snacks e bebidas, (waffles, batatas fritas e, claro, cerveja) barracas de pequenos presentes, gente nova no mercado apresentando seu produto. Nesses mercados natalinos há muito o que se explorar.

Caso você esteja planejando uma visita por aqui, nessa época de dezembro; ficou curioso e gostaria de algumas dicas de o que fazer, você pode encontrar nesse link aqui:

O site está em holandês, mas você pode pedir ao Google para traduzir para sua língua de preferência.

Zalig kerstfeest en gelukkig nieuwjaar!

Feliz Natal e Feliz Ano Novo!

Related posts

Natal em Viena

Kely Martins

Museus grátis em Bruxelas

Marcela Bueno

10 curiosidades sobre o Natal na Bulgária

Aimée Bardella Aihst

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação