BrasileirasPeloMundo.com
Holanda

A temporada das tulipas na Holanda

A temporada das tulipas na Holanda.

Uma das perguntas que eu mais vejo por aí de gente querendo visitar a Holanda é sobre “aquele tal parque cheio de flores em Amsterdã”. Vamos aos esclarecimentos que sempre sucedem essa pergunta:

  1. O tal parque se chama Keukenhof.
  2. Ele não fica em Amsterdã, mas sim nos arredores de uma cidade chamada Lisse, que fica cerca de 40km a sudoeste de Amsterdã (pouco menos de 1h de transporte público saindo da Estação Central), na província da Holanda do Sul (Amsterdã é Holanda do Norte).
  3. As flores do Keukenhof são em sua maioria tulipas, que foram introduzidas na Holanda há cerca de 400 anos e são exportadas aos montes todo ano em forma de bulbos (cerca de 77% de todos os bulbos de flores comercializados mudialmente vêm da Holanda, a maioria dos quais são tulipas).
  4. Por ser uma país de clima temperado as estações do ano aqui são super bem demarcadas, o que significa que temos flores mesmo apenas durante a primavera. Então se você quer ver os campos de flores a época ideal é entre o meio de março e o meio de maio (que é quando o Keukenhof está aberto). Eu iria além e diria que meados de abril é quando tem a maior chance de você ver as flores no seu auge, mas isso varia de acordo com a temperatura de cada ano.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Holanda

Mas nem só de Keukenhof vivem as flores holandesas e é legal você levar em consideração que o parque, além super lotado (chegue cedo, sério!), custou (em 2019) € 17 pra entrar, ou € 25 incluindo transporte. Como não tem estação de trem em Lisse, é legal você incluir já o transporte pra não passar perrengue.

Muitos holandeses fogem de lá e aconselham que você vá ver os campos abertos que tem na região. Eu inclusive sofri um certo bullying dos colegas no trabalho no ano passado porque falei que queria visitar o parque…

Em 2018 meu plano foi ir de trem até uma cidade chamada Hillegom (pronuncia “rilerrrrom” e fica 30 minutos de trem da Estação Central de Amsterdã) e de lá fui caminhando até alguns campos, mas já era começo de maio e a maior parte deles não tinha mais flores (os fazendeiros estavam literalmente cortando as flores enquanto eu corria pra conseguir tirar algumas fotos).

Mulherada no Castelo de Keukenhof | Créditos: Jessyka Rosario

Já em 2019 eu enfiei minha bicicleta no trem e desci na estação de Sassenheim (entre 40 e 55 minutos da Estação Central) pra pedalar pelos campos com uma turma de brasileiras que moram aqui e se reúnem todo mês pra explorar uma cidade diferente da Holanda.

Leia também: tem primavera no Canadá?

Não tem ponto de aluguel de bicicleta em Sassenheim e fazer esse caminho a pé, apesar de possível, é puxado (pedalamos em torno de 20km, fora uns 8km extras pra chegar até outra cidade porque os trens na volta estavam com problema), por isso todas levamos as próprias bicicletas no trem (custo adicional de € 6,90 que precisa ser comprado a parte nas máquina amarelas encontradas nas estações).

A rota foi feita pela Andréa, uma das participantes do grupo que mora na cidade, e foi a melhor coisa porque muitos campos não são tão fáceis de encontrar, você precisa saber pra onde estar indo e ter uma guia fez toda a diferença.

O caminho em si, mesmo para quem não pedala com a mesma prática dos holandeses (ou seja, falando no celular, com dois bebês na cadeirinha, segurando um guarda-chuva e fumando um cigarro), é bem tranquilo. Pedalamos em ciclovias separadas dos carros e em estradinhas mais rurais com carros passando por nós bem devagar.

E os campos? Caramba, que coisa mais linda! Até eu que sou pouco impressionável (leia-se chata) fiquei de boca aberta. Branco, amarelo, rosa, vermelho, roxo, lilás e até verde (nas flores, óbvio que as folhas eram verdes, né).

Pra coroar visitamos o castelo de Keukenhof (sim, ele leva o mesmo nome do parque, mas fica fora das dependências do mesmo) que foi construído na década de 40 e tem visitação aberta ao público. Castelo holandês, nada daquela imponência que vemos na França ou na Inglaterra, mas ainda assim lindo e bem vazio mesmo num sábado a tarde.

Uma coisa que é importante levar em consideração e que está cada vez mais em evidência aqui é o respeito aos campos de tulipas. Eles não estão lá pra servirem de pano de fundo pra fotos altamente “instagramáveis”, mas sim são o ganha pão dos fazendeiros. Por causa disso muitos campos tem sido fechados ao público e outros tantos cobram a entrada pra inibir as visitas e cobrir um pouco do prejuízo. Sendo assim, se você optar por passear pelos campos, faça isso com cuidado e respeito e só entre nos que estão liberados para visitação.

Related posts

Sistema de saúde para crianças na Holanda

Cintia Beatrice

As feiras holandesas

Helena Eher

7 curiosidades sobre as casas holandesas

Giovanna Prata

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação