BrasileirasPeloMundo.com
Holanda

7 curiosidades sobre as casas holandesas

7 curiosidades sobre as casas holandesas.

A primeira vez que eu fui fazer faxina numa típica casa holandesa confesso que fiquei meio perdida. Elas são lindinhas, feitas de tijolinhos e com aquele jeito de casa de conto de fadas, mas não muito funcionais pra quem gosta de jogar água no chão e dar aquela boa lavada no banheiro e despejar uns bons baldes no tanque.

Isso porque:

Não tem tanque

E isso acontece porque não tem área de serviço, o que significa que também não tem varal, lugar pra guardar um monte de vassouras, baldes, panos de chão e produtos de limpeza. Então a faxina por aqui costuma se basear em aspirador de pó (eu ainda sou adepta da boa e velha vassoura, mas muita casa nem tem esse item tão comum pra nós) e mop no lugar do bom combo rodinho + balde + pano de chão. Isso quando passam o mop no chão, ta? Muita gente acha que aspirador de pó é a solução de todos os problemas de vida.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Holanda

Máquina de lavar

E se não tem área e serviço, você se pergunta, onde fica a máquina de lavar?

A resposta é: onde couber.

Em alguma casas elas ficam no banheiro, em outras, na cozinha e algumas tem um cômodo do tamanho de um armário que pode ser usado pra máquina. Basicamente qualquer parte da casa com uma saída de água vai servir pra você encaixar a sua máquina de lavar lá.

E como não existe área de serviço pra botar o varal, muitas pessoas optam por ter uma máquina que lava e seca ou uma máquina de secar separada, o que ajuda muito quando você tem que secar toalha e roupa de cama no inverno úmido e sem sol holandês.

Pra você ter uma ideia, na minha casa a máquina de lavar ficar na cozinha e a de secar fica… no meu quarto!

Leia também: O que considerar antes de mudar para a Holanda

Escorredor de pratos

Já que mencionamos a cozinha, eu tive dificuldades para encontrar escorredor de pratos pra comprar. Não que seja tão difícil assim, mas muitas casas não tem esse item simplesmente porque as pessoas quase não lavam louça na mão.

Holandês é um povo bem prático, o que faz o uso de lava-louças ser super frequente por aqui e a maior parte das cozinhas conta com uma.

E aí é questão de adquirir o hábito de ir botando a louça suja na bichinha e ligar quando estiver cheia. Eu confesso que, em 7 meses na minha casa anterior, eu devo ter ligado a máquina umas quatro vezes no máximo, e só quando tinha visita em casa, mas em casas com mais pessoas, é uma mão na roda.

Tudo embutido

Vamos continuar nesse lindo ambiente que concentra a maior parte do trabalho doméstico de uma casa pra dizer que eu acho as cozinhas holandesas lindas.

Bancadas compridas (na medida do possível considerando que espaço é coisa rara por aqui, especialmente nas grandes cidades), armários de fora a fora e tudo embutido: fogão, forno/microondas (sim, aqui muitas vezes eles são um combinado dos dois chamado combi), geladeira, freezer (muitas vezes separado) e lava-louças, tudo encaixadinho e escondidinho atrás de portas de armário.

A cozinha com sala de jantar da minha primeira casa em Amsterdã

Cozinha americana

Meu último comentário sobre a cozinha é pra dizer que, em boa parte das casas, ela é integrada com a sala (inclusive com o mesmo piso) e com uma eventual sala de jantar (no caso dos apartamentos maiorzinhos), dando a chance de você brincar mais com a decoração e divisão dos espaços dependendo do seu uso.

Sem contar que da pra receber os amigos em casa e ficar batendo papo enquanto você vai preparando o jantar (os brasileiros, né, porque holandês não é muito de ficar indo um na casa do outro com gente que eles conhecem há menos de 10 ou 15 anos).

Leia também: Como são as casas na Arábia Saudita?

Dois banheiros

Isso foi uma coisa que me deu nó na cabeça quando eu cheguei aqui e é comum nas casas mais antigas: o banheiro consiste em um chuveiro ou banheira e uma pia num espaço maiorzinho, mas sem vaso sanitário. Esse geralmente fica num espaço separado, apertado e com uma pia pequeninha.

Apesar de ter reclamado horrores do desperdício de espaço no começo, hoje eu valorizo essa divisão, porque uma pessoa na casa pode tomar seu banho ou escovar os dentes enquanto a outra usa o vaso. Mas principalmente porque é muito mais higiênico deixar a sua toalha de rosto e a sua escova de dente longe da descarga.

Ralo só no banho

Mas o que ainda me incomoda é ausência de ralos. No chão da minha casa inteira tem só um, no chuveiro.

Ou seja, nada de lavar e esfregar o chão do banheiro ou da cozinha, porque você não vai ter pra onde puxar a água depois que acabar.

Além de tirar da gente aquela satisfação de jogar água com sabão em pó no chão e sair fazendo espuma por aí, tira das crianças a chance de ficar peladas pela casa escorregando de barriga no chão ensaboado e acho que isso tem grande influência na formação de uma pessoa.

Escadas

Não dá pra falar das casas holandesas sem mencionar as escadas que encontramos por aqui. Os degraus são estreitos, a altura entre eles é grande, elas fazem curvas pra economizar e espaço e são bem assustadoras a primeira vista.

E vou te falar que não ficar melhor com o tempo, ta?

Elas são estreitas num nível que muitos móveis não passam por elas e precisam ser alçados pelas janelas por ganchos que você vê no topo de praticamente todas as casas por aqui e pelo menos uma vez por mês eu “quase” levo um capote.

E aí, você achou essas informações interessantes? Deixa a sua opinião pra mim nos comentários!

Related posts

A maneira holandesa de educar filhos

Cintia Beatrice

A triste hora de dizer adeus

Regina Oki

Mais do que Amsterdã

Helena Eher

2 comentários

Viviane Abril 14, 2019 at 5:50 pm

Se eu não tivesse lido seu nome no topo, ia achar que eu quem tinha escrito esse texto durante um transe! Rsrsrsrs nossa, como me identifiquei! Com exceção da situação das escadas, já que na Alemanha as considero mais espaçosas, todo o restante fez parte do meu cotidiano! Ok, os banheiros também não eram assim, mas na Rep Tcheca sim, e fiquei bem perdida. Assim como demorei dois dias para achar a geladeira na casa da minha sogra e duas semanas para achar o microondas, já que são embutidos!
E que saudade do ralo…
Texto fantástico, meus parabéns por traduzir os sentimentos brasileiros com relação à arquitetura e limpeza em terras europeias!

Resposta
Giovanna Prata Abril 14, 2019 at 9:04 pm

Que bom que gostou!!! Só a gente entende a importância de esfregar o chão com sabão em pó, né? Hahah

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação