BrasileirasPeloMundo.com
Holanda Quanto custa

Dá pra viver com salário mínimo em Amsterdã?

Dá pra viver com salário mínimo em Amsterdã?

Todo mundo comenta o quanto é caro morar em Amsterdã, mas quando estamos morando fora temos que levar em consideração a renda média na moeda local, nesse caso, em Euros. E de quanto você precisa pra conseguir se manter por aqui?

A partir de 01/07/2019 o salário mínimo na Holanda para quem trabalha em tempo integral (40h por semana) subiu para € 1.635,60, o que da pouco menos de € 1.500,00 líquidos por mês. Então vamos dar uma olhada no estilo de vida que você consegue ter por aqui ganhando isso.

Antes de mais nada, tenha em mente que o custo mais alto em Amsterdã é o de moradia. Com salário mínimo você decididamente não mora sozinho. Mas dá pra ter uma vida ok se você aceitar que a cultura aqui é bem diferente do Brasil.

E o que isso quer dizer?

Bom, podemos esquecer todas as mordomias que algumas pessoas tem. Com certeza não dá pra ter carro, faxineira e fazer a unha com frequência. Até o transporte público, bem caro por aqui, precisa ser usado com moderação e incorporar a bicicleta na rotina ajuda bastante.

Então vamos lá:

ALUGUEL

Você consegue dividir apartamento pagando cerca de € 650 por mês, mas tenha em mente que o mercado é super competitivo e por esse preço você vai morar com mais 2 ou até 3 pessoas. Bairros mais afastados do centro, fora do A10 (tipo um Rodoanel que passa em volta da cidade), vão apresentar mais opções nessa faixa de preço.

Não estou dizendo que você não vai conseguir um lugar na região mais central, só que a competitividade é alta e alguns proprietários preferem não alugar pra expatriados, o que restringe as opções.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Holanda

PLANO DE SAÚDE

Esse item é obrigatório na Holanda e não é comum as empresas incluírem o plano de saúde no pacote de benefícios, então conte com um investimento mínimo de cerca de € 100 por mês pra um plano mais básico.

DESPESAS DA CASA

Dividindo apartamento em 3 pessoas sua despesa com água, luz, gás e internet deve ficar por volta de € 50-60 por mês, variando com a qualidade do isolamento térmico da casa, conservação da fiação etc. Na Holanda não se paga por consumo mensal, mas por uma média do consumo do último ano, isso faz com que o custo não seja super alto durante o inverno, quando o aquecedor fica ligado boa parte do tempo.

Também considere aqui os custos com celular na faixa de uns € 15-20 por mês pra um plano pós-pago razoável. Falo em pós-pago porque o pré-pago realmente não vale a pena a não ser que você use muito pouco, mas muitas operadoras só aceitam pessoas com conta bancária aberta há mais de 3 meses.

IMPOSTOS

Uma vez por ano são cobrados dois impostos municipais, um para a utilização da rede de esgoto e o outro para o serviço de retirada de lixo. Esses impostos variam dependendo de quantas pessoas são registradas como moradoras da casa e costumam vencer em abril, mas você consegue parcelar em até 6 vezes. Dividindo entre 3 moradores, você vai pagar uns € 55 por mês durante metade do ano.

SUPERMERCADO

Eu diria que o supermercado na Holanda tem um preço parecido com o do Brasil (convertendo, claro), com marcas mais caras e outras mais baratas como em qualquer outro lugar.

Tendo em mente que comer fora é bem carinho e são poucas as empresas que dão almoço (vale-refeição simplesmente não existe por aqui), o gasto com supermercado acaba sendo mais pesado porque você provavelmente vai acabar comendo mais em casa, então pode considerar aí uns € 180-200 por mês (incluindo produtos de limpeza).

Leia também: Onde comprar pro seu dinheiro render na Holanda

TRANSPORTE

Amsterdã é uma cidade pequena e muito fácil de se locomover de bicicleta, mas vez ou outra, especialmente quando o clima está muito ruim (frio, vento e chuva são sinônimos de Holanda) a gente acaba pegando algum tipo de transporte público.

A qualidade é ótima, eles quase não atrasam, a malha tem boa cobertura e as integrações costumam ser inteligentes. Mas é caro, viu? Da minha casa pro meu trabalho, num trajeto que leva menos de meia hora de bicicleta, eu pago a facada de quase € 2,50 por trecho, então pode considerar aí uns € 50 por mês pra se locomover só dentro da cidade.

Além disso, caso verba pra comprar uma bicicleta seja um problema, existe um serviço de “aluguel fixo” de bicicleta chamado Swap Fiets, em que eles entregam a bicicleta pra você, fazem a manutenção e ainda tem seguro caso ela seja roubada. Os planos começam em € 16,50 por mês.

VIDA SOCIAL

Por fim, você não saiu do Brasil pra morar longe da família e amigos, num país onde a língua é super difícil de aprender e com um clima não tão amigável assim pra viver só de trabalhar, né? Então pra poder sair de vez em quando pra tomar uma com os amigos e comer fora de casa, eu consideraria uma faixa de € 200 por mês. Não dá pra esbanjar, mas dá pra ser feliz, especialmente no verão, quando fazer piquenique nos inúmeros parques e praças da cidade é uma das atividades mais populares.

Então, minha resposta aqui é: Sim, dá pra ver com dignidade (e certo conforto) com um salário mínimo em Amsterdã sim.

Related posts

Carnaval na Holanda

Fernanda Campestrini

Gulodices holandesas

Cintia Beatrice

Cinco Curiosidades do período de Natal na Holanda

Cintia Beatrice

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação