BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Suécia

Alguns fatos interessantes e curiosidades sobre a Suécia

Alguns fatos interessantes e curiosidades sobre a Suécia

O texto desse mês terá um estilo diferente. Trago alguns fatos curiosos e bem interessantes sobre a linda nação sueca, a qual posso chamar de minha!

  1. Há cerca de 2 mil anos atrás, a Suécia passou a se chamar, em sueco, Sverige. Seu nome é devido à junção de duas outras palavras: Svear, que significa ‘nós’ – mas, também se refere ao povo Svear – e Rike, que significa ‘reino’.
  2. A Era Viking, o mais famoso período da história escandinava, teve seu início no século 9 D.C. Enquanto os vikings noruegueses e dinamarqueses viajavam para o oeste, os navios suecos frequentemente viajam a para o leste e ao sul do mar Baltico. Durante esse período, os vikings suecos formaram colônias na região da atual Rússia e Ucrânia.
  3. A Suécia é o terceiro mais extenso país da União Europeia. Contudo contém a segunda menor densidade populacional, cerca de 23,5 habitantes por quilômetro quadrado.
  4. O idioma oficial da Suécia é o sueco, mas o país conta com cinco idiomas minoritários que também são protegidos por lei: finlandês, meänkali (dialeto finlandês), sami ou lapão, romani e iídiche.
  5. A Monarquia sueca é uma das mais antigas do mundo, remonta a mais de mil anos e inclui 11 dinastias. A atual dinastia, a Casa de Bernadotte, é a mais longa no poder. Fato curioso sobre essa dinastia: o primeiro de sua linha no trono – Jean Baptiste Bernadotte – era um jovem soldado francês que não possuía qualquer relação com a Suécia. Ele foi simplesmente nomeado herdeiro do trono em 1810, passando a se chamar Johan Carl XIV.
  6. Cerca de um milhão e meio de suecos emigraram para os Estados Unidos, durante a segunda metade do século 19 e começo do século 20, fugindo da fome e da miséria que massacrava o país.
  7. Em 1634, Estocolmo tornou-se oficialmente a capital da Suécia. A cidade é construída ao redor de 14 ilhas e desta forma é chamada de ‘Veneza do Norte’.
  8. Por sua proximidade ao Círculo Polar Ártico, a Suécia possui invernos longos, (bem) frios, escuros e sombrios. A ausência de luz por longos períodos contribui para a redução da serotonina, neurotransmissor que regula o humor, a sensação de saciedade, sono, ansiedade e apetite sexual, o que causa uma depressão generalizada entre aproximadamente um quinto da população local. Essa depressão, ou melhor, Transtorno Afetivo Sazonal, é causada pela falta de luz do sol, o que leva a uma aumento na produção do hormônio melatonina que está relacionado ao sono e cansaço.
  9. No Museu de Royal Coin Cabinet se encontra a primeira moeda sueca fundida. Ela foi confeccionada no século 10 pelo Rei Olof Skötkonung, dando início à nova era cristã sueca.
  10. A Suécia desempenha importante papel nas Nações Unidas e atualmente ocupa a vaga de membro não permanente na Conselho de Segurança da ONU. Dag Hammarskjöld foi um dos mais respeitados, eficazes e aclamados Secretários-Gerais da ONU, tendo o importante papel de coordenar a reconstrução das nações e relações internacionais no pós-guerra.
  11. Em 1879 a Suécia foi o primeiro país do mundo a introduzir o horário padronizado, o que foi importantíssimo para o sistema ferroviário do país. Ou seja, de norte a sul ou de leste a oeste há apenas um fuso horário.
  12. Marcapasso, ultrassom, palito de fósforos, telescópio, zíper, escala Celsius, embalagem Tetra Pak, cinto de segurança de três pontos, chave de boca ajustável, dinamite, propulsor de hélice, Skype, geladeira e mouse de computador são itens famosos que foram inventados na Suécia ou por suecos.
  13. As tradições de Natal na Suécia são um pouco diferentes. A personagem principal não é o Papai Noel nem Jesus, mas sim um gnomo, ou nisse, bonachão de barba longa e uma boina vermelha. Os suecos costumam deixar tigelas de mingau nas portas de suas casas para eles.
  14. O lagostim é bem celebrado pelos suecos, tanto que tem um mês dedicado a ele. Imaginem que durante o mês de agosto os suecos se reúnem para comer estes mariscos e beber todas. A Kräkfskivor, ou Festa do lagostim é uma típica tradição sueca que se originou há cerca de 100 anos atrás, quando o governo local passou a permitir a sua pesca nos meses de agosto e setembro. Atualmente, a maioria dos lagostins consumidos no país são migrantes, importados da Espanha e EUA.
  15. De setembro a março, o norte da Suécia é agraciado pela aurora boreal, lindo espetáculo de arcos brilhantes, nas cores verdes e azuis, que iluminam o escuro e rigoroso inverno da região.
  16. Valborgsmässoafton ou Noite de Santa Valburga é antigo ritual de primavera pagão incorporado pelo cristianismo, celebrado com grandes fogueiras para afugentar os espíritos malignos e as almas penadas. Atualmente, a fogueira representa o inicio da primavera e dos longos e quentes dias de verão. E, claro, mais uma oportunidade para se reunir, comer e beber!
  17. Astrid Lindgren é o Monteiro Lobato sueco. Ela escreveu mais de 100 livros infantis, traduzido para mais de 74 idiomas. O seu livro mais famoso é, sem dúvida, a Pippi Meialonga, uma menina super sapeca e travessa, que lembra e muito a nossa Emília do Sítio do Pica-pau Amarelo. Em 2002, o governo sueco criou o maior prêmio em literatura infantil do mundo, o Lindgren.
  18. Volvo, Ikea, Tetra Pak, H&M e Spotify são algumas das grandes empresas suecas de grande sucesso no mundo todo.
  19. A música é uma das maiores paixões dos suecos. A indústria musical sueca é enooooormeee, tanto que é uma das maiores exportações do país. É tanta gente talentosa nesse país que se você observa os TOP 100 do último ano, verá que muitas têm conexão com a Suécia.
  20. A Suécia possui alto índice de desenvolvimento humano, e é um dos países mais ativos nas Nações Unidas.

Espero que gostem do texto.

Beijos da Má.

Fiquem bem e até a próxima!

Related posts

Como Londres irá celebrar o aniversário da rainha

Nathália Braga Bannister

Conhecendo uma rave silenciosa

Fabi Mesquita

O aniversário de 50 anos chegou

Cintia Beatrice

1 comentário

Lilian Azevedo Dezembro 28, 2017 at 11:42 am

Adorei o post. Não sabia que certas coisas que amo são suecas ou inventadas por suecos.
Beijocas

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação