BrasileirasPeloMundo.com
Alemanha

Berlim além do tradicional

Berlim além do tradicional

Berlim é, sem dúvidas, cada vez mais conhecida e adorada mundo afora. Antigamente não vista com bons olhos devido ao passado turbulento, hoje em dia a capital alemã é famosa por seu espírito livre, cool e alternativo. E não tem como negar. Alguns poucos minutos por aqui já são o suficiente para se deparar com essa realidade gritante.

Claro que os famosos pontos turísticos como o Portão de Brandemburgo, o Parlamento, a East Side Gallery, o Memorial do Holocausto e a Catedral são os primeiros visitados e, de fato, valem a pena serem conferidos – principalmente para quem não fica muito tempo na cidade. No entanto, Berlim é o lar da cultura alternativa e, por isso, tem muito mais a oferecer além do costumeiro e previsível. A verdade é que o verdadeiro espírito da capital alemã não tem nada de tradicional.

Leia também: Hamburgo: Canais e Red Light District

Arte de rua

Um bom começo é a arte de rua, algo muito presente em vários cantos e que diferencia a capital logo de cara com todas as outras cidades alemãs. Como os graffitis são geralmente bem espalhados, fica um pouco difícil ter uma ideia geral. Portanto, uma boa pedida é o Berlin Graffiti Tour. Começando por Kreuzberg, um dos bairros com mais arte de rua, os guias sabem exatamente onde encontrar as obras mais legais pelos cantinhos mais escondidos a “olho nu” e inesperados.

Outro ponto positivo é que esses experts estão sempre atualizados, uma vez que a arte de rua está em constante transformação e movimento, impossibilitando o planejamento de uma rota definitiva. No final do tour, para quem tem vontade de criar algo próprio ou simplesmente tem curiosidade em saber como um trabalho desses é feito, também é possível participar de um workshop com os artistas. Mais informações estão aqui.

Como já mencionado, esse tipo de intervenção pode ser encontrado nos mais variados cantos de Berlim. Por isso, para sentir de fato a atmosfera alternativa da cidade, é necessário andar por aí e se perder pelas ruas. No entanto, também existem alguns lugares específicos onde a arte de rua pode seguramente ser contemplada, como Holzmarkt, Kater Blau, Haus Schwarzenberg, YAAM, Mauerpark, Urban Spree e RAW-Gelände. O ponto negativo é que, diferentemente dos “segredos” que só os artistas podem nos proporcionar, esses lugares estão normalmente mais cheios de turistas.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Alemanha

arquivo pessoal

Lugares abandonados

Um segredo muito bem guardado da capital alemã são os lugares abandonados, que são incrivelmente e inesperadamente cool. Claro que esses são mais indicados para aquelas pessoas que gostam de uma atmosfera mais obscura ou um pouco assustadora. Há inclusive um grupo que se dedica a explorar esses “tesouros escondidos” e atualiza constantemente o blog Abandoned Berlin. Vale lembrar que a entrada é proibida em alguns desses locais. Um dos mais recomendados é o Spreepark, o antigo parque de diversões da Alemanha Oriental ao lado do rio Spree, completamente jogado às traças à beira do Treptower Park. Além disso, antigos hospitais infantis, centros psiquiátricos, abrigos, fábricas e asilos também fazem parte da creepy lista.

Leia também: 10 “praias” em Berlim e arredores para aproveitar o verão

Berlim subterrânea

Prato cheio para os amantes de história, outra opção não muito explorada são os tours subterrâneos. Devido ao triste e conturbado passado alemão, Berlim conta com muitos abrigos antiaéreos da Segunda Guerra Mundial e túneis usados para contrabandear pessoas para fora da Alemanha Oriental durante a Guerra Fria. A fundação Berliner Unterwelten (traduzindo: submundos de Berlim) pesquisa e documenta o contexto histórico do subterrâneo da capital e, de quebra, oferece passeios guiados. Além dos exemplos mencionados, outras das tantas coisas escondidas embaixo da cidade são dezenas de bunkers, passagens, canais, a rota de um sistema postal pneumático, estações de metrô abandonadas e armazenamento de bombas e munições. O que comprova, mais uma vez, a quantidade de história que essa cidade respira – seja na superfície ou embaixo da terra. Simplesmente fascinante!

Vistas alternativas

O fato é: Berlim é plana como uma panqueca. Ainda assim, existem alguns lugares bacanas para ter uma boa vista da cidade, como por exemplo a famosa Fernsehturm (Torre de TV) e a Siegessäule (Coluna da Vitória). No entanto, há também opções mais alternativas. Uma delas é Teufelsberg (traduzindo: montanha do diabo). Formada por escombros da Segunda Guerra Mundial, a colina de 120 metros é considerada a segunda mais alta da capital alemã. Além do mais, no topo foi construído um edifício usado durante a Guerra Fria pela NSA, dos Estados Unidos, para espionagem. Rodeada por natureza, a chegada até lá é uma longa e deliciosa caminhada pela floresta Grunewald.

A capital também conta com alguns terraços ou rooftop barsmuito legais e que, com uma pequena ajuda da meteorologia, podem ser muito bem aproveitados. Um dos locais mais adorados no momento é o Klunkerkranich, que se trata de um “jardim cultural e artístico”, situado em cima de um grande prédio no meio a cidade. Lá há muito o que curtir, de manhã à noite: desde shows a workshops, passando por um delicioso brunchou simplesmente uma maravilhosa vista do pôr do sol.

É claro que estas são apenas algumas poucas dicas, em comparação a tudo o que essa maravilhosa cidade tem a oferecer. Berlim respira história, arte e cultura – não tem como se decepcionar. Como está em constante movimento e transformação, mesmo os locais não podem conhecer tudo, mas vale a pena explorar cada canto e deixar-se surpreender.

E vocês, conhecem outros lugares que valem conhecer na capital alemã, além dos pontos tradicionais?

Related posts

Maternidade na Alemanha

Allane Milliane

Ter cidadania alemã facilita a vida na Alemanha?

Karina Finke

As 5 coisas que aprendi morando fora

Marcela Vieira

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação