BrasileirasPeloMundo.com
Canadá

Multiculturalismo em Toronto

Multiculturalismo em Toronto.

O significado da palavra Toronto é “ponto de encontro” na língua indígena local. Acredito que se encaixa perfeitamente a essa cidade que recebe tantos imigrantes de diversas partes, religiões e culturas do mundo, sendo uma cidade totalmente multicultural. Confesso que há alguns anos atrás eu achava que a capital do Canadá era Toronto – e não é (é Ottawa). Possivelmente eu ouvia falar mais bem de Toronto que das demais grandes cidades.

Algumas informações sobre Toronto:

  •  É a capital financeira do Canadá;
  •  É a 4º maior cidade da América do Norte;
  •  Está situada à margem norte do grande lago Ontario;
  •  Possui clima temperado;
  •  As 4 estações do ano são bem definidas;
  •  Sua população gira em torno de 2,8 milhões de pessoas atualmente;
  •  A população de Grande Toronto (GTA) se compõe de 5,5 milhões de pessoas.

Segundo estatísticas, Toronto é uma cidade ativa, segura, apresenta uma taxa de desemprego baixa e sua economia é forte e diversificada. Também apresenta um número elevado de empresas privadas na área de TI e abundância em recursos minerais, o que poderia justificar o grande número de produtos fabricados no país.

A cidade apresenta um número bem expressivo de estrangeiros, ou seja, 50% dos residentes da cidade não nasceram no Canadá.

A rica diversidade multicultural de Toronto está demonstrada pelas mais de 200 etnias presentes na cidade.

grafico-barras-informacoes-estatisticas-1307461137

Em 2006, 28% dos moradores de Toronto eram europeus; 19% da Grã-Bretanha; 16% do Leste ou Sudeste Asiático; e 10% do sul da Ásia. A cidade apresenta a segunda maior população estrangeira do mundo, atrás de Miami. Na Flórida, 49,9% da população é composta por latinoamericanos, enquanto que a diversidade em Toronto é muito maior.

Aqui são faladas mais de 140 línguas e dialetos e pouco mais dos 30% dos residentes locais falam uma língua diferente do inglês ou francês em casa. A cidade continua sendo um mosaico de muitas línguas – também em 2006, 47% da população possuía uma língua materna diferente do inglês ou francês.

As cinco línguas mais faladas em Toronto são:

  • Chinês (falada por 420 mil pessoas);
  • Italiano (195 mil falantes);
  • Punjabi (138 mil falantes);
  • Tagalog/filipino (114 mil falantes);
  • Português (falada por 113 mil pess0as).

A diversidade também pode ser medida pelo grau em que as pessoas falam outro idioma diferente do inglês ou francês em casa. Posso citar como exemplo a minha própria escola, que considero super multicultural. Lá estudam residentes permanentes de várias etnias. São imigrantes que vieram da Somália, Quênia, Eritreia, um grupo pequeno de orientais, alguns da Europa e Ásia, assim como alguns alunos turcos e os latinoamericanos. Em relação aos brasileiros, somos agora em 6 alunas. Em janeiro éramos apenas eu e outra brasileira.

passaporte

No quesito religião, Toronto apresenta a Igreja Católica Romana como sua principal religião, com fiéis totalizando 31,4% da população, mas a cidade possui outras comunidades religiosas bem estabelecidas: 7% de judeus, 6,7% de muçulmanos, 4,8% de hindus e 4% de outras religiões. 18% da população não possui nenhuma afiliação religiosa. É normal aqui e em outras cidades canadenses existir uma sala específica para muçulmanos rezarem em escolas, hospitais e centros comunitários.

Toronto pode ser muito boa para o imigrante nos mais diversos aspectos como esporte, gastronomia, artes, entretenimento e em aspectos culturais.

Quando páro, penso e me pergunto por que Toronto atrai tantos imigrantes, acredito que a resposta seja porque aqui podemos ter qualidade de vida, segurança e a oportunidade de vivenciar diversas situações em contato com os mais diversos tipos de pessoas. Um exemplo disso é a saúde pública, à qual todos temos direito antes mesmo de nos tornarmos cidadãos canadenses. Até 2007 o país era mais aberto à imigração em termos gerais. Atualmente a questão migratória mudou e o sistema vem se fechando. Podemos perceber isso ao analisarmos as mudanças nos processos de imigração. Há pessoas que querem viver aqui simplesmente pelo sonho de vivenciar uma nova cultura; outras, simplesmente pela necessidade de mudança de país por diversas situações, como guerra e problemas econômicos em seu país de origem.

Estudos apontam para um aumento da população em Toronto, chegando a 3 milhões de pessoas em 2031, sendo 7,5 milhões de pessoas somente na Grande Toronto. A cidade é como uma ‘mini São Paulo’, porém mais organizada e mais segura.

Aqui encontramos restaurantes italianos, árabes, indianos, vietnamitas, chineses, japoneses, egípcios e tailandeses, só para citar alguns. Na cidade também encontramos regiões com concentração maior de pessoas de uma determinada origem: portugueses, italianos, ucranianos, chineses, judeus…

Resumindo, podemos nos sentir em casa em Toronto, mesmo estando a milhas e milhas de nossa terrinha.

Fontes utilizadas neste artigo: MoneySense; site da prefeitura de Toronto; site de estatísticas do Canadá.

Related posts

Custo de vida em Toronto

Grasiela Martins Vicentini

Sistema de ensino no Canadá

Carla Ortiz

Victoria, a capital do ciclismo no Canadá

Priscila Carda

5 comentários

Jeito de Casa Novembro 13, 2015 at 11:33 pm

Oi Grasi, amei o post porque conheci mais um pouquinho de Toronto.
Que oportunidade maravilhosa conviver com tanta diversidade, tanta
gente diferente Já estou curiosíssima pra conhecer o Canadá!

bjão
ana

Resposta
Camila Duarte Novembro 14, 2015 at 12:00 am

Oi Grasi!
Que incrível o português estar entre as cinco línguas mais faladas! Muito banana essa convivência entre diversas nacionalidades! Amei o post! Grande beijo

Resposta
Roberto Novembro 14, 2015 at 12:27 am

Grasi…

Toronto é exatamente do jeito que você explicou.
Amo demais essa cidade e pretendo ficar aqui por bastante tempo.
Além de tudo o que você já explicou, a cidade não dá a mínima bola se estamos bem ou mal arrumados, se somos negros, brancos, homo, heteros….
As pessoas tem coisas mais importantes para se preocuparem, ao invés de prestarem atenção nos outros.
E isso é algo que adoro. Ser um desconhecido nessa cidade maravilhosamente “misturada”.
Parabéns !!!

Roberto

Resposta
Kamila Cury Novembro 14, 2015 at 3:49 am

Mais um ótimo post da bela Toronto, Grasi. Parabéns! Bjs

Resposta
Inês Dezembro 1, 2015 at 11:10 am

Adorei o post, pois resume bem o que vemos quando chegamos em Toronto. Quando escolhi passar alguns meses nessa cidade, me deixei levar pelo significado “cidade do encontro”.
Tem gente de todo o mundo e a cidade respeita todas as diferenças existentes nessas pessoas, culturas, religiões.
Parabéns, Grasi. Arrasou novamente!!
Beijoss

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação