BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo Espanha

Carnaval na Espanha

Vocês sabiam que o Carnaval na Espanha é o segundo maior do mundo? Nem eu! Infelizmente para mim, a festança ocorre nas ilhas Canárias, longe daqui. Cada ilha do arquipélago oferece shows ao vivo, festas para crianças e para os adultos, concursos de fantasias. Durante uma semana, os canários celebram suas “festas de inverno” como ficou conhecido o Carnaval na região durante os anos 30, posto que estava proibido – em teoria – pela ditadura de Franco.

Na Península, com exceção de umas poucas cidades como Cádiz e Badajoz, não há muita animação. O resultado são as crianças indo à escola fantasiadas e bandos de adolescentes saindo à noite pelas ruas devidamente caracterizados para ir a festas promovidas por boates. Já faz alguns anos, porém, que a prefeitura de Madri tenta animar o reinado de Momo com todo tipo de evento. O primeiro deles é o desfile que acontece por algumas avenidas da cidade e assim como o Carnaval carioca, o desfile tem um tema. Ano passado, quando se comemoraram 400 anos da morte do pintor El Greco, todos os participantes homegeram o artista e relembraram outros gênios do pincel: Picasso, Kandisky e Velázquez. No final, há uma grande queima de fogos artifíciais ao som de música clássica.

1393791935507
Desfile em Madri, junto a Porta de Alcalá. Foto: Sandra Brocksom.

Além disso há um série de bailes de máscaras, concursos de fantasia, bailes para crianças, desfiles de algum bloco carnavalesco (nada a ver com os nossos), enterro da sardinha na Quarta-Feira de Cinzas e shows de chirigotas e murgas, pela cidade como acontecem em outros pontos do país.

Chiri… o quê? Chirigotas, comparsas ou murgas são agrupamentos que entoam canções satíricas pelas ruas ou em palcos montados, e também podem se apresentar em teatros para competições. Dependendo da região o nome varia, mas o espírito de cantar em grupo e zombar dos poderosos é o mesmo. Como não poderia deixar de ser, também em países como Uruguai e Argentina existem grupos que seguem esta tradição e comemoram o carnaval desta maneira.

Assim, temos uma série de ritmos tradicionais que animam o carnaval espanhol como as coplas, pasodobles, jotas e sevillanas em grupo de dez a quinze pessoas. Estas se apresentam fantasiadas e interpretam canções satíricas criticando a situação política do país ou comentando os assuntos que foram destaque no ano anterior. Abaixo, um grupo apresenta a chirigota “Lo siento Patxi, no todo mundo es de Euskadi”, em Cádiz, fazendo piadas sobre as diferenças entre as regiões norte e sul da Espanha especialmente, o País Vasco, chamado de Euskadi, no idioma euskera.

Nos concursos se valorizam a música, a letra, os trajes e a interpretação. Os instrumentos utilizados podem ser violão, caixa, bombo e mais recentemente, teclados. Tal qual uma escola de samba, os grupos têm seus fãs incondicionais que apoiam os integrantes durante a apresentação.

A relação com música, porém, é o que mais chama a atenção de um brasileiro no carnaval europeu. Se para nós ela é parte indispensável da festa para fazer o povo dançar seja com samba, frevo ou axé, aqui na Espanha ela é usada de maneira mais teatral. O clima talvez seja o grande responsável. É complicado sambar de bota, cachecol e sobretudo, viu? E olha que já saí no bloco promovido por um bar brasileiro e quase perdi a cadência. Afinal, o quesito harmonia fica comprometido com tanto pano.

Related posts

O que devo saber antes de querer morar na Espanha?

Susana Sawa Toledo

Custo de vida em Madri

Juliana Bezerra

Nova Orleans completa 300 anos

Cristina Wollenberg

1 comentário

» Carnaval na Espanha | Rumo a Madrid Fevereiro 13, 2015 at 11:15 am

[…] Carnaval brasileiro em Madri, Carnaval de Madri e agora, Carnaval na Espanha. Confiram o texto deste mês para o site Brasileiras Pelo Mundo: http://www.brasileiraspelomundo.com/espanha-carnaval-421012438 […]

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação