BrasileirasPeloMundo.com
Casamento Pelo Mundo EUA Los Angeles

Casamento americano

Casamento americano.

Recentemente fui a um casamento no Texas. Minha amiga Americana disse “sim” no cenário mais perfeito que já vi, subiu ao altar sob uma frondosa árvore de carvalho em uma tarde ensolarada de Outono.

Assim como o altar, a decoração também estava perfeita, detalhes escolhidos com carinho e feitos com muito capricho pela própria noiva, damas de honra, e família. Um casamento “feito em casa”, com Amor de mãe.

A vontade da minha amiga era ter um casamento intimista, com menos de 50 convidados, no qual ela e os convidados pudessem aproveitar esse dia juntos em vários momentos. Um ponto positivo, como convidada, foi não ter de disputar a atenção dos noivos por uma oportunidade de dizer um rápido “Parabéns, sejam felizes”. Na verdade, pude conversar, dançar e aproveitar a noite especial com eles.

Ser parte de uma lista tão restrita me fez sentir importante. É como receber um certificado, só que neste caso, um certificado da Amizade.

Leia também: Plano de Saúde nos Estados Unidos

Tradicionalmente, nos casamentos americanos a dama de honra da noiva e o padrinho do noivo fazem um brinde (toast) aos noivos durante o jantar. Mas, como nada nesse casamento era convencional, os pais da noiva também brindaram ao casal.

A emoção já contagiava a todos nós presentes, quando, em determinado momento, a mãe do noivo, também, decidiu fazer um brinde. A grande surpresa deu-se em razão de o noivo ser de origem chinesa e sua mãe não falar o idioma inglês, mas, ainda assim, ter feito questão de discursar e transmitir sua mensagem de felicitações ao casal.

Suas palavras não eram compreendidas por nós, mas podíamos sentir o que ela sentia. Parecia que a tradução já não era necessária, pois a forma como ela falava já dizia tudo. O Amor não precisa de idioma para ser entendido.

Preciso mencionar que tal momento me gerou a reflexão muito nítida de que, muitas vezes, é em meio às diferenças que encontramos identificação e afinidade com o outro e isso só é possível através do amor e da amizade. Esses sentimentos unem as pessoas, faz com que se protejam, se cuidem, conservem a companhia uma da outra. Nos faz lembrar que a vida é sobre compartilhar, colaborar e expressar nossos sentimentos. Casamentos são ótimos para nos transmitir isso.

Por fim, percebi que a perfeição desse casamento não era o cenário, mas os Noivos. Eles souberam ser Amigos, souberam transmitir o Amor, e souberam reduzir as diferenças diante de convidados que presenciaram a satisfação do casal em unir suas vidas para cuidar, proteger e preservar um ao outro.

Curiosidades sobre o casamento americano

O que todos (ou quase todos) já sabem

Nos Estados Unidos há dois tipos diferentes de madrinhas, sendo elas as Bridesmaids (damas de honra) e a Maid of Honor (madrinha de honra). A madrinha de honra tem alguns deveres, como preparar a despedida de solteira da noiva, ajudar a noiva a escolher o vestido e a preparar a festa. A dama de honra não tem nenhum dever antes da cerimônia. No dia do casamento ela deve estar sempre próxima da noiva para ajudá-la no que for preciso. Todas as madrinhas usam o vestido da mesma cor, e a cor é escolhida pela noiva.

Leia também: Visto par morar nos EUA

Assim também há diferença entre os padrinhos, que são Groomsman e Best Man. Acontece que o Best Man é mais especial que o Groomsman, pois tem mais responsabilidades como organizar a despedida de solteiro do noivo e levar as alianças até o altar. Não imagine o padrinho com uma cestinha, ficaria ridículo, ele na verdade leva as alianças guardadas em um de seus bolsos.

No Brasil não há diferença entre madrinhas e padrinhos. Na verdade, no Brasil eles são escolhidos como casais. Nos Estados Unidos as madrinhas entram uma a uma em linha reta antes da noiva. Enquanto que os padrinhos já estão no altar. Apenas para a saída é que as madrinhas e padrinhos formam casais.

Alguns casamentos têm a Flower girl e o Ring Bearer, daminhas e pajem.

O brinde é um dos momentos mais aguardados da festa, quando a Maid of Honor e o Best Man fazem discurso e votos de felicidades ao casal, eles podem também contar alguma estória dos noivos. Há situações em que outros convidados aproveitam a oportunidade para publicamente prestar sua homenagem ao casal. É comum que o brinde seja feito com champanhe.

O que quase ninguém sabe

Toda noiva precisa de alguma coisa antiga, alguma coisa nova, alguma coisa emprestada, e alguma coisa azul. Todas elas significam sorte. Algo antigo tem que ser de família ou amigos, algo novo que representa o casal, algo emprestado tende a ser o véu ou qualquer coisa da mãe ou tia, e por fim, algo azul representa a pureza da noiva.

Para casamentos mais formais, existe o programa da noite, com os horários de tudo o que irá acontecer. Tudo mesmo, a chegada, a cerimônia, coquetel, jantar, brindes e danças. Os horários são seguidos à risca e geralmente organizados pela cerimonialista.

O tipo de casamento pode variar, há casamentos tradicionais, religiosos, em praias, em fazendas, em lagos, a gosto a vontade dos noivos.

As cerimônias, em regra, são curtas entre 15 a 25 minutos, o que determina a duração são as  músicas, os discursos, e a quantidade de madrinhas e padrinhos.

Semelhanças com o Brasil

A cor branca para o vestido ainda é a cor mais popular entre as noivas.

O noivo ver a noiva com o vestido de noiva antes do casamento é sinal de má sorte.

As noivas escolhem o bouquet que identificam suas emoções.

Noite de núpcias e viagem de lua de mel.

Os noivos cortam o bolo juntos, representando o primeiro feito como um casal.  

A marcha nupcial ainda é a música de entrada preferida das noivas.

Referências:

Related posts

Santacon em Nova Iorque

Debora L. Juneck

Vantagens e desvantagens de ser dona de sua própria empresa nos EUA

Thais Amaral Tellawi

Como é morar em Jackson, no Mississippi

Mariana Carvalho

4 comentários

Mayara V Janeiro 28, 2019 at 2:10 am

Excelente matéria Natália! Futuramente estarei casando com um americano, e pude aprender aqui detalhes preciosos. Muito obrigada!

Resposta
Natália Baldochi Janeiro 30, 2019 at 6:14 am

Oi Mayara,

Primeiro, Parabéns pelo casamento e desejos de que sejam muito felizes!
Que bom saber que te ajudei a aprender um pouquinho mais sobre as tradições daqui.
Um beijão.

Resposta
Maria B Janeiro 28, 2019 at 7:03 pm

Pude constatar que nos EUA também existe muita tradição ao se casar, achei bem interessante todas as etapas a se seguir durante a cerimonia. Mesmo que as diferenças existam entre os países, a vontade, a emoção, o amor sempre estarão presentes em qualquer lugar do mundo durante a cerimonia. Parabéns!

Resposta
Natália Baldochi Janeiro 30, 2019 at 6:17 am

Oi Maria,

Obrigada! Realmente é muito interessanter ver como ao mesmo tempo que algumas tradições viajam o mundo todo, outras permanecem como costumes locais.

Um beijo!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação