BrasileirasPeloMundo.com
Casamento Pelo Mundo Eslovênia

Casamentos de sonhos na Eslovênia

Em muitas reportagens de turismo, principalmente em inglês, a Eslovênia é chamada de “País de Contos de Fadas” devido à beleza de seus cenários naturais: rios cor de esmeralda, florestas, lagos de água cristalina, campos e mais campos de um verde quase imaculado. Na primavera, flores por todos os lados e, no inverno, um neve branquinha cobrindo tudo. Tem ainda, claro, o outono, folhas secas que desfilam suas belas cores, do amarelo claro ao vermelho.

Você já está no cenário, não é? Nem precisa mais viajar (risos). Agora, acrescente castelos, mosteiros… Está pronto o filme. E se o seu filme é romântico, se você já achou o príncipe encantado, mesmo que seja anti-princesas, vai achar no mínimo lindo um lugar assim para casar. Não gosta de príncipes? Diga que achou um guerreiro medieval! E seja você uma arqueira celta, tipo a Guinevere, do filme Rei Arthur. Ou quem sabe a Susana Prevenisse, das Crônicas de Nárnia, que, afinal, foi parcialmente filmado no encantado Rio Soča.

Ou, melhor ainda: seja você mesma, que resolveu casar-se em um castelo porque gosta. Fim.

Fim das explicações e começo da história.

É muito importante, principalmente não sendo uma pessoa local, ter todos os documentos preparados. Os Consulados podem ajudar com as dúvidas. E existem sites com informações em inglês. Não adianta ver tudo antes de ter os papéis em dia, todos seguem as regras, pois aqui não há “jeitinho”. Há regras e elas são cumpridas. Um intérprete será necessário também.

Onde casar na Eslovênia

Muitos lugares aqui são destino para quem escolheu fazer deste momento algo bem especial. Há castelos, mosteiros, vilas e outros belos cenários onde é possível realizar uma cerimônia de sonhos.

Belos locais não faltam, o difícil mesmo é escolher. Entre muitos, porém, há um que é o cenário mais procurado por apaixonados de diferentes partes do mundo: Bled.

Bled é um cenário de contos de fada mesmo: um lago com uma pequena ilha no meio e nela uma igrejinha. Cisnes brancos, montanha com um belo castelo lá em cima e a natureza exuberante ao redor. Precisa mais?

Foto arquivo pessoal: Tati A.

A Tati, que mora aqui, casou-se em Bled. Ela e o noivo organizaram tudo. Teve até acordeão acompanhando os noivos no barquinho, que tem nome: pletna. São barquinhos em madeira, tradicionais.

A cerimônia pode ser realizada na Capela Assunção de Maria, na pequena ilha, ou no Castelo. Há pacotes para todos os gostos e bolsos. Você pode escolher, como em qualquer casamento, a música e tudo mais que envolve este momento tão especial. E chega deslizando suavemente nas pletnas sobre as águas encantadas do rio, como fez a Tati e seu noivo, com os cisnes nadando por ali naquele cenário idílico. Seu príncipe guerreiro a carrega por uma escadaria imensa, 99 degraus (tem que ser guerreiro mesmo) e lá em cima você toca o Sino os Desejos, um sino do século 16, que segundo a lenda, realiza seus desejos.

Não acredita? Atenção ao que deseja! Você está no país de conto de fadas.

Há também outros cenários. A Carolina Dolenc, outra brasileira que mora aqui na Eslovênia, quis ter seu dia de princesa e escolheu o Castelo de Liubliana para seu grande dia. O cenário? Um castelo lindo, com uma Capela do século 15, Capela de São Jorge, e lá embaixo Liubliana.

Ela e seu noivo decidiram fazer apenas a cerimônia ali e de lá partiram para uma festança em outro cenário que escolheram. Mas existe a opção ter todos os serviços necessários agendados.

Há uma grande variação de preços para os diversos salões que podem ser utilizados. Os preços variam também de acordo com a capacidade de pessoas que pode receber, variando de 122 a 610 euros.

No Castelo de Liubliana, acontecem casamentos onde ocasionalmente até o prefeito participa da cerimônia! E aqui casam-se príncipes com princesas e princesas com princesas e guerreiras com príncipes. O Castelo é um local certificado como LGBT friendly.

Ame e seja feliz, com quem você decidir.

Então, Bled e o Castelo de Liubliana são os locais mais conhecidos, mas existem muitos outros, como por exemplo o Castelo de Sevnica, terra de Melania, primeira dama dos Estados Unidos. Mona, a cientista que já esteve em outro texto meu, casou-se lá.

Em alguns castelos ainda pode-se casar sem ter que pagar pela cerimônia. Como o Castelo de Sevnica. Ele fica no alto de uma colina de onde pode-se avistar o belo rio Sava. Mona não contratou nenhum serviço, porém o castelo providenciou uma simples e bela decoração. Ela casou-se lá e a recepção foi em outro local.

As possibilidades são muitas, mas já que falamos de arqueiras e guerreiros, falemos de cavalos. Já pensou casar em um haras? Natureza exuberante e belos Lippizzanos, uma raça de cavalos belíssimos, que nascem pretos e vão clareando até ficarem branquinhos. Quer mais? Você chega em uma carruagem.

Ficam as dicas para que o cenário seja perfeito. E como só a natureza é perfeita, aqui é o lugar. Busque antes do príncipe, do guerreiro, do cavaleiro, o ser humano que mora lá dentro. Toque seu coração e sua alma exatamente como são, sem expectativas. O cenário de fora é importante, e algo de belo é sempre uma alegria, mas as grandes histórias de amor são na verdade construídas dentro de cada um de nós.

Enfeite, antes de tudo, sua alma.

Related posts

Inverno na Eslovênia

Marta Berglez

Casamento e poligamia na República do Congo

Jacira Ferreira Normand

Eslovênia – Pequeno guia da Eslovênia

Marta Berglez

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação