BrasileirasPeloMundo.com
Dinamarca Natal Pelo Mundo

Comidas de Natal na Dinamarca

Comidas do Natal na Dinamarca.

O Natal é celebrado com grande pompa e é uma das principais datas do calendário dinamarquês, dividindo relevância com o 5 de maio, dia da liberação do país na Segunda Guerra Mundial, e 5 de junho, dia da Constituição. Vamos descobrir quais são as comidas do Natal na Dinamarca, e também algumas curiosidades?

Julefrokost, um almoço que é uma janta

A tradução literal para o português do que se chama jantar de Natal em dinamarquês seria “almoço de Natal”. É curioso, portanto, que se chame assim uma refeição feita à noite.

O aspecto social

O costume é fazer vários julefrokosts antes do propriamente dito. Faz-se então julefrokost com amigos, com colegas de trabalho, com grupos dos quais você participa e o último é sempre com a família, na noite do dia 24. Os pratos são sempre os mesmos, com pequenas variações nas escolhas. Julefrokost é um momento de celebração e confraternização.

Ceia de Natal?

No Brasil estamos acostumados à ceia de Natal, já que a refeição festiva principal é, via de regra, servida depois da meia-noite. Na Dinamarca o costume é jantar no mesmo horário normal de todos os dias, por volta das 18 horas. Como os presentes são abertos geralmente depois da meia-noite, em algumas famílias se serve café com biscoitos e ostemad, que é pão branco com queijo, na madrugada. Ou seja, não tem ceia como nós conhecemos.

Cardápio clássico do Natal

Clique nas palavras grifadas para ver a foto dos pratos.

Entradas: risengrød – quente, facultativo; entradas frias: arenque marinado com salada de curry, camarão e ovos cozidos, servidos com maionese, salmão defumado com molho de mostarda e endro; entradas quentes: filé de peixe empanado e frito, servido com limão e remoulade, tarteletter med høns i asparges – tortinhas de massa folhada com recheio de galinha ao molho de aspargos, frikadeller – almôndegas de carne de porco com vitela moídas, leverpostej – patê de fígado de porco, servido com cogumelos grelhados e bacon crocante.

Pratos principais: hamburgerryg, julemedister, peito de pato, flæskesteg, ribbensteg.

Sobremesa: ris à l’amande, doces de maçapão e chocolates.

O serviço começa com as entradas frias, segue para entradas quentes, vai para o prato principal e acaba na sobremesa. Tudo é servido sempre na mesma ordem, todos os anos.

Ordem dos pães: pão de centeio é para o arenque marinado, filé de peixe – fiskefilet e leverpostej. Pão branco é para salmão, mas alguns comem também com camarões e ovos.

Algumas famílias começam o jantar com risengrød, e há as que sirvam frikadeller com geleia de morango, mas são exceções. Brun sauce é o molho para as carnes.

Porco, porco, porco

Prato principal do dia a dia, o porco é também estrela no jantar de Natal. Em formatos variados – frikadeller, hamburgerryg, julemedister, flæskesteg e ribbensteg -, não pode faltar na mesa natalina.

Arroz doce? Temos!

O arroz na mesa natalina dinamarquesa não é um acompanhamento e sim, prato de destaque. Servido em forma de arroz doce, na variação risengrød ou ris à l’amande, pode ser o começo ou o fim do jantar de Natal, mas é sempre apreciado. Esses pratos são feitos à base de um arroz especial para mingaus, parecido com o carnaroli no formato.

Risengrød é uma comida mítica. Esse mingau de arroz doce, servido com canela e uma colherada de manteiga é a comida preferida dos duendes natalinos, os nisser. Já o ris à l’amande é uma variação mais chique dele, onde se adicionou chantilly, pedaços de amêndoa e uma calda de cerejas.

Acompanhamentos

Batatas, flødestuvet hvidkål e grønlangkål, que são respectivamente dois tipos de repolho, junto com beterrabas e repolho roxo em conserva são os acompanhamentos tradicionais dos pratos principais. No caso das batatas, elas podem ser servidas apenas cozidas em água com um pouco de sal ou banhadas num caramelo, as famosas brunede kartofler.

Mandelgave

A tradição pede que se coloque uma amêndoa inteira no arroz que será servido. Quem a encontrar deverá guardá-la e só revelar que a encontrou depois que toda a porção de arroz tenha sido consumida. Quem achar a amêndoa ganha um presente de maçapão ou chocolate, chamado de mandelgave ou presente da amêndoa. A amêndoa pode ser colocada em qualquer das versões de arroz servidas.

Frutas

As frutas do Natal dinamarquês são a maçã, usada no preparo de alguns pratos e também às vezes como guarnição, e a tangerina – ou mexerica, ou bergamota, ou mandarina, dependendo de onde do Brasil se é. Outras frutas em conserva ou secas, como figos, damascos e pêras podem ser servidas nessa época, mas não necessariamente nas festividades natalinas.

Peraí, e as passas?

Embora seja normal na Dinamarca usar misturas de nozes e passas em saladas, não é um hábito incluir passas nas comidas de Natal. As passas são usadas geralmente na panificação e em doces, porém sem nada específico para as festividades natalinas.

Tradições do Brasil x tradições dinamarquesas

As comidas de Natal daqui são bem diferentes das do Brasil, mesmo porque em geral o que nos une é o peru e o panetone, e o resto, bem… O resto varia de acordo com o gosto de cada um. Na Dinamarca os pratos são sempre os mesmos em qualquer lugar que se vá, com poucas variações. Nem todos os pratos são servidos num mesmo julefrokost, mas em todo julefrokost você verá muitos dos pratos listados acima.

Para alguns de nós, brasileiros, é um pouco complicado essa coisa de batatas carameladas como acompanhamento de carnes salgadas e entradas frias no inverno, mas com o tempo a gente se acostuma e passa a achar uma delícia (ou não). A ordem dos pães é algo a se memorizar para fazer bonito e ganhar pontos. Comece com o pão de centeio, sempre, e finalize com pão branco, uma fatia de cada vez e com as coberturas certas. Não esqueça de que o pão se come com garfo e faca!

Leia mais sobre Natal Pelo Mundo

Related posts

Natal e o Sinterklaas na Holanda

Regina Oki

O clima de Natal em Londres

Renata Russo Cintra

Natal em Bangkok

Bárbara Santos

2 comentários

Valdete Andrade Dezembro 25, 2018 at 7:54 am

Bom dia Tesouro, e feliz Natal pra você e familia. Ontem passei o meu primo Natal em terra dinamarquesa, adorei, achei muito lindo as musicas, a ciranda al redor da arvore, e o carinho con que eles fizeram tudo. Uma linda esperienza. E os pratos que voce citou, tinham quase todos. Um beijo.

Resposta
Cristiane Leme Janeiro 12, 2019 at 5:25 pm

Que bom que gostou, continue nos acompanhando 🙂

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação

Pin It on Pinterest

Share This