BrasileirasPeloMundo.com

Related posts

O que os dinamarqueses comem?

Cristiane Leme

O Som de Copenhague

Camila Vicenci Witt

Algo de podre no reino da Dinamarca

Camila Vicenci Witt

7 comentários

Francisco Nobre May 25, 2018 at 1:58 pm

Interessante saber disso. Culturalmente falando, principalmente. Claro, se morasse por aí, optaria pela “não-firmação” para meus filhos, pois acho muito mais útil para o jovem (se realmente aproveitarem os cursos que você mencionou). Mesmo porque, discordo, em termos de doutrina religiosa, da existência da “primeira-comunhão” Católica, e essa congênere “confirmação” Luterana, coisas que não foram criadas e não existiam no Cristianismo primitivo, já que não se batizava bebês no principio do Cristianismo (o batismo é uma opção consciente, coisa que bebê não tem condição de fazer). Mas, isso é outra história.

Resposta
Cristiane Leme May 26, 2018 at 10:39 am

Oi Francisco, que bom ver você aqui de volta. Eu ainda não sei o que minha filha irá escolher quando chegar na hora dela, mas espero que opte pela não-firmação também. Abraços

Resposta
Cintia June 1, 2018 at 1:29 am

Mas sabe q nem chega a ser mto diferente no Brasil não… Não batizei meu filho, e mtos acham absurdo. Sendo q a grande maioria não frequenta igreja católica/luterana… Me parece mesmo algo mais pela festa do q pela fé…

Resposta
Cristiane Leme June 2, 2018 at 8:34 pm

No Brasil e nos demais países que seguem o catolicismo é mesmo bastante parecido: mais vale a tradição e a festa do que a fé propriamente dita. Segue o baile, né?
Abraços e obrigada pelo comentário. Continue nos acompanhando!

Resposta
Valentine July 26, 2018 at 3:31 am

Olá Cristiane!! Você tem e-mail para conversarmos?? Adoro seus posts! Obrigada, beijos.

Resposta
Cristiane Leme August 6, 2018 at 8:51 pm

Oi Valentine, acho que você já me encontrou no Facebook, não?

Resposta
João Emiliano Martins Neto June 25, 2022 at 10:43 pm

Soren Kierkegaard, grande filósofo dinamarquês tornou-se um grande filósofo muito tentando confrontar a falsidade e mera aparência destes jantares e cerimômias luteranas. Martinho Lutero, o fundador da igreja luterana, deve estar se revirando no túmulo vendo a dissimulação que se tornou a religião cristã reformada que ele fundou com muito sofrimento e correndo risco de morte sendo perseguido pela Igreja Católica de sua época que era muitoi um poder mundano.

Resposta

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação