BrasileirasPeloMundo.com
Canadá Estudando Pelo Mundo Universidades pelo Mundo

Continuing Education Studies: uma opção de estudo no Canadá

Muitas pessoas que vem estudar no Canadá e possuem um bom nível de inglês ou francês estão a procura de mais que um intercâmbio, estão a procura de uma oportunidade para um futura imigração e, de longe, o Post-Graduation Work Permit Program (PGWPP) após o término do College ou University brilha aos olhos de muita gente. Existe uma opção, porém, para um público que não está focado em imigração mas quer ter uma experiência internacional de estudo em nível mais avançado que poucos comentam: os programas de educação continuada.

Quando eu decidi que gostaria de voltar a Toronto para estudar por um período mais longo (vim pela primeira vez em 2015 fazer um curso de inglês durante as férias) e comecei pesquisar quais eram as minhas opções, me deparei com uma infinidade de blogs, fóruns, canais no youtube etc explicando certinho como funcionam os cursos de College e University que me dariam acesso ao PGWPP e o que eu precisaria (custo do curso, processo de inscrição, nível e testes de inglês etc), mas nada se encaixava perfeitamente no que eu estava procurando e na minha realidade financeira. Sim, para estudante internacional frequentar um College aqui é CARO (obter um curso em universidade então, nem se fala). Até que um dia eu me deparei com os Continuing Education Certificates.

Os Continuing Education Certificates em geral são cursos part-time, curtos (algo entre 3 e 6 meses), BEM mais baratos que um College full-time e que funcionam como uma especialização em um determinado assunto. Tem Certificate de Gereciamento de Projetos, Análise Financeira, Recursos Humanos, Data Science, Big Data, Marketing e por ai vai. Cada Universidade ou College oferece um leque de opções e cada caso é um caso, tem Certificate com 3 matérias (aqui chamadas de courses), outros com 5 ou mais, é imprescindível entrar na página de cada Instituição e pesquisar os detalhes a fundo. Em Toronto, algumas das Instituições que oferecem cursos de educação continuada são a University of Toronto, York University, Ryerson University, Humber College, Seneca College, Centennial College e George Brown College.

Eu terminei de concluir o curso de Financial Analysis & Investments da Universidade de Toronto (UofT), foram 5 matérias e, apesar do curso ser part-time, não se enganem, é bem puxado. Como sou formada em Economia, tive contato com parte do conteúdo ensinado em algumas matérias na graduação, o que me ajudou bastante, mas mesmo assim os cursos demandaram bem mais dedicação do que eu imaginava antes de vir.

Cada matéria tinha uma aula de 3 horas por semana, mas nas aulas os professores fazem uma leve explicação sobre os capítulos do dia, tiram dúvidas sobre exercícios passados nas aulas anteriores e respondem questionamentos. É diferente da forma de ensinar que estamos acostumados no Brasil, onde os conteúdos são mais “mastigados”. Aqui a responsabilidade de aprender está no seu colo e fazer as leituras e exercícios do material que o professor recomenda é essencial. É um jeito diferente de aprender e eu sofri um bom bocado até conseguir “pegar no tranco” e entender a dinâmica das aulas. Ahh e sem falar na dificuldade da língua, o que é muito pessoal, mas diria que conseguir conversar no dia-a-dia é bem diferente de acompanhar uma aula de alto nível com todo seu vocabulário técnico.

Na Universidade de Toronto esses cursos não cobram teste de inglês prévio, na prática você se inscreve nas matérias até completar as necessárias para o seu Certificate. A inscrição é tão simples quanto clicar num botão e pagar com o cartão de crédito e você paga por matéria (na UofT elas custam em torno de CAD 750 para uma matéria de 12 semanas, mas os valores variam dependendo da Instituição e da carga horária).

Como o curso é part-time, o que observei é que a grande maioria dos alunos trabalham durante o dia e fazem uma matéria por semana até obter o Certificate. Isso faz com que não exista aquela convivência de fazer trabalhos juntos e estudar na biblioteca que os alunos de programas full-time possuem, mas em compensação eu pude conversar com pessoas que moram e trabalham na cidade há muitos anos (ou a vida inteira), o que é bem diferente de uma vida de intercambista, o que foi bem bacana. O background dos alunos nas minhas aulas era o mais variado possível: alunos de degree da UofT que faziam uma matéria isolada para aperfeiçoamento, residentes ou trabalhadores que estavam cursando uma matéria somente porque queriam aprender sobre aquele assunto, residentes ou trabalhadores que estavam em busca do Certificado e pessoas como eu, que para ser bem sincera, eram a exceção.

Para quem está buscando um curso de especialização de curto prazo no exterior com preço mais acessível, melhorar o inglês e voltar para o Brasil com um diploma de uma das melhores universidades do mundo essa pode ser uma opção que vale a pena ser considerada. Você não vai ter permissão de trabalho e não vai poder usar o curso para facilitar um futuro processo de imigração para o Canadá, mas verdade seja dita, esse não é o objetivo de todos que vem para essas terrinhas gélidas e tenho certeza que você vai voltar para o Brasil com o inglês afiado, um mar de experiências incríveis e com o carimbo de uma vivência internacional que pode abrir uma infinidade de portas.

Leia – Visto de estudante no Canadá!

Related posts

Como prevenir e tratar lesões provocadas pelo frio extremo

Renata Melo

Como é estudar em uma HBCU nos EUA

Mariana Carvalho

Faculdade depois dos 40 no Canadá

Flávia Bartholo

10 comentários

Ana Maio 4, 2017 at 8:18 pm

Eu fiz um curso de Gerenciamento de Projetos na UBC, Vancouver e recomendo muito. Para quem vai estudar por menos de 6 meses, não precisa nem de visto de estudos.

Resposta
Natalia das Mercês Clarindo Maio 4, 2017 at 8:38 pm

Legal, Ana! E para quem se enquadrar no Electronic Travel Authorization (eTA) agora ficou mais fácil ainda=)

Resposta
Maxyne Maio 5, 2017 at 7:32 pm

Esse certificado funciona como se fosse uma pós graduação?
Estou terminando Economia na federal do Acre e ando pesquisando mestrado fora do Brasil. Essa certificação não é equivalente a um mestrado, mas é equivalente a uma especialização ou pós como no Brasil?

Resposta
Natalia das Mercês Clarindo Maio 5, 2017 at 9:27 pm

Oi Maxyne, tudo bem?
O sistema educacional aqui é um pouco diferente do Brasil e não existe uma pós da mesma forma que temos aí. Os cursos de “Certificate” possuem carga horária variável e funcionam como uma especialização em um tema específico, o público principal são pessoas com graduação (que aqui eles chamam de undergraduate) e que querem se aprofundar em uma determinada área. Existem certificates com as mais diferentes carga horária, alguns são part-time outros full-time, alguns exigem uma graduação outros não, então é importante entrar no site da Universidade pra ter todos os detalhes.

Resposta
Márcia Julho 26, 2017 at 11:55 am

Olá! Os certificates full time (estou vendo um para estudar francês intensivo na McGill university em Montreal) permitem trabalhar durante o curso? E conta como tempo de imigração?

Resposta
Natália das Mercês Clarindo Julho 31, 2017 at 1:47 pm

Olá Márcia, tudo bem?
Cada universidade e programa possui suas próprias regras e a melhor forma de confirmar se você poderá ter direito ao work permit é enviando email para a própria universidade e explicando sua situação. Você pode dar uma olhada no site do CIC também antes para confirmar sua elegibilidade, eles explicam tudo detalhadamente nesse link: http://www.cic.gc.ca/english/study/study-changes.asp

Em relação a sua 2a pergunta não entendi o que você quer dizer como tempo de imigração. Se for em relação ao pontos adicionais de estadia do processo de imigração via Quebec a melhor forma de confirmar isso é dando uma olhada no site oficial do Mon projet Québec ou nos fóruns específicos de imigração quebecoise. Nessa tabela eles explicam sobre a pontuação, talvez seja útil: http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/publications/fr/divers/Grille-synthese.pdf

Boa sorte com os planos!

Resposta
GERUSA Julho 26, 2017 at 11:52 pm

Oi Natalia!
Obrigada por dividir sua experiencia! 🙂
Estou com o mesmo plano de fazer um curso de educação continuada na Universidade de Toronto e claro, ter a certificação. Como é necessário fazer todas as matérias (Required Course), você conseguiu cursa-las juntas? Ou teve que fazer uma em cada período/semestre, mesmo a universidade disponibilizando as turmas de todas as matérias no período? Vou ficar em Toronto até o final desse ano e queria poder aproveitar esse tempo.
Obrigada!

Resposta
Natália das Mercês Clarindo Julho 31, 2017 at 1:30 pm

Oi Gerusa, tudo bem?
Meu curso tinha 5 matérias e 2 delas tinham como pré-requisito ter cursado alguma antes, então fiz 3 primeiro e depois as outras 2. Minha sugestão é que você envie um email para a Continuing Education School, explique seu caso, seu background educacional e veja o que eles te respondem. Boa sorte e espero que dê tudo certo!

Resposta
Stefania Junho 14, 2018 at 2:11 am

Olá Natalia, tudo bem?
Gostaria de saber se precisou enviar alguma documentação para a universidade de Toronto antes de se inscrever nos cursos, algo como o diploma da faculdade de economia que cursou ou algum outro documento que comprovasse conhecimento no inglês, ou se simplesmente pagou os cursos pelo site e isso foi o suficiente para garantir a sua matricula.
Obrigada,

Resposta
Liliane Oliveira Junho 14, 2018 at 8:32 pm

Olá Stefania,
A Natália das Mercês Clarindo parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Canadá que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação