BrasileirasPeloMundo.com
Argentina Curiosidades Pelo Mundo

Curiosidades sobre a Argentina

Estamos no mês de agosto, portanto inverno na Argentina. Buenos Aires combina com o inverno, a cidade fica linda com esse clima frio: dias mais curtos, árvores com folhas secas e cinzentas, todos caminhando com pesados casacos, gorros, cachecóis e luvas. Calefação por todos os lados, convidando a noites de vinho e queijos e fondues com amigos.

O inverno é a estação mais forte daqui. A programação cultural é intensa: cinema, teatros, restaurantes, amigos, enfim, apesar do frio é uma época que sempre temos aonde ir para esquentar a alma.

Neste post decidi fazer uma espécie de “Você sabia?”, e assim contar sobre várias coisas e costumes diferentes. Pensei nisso ao ver as publicidades para o Dia dos Pais. Pois é, aqui algumas datas comemorativas acontecem em épocas completamente diferentes das do Brasil. Então, vamos nos divertir um pouquinho com essas curiosidades!

Post_1

• Você sabia que Buenos Aires, em janeiro, no Dia de Reis (06/01) as crianças deixam sapatos na janela ou na porta ou perto da cama com um pouco de pasto e mel para a passagem dos Reis Magos e, quando amanhece, no lugar dos sapatos, elas encontram presentinhos?

• O Dia dos Namorados é comemorado na data internacional mais conhecida como o Dia de San Valentín, em 14 de fevereiro, e os argentinos não têm toda aquela aura de romantismo que temos no Brasil não. Para muitos casais um simples “Feliz Día de San Valentín” está bom. E troca de presentes somente para quem está realmente namorando; se está saindo com alguém há algum tempo, mas sem o compromisso do namoro, é difícil ganhar presente. (Afinal, para quê se comprometer não é mesmo?).

• Apesar de o mês de maio ser conhecido como o mês das noivas no Brasil, aqui está mais para fevereiro e março. Por causa dos muitos meses de frio por conta do Outono e do Inverno, muitos casamentos acontecem a partir de outubro por casa da Primavera e a grande parte acontece no verão, entre fevereiro e março porque janeiro é mês de férias.

Post_2

• Ainda fico impressionada com o que acontece com Buenos Aires em janeiro. É outra cidade. É período de férias geral. 70% dos argentinos saem da cidade para o litoral ou viajam a outro país.

A cidade fica sem trânsito, não há grandes filas de cinema, muitos teatros fecham. Há lojas, nas grandes ruas comerciais que colocam avisos informando que fecharão mais cedo. Alguns restaurantes e bares também fecham e dão férias aos funcionários (muitos destes vão para o litoral ganhar um extra). Enfim, é uma cidade vazia.

• Você sabia que em Buenos Aires os feriados que não são pátrios e caem nos finais de semana são móveis e levados a serem comemorados durante a semana, pode ser uma segunda ou sexta?

• Que o Dia dos Pais é comemorado no terceiro domingo de junho, o Dia das Crianças no terceiro domingo de agosto e o Dia das Mães no terceiro domingo de Outubro?

• Que o início da Primavera acontece no mesmo dia que o Dia dos Estudantes, 21 de setembro, e é um dia onde estes estão liberados de irem à escola para curtir o início desta estação e há shows pela cidade e todos os jovens vão para as praças com seus amigos fazerem piqueniques e tem-se o costume de presentear as mulheres com flores e desejar um Feliz dia da Primavera?

Post_3

• Que em agosto, em pleno inverno, existe um fenômeno chamado “Tormenta de Santa Rosa”, que faz com que tenhamos duas semanas atípicas: uma semana de muita chuva e as temperaturas sobem e saímos dos 10 graus para os 25 graus, matando todos de calor (no ano passado tivemos dois dias com 34 graus e estávamos todos literalmente derretendo) e então a temperatura volta a cair drasticamente e voltamos às temperaturas normais do Inverno como se nada tivesse acontecido.

• Que o arroz não faz parte da mesa diária do argentino, e, por causa dos imigrantes que moram na cidade, agora encontramos arroz em todos os mercados, mas nada como no Brasil. Tanto que aqui não é vendido pacotes de 5 kg, apenas de 1⁄2 Kg e nos últimos anos entraram nas gôndolas os de 1 kg.

• No Brasil, quando queremos fazer um almoço especial com massa para amigos ou família sempre recorremos à boa e clássica lasanha, aqui este mesmo costume existe, mas a massa é sempre com raviólis.

• Aqui não existe guaraná, a fruta local e que encontramos em sucos e refrigerantes é o Pomelo. Então, se vir à Argentina não deixe de provar a água com sabor, refrigerante ou o suco desta fruta.

• Em noites especiais, como eclipse da lua, ou noites de luas cheia, acontece nos Bosques de Palermo, o que chamamos de Noite dos Tambores, onde alguns músicos ficam tocando tambores (óbvio, né!) ao ar livre e muitos se sentam no gramado com amigos e fazem um piquenique, bebem alguma coisa e curtem a noite. Geralmente, nas noites de primavera e início do verão.

 

Bem, espero que tenham gostado de saber essas curiosidades e até o próximo post!

Related posts

O alto custo de vida e a pobreza na Argentina

Ina de Oliveira

Mitos e verdades sobre morar no Oriente Médio

Isabela Avila

A vida em Mumbai

Joice Santos

3 comentários

Cristiane Leme Agosto 5, 2014 at 9:54 am

Ina, gostei das curiosidades, mas o mês de janeiro ser vazio é bem parecido com o Brasil, não? A gente sabe que de dezembro até o carnaval é a época em que o brasileiro debanda de férias… 🙂 Pelo menos é o que eu me lembro de quando morava em SP.
Beijos

Resposta
Josiane Silva Junho 12, 2015 at 11:16 pm

Verdade no mês de Dezembro e Janeiro fica tudo parado no Brasil acho um tédio

Resposta
Cleo Vassiliou Agosto 17, 2014 at 6:50 pm

Oi Ina, achei muito interessante a lista com as curiosidades citadas. Algumas delas um tanto esquisitas…rs… mas o que seria do vermelho se todos gostássemos do verde, não é?
As datas comemorativas e as tempestades me lembram os EUA, pois aqui em Tucson/ Arizona temos tempestades no verão e muitas datas comemorativas são celebradas em épocas diferentes das do Brasil. Ah! E também, aqui, ninguém come com arroz…rs.. no inicio achava tudo esquisito, mas agora já me adaptei.
Beijos

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação