BrasileirasPeloMundo.com
Argentina Curiosidades Pelo Mundo

Surpreenda-se com algumas invenções argentinas

Surpreenda-se com algumas invenções argentinas.

  1. Digitais

Em 1891, o policial argentino Juan Vucetich, por causa da quantidade de crimes sem solucionar criou o método de identificação de pessoas através das digitais dos dedos.

  1. A Transfusão Sanguínea

Em 1914, Luis Agote criou o sistema de conservação do sangue sem coágulos. Até então o a transfusão ocorria de forma direta de uma pessoa a outra. Ele não patenteou sua invenção, mas a difundiu imediatamente no meio médico.

  1. Bypass

O Dr. René Favaloro, criou em 1967, o Bypass que é uma intervenção cirúrgica para tratar as obstruções do coração. Esse método revolucionou a cirurgia e é atualmente a intervenção cirúrgica mais praticada no mundo.

O triste desta história é que o médico Favaloro que até hoje salva tantas vidas, cometeu o suicídio ao disparar contra o próprio coração.

  1. Alfajor

O famoso doce argentino surgiu na década de 1950 no litoral argentino e as primeiras marcas foram Havanna e Balcarce. Esse doce é feito com um biscoito duro ou macio, recheado com doce de leite, geléia de frutas ou chocolate, podendo ser coberto com chocolate ou não. Hoje existem 34 tipos diferentes de alfajor nas gôndolas dos quiosques e supermercados. Em 2004, eram consumidos seis milhões de alfajor por dia na Argentina.

  1. Doce de Leite

E já que estamos falando de doces, como não falar de um ícone argentino: o doce de leite. Existe uma briga entre Argentina e Uruguai sobre onde surgiu o doce, mas muitos historiadores atualmente afirmam que realmente foi em solo argentino. A história popular diz que em 1829, a criada de Juan Manoel Rosa colocou um pouco de leite e açúcar para esquentar para acompanhar a merenda do patrão, no entanto ela se esqueceu e quando percebeu havia uma mistura espessa e marrom. Rosas provou e gostou tanto que ofereceu à sua visita,  Juan Lavalle, para provar e assim surgiu o doce de leite.

  1. Caneta

De todas as invenções que os argentinos criaram a caneta foi a que mais me surpreendeu. Afinal, está tão presente na nossa vida que ninguém se pergunta quem a inventou! Pois é, foi húngaro, naturalizado argentino László Biró em 1932. Aqui na Argentina é comum chamar a caneta de “biro” por causa do seu inventor.

  1. Bastão para Cegos.

Em 1921, José Mario Fallótico viu uma pessoa cega que queria atravessar a rua estava esperando alguma ajuda e percebeu que seria bom que essas pessoas tivessem algo para além de ajudá-las que identificasse aos demais que ela estava ali. Os atuais bastões que emitem sons também são de responsabilidade argentina.

  1. Seringa e agulha descartável

Tanto a seringa quanto a agulha já vinham sendo usadas na medicina, mas foi o empresário argentino Arcusin o responsável por inventar a tampa da seringa e a segurança descartável para as agulhas usadas até hoje para garantir a segurança do paciente.

  1. Bife à Milanesa Napolitana

Pois é, apesar de se referir à Nápolis,  esse prato tão conhecido nosso não existe na Itália. Colocar uma fatia de queijo, tomate e manjericão sobre o bife à milanesa e gratinar é argentiníssimo.

  1. Magiclick.

Lembra da febre que foi quando surgiu esse aparelinho que substituiria os fósforos e o isqueiro? Hoje quase ninguém usa essa invenção do argentino Hugo Kogan em 1963.

Related posts

A tradição do café no Vietnã

Natalie Lima

40 fatos que você não sabia sobre a Bélgica

Elisa Penna

Quem tem medo de morar na Ásia?

Paula Augot

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação