BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica Custo de Vida Pelo Mundo

Custo de vida na Bélgica

Custo de vida na Bélgica – Parte 1.

Dinheiro. Não seria maravilhoso se ele viesse das árvores? De preferência, das árvores no nosso jardim, claro. Infelizmente, a realidade não é essa e, querendo ou não, dinheiro move o mundo e, portanto, qualquer oportunidade de economia sempre é válida. Aqui na Europa, economizar é a regra, uma vez que compras parceladas praticamente não existem por aqui. Pelo menos não como conhecemos no Brasil. Tudo aqui se compra à vista, do sapato e das compras de supermercado à passagem aérea das férias.

A compra a prazo se tornou a modalidade padrão no comércio brasileiro. Não se anuncia mais o preço do produto e sim apenas o valor da parcela e a quantidade delas a serem pagas. O pior é que o brasileiro está pouco preocupado com os juros e demais taxas ocultas embutidas numa compra financiada, sua única preocupação é se a parcela cabe ou não dentro do seu orçamento. Cabendo ele compra o produto. Aqui não ficamos iludidos pelo “que parcela pequena, vou comprar”. Ou você junta seu dinheiro para comprar o que quer ou simplesmente não compra.

Não acho que o custo de vida aqui seja elevado quando comparado ao dos países vizinhos, principalmente com a Holanda e França. Moro em uma cidade bem perto da fronteira com a Holanda e vários holandeses preferiram se instalar por aqui mesmo trabalhando na Holanda, justamente pela diferença no custo de vida. De acordo com o Better Life Index, índice criado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), a Bélgica “está acima da média em equilíbrio vida-trabalho, renda e riqueza, engajamento cívico, educação e qualificações, bem-estar subjetivo, condições de saúde, conexões sociais e segurança pessoal”. 

Vou dar aqui uma pequena ideia dos valores e deixarei para vocês responderem: é caro morar na Bélgica? Obviamente, os valores variam de cidade para cidade, como se pode perceber nesse ranking da Expatistan, do custo de vida no país: Bruxelas ocupa a posição da cidade mais cara para se viver, seguida por Ghent, Antuérpia e Leuven.

Leia também: Visto para morar na Bélgica casando com brasileiro

Alimentação

Para o dia-a-dia das compras de supermercado, há uma enorme variedade de grandes supermercados e hipermercados como Aldi, Carrefour, Delhaize, Lidl e SPAR, muitos dos quais têm seções de alimentos internacionais. Os principais supermercados e hipermercados têm tudo o que você, além de, geralmente trazerem uma excelente variedade de vinhos a preços decentes. Os supermercados na Bélgica tendem a fechar aos domingos, mas geralmente abrem por pelo menos 12 horas todos os dias da semana até as 19h ou 20h. Para encontrar o mais próximo de você, consulte os sites de cada um:

Carrefour
Delhaize
Colruyt
Aldi
Lidl
Spar

Delhaize tem a vantagem de oferecer compras online e entrega em domicílio: a linha de supermercados Delhaize’s Caddyhome, sua loja Wineworld, é especializada em uma impressionante seleção de vinhos do mundo, entregando em sua casa. Para compra de produtos orgânicos você pode encontrar uma boa variedade no Bio Planet (aqui você também encontra muitos produtos veganos e vegetarianos), Cirkle e Sequoia.

O que acho bastante interessante nos supermercados daqui é que cada um tem a sua linha própria de produtos, muito mais baratos do que os produtos das marcas mais conhecidas. E isso vai do suco de laranja ao papel higiênico ou produto de limpeza. São geralmente produtos de boa qualidade e uma ótima alternativa quando se quer economizar.

Há também muitos açougues locais, padarias, mercados de frutas e vegetais frescos na maioria das cidades do país. Em Bruxelas, o vasto mercado da Gare du Midi se estende ao longo da linha férrea que vende frutas, legumes, carne, queijo, temperos do norte da África, roupas, comida de rua e qualquer outra coisa que você possa imaginar.

Aqui vai uma lista de alguns itens básicos de supermercado com uma média de preços e sua variações:

Leite (1 litro) 0,92 €—– 0,60-1,40
Pão Branco Fresco (500g) 1,74 €—– 1,00-2,45
Arroz (branco), (1kg) 1,71 €—– 1,00-3,00
Ovos (regular) (12) 2,39 € —–1,30-4,00
Queijo Local (1kg) 12,11 €—– 7,00-20,00
Peito de Frango (1kg) 9.33 € —–6.00-12.00
Carne vermelha, parte traseira do boi (1kg) 14.49 € —–10.00-20.00
Maçãs (1kg) 1,83 € —–1,20-2,99
Banana (1kg) 1,75 € —–1,20-3,00
Laranjas (1kg) 1,93 € —–1,20-3,00
Tomate (1kg) 2,18 € —–1,50-3,00
Batata (1kg) 1,26 €—– 0,90-2,00
Cebola (1kg) 1,17 €—– 0,60-2,00
Alface (1 cabeça) 1,11 € —–0,88-2,00
Água (garrafa de 1,5 litros) 0,86 € ——0,40-1,50
Garrafa de Vinho (Mid-Range) 7.00 €—– 5.00-9.00
Cerveja local (garrafa de 0,5 litro) 1.54 €—– 1.00-2.00

Aqui também vai uma lista para você que costuma comer fora:

Refeição (Restaurante Barato )15.00 €—– 10.00-20.00
Refeição para 2 pessoas (restaurante mediano) 60.00 € —– 45.00-80.00
McMeal no McDonalds (ou Refeição Equivalente) 8.00 € —– 7.50-10.00
Cerveja local (0,5 litro) 3,50 €—– 3,00-4,50
Cerveja importada (garrafa de 0,33 litros) 3,00 €—– 2,50-4,00
Cappuccino (normal) 2,67 € —– 2,00-3,00
Coca-Cola / Pepsi (garrafa de 0,33 litros) 2,21 € —–1,50-3,00
Água (garrafa de 0,33 litros) 1,96 € —– 1,00-2,50

Moradia

Aluguel mensal  (85 m2) de apartamento mobiliado em área valorizada—– € 1.122
Aluguel mensal (85 m2) de apartamento mobiliado em área mediana—– 890 €
Despesas básicas de 1 mês (aquecimento, eletricidade, gás, água) em apartamento de 85m2 para 2 pessoas —– € 149
Aluguel mensal para um estúdio mobiliado de 45 m2 em área valorizada—– € 802
Aluguel mensal para um estúdio mobiliado de 45 m2 em área mediana—– € 623
Despesas básicas de 1 mês (aquecimento, eletricidade, gás, água) para 1 pessoa emstudio de 45 m2—– € 95                                                                                                      1 minuto de celular pré-pago, tarifa local, sem descontos especiais de planos —– 0,20 €
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, cabo) 42,36 €                                             TV de tela plana de 40″  477€
Microondas 800/900 Watt (marcas Bosch, Panasonic, LG, Sharp ou equivalentes)  116€

No próximo texto darei uma visão geral sobre custo de vestuário, saúde, entretenimento e transporte.

Fontes: Numbeo

Expatistan

Related posts

Custo de Vida em Bogotá

Lívia Maioli Soares

Quanto custa fazer supermercado em Dubai?

Juliana Perim

Custo de vida na Arábia Saudita

Gabriela Lirio Delfino

1 comentário

Miriam Ferreira Novembro 19, 2018 at 7:35 pm

Olá Elisa, tudo bem?
Me chamo Miriam e também sou de Belo Horizonte. Pretendo ir estudar na Belgica e estou no processo de enviar minha inscrição para a faculdade. Já morei em Londres por 5 anos mas nunca visitei a Belgica. Gosto muito do seus textos. Está me ajudando muito. Gostaria de trocar algumas ideias com vc. Você poderia me enviar um email por favor?
Obrigada
Miriam

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação