BrasileirasPeloMundo.com
Custo de Vida Pelo Mundo Índia

Custo de vida na Índia

Resolvi escrever este post para explicar melhor sobre o custo de vida na incrível Índia, de acordo com a minha perspectiva e meus gastos mensais e também considerando o programa de intercâmbio da AIESEC.

Como já comentei aqui no blog a Índia é um país muito barato para se viver. Muitas dos estrangeiros que vêm para cá são voluntários ou recém formados que chegam para trabalhar em empresas pelo programa da AIESEC. O salário oferecido atualmente através desta organização varia entre 300 a 400 dólares americanos por mês. Por não ser uma quantia alta, eu recebo muitos e-mails de pessoas me questionando se é possível viver na Índia com este valor.  A resposta para esta pergunta é ‘depende’, pois já conheci pessoas econômicas e outras que gastavam muito mais.

Na data de hoje, para cada dólar temos 60 rúpias, ou seja, 300-400 dólares seriam 18-24 mil rúpias, respectivamente.

O aluguel para morar em uma casa com mais intercambistas custa por mês cerca de 4 mil rúpias, para uma cidade como Jaipur, e 6 mil rúpias para uma cidade maior como Delhi (porém já conheci intercambistas que pagavam 10 mil rúpias por mês por pessoa em Delhi, para morar em um condomínio melhor).

Se vier pela AIESEC a organização lhe ajudará a encontrar um casa por uma quantia justa.

A alimentação é algo que sai mais caro para estrangeiros do que para indianos, pois as comidas importadas são caras na Índia. Ajudará muito se você souber cozinhar e conseguir preparar a sua refeição em casa para levar para o trabalho; caso negativo, você vai gastar de acordo com o estilo de restaurante que for almoçar, pois aqui tem lugares mais simples, onde com 100 rúpias você consegue se alimentar e lugares mais modernos, onde poderá gastar 500 ou mais rúpias por refeição.

Em caso de vir pela AIESEC aconselho a questionar a sua futura empresa sobre transporte e alimentação. Por exemplo, no meu caso, a empresa onde eu trabalhava era responsável por me buscar todos os dias, além de eu não ter que pagar para almoçar na empresa, pois havia uma cozinha que oferecia almoço para os funcionários, sendo que os demais funcionários pagavam um valor por dia, mas eu como estagiária não precisava arcar com nenhum custo.

Esq: Com o cozinheiro da empresa (de roxo) e seu ajudante - Dir: com os colegas de trabalho que também vinham no carro.
Esq: Com o cozinheiro da empresa (de roxo) e seu ajudante – Dir: com os colegas de trabalho que também vinham no carro.

Caso você venha por conta própria e decida alugar um apartamento os gastos serão mais ou menos os seguintes:

  • Aluguel: em um bom prédio de uma cidade pequena custa no mínimo 20 mil rúpias por mês (semi mobiliado), mais 3 mil rúpias de condomínio. Já em Bangalore eu tenho conhecidos que pagam cerca de 30 mil de aluguel, e em Delhi ou Mumbai um bom apartamento custará no mínima 40 mil rúpias por mês (sem contar o condomínio).
  • Energia: A conta de luz no verão vem alta, por conta do ar condicionado. Por isto pode se preparar para gastar facilmente 6 mil rúpias por mês nesta época do ano.
  • Alimentação: Se você vier para a Índia sozinho(a) ou seja, não tenha filhos/esposa/marido, gastará por mês cerca de 8 mil rúpias com supermercado. Porém, se vier com a família este valor poderá duplicar.
  • Além dos gastos acima, pode colocar no papel: açouguegás, telefone, internet, remédios (caso precise), crédito para celular e outras despesas básicas.

Isso tudo faz parte dos custos que a pessoa terá para viver na Índia, sem contar que é sempre preciso ter uma economia para caso você necessite voltar para o Brasil para alguma emergência. Claro que estes valores variam de pessoa por pessoa. Lembre-se também que, muitas vezes, o que é necessário para você não é importante para a população indiana, tendo em vista que eles possuem, na maioria dos casos, outro estilo de vida menos consumista que nós, ocidentais.

Conheço famílias de indianos – dois adultos e duas crianças – que vivem facilmente com 10 mil rúpias por mês, pois eles têm um estilo de vida muito mais simples que nós ocidentais, e nem por isso são menos felizes.

Quase toda a semana uma moça entra em contato comigo questionando sobre os custos de vida na Índia, pois conheceu um rapaz indiano pela internet e ele disse para ela vir morar aqui. Caso você esteja conversando com um indiano por internet e tenha pretensão de vir para a Índia, converse com ele sobre os gastos para se viver aqui, e se ele ajudará nas despesas. Precisa ser franca, pois como uma tia minha sempre fala, “nós não nos alimentamos de amor”.

Related posts

Porque os indianos tem tantos empregados?

Bárbara Oliari

Quanto custa fazer supermercado em Dubai?

Juliana Perim

O dia em que fui sozinha conhecer o Taj Mahal

Joice Santos

19 comentários

Leah Julho 22, 2015 at 4:06 pm

Muito bom texto Ca!!! Sempre fico de olho aqui e o no seu blog para ver se tem novos posts!! 😀

Resposta
Camila Pimenta Julho 24, 2015 at 1:05 am

Oi Leticia, que legal!
Muito obrigada por comentar.
Abraços.

Resposta
Liliane Julho 24, 2015 at 4:39 pm

Oi Camila, já estava com saudades dos seus posts !!!! Fique com Deus.. bjos !!!

Resposta
Camila Pimenta Julho 24, 2015 at 5:50 pm

Obrigada Liliane!
Tudo de bom para você.
Abraços.

Resposta
Índia – Relacionamento com indianos Agosto 15, 2015 at 3:53 pm

[…] é o custo de vida na Índia? – Para esta pergunta há um post meu do mês passado onde conto um pouquinho sobre os gastos mensais para se viver por […]

Resposta
Nilda Setembro 4, 2015 at 5:03 pm

Muito bom estou aprendendo um pouco sobre os indianos e Índia.

Resposta
Amanda Setembro 25, 2015 at 4:32 am

Fala, Camila, tudo bom? Muito legal o seu blog! Joguei o no google “custa de vida na Índia” e surgiu ele e vi relatos de, coincientimente, outra pessoa que foi praí pela AIESEC! 🙂

Bom, na verdade ainda estou no processo seletivo para Delhi e apesar de muito animada, também estou com um pé atrás quanto aos custos. Quero MUITO viver essa esperiência, mas to bem apertada na grana! rs

Gostaria de saber aproximadamente quanto você acha que devo gastar com essas 6-8 semanas em Delhi! Já fiquei sabendo que só a acomodação me sairá a 210USD, que dá uns 826 reais. ????

Desculpa o textão! Tô precisando de uma luz!!! haha

Beijocas!

Resposta
Mauricio de O. Souza Novembro 4, 2015 at 3:03 pm

Olá Camila.
Gostaria de saber se com 121,161.12 INR. quantos meses eu passaria bem, até eu conseguir um trabalho na india.
Os meus gastos sao baixos, e pretendo ir sozinho.
oque voce me aconselha fazer antes de ir?

Resposta
Cristiane Leme Novembro 4, 2015 at 3:34 pm

Maurício, por favor note que a Camila deixou a colaboração do blog.
Obrigada
Edição BPM

Resposta
Dalva de oliveira Setembro 27, 2016 at 3:54 pm

Muito obrigado pelas informcoes ,pois eu pretendo comprar uma casa com meu namorado indiano ai na india .As informacoes me ajudaram muito .

Resposta
paloma Fevereiro 20, 2017 at 1:01 am

Oi camila depois quero que fale mais sobre os sikhs ok bjs

Resposta
Luiz Miranda Abril 20, 2017 at 2:12 pm

Penso em me mudar para o hemisfério oriental, já morei na Austrália e adorei. Agora penso em me mudar para a Índia. Tentei me inscrever em sua página, preenchi o endereço de e-mail e meu nome. Pediu para fazer outra vez (é normal, sei disso). Mas pediu de novo, e de novo. Aí desisti. Ou sou muito burro e não mereço figurar, ou vocês escolheram um provedor da idade da pedra. Em tempo, quando começa esse tipo de lero-lero, já penso que pode ser um “chupa-cabra” ou coisa do gênero. Afinal, sou do país do trambique. Que tudo corra bem para vocês!

Resposta
Lala Junho 20, 2017 at 9:52 pm

Oi Camila tudo bem? Estou com um processo seletivo para Mumbai pela AIESEC também para ficar 1 ano aí. Minha dúvida maior é como os indianos são no trabalho, se os homens respeitam as mulheres estrangeiras. Outra coisa, você conseguiu fazer amizades com as indianas? Obrigada!

Resposta
Jéssica Craveiro Abreu Agosto 6, 2017 at 3:35 pm

Olá, Camila.
Estou a ponderar fazer um estágio pela AIESEC. A minha questão é se será seguro eu ir para Jodhpur, Índia. Tenho uma oferta interessante para um hotel mas tenho receio de não ser respeitada como mulher.
Obrigada pela atenção!

Resposta
Ann Moeller Agosto 9, 2017 at 7:15 pm

Ola Jessica, a Camila não colabora mais com o BPM. Indico seguir os textos das outras duas colunistas na India. Obrigada. Equipe de Editoras BPM

Resposta
Claudio Coelho Fevereiro 21, 2018 at 7:17 pm

Ola, eu estou querendo ir pra Índia fazer intercambio de 8 semanas , estudar o inglês indiano, eu já estive no pais por 3 vezes , fiz orçamentos , mais a acomodação em casa de família e muito cara , fora da realidade e como eu adoro cozinhar ( inclusive comida indiana) eu sempre cozinhei não teria problemas , eu gostaria de saber como funciona o sistema de alugar quarto para estudantes , preciso assim como em toda Europa dar um valor pra garantias ? Minhas outras viagens foram em missão religiosa , no estado de Maharashtra !

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 22, 2018 at 5:59 pm

Olá Claudio,
A Camila Pimenta parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista na Índia chamada Rachel Tardin que talvez possa te ajudar.
Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Mayara Albuquerque Maio 14, 2018 at 2:35 pm

Oi Camila! Estou em um processo com a AIESEC para Mumbai e o valor do salario seria 50k. Dá para viver com essa quantia? qual o custo do aluguel para um quarto na cidade, vc sabe?

Resposta
Liliane Oliveira Maio 14, 2018 at 11:50 pm

Olá Mayara,
A Camila Pimenta parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Índia que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação