BrasileirasPeloMundo.com
Índia

Conhecimentos básicos sobre a Índia

O número de brasileiros que moram na Índia é muito pequeno ao se comparar com outros países como Estados Unidos, Canadá, Japão e países europeus, conforme se pode visualizar nesta tabela do Itamaraty de 2013. Sendo assim, o que mais se escuta falar são de brasileiros que vem à Índia a turismo.

Para os que desejam visitar a incrível Índia a passeio, fiquem sabendo que desde novembro de 2014 há o visto na entrada.  Através desta medida a Índia obteve um crescimento de mais de 1215% no número de turistas no país, ao comparar o mês de janeiro de 2014 ao mesmo mês do ano seguinte (2015). Para obter este tipo de visto você precisa aplicar pela Internet 72 horas antes de seu embarque e eles te enviam um e-mail de confirmação, o qual você deve imprimir e apresentar na sua chegada ao país.  Este tipo de visto é para no máximo 30 dias, ou seja, se desejar explorar a Índia por mais tempo se faz necessário aplicar para o visto de turista normal, direto com a Embaixada da Índia.

Imagem obtida no site do Governo indiano
Imagem obtida no site do Governo indiano

Vale informar que se você for ficar mais de 180 dias direto na Índia (sem sair do país), é preciso comparecer ao FRRO (Foreigner Regional Registration Offices) nos primeiros 15 dias da sua estadia. Esse é o departamento do governo da Índia que cuida do registro dos estrangeiros. Parece muito tempo, mas já conheci várias pessoas que viajaram por aqui por um período muito maior, tendo em vista que muitas vezes os meios de locomoção são demorados.

Aqui na cidade em que moro, Jaipur, o FRRO não é fácil de lidar e já escutei todos os tipos de reclamação com relação a este departamento: falta de organização, mau atendimento e por isso quase todos os estrangeiros têm pavor de ir até lá para se registrar, solicitar renovação do visto ou tirar alguma dúvida. Contudo, é algo que todos têm que passar, se desejam viver mais que 6 meses na terra de Gandhi.

Os documentos necessários a serem apresentados dependerão da sua situação, por isso é melhor ir primeiramente ao FRRO com o seu passaporte e questionar certinho o que precisa ser apresentado, além de pedir as fichas que você precisará preencher manualmente, pois não há como fazer online.

Além do visto, outra coisa que muitos me perguntam é sobre o sistema de saúde. “Camila, e se eu ficar doente?” Pois é, ficar doente na nossa terrinha natal já não é fácil… Imagina só do outro lado do mundo!

Eu nunca fiquei doente na Índia, mas todos os estrangeiros que conheço que passaram por isso disseram que os hospitais particulares das grandes cidades são bons e o preço é bem razoável.

Se você optar por não realizar um seguro saúde, saiba que você não entrará em falência se tiver que pagar um bom médico local, como é o que acontece com aqueles que ficam doentes nos EUA e não possuem o mesmo seguro.

Porém, se você for daqueles que sempre fica doente, eu aconselho a realizar o seguro sim, pois a operadora brasileira pode enviar o médico até o seu endereço facilmente, e ele trará todos os remédios que você precisar.

“E o meio de locomoção?” – esta é a segunda pergunta que mais recebo.

O transporte vai depender de sua necessidade e do que você pode pagar. Aqui tem ônibus, auto rickshaw, rickshaw, carro para alugar com motorista, trens e avião. Lógico que a opção ir de avião sempre é a melhor, entretanto não é sempre que é possível, pois não são todas as cidades que possuem aeroporto.

Se você não estiver no modo econômico de viagem eu aconselho a contratar um motorista que fale inglês. Para uma cidade como Delhi (a qual é uma das mais visitadas entre os brasileiros), para contratar um carro com motorista por 10 horas, já com gasolina inclusa e que ele fale inglês vai sair cerca de 25 dólares por dia.

Espero que a experiência na Índia seja ótima e caso tenham qualquer dúvida podem me escrever por aqui.

Related posts

Meu retiro de yoga na Índia após morar no Camboja – Parte I

Roberta Jorge

Casamento indiano

Kate Yamaguti

O curioso calendário indiano

Luanda Fernandes

13 comentários

Euceni Carrolino Contragiani Maio 16, 2015 at 2:03 pm

Olá Camila, me chamo Euceni Carrolino Contragiani. Estou precisando entrar em contato com você, se puder deixar seu contato através do e-mail: [email protected]
Ficarei muito agradecida. Abç

Resposta
Camila Pimenta Maio 20, 2015 at 3:35 pm

Oi Eunice, tudo bem?
Acabo de ver o seu recado aqui.
Ja estamos nos falando por e-mail. 🙂
Abraços

Resposta
Thais Junho 10, 2015 at 9:29 pm

Oi Camila, tudo bem? Será que podemos conversar? Me chamo Thais e vou para a Índia.

Resposta
Camila Pimenta Junho 12, 2015 at 6:48 am

Oi Thais, pode me enviar e-mail para [email protected].

Resposta
juliane benfica Junho 28, 2015 at 11:41 pm

oi camila ,tudo bem me chamo julyane preciso da sua ajuda flor será que tinha como conversar com vc….não consigo enviar pelo seu mail.o meu e [email protected] beijos se poder mim ajudar serei grata..

Resposta
Camila Pimenta Junho 30, 2015 at 6:22 am

Oi Juliane, tudo bem, e com você?
Você pode me escrever para o meu e-mail do hotmail.
[email protected]
Abraços.

Resposta
Elisa Janeiro 26, 2016 at 11:26 am

Olá, minha dúvida é sobre o FRRO, eu contei os dias exatos que ficarei e deu exatamente 181 dias, será que somente por um dia a mais eu tenho que ir até esse lugar?

Resposta
Cristiane Leme Janeiro 27, 2016 at 6:16 pm

Olá. A Camila parou de colaborar com o blog. Sugerimos que procure o consulado da Índia mais próximo de você para se certificar a respeito.
Edição BPM

Resposta
nebia Junho 3, 2016 at 1:23 am

oi me chamo ana……conheci um indiano a 4 meses pela internet…..ele conversa comigo todos os dias …passamos quaze o dia todo nos falando….ele me tratacom muitoamor e carinho ja fez varias declaracoes de amor……sou divorciada tenho 31 anos e ele tem aa mesma idade ..tambem tenho 3 filhos……ele diz que sou sua esposa e quer casar……a todo hora nos falamos …ele sempre gosta de conversar com meus filhos ele fala que sao dele …eu falei pra ele que nao posso mais ser mae..ele falou que nao tem problema que me ama…e esta guardando dinheiro para vir me ver…nos falamos pela web cam…ele me mostra sua casa e sua mae….me deu a senhaa do facebook dele e fala que quer casar comigo….se a familia talvez ficar cintra ele disse que casa mesmo assim e dai moramos isolados da familia dele……ele e pobre e sabe que eu tambem sou….

Resposta
Cristiane Leme Junho 10, 2016 at 8:42 pm

Nebia, os indianos têm essa fala mole, mesmo, e dizem até o impossível, além de contar mentiras para conseguirem o que querem.
Tome cuidado para não se machucar e não se iludir. Tomei a liberdade de comentar porque conheço bem a Índia e os indianos e dói meu coração ver mulheres brasileiras carentes caindo na lábia de homens que não têm condições de fazer tudo o que dizem e que usam de palavras bonitas para encantar, mas que não vai passar de um conto de fadas da Internet que nem sempre irá ter um final feliz.

Resposta
renata reghini Outubro 9, 2016 at 9:12 pm

OI MEU NOME E RENATA ,ESTOU INDO A JAIPUR ,MINHA PASSAGEM E HOTEL EU VI ,MAS TENHO DUVIDA DE QUANTO LEVAR EM DINHEIRO PARA QUINZE DIAS PODE ME AJUDAR …DUVIDAS PARA GASTOS DE COMIDA ,BEBIDA E ALGUMAS COMPRIMAS E PASSEIOS , ,,,TRES MIL REAIS EM RUPPES INDIANOS E POUCO

Resposta
Cristiane Leme Outubro 16, 2016 at 9:46 am

Renata, a Camila parou de colaborar com o BPM. Ela escreveu um artigo sobre custo de vida, você já leu? Talvez sirva de ajuda para seu planejamento de férias. Se ainda tiver dúvida, redirecione sua pergunta para as outras colunistas do país. Procure na página inicial do BPM pelos textos publicados mais recentemente sobre a Índia para se informar, ou consulte o consulado da Índia.

Boa sorte!

Resposta
Elaine Patricia Março 20, 2019 at 11:49 pm

Camila você é ótima, seus textos são cativantes, adorei ler, gratidão.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação