BrasileirasPeloMundo.com
Canadá Turismo Pelo Mundo

Dez atrações em Niágara Falls

Dez atrações em Niágara Falls.

No último mês, meus pais vieram me visitar e conhecer a região, então aproveitamos para andar muuuuuito e um dos destinos, claro, tinha que ser Niágara Falls, que é um clássico pra quem vem pra cá né?? Fomos de carro (Queensway – cerca de 1:30h de viagem, estradas bem sinalizadas e em ótima condições, única atenção é que na entrada de Niágara Falls tem o caminho para a imigração dos EUA, logo, cuidado para não pegar a entrada errada, o que quase aconteceu a primeira vez que fui lá haha, o que também não é problema se você tiver o visto, mas só avisando pra evitar embaraços).

A primeira preocupação para quem vai de carro é o bendito estacionamento, certo?? Pois bem, a primeira vez que fui, estacionei no calçadão que beira o Niágara River, porém, é absurdamente caro (CA$10/hr) e você não vai ficar regrando as horas do seu passeio né? Mas agora descobri duas opções que se tornaram bem mais atrativas ($): 

  1. Estacionar no Clifton Hill: lá você encontra estacionamentos por CA$15/dia, além de já te deixar em um dos centros de atrações e restaurantes e toda aquela bagunçinha, que eu particularmente amo (vou falar mais sobre isso abaixo); ou
  2. Estacionar no cassino (Fallsview Casino Resort), que variam entre 5 e 40 dólares canadense por dia.

Leia também: custo de vida em Toronto

Atrações em Niágara:

  1. Niágara Falls: as quedas d’água em si são uma ótima opção de passeio. Vocês podem caminhar pelo calçadão, aproveitar a vista, tirar fotos; tem um “quiosque” bem de frente à cachoeira que da para comprar comida ou lembrancinhas turísticas .. enfim uma atividade ao ar livre que merece respeito. À vista é lindíssima e o melhor de tudo: gratuito! Aproveitem. 
  2. Journey Behind the Falls: são túneis que ligam até a uma plataforma de observação, localizada na parte inferior da maior queda d’água, no lado canadense. Particularmente, o que me chamou mais atenção foi o fato dos túneis terem sido construídos em 1800 e bolinha (leia-se 1888); o deck de observação é bem pequeno e fica sempre muuuuito cheio, então é praticamente impossível uma foto sem aparecer outras trocentas pessoas. É dica de atividade para se fazer se estiver com tempo sobrando, ou então se não for/puder fazer nenhuma outra. Achei meio carinho (CA$20$ adulto e CA$13 crianças + taxas);
  3. Skylon Tower: é uma torre de cerca de 236 metros, que como acontece em Toronto com a CN Tower, também possui um restaurante giratório com uma vista de 360° das cataratas. Essa atividade eu gostei mais, você tem uma visão geral das cataratas e também da cidade, e se tiver um tempinho, ainda pode apreciar uma refeição com aquela vista. O ticket para a torre custa cerca de CA$15 para adultos e CA$10 para crianças + taxas;
  4. Niagara Skywheel: atividade que eu amei real/oficial. É uma roda gigante de cerca de 53 metros de altura, localizado na Clifton Hill, que é a rua mais agitada da “city”, cheia de informações, letreiros, coisas fofas, enfim… voltando a falar da roda gigante, são gôndolas climatizadas e que te dão a maior segurança, então é atividade para a família toda. Tickets para adulto no valor de CA$12 e criança CA$7 + taxas;
  5. Clifton Hill: como falei anteriormente, esta é a parte mais movimentada da cidade, e a minha sensação foi realmente de imitar a Disney sabe?! Claro que em escala infinitamente menor. Bastante informação de cinema, música, várias opções de restaurantes, enfim, fome nesse lugar você não passa haha. É nessa região que você encontra o museu de cera, casa dos zumbis, o campo de golf dos dinossauros, tem uma pista de kart, a casa de cabeça para baixo e muitas outras atividades. As crianças vão amar conhecer. Tem o Clifton Hill 6 Attraction Pass, que é um ticket promocional válido para 6 atividades, no valor de cerca de CA$30 adulto e CA$20 criança + taxas, acho que vale super a pena;
  6. Cassino: para quem tem essa quedinha por jogos, tá aí uma oportunidade, mas não se empolguem, pois esses cassinos não são nada parecidos com os luxuosos que vemos dos EUA. São bem pequenos, nada muito suntuoso mas para uma jogadela, creio ser o suficiente. Eu, como não jogo, fui apenas para conhecer e não achei grandes coisas, mas tive amigos que se divertiram por lá;
  7. Niágara on the Lake: a cidadezinha que fica logo na entrada do Niágara River, com suas ruas e casas fofas. Já ouvi muito falar das vinícolas na região que são bem famosinhas, mas não tive a oportunidade (ainda) de conhecer. Tá na listinha;
  8. Jardim Botânico e Conservatório de Borboletas: esta é uma atividade bem “calminha” né?! Eu não fui pois achei meio parado, não vou mentir para vocês, mas se estiver com as avós, mães, tias, enfim, essa galera que ama flores, vegetação e animais, creio valer a pena o passeio;
  9. Arborismo: atividade que eu fiquei looouca para fazer, mas como no dia que fomos ainda estava meio frio acabei desistindo, mas, juntamente com o tirolesa, com certeza, serão os motivos para a minha próxima ida a cidade. Há poucos quilômetros ao norte da cachoeira, no Parque Niágara (3500 Niagara Plwy) você encontra essas atividades que vão fazer os seus batimentos cardíacos darem uma boa acelerada. No Whirlpool Adventure Course, as pessoas ficam suspensas no alto das árvores, por sobre o desfiladeiro de Niágara, com vista para as águas. São três caminhos que incluem algumas escaladas, alguns saltos e a tirolesa, opcional.
  10. Tirolesa: São quatro tirolesas paralelas, que descem cerca de 670 metros numa velocidade média de 70km/h, com uma visão privilegiada das quedas d’água. Já quero…

Claro que para as próximas aventuras na região, eu acrescento aqui, enquanto isso, enjoy your journey! 

Related posts

Custo de supermercado no Canadá

Flávia Bartholo

10 castelos na Polônia para você conhecer

Gizelli Gliwic

Roteiros no leste europeu

Isadora Mendes

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação