BrasileirasPeloMundo.com
Custo de Vida Pelo Mundo Singapura

Dicas para morar em Cingapura

Dicas para morar em Cingapura.

Quando pensamos em sair de nosso país, é normal pensarmos sobre o quanto precisaríamos para viver em outro, com a mesma ou melhor qualidade de vida. Porém, ao chegar em um lugar novo, sempre haverá uma ou outra surpresa. Quando me mudei para a Ásia pesquisei muito.

Uma das perguntas que mais recebo, e acredito que a maioria das pessoas que mora fora também, é: quanto preciso ganhar para conseguir morar em Cingapura? Essa é uma pergunta que também me fiz muitas vezes antes de sair da Malásia e vir para cá.

A verdade é que o custo de cada família ou pessoa muda muito de acordo com os objetivos de cada um, estilo de vida e necessidades, pois não é só a quantidade de pessoas em cada família que afeta os gastos. Por exemplo: casais sem filhos podem ter gastos completamente diferentes dependendo de seus objetivos e estilo de vida. Então, dar conselho nesse sentido é muito difícil, pois cada família tem um ponto de partida financeiro diferente. Mesmo assim, dá para se ter uma ideia baseada em algumas informações importantes que podem ajudar muito e que aprendi durante minhas mudanças.

O mais importante na minha opinião, é saber o seu objetivo ao estar saindo do seu país. Se é para ganhar mais e juntar dinheiro, se é somente pela experiência ou se quer viajar pelo mundo e dinheiro não importa, pois você já está estabilizado. Enfim, o objetivo vai ser crucial para sua organização financeira, pois a partir dele você terá uma ideia de quanto precisa dependendo do que for fazer.

Leia também: bairros para estrangeiros

Em segundo lugar, é preciso estabelecer o quanto você está disposto a mudar ou ser flexível nessa mudança. Quando saímos de nosso país, nem sempre a mudança trará só benefícios. Muitas vezes a pessoa terá que abdicar de algumas coisas como, por exemplo: ter empregada ou diarista (comum no Brasil), ter o próprio carro, dentre outros. Se você não está disposto a mudar, já pode incluir todos esses ítens imprescindíveis para você na sua lista.

Falando de Cingapura especificamente, existem algumas coisas muito importantes para se levar em conta, pois apesar do país ser considerado primeiro mundo, os custos básicos ainda são muito altos.

Moradia é muito cara, saúde também e educação ídem. Além do carro, que é um ítem de peso nos custos.

Por isso, se certifique de que você terá um plano de saúde ou dinheiro suficiente para pagar suas idas ao médico. Aqui a saúde pública é muito boa, mas ela tem um preço, não é 100% gratuita. Em hospitais do governo você pagará em torno de 30% do total da conta.

O custo com moradia varia de acordo com o tipo e a região. Aqui as opções são: os HDB (já falei aqui), que custam de mil dólares cingapurianos até uns 2500, e são em prédios simples, porém bons; além dos condomínios privados que podem custar de dois mil dólares cingapurianos até o infinito. Só depende do quanto você quer e pode gastar. Quem quer ter uma ideia de preços pode procurar em sites de imóveis online como este.

Para quem tem filhos ou está pensando em estudar, já coloque mais custos com educação em seu orçamento. Para escolas, as opções são as locais que são mais baratas, porém é preciso entrar na fila para tentar arrumar vaga para seu filho, pois a prioridade é dos locais e pessoas com residência permanente. Costuma ser difícil conseguir vaga. A outra opção são as escolas internacionais que custam bem mais que S$3000 por mês. Não há escola pública em Cingapura para estrangeiros.

Leia também: comida de rua em Cingapura

Cingapura não é um local onde a pessoa facilmente irá conseguir “fazer a vida”, como muitos brasileiros fizeram indo para os Estados Unidos (com o mínimo por mês), pois a saúde e a educação não são grátis. Aqui, o ideal é chegar com um bom emprego que te ajude nas principais despesas. Mas como falei antes, como cada um tem um objetivo e estilo de vida, pode ser que isso se encaixe perfeitamente para alguns e para outros não.

Centro Financeiro Cingapura
Centro Financeiro Cingapura

Os demais custos, como energia, gás, celular, internet + TV, não irão pesar tanto no seu orçamento.

Supermercado também não é barato. Como tudo em Cingapura é importado, os ítens são mais caros aqui do que nos outros países, então, para economizar, a dica é ir em mercados chineses ou locais ao invés das redes famosas. Em geral, bebidas alcoólicas são muito caras e, claro, os supérfluos.

Carro é item de luxo por aqui. O governo inclui no preço do carro um valor de 70mil dólares cingapurianos (valor da concessão), o que dá direito a 10 anos de uso. Essa taxa foi criada para diminuir o volume de carros nas ruas, já que esse é um país muito pequeno. Para alugar, o preço também é bem salgado.

Leia também: tipos de visto para morar em Cingapura

A boa notícia é que o transporte público é eficiente e barato e os táxis a mesma coisa. Então, carro é desnecessário por aqui. Eu achei que nunca iria me acostumar, pois sempre tive carro no Brasil e na Malásia, no entanto, em 1 mês, já não via necessidade.

Cingapura importa tudo, desde água e energia elétrica até a fruta que você come, então, não é um país barato de se viver. Por isso, para se aventurar por aqui é preciso estar com as contas certas para não ter nenhuma surpresa desagradável.

Related posts

Custo de vida em Istambul

Juliana Lima

Tipos de vistos para morar em Cingapura

Fernanda Froimtchuk

Custo de vida em Abu Dhabi – Parte I

Pollyane Martins

4 comentários

Felipe Fevereiro 11, 2016 at 3:42 pm

Olá Fernanda
Sou estudante de veterinária e planejo viver fora do Brasil quando me formar, Cingapura é um país que me agrada muito. Como é o campo de trabalho em medicina veterinária no país? Você sabe como é o processo de validação de diploma?
Se pudesse me passar um contato para conversarmos sobre o país

Obrigado

Resposta
Douglas Miyamoto Julho 3, 2016 at 4:09 am

Ola Fernanda,
Ótimo post sobre o panorama de Singapore. Parabéns!
Estou com uma proposta de negócio para Singapore.. U$5000/mês seria um valor dentro da média do país?
Solteiro, contrato de 12meses e pretendo ficar em HDB shared apartamento.
Quanto ao Seguro de saúde, qual link você recomenda para leitura?

Obrigado
[email protected]

Resposta
Fernanda Froimtchuk Julho 11, 2016 at 6:22 pm

OI Douglas, não sei qual a sua profissão entao não sei se o salário esta bom, mas na media acho que os locais ganham isso variando para mais ou menos ne, depende da função. Aqui para viver bem custa caro. Eu não tenho know how para te falar que vai dar o $. o que escuto de outros brasileiros é que para viver bem precisa de no mínimo 6 a 7 mil. não tenho certeza. Não posso falar so por mim pois meus gastos e da minha família podem ser maiores ou menores que o seu. Como disse no post cada um tem necessidades diferentes. se vc ficar em HDB e ainda dividir pode ser q consiga viver com os 5mil. Tente negociar o plano de saúde com seu empregador. veja a comunidade de brasileiros no facebook tem bastante info la. boa sorte.

Resposta
Rodolpho Fevereiro 27, 2017 at 4:41 am

Fernanda Bom dia, trabalho no ramo da aviação, estou com uma proposta para me mudar para Singapura ganhando 6.500,00 por mes e 2.500,00 para moradia, trabalhar em uma empresa de manutenção aeronautica, Hawker Pacific no aeroporto Seletar, tenho esposa e um filho de 2 anos, consigo viver tranquilo com este salario? tenho ideia de ficar de 3 a 5 anos no pais.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação