BrasileirasPeloMundo.com
Singapura

Guia de supermercados e feiras em Cingapura

Guia de supermercados e feiras em Cingapura.

Uma das primeiras pesquisas que toda mulher faz quando se muda para um novo país, é saber onde poderá fazer suas compras para casa. Sinto que há um certo medo e muitas dúvidas relacionadas à alimentação para quem se muda para Ásia quando se compara aos países ocidentais. Perguntas desse tipo, sempre estão entre as mais demandadas quando digo que moro em Cingapura.

O fato é que em Cingapura, a cultura ocidental é bem forte, então o que não falta é comida ocidental tanto em restaurantes quanto em mercados. Aqui comemos normalmente como em qualquer outro lugar.

Há pouquíssimos restaurantes brasileiros por aqui (até tem uma churrascaria que não é a mesma coisa) mas, não existe algum que tenha pratos típicos que sirva o nosso arroz, feijão e bife. Contudo, posso afirmar que é possível sim fazer o nosso arroz com feijão em casa e até mesmo pão de queijo. Algumas pessoas até arriscam tapioca. Uma similaridade com o Brasil é a abundância de frutas. Achamos em qualquer mercado e feira todas as frutas que estamos acostumados a ter no Brasil além, é claro, das asiáticas que são tão gostosas quanto.

Para quem está chegando ou mesmo para quem estiver de passagem, aí vai um guia para suas compras!

Leia também: tipos de visto para morar em Cingapura

Supermercados

Existem 4 grandes redes em Cingapura. São os mais procurados pelos estrangeiros, pois são os que vendem produtos da Austrália, Inglaterra e Estados Unidos. Tem de tudo, como um supermercado normal. Vendem desde carnes, legumes e frutas, leites e derivados até produtos de limpeza e farmácia. Eu acho até muito mais completo que os supermercados do Brasil.

  • Cold Storage: É o mercado mais caro – possui uma seleção de marcas mais caras e a linha de produtos orgânicos é bem maior. Está em vários bairros e até em saídas de estações de metrô.
  • Market Place: Segue a mesma linha do Cold Storage que aliás, fazem parte do mesmo grupo, porém, o Market Place localiza-se em bairros limitados e possui itens ainda mais exclusivos.
  • Fair Price e Giant: Também são muito visitados pelos estrangeiros. O preço é melhor e para compras grandes, acabam sendo mais baratos. O Giant vende produtos em embalagens tamanho família e à parte de frutas e verduras é boa e barata.
Fonte: Arquivo Pessoal – Cold Storage 24H

Uma dica: normalmente não se encontra tudo o que queremos num só lugar ou cada mercado tem uma categoria de produto que é melhor. Então, por isso, as compras acabam ficando separadas.

Tem épocas que determinado produto some por um tempo, pois tudo depende de importação. Para carnes e peixes frescos, por exemplo, indico o Cold Storage assim como frutas orgânicas (principalmente frutas vermelhas). Para legumes, verduras, produtos de limpeza e produtos congelados o Fair Price tem preços melhores.

Além do mercado comum, temos aqui também um mercado online que é muito bom e extremamente utilizado chamado Redmart. A entrega é super eficiente e é ótimo para produtos não perecíveis e pesados, facilitando muito nossa vida.

Mercado com cara menos ocidental

Mustafa Center: Esse é um dos maiores mercados que já vi na vida. Na verdade, ele é mais um hipermercado. Nele é possível achar de tudo. Há um dizer em Cingapura que é: “Se você não achar no Mustafa, não achará em lugar nenhum”. Não é só um mercado de comidas, mas sim um shopping com tudo em um só lugar. Vende roupas, material de cozinha e jardinagem, produtos eletrônicos e tem até restaurante lá dentro.

Na parte de alimentação a variedade é infinita. É um ótimo lugar para comprar nozes, amêndoas e até a nossa Castanha do Pará que aqui é chamada de Brazil Nuts. Além disso, vendem todo tipo de ingredientes para qualquer comida, seja asiática ou ocidental. Também tem uma área de supermercado comum que vende leite, água, sucos de caixa, refrigerante e até algumas iguarias brasileiras de tempos em tempos, como Bombons Garoto. Para quem gosta de fazer bolos e doces, tem de tudo e mais um pouco.

O preço é bom. Uma desvantagem é que por ser muito grande, está sempre cheio e perde-se muito tempo lá dentro principalmente se você não souber o que quer ou onde achar. Mas vale uma visita até mesmo como turista. Ah! Funciona 24 horas.

Leia também: Bairros mais procurados pelos estrangeiros em Cingapura

Mercados Orgânicos e Saudáveis

Cingapura já está na onda dos produtos mais saudáveis e é possível encontrar produtos sem glúten, lactose e orgânicos. São caros se comparados com os demais lugares, mas normalmente produtos deste tipo são mais caros mesmo.

  • Little Farms: Conta com duas unidades em Cingapura. É um pequeno mercado que vende produtos de alta qualidade – todos importados da Austrália basicamente. Carnes e frangos são sem hormônio e orgânicos. Há todo tipo de produtos sem lactose e glúten desde leite e iogurtes até farinhas, cereais, granolas e frutas importadas.
  • Super Nature: Também recheado de produtos saudáveis além de ter uma área totalmente dedicada ao preparo de saladas e sucos.

Feiras

Cingapura tem muitos mercados chamados Wet Markets – é como nossa feira de rua, mas não ficam em ruas como no Brasil – ficam em ambientes como se fossem galpões. São chamados assim, porque vivem com o chão molhado. Vendem frutas, verduras, legumes, ovos, flores e até carnes e peixes. O preço é infinitamente menor se comparado aos supermercados e é tudo fresco e limpo.

Nesses mercados é onde às vezes achamos algumas raízes diferentes que não encontramos em mercados comuns como o aipim, por exemplo. Os mercados que eu prefiro são o Tiong Bahru Market e Tekka Centre. Vale muito a pena ir e ver o que se encaixa no seu tipo de compras. Só aceita dinheiro e às vezes, dá para negociar o preço. O Tekka não tem site, mas é fácil de achar, fica em Little Índia.

Açougues

É possível comprar peças de carnes em açougues que são chamados de Butchers e aqui existem vários. A nossa famosa picanha é vendida como rump. Os açougues são na verdade, mercados de carnes e não tem nada de parecido com os antigos açougues do Brasil. Vendem carnes de todos os tipos e cortes e sempre mais alguns produtos, como enlatados, temperos para carnes e alguns até vendem vinhos e bebidas não alcoólicas. As carnes são de ótima qualidade, mas os preços são salgados já que é tudo importado.

Alguns dos açougues mais conhecidos por aqui são o The Huber’s Butchery e o Meat the Butcher, no entanto, existem vários espalhados pelos bairros.

Além desses, em cada bairro você sempre irá encontrar vendinhas ou lojas com produtos de alguns países específicos. Hoje já existe até pão de queijo feito por brasileiros sendo vendidos nos mercados mencionados acima. Além disso, várias brasileiras trabalham vendendo comida brasileira, como por exemplo, salgadinhos, brigadeiros, entre outros. O que não falta em Cingapura é comida brasileira para matarmos um pouco da saudade do Brasil.

Related posts

Como tem sido meu primeiro ano morando em Cingapura

Ana Paula Cariello

Comida de rua em Cingapura

Fernanda Froimtchuk

Dez motivos para morar em Singapura

Juliana Silva

1 comentário

Eliziani Janeiro 24, 2018 at 11:50 pm

Olá, em outubro iremos (eu e marido) a Cingapura e gostaria de contratar guia em português.
Vc conhece alguém que faça este trabalho para me indicar?
Aguardo seu retorno, obrigada.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação