BrasileirasPeloMundo.com
Abu-Dhabi Emirados Árabes Unidos

Emirados Árabes Unidos – Abu Dhabi, o lugar de mil e uma opções

Sou microbiologista e cientista de formação e uma grande observadora por vocação. Após vários anos trabalhando em centro de pesquisas e hospitais, estou passando por um momento apenas de espectadora, mas daquelas que riem e sofrem sem ficar só vendo a vida passar.

Protagonista da minha própria história, a decisão de ser mãe em tempo integral no mundo árabe me proporcionou descobertas tão interessantes quanto as conquistas nas bancadas de laboratórios pelo mundo.

Quando recebemos a noticia de que Abu Dhabi seria o nosso próximo destino, foi uma grande surpresa: bateu um misto de curiosidade e receio, mas aceitamos o desafio. Morar nos Emirados Árabes nunca esteve nos nossos planos, porém por que não desvendar os mistérios do deserto?

A chegada em Dubai após longas 15 horas de voo me fez achar que tínhamos aterrissado no local errado. Assim que saímos do aeroporto nos deparamos com arranha-céus, muita luz e cor, num misto de Times Square com Avenida Paulista bem surpreendente. A estrada até Abu Dhabi, no entanto, nos fez lembrar: sim, estamos no deserto!

Os primeiros dias e meses foram como qualquer mudança de país: desafios diários, se familiarizar com o trânsito, novos amigos, visitas turísticas, a busca de pertencer a esse novo lugar, escolas e atividades extra escolares. Ah, escolas…

unnamed

A busca por escolas nos Emirados Árabes é uma tarefa e tanto. Solo de várias escolas internacionais como norte-americanas, francesas, alemãs, britânicas e muitas outras nacionalidades, a variedade não facilita em nada. Parece nunca haver vagas suficientes. Listas de espera e lista de prioridade são apenas alguns dos desafios enfrentados por qualquer expatriado chegando por aqui.

Aliás, toda busca parece difícil por aqui. Ainda mais sem um código de endereçamento: muitas ruas não têm nome ou números e quando você quer chegar em qualquer lugar usa referências como o banco X, atrás do hospital Y. Não preciso nem comentar a loucura dos primeiros meses, tendo que memorizar todos os prédios importantes e bancos para chegar a uma padaria ou escola de balé…

Apesar dessa dificuldade inicial o que se encontra aqui é uma grande comunidade internacional; pessoas vindo literalmente dos quatro cantos do planeta, sem família, tendo o seu passado, mas construindo o presente. E o futuro? Nesse ninguém pensa, pois no futuro está o momento de dizer adeus ou para quem leva essa vida itinerante, um até breve.

O instinto gregário parece aflorar, aqui. Mesmo recém chegada à cidade, já tinha mais compromissos do em qualquer outra época no Brasil. Almoços, “play dates”, “ladies night out”… Nunca imaginei tanta animação e união. Somos a família uns dos outros, o fio terra com quem passamos o Natal, Ano Novo, aniversários, formaturas… E olha que não é pouca coisa.

unnamed (1)

Estamos no “meio do mundo” ou seria no meio do nada? Cercados de areia? Isolados? Sim… Sozinhos? Nunca!

Por ser um país livre de taxas e seguro, com um alto padrão econômico, diariamente profissionais se aventuram por essa região.

Nós, brasileiros, estamos muito bem representados por grande parte dos pilotos da Emirates e Etihad, as companhias áreas dos Emirados Árabes; profissionais de jiu-jitsu que treinam o exército dos Emirados; profissionais da área de óleo e gás, área financeira e a cada dia cresce mais o interesse dos nossos compatriotas pelas areias escaldantes do deserto.

O que mais me encantava e encanta é a vocação para abraçar expatriados que o país tem. Se não fossem os cinco chamados de oração por dia, as mesquitas aqui e ali e a população local na sua vestimenta original (canduras e abaias), poderia simplesmente fechar os olhos e me reconhecer em Paris, Londres ou até mesmo nos Estados Unidos. Os supermercados são uma grande e infinita sessão internacional para agradar a todos e a tudo.

Aos poucos nos tornamos mais tolerantes e aprendemos a admirar e respeitar essa cultura e religião milenar. Admirar, sim, pois qual população, por crença religiosa, faz jejum total, sem comida ou água por um dia inteiro, durante 30 dias num calor de 50 graus no meio do deserto?

Isso mesmo, você não leu errado. Esse período conhecido como Ramadã é o momento onde você tem a certeza absoluta de que está no Oriente Médio, envolvida por toda a cultura e, talvez, numa viagem ao tempo.

unnamed (2)

O Ramadã representa o mês sagrado do islamismo. É o nono mês no calendário lunar islâmico, quando o Alcorão foi revelado à humanidade por Alá. Esse mês representa para os muçulmanos um mês de reflexão, caridade e fraternidade; além dos 5 momentos de oração do dia, há um extra onde a sua conexão com Deus deve parecer mais próxima: são preciosos minutos do seu dia para ser agradecido por tudo.

É o mês onde famílias relembram as dificuldades, o aprendizado com os próprios erros e expressam sua gratidão por terem alcançado tudo o que necessitam, sendo material ou não. Talvez esse mês seja o único em que nós, expatriados, nos sentimos realmente parte desse mundo, pois o jejum é facultativo mas restaurantes são fechados durante o dia (abrem ao anoitecer para o Iftar), o consumo de água em público é proibido e as ruas estão mais quietas e tranquilas. E a tal sensação de pertencer se faz presente, pois mesmo morando no que parece ser uma grande reunião da ONU, mesmo sem o jejum nos sentimos mais unidos, nos pegamos a refletir, agradecer e a olhar em uma mesmo direção e desejar momentos melhores, independentemente do seu passaporte.

O que sinto é gratidão e privilégio em viver essa experiência e dividi-la.

Related posts

7 coisas que me fazem falta em Abu Dhabi

Pollyane Martins

Maquiadora profissional em Dubai

Thais Cunha

Al Ain, o oásis dos Emirados Árabes

Pollyane Martins

65 comentários

Jane Delgado Agosto 6, 2015 at 5:08 pm

RÊ….. Incrível sua experiência. Me teletransportei. .. verdadeira experiência de vida. Beijinhos.

Resposta
Renata Agosto 7, 2015 at 5:10 am

Obrigada Jane!!!! Espero que voce curta ainda mais o site, ele está cheio de experiências de brasileiras como nós vivendo ao redor do mundo!!!

Resposta
Simone Abril 30, 2016 at 1:50 am

Queria muito trabalhar em Abu dhabi …mas me parece quase impossível, sabe por onde começo p chegar a trabalhar aí?

Resposta
Renata Salas Collazo Abril 30, 2016 at 3:20 am

Simone,
Não é impossível se você for bem qualificada, tiver ingles fluente e trabalhar em uma área que o país necessite. Para se ter uma idéia, vale a pena consultar o Gulf Talent, um site de busca de empregos. Também sugiro a busca através do Linkedin. Obrigada por acompanhar o blog e deixar seu comentário.

Resposta
Malcher Maio 3, 2016 at 9:52 pm

Olá sou formado em Fonoaudilogia e atendo os pacientes que sofrem de labirintite, câncer de cabeça e pescoço, bebês com dificiencia na deglutição, casos de AVC e faço bioplastica facial em clinicas de estetica facial.
Gostaria de trabalhar em AD com labirintite e estica, vc sabe me informar se essa área tem mercado de trabalho em AD?, vc conhece algum médico brasileiro ai? Como faço para trabalhar aí?

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 4, 2016 at 1:09 pm

Malcher,
Obrigada por acompanhar o blog.
A medica brasileira que trabalha em AD, foi entrevistada pelo blog, voce confere aqui O processo e bem exigente. Essa clinica trabalha com ” Speech therapy” que e a fonoaudiologia. Americare Acredito que alem de validar o seu diploma voce precisara ser fluente em ingles. Cheque aqui as informacoes e documentacao necessaria.Espero ter ajudado

Resposta
Renan Agosto 8, 2015 at 12:24 pm

Parabéns Renata realmente e uma mega experiência de vida eu trabalho no UAE em Abu Dhabi com o jiu jitsu como você citou em seu texto acima!!!
Obrigado e parabéns pela sua matéria !!!

Resposta
Renata Salas Collazo Agosto 9, 2015 at 11:51 am

Obrigada Renan. Também gosto demais de morar em Abu Dhabi. Todo mês teremos novidades por aqui. Fico feliz que tenha gostado. O trabalho de vocês do Jiu Jitsu e fantástico.Continue acompanhando o site….

Resposta
Reginaldo costa Abril 30, 2016 at 1:10 am

Quero ir também. Trabalho com tecnologia

Resposta
Renata Salas Collazo Abril 30, 2016 at 3:24 am

Reginaldo,
Recomendo que você consulte sites de empregos como o Gulf Talent, acesse o site de empresas locais para verificar a disponibilidade de vagas e também contatos através do Linkedin.
Espero ter ajudado. Obrigada por acompanhar o blog.

Resposta
Maia S. Agosto 9, 2015 at 5:11 am

Interessante o seu relato e assim como o da maioria dos (poucos) brasileiros que conheci aí nos Emirados Árabes Unidos, todos parecem gostar bastante de morar aí. Acredito que isso acontece pelo tipo de experiência e impressão que se tem do lugar de acordo com o estilo de vida que se leva. Morei em Abu Dhabi por dois anos com meu marido e voltei ao Brasil. Não fazíamos parte de nenhum dos grupos que você citou em seu texto (pilotos, jiu-jitsu ou trabalho em empresas relacionadas ao óleo & gás). Sei que no Brasil a vida, no geral, está uma bagunça, não está fácil, mas de acordo com a experiência que tive, não gostaria de voltar a morar nos Emirados. Voltaria apenas como turista. Obrigada por compartilhar sua experiência.

Resposta
Renata Salas Collazo Agosto 10, 2015 at 9:45 am

Olá Maia, que bom que você gostou do texto. Interessante saber que você morou em Abu Dhabi…. Na verdade ser expatriado é uma experiência muito particular, a minha até agora está sendo extremamente positiva, mas entendo que nem sempre é assim. Vale a pena realmente voltar como turista, a cidade está crescendo muito, várias novidades… Todo mês vamos postar novidades, espero que você continue acompanhando.Obrigada por deixar seu comentário.

Resposta
Lia Setembro 22, 2015 at 12:06 pm

Olá Renata,

Eu moro em Abu Dhabi e sou casada com um instrutor de jiu-jítsu daqui… Ele está aqui a mais tempo q eu, então parece estar adaptado, eu ainda estou tentando, confesso q não está sendo muito fácil… Gostaria muito de poder me comunicar mais contigo, tenho um filho q está no Brasil mas q pretendo trazer no próximo ano, mas me sinto muito perdida, sem referências para procurar possíveis escolas para meu menino… Por favor me ajude! ????

Resposta
Renata Salas Collazo Setembro 23, 2015 at 1:29 pm

Ola Lia,
O começo não e fácil mesmo, mas a comunidade do Jiu-Jitsu parece bem unida e animada. Outra sugestão e você entrar no grupo do Facebook “Brasileiros em Abu Dhabi” . Tem sempre gente nova chegando, varias duvidas sendo respondidas,encontros…. mas tenho certeza que com o tempo você ira amar Abu Dhabi, assim como eu.
Em relação a escola: dependendo da idade do seu filho e mais longa ou mais curta a espera pela vaga. O melhor a se fazer e visitar as escolas, e obter todas as informacoes. Quanto antes melhor!!! Você tem muitas opções entre britânicas, americanas e canadenses. Nesse link(avaliacao das escolas em AD) você encontra a classificação das escolas, os valores anuais você precisa entrar no site da escola, sempre esta disponível. Se você ainda tiver alguma duvida, e so deixar um comentário e tento esclarecer melhor. Boa sorte!!!

Resposta
Thaisa Silva Setembro 29, 2015 at 7:01 pm

Oi Renata, adorei seu texto, me motivou! Por favor, você poderia me indicar uma região boa para se morar em Abu Dhabi mas que não fosse a mais cara? Gostaria de ter uma noção de preço.

Obrigada,

Thaisa Silva

Resposta
Renata Salas Collazo Setembro 29, 2015 at 9:08 pm

Oi Thaisa, maravilha o texto ter te motivado. O nosso objetivo e esse mesmo por aqui: dividir nossas experiencias. Abu Dhabi e bem facil de escolher a regiao para morar. A unica area que nao acho boa e Mussafah, que e uma regiao industrial. Mas voce precisa reponder essa questao: voce quer morar em apartmaneto ou casa? E o mais importante : a sua empresa pagara pela moradia , voce tera um valor para isso ou tera que pagar do seu bolso? Outro ponto a ser considerado: onde voce ira trabalhar? Voce tem filhos? Qual a escola? Abu Dhabi nao tem o transito pesado, mas e preferivel estar mais proximo. Os precos irao variar dependendo da regiao, tamanho do imovel…. Posso continuar te ajudando se voce precisar e so deixar um outro comentario. Muito boa sorte pra voce!!!

Resposta
Cintia Nicco Novembro 2, 2015 at 11:55 pm

Olá Renata, adorei seu post.
Meu marido está com uma proposta para trabalhar em Abu Dhabi. Estamos analisando, mas a proposta é muito boa.
Tenho dois filhos, um de 4 anos e outra de 14 anos. Tem esse receio de onde morar…onde eles vão estudar…não sei nem por onde procurar na internet.
Você tem alguma dica onde possamos avaliar imóveis e escolas?

Resposta
Renata Salas Collazo Novembro 3, 2015 at 2:10 pm

Cintia,
Morar nos Emirados Arabes e bem mais facil do que se imagina. Voce tem razao em relacao a achar informacoes na internet, tambem tive essa dificuldade…
Entao vamos por partes: escola para o seu filho de 14 anos nao sera problema, geralmente as listas de espera sao para o ensino fundamental. O de 4 anos voce precisara colocar em uma creche ( nursery) e ja aplicar para a escola tradicional que ele podera comecar aos 5 anos. Escolas sao muitas opcoes, as mais procuradas sao as americanas e as britanicas. Aqui segue a avaliacao das escolas. Local para morar sao varias opcoes, depende de onde seu marido ira trabalhar. Existe uma ” revista” semanal em Abu Dhabi, a Abu Dhabi Week voce pode checar um pouco sobre a vida em AD. Imoveis, muitas pessoas usam o Dubizzle, eu particularmente nao gosto muito, mas da para se ter uma otima nocao. Qualquer outra duvida estou por aqui!!! Boa sorte!!!

Resposta
Bianca Lima Dezembro 4, 2015 at 6:18 pm

Oi Renata, adorei o seu texto e principalmente sua iniciativa de descrever suas experiências para os brasileiros novatos em Abu Dhabi! Eu sou engenheira de petróleo e fui transferida para cá. Acabei de chegar e podemos dizer num bom português: “Vim com a cara e a coragem!”. E a parte que você cita sobre a localização, foi o que exatamente eu descrevi para meus amigos…precisamos de informar o lugar X próximo ao Y e por aí vai.
Minha questão agora é arrumar um apartamento (de preferencia mobiliado) e que se encaixe no orçamento oferecido pela empresa. E estou com muita dúvida sobre a localização. Minha empresa fica na Baynuna Street e eu, no momento, estou perto do Al Whada Mall. Estou sozinha aqui, em minha primeira experiência sozinha em outro país. Por favor, você teria alguma dica para mim, alguma sugestão de lugar???
Muito muito obrigada desde já!

Resposta
Renata Salas Collazo Dezembro 4, 2015 at 8:23 pm

Bianca,
primeiramente parabéns pela sua conquista e coragem de vir sozinha e enfrentar esse novo desafio. Você aos poucos irá se apaixonar por Abu Dhabi!! O começo é difícil para todo mundo, pode acreditar!!! Você não gosta da área do Al Whada?A sua empresa é em Al Bateen? Acho que você estando sozinha vale a pena ficar perto de lugares com bastante atividades e movimento, para abrandar um pouco a sensação de estar sozinha. Na Corniche tem bastante oferta, na área de Khalidia também. Uma área que está crescendo bastante e tem apartamentos novos, com preços ótimos é Al Reem Island. Mobiliado talvez você não encontre com muita facilidade, mas sempre tem a IKEA com móveis com preços bem acessíveis e também vários grupos no FB que vendem móveis usados que outros expatriados sempre estão vendendo devido a outras mudanças. Espero que essas pequenas “dicas” te ajudem um pouco, mas podemos continuar conversando por aqui, e só chamar!!!Obrigada pelo seu comentário e por acompanhar o Brasileiras pelo Mundo, nosso objetivo é esse: trocar informações, dividir experiências. Boa sorte!!!

Resposta
Alisson Gomes Março 21, 2016 at 5:00 am

Oi Bianca, tudo bem, me chamo Alisson. Primeiramente parabéns pela conquista e pela coragem de ter ido sozinha encarar essa nova conquista. Um dos meus maiores sonhos é ir morar/trabalhar em Abu Dhabi. Gostaria de saber como foi a adaptação, como está sendo trabalhar na engenharia aí, como funciona a questão da seleção de novos profissionais internacionais?? Ah, e a questão feminina frente a engenharia, como está sendo??
Muito Obrigado desde já.

Resposta
Renata Salas Collazo Março 21, 2016 at 8:55 pm

Alisson, obrigada por acompanhar o blog e deixar seu comentário. A Bianca a quem você endereçou a pergunta é uma leitora assim como você, logo dificilmente ela ira lhe responder. Então convido você a continuar acompanhando o blog para ter suas dúvidas sanadas ou enderece as suas dúvidas a alguma de nossas colunistas no país : eu, Pollyane ou Juliana

Resposta
Alisson Gomes Março 22, 2016 at 3:41 am

Oi Renata, obrigado pelo retorno, uma pena mesmo.
Parabéns pelo blog, estou acompanhando sempre.
Abs

Resposta
Bruna Dezembro 22, 2015 at 10:20 am

Olá, meu marido recebeu uma proposta para trabalho em Abu dhabi, minha maior preocupação é escola pra minhas duas filhas uma de 3 e uma de 10. As escolas tem professores que falam português??? Como funciona?? Nunca tive uma experiência fora do Brasil estou perdida.

Resposta
Renata Salas Collazo Dezembro 29, 2015 at 3:34 am

Bruna,
As escolas são ótimas em Abu Dhabi, infelizmente não há nenhuma com aulas em português,nas escolas a língua oficial é o inglês, mas conheço professoras que dão aula particular e também alguns projetos de manter a língua mãe para as crianças. Na Gems American Academy, tem uma brasileira voluntária que dá aulas de português para alunos brasileiros. De qualquer forma as escolas têm um programa de suporte para esses estudantes que ainda não tem domínio da língua, na maior parte das escolas chama-se ESL (English as Second Language, Inglês como segunda língua).O importante é você conhecer a colocação das escolas na classificação do governo. As escolas mais procuradas são as americanas, britânicas e canadense. Abu Dhabi é um lugar de fácil adaptação, as famílias se ajudam muito, suas filhas logo terão novos amigos. As escolas geralmente são extremamente acolhedoras com os novos alunos.Esclareceu um pouco suas dúvidas? Estou aqui para esclarecer qualquer outra dúvida que você tenha. Boa sorte nessa nova fase!!! Abraços.

Resposta
Donato Dezembro 30, 2015 at 3:59 pm

Boa Tarde Renata,
Sou profissional da aviacao no Brasil e tenho como objetivo trabalhar nos Emirados. Observei tudo que voce escreveu sobre Abu Dhabi. Minha cia preferida é a Etihad, sediada em AD. Gostaria de saber qual são as diferenças.., dentre essas mesmas caracteristicas que voce discorreu no texto e em algumas respostas , entre Abu Dhabi e Dubai.
Agradeco muito
Parabens pelo Blog,
Donato Junior

Resposta
Renata Salas Collazo Dezembro 31, 2015 at 7:16 pm

Olá Donato.
Primeiramente muito obrigada por deixar seu comentário.
Vou tentar te ajudar: tenho muitos amigos da aviação: e o que eles sempre comentam é que a escolha para qual empresa trabalhar é muito importante, pois há um “acordo de cavalheiros” e se você trabalha na Emirates ou Etihad dificilmente conseguirá transitar entre elas.Tendo isso em mente: se você for trabalhar na Etihad inevitavelmente terá que morar em AD,pois a ajuda de custo para moradia ou os apartamentos funcionais são em AD, mas se você quiser pagar do próprio bolso pode escolher entre um Emirado ou outro.
Muito difícil comparar os dois Emirados, mas vou colocar meu ponto de vista para tentar esclarecer: Dubai tem uma vida noturna bem mais intensa que AD, o trânsito também!!!Os dois Emirados têm escolas excelentes. O aluguel em Dubai é mais barato que AD. Dubai é bem mais turística. Abu Dhabi é bem mais calma e pacata. Restaurantes igualmente maravilhosos nos dois locais. Os dois Emirados não são distantes entre eles, apenas 1 hora de carro os separam. Eu adoro Abu Dhabi, mas quem mora em Dubai também tem o mesmo sentimento.O que sempre se comenta por aqui é que em Abu Dhabi as pessoas moram por mais tempo, são mais estáveis e em Dubai as pessoas pensam em passar apenas um período, mas posso garantir que a adaptação em qualquer um dois dois é tranquila. A Juliana é nossa colaboradora em Dubai e pode também te ajudar com o ponto de vista dela. Para esclarecer outras dúvidas seria interessante saber se você vem com família, sozinho, tem filhos…. Espero ter ajudado, caso precise estamos por aqui sempre para dividir nossas experiências.

Resposta
Donato Dezembro 31, 2015 at 11:08 pm

Renata,
Exatamente.., estou ciente desse acordo entre as empresas. Eu tenho maior simpatia pela Etihad.., algo pessoal e, absolutamente, sem desmerecimento a Emirates. O que mexe comigo é o ” boom ” que a Etihad tem previsao de atingir.., algo que a Emirates já, por excelencia, alcancou. Tenho um filho de 3 anos e minha esposa quer muito ir. Estamos estudando a ideia e, junto disso, transformando isso num projeto, tendo em vista que é uma decisao ” DA VIDA “. Eu tenho certeza de que eles se adaptariam.., porem a duvida sempre será em relacao à familia que deixamos no Brasil…! Bom…, mais uma vez eu agradeço a atencao e manteremos contato. Um excelente 2016.
Att,
Donato

Resposta
Renata Salas Collazo Janeiro 1, 2016 at 9:50 pm

Donato,
Sou bem suspeita para comentar, pois adoro a Etihad e também AD. Concordo que não seja uma decisão fácil, mas enquanto os filhos são pequenos é bem mais tranquilo. A comunidade da aviação em AD é muito grande e bastante unida. No mais estamos sempre por aqui para ajudar. Feliz 2016!!!

Resposta
Milene Chiqueto Janeiro 4, 2016 at 12:32 am

Olá, gostaria de saber qual o preço médio das escolas por aí..
Beijo!

Resposta
Renata Salas Collazo Janeiro 4, 2016 at 1:23 am

Milene,
Obrigada por deixar seu comentário.
A variação da mensalidade das escolas é muito grande, depende do ano escolar e do que a escola oferece, vamos considerar então uma série coloco aqui os valores das escolas mais procuradas e você terá uma boa idéia.
Grade 1 (no currículo americano) Year 2(currículo britânico), que seria a nossa primeira série, crianças com 7 anos:
Gems American Academy 66,780 AED/ano
Canadian school 40,535 AED/ ano
American Community school 64,700 AED/ano
Cranleigh (britânica) 70,000 AED/ano ( ja inclui algumas atividades depois do horário regulamentado)
Brighton College (britânica):57,400 AED/ano
1AED = 0,27USD; para saber a conversão para real dependerá do dólar do dia.
O câmbio é fixo para o dólar.
Esses são alguns exemplos, todas as escolas em Abu Dhabi divulgam seus valores no site. Você pode também consultar a classificação da escola pelo Ministério da Educação.É só chegar esse link
Espero que eu tenha conseguido responder a sua perguntas.Se precisar de mais informação, posso passar a minha experiência para você. Boa sorte e continue acompanhando o BPM.
Abraços

Resposta
Karen Alencar Janeiro 9, 2016 at 3:00 am

Olá Renata, boa noite, gostaria de saber informações sobre o mercado de trabalho na área de engenharia civil e de infraestrutura, me formo em Engenharia Civil este ano, e meu noivo é piloto e está indo pra Abu Dhabi para voar na Etihad ou seja vou também vou morar aí. Já estamos nos preparando para o começo da nossa vida aí e estou preocupada com relação a emprego na minha área tendo em vista que sou estrangeira e mulher. Agradeço a sua atenção.
Beijos e feliz ano novo!

Resposta
Renata Salas Collazo Janeiro 9, 2016 at 4:25 am

Karen,
Obrigada por acompanhar o BPM e deixar seu comentário.
Em relação a sua dúvida: mulheres trabalham normalmente por aqui, mesmo em áreas que há predominância de homens.Além de Abu Dhabi, assim como Dubai serem um canteiro de obras, a todo o momento obras de infraestrutura, melhoramento, novos prédios, pontes… são construídas e projetadas,tenho certeza que você terá bastante oportunidade. Aqui a mão de obra é toda estrangeira, somos 90% da população. Há vários sites onde você pode procurar empregos porém o Linkedin ainda tem se mostrado uma das melhores ferramentas para fazer contato antes da sua chegada.Lembre-se de trazer toda a sua documentação (diplomas, cursos, pós graduação..) traduzida para o inglês e também para o árabe. Você será muito bem acolhida pela comunidade brasileira da Etihad, as pessoas se ajudam bastante, e para qualquer dúvida estamos sempre aqui para ajudá-la. Boa sorte nessa nova jornada!!! Feliz 2016 em terras árabes.

Resposta
Dandre Janeiro 20, 2016 at 8:34 pm

Oi Renata, obrigado pelo post. Gostaria de saber como o pessoal local enxerga as mulheres expatriadas, como por exemplo as Brasileiras. Estive vendo uma oportunidade de trabalhar em Abu Dhabi e gostaria de saber se a mulher estrangeira deve também se comportar como uma local em relação a vestimenta, tradições etc. ou não precisamos fazer parte da religião deles, bastando é claro respeita-los ?

Grato!

Resposta
Renata Salas Collazo Janeiro 21, 2016 at 1:49 am

Dandre,
obrigada pro seguir o blog e deixar seu comentário.As mulheres expatriadas, brasileiras ou não são bastante respeitadas nos Emirados Árabes Unidos pelos locais e por outras nacionalidades também. Não é cobrada nenhum tipo de vestimenta especial para as mulheres, nessas situações o bom senso deve falar mais alto. É importante ter em mente que o país é muçulmano, então respeitar as tradições é o necessário. Nada é cobrado da mulher estrangeira em relação aos costumes islâmicos. Inclusive a Pollyane, nossa outra colaboradora de Abu Dhabi, fala sobre religião nesse post aqui Espero que eu tenha ajudado, se surgirem mais dúvidas estamos aqui para tentar saná-las. Continue acompanhando o BPM…. Obrigada

Resposta
Jelder Lima Março 3, 2016 at 12:21 am

Olá Renata,
Trabalho no setor de Petróleo & gás a 20 anos, falo inglês fluente e tenho nível superior.
Você teria contatos para onde eu possa mandar curriculum?
Desde já agradeço;

Resposta
Renata Salas Collazo Março 3, 2016 at 2:16 am

Jelder,
Primeiramente obrigada por acompanhar o blog e deixar seu comentário.
A retração na área de óleo e gás é mundial e não poderia ser diferente nos Emirados Árabes. Muitas empresas estão priorizando manter seus funcionários a novas contratações. Porém o Linkedin continua sendo uma ótima ferramenta de pesquisa, além de uma grande possibilidade para novos contatos. A Saudi Aramco, também disponibiliza em seu site as vagas disponíveis para a região. Minha sugestão seria você entrar em vários sites de empresas que conhece e ver a disponibilidade para o mercado do Oriente Médio.Não tenho nenhum contato, somente essas sugestões e um desejo de boa sorte.

Resposta
matteus Abril 28, 2016 at 4:05 am

alguma dica pra morar aí?

Resposta
matteus Abril 28, 2016 at 4:06 am

muito bom suas histórias, eu moro no Brasil.
alguma dica pra como ir morar ir ?

Resposta
Renata Salas Collazo Abril 28, 2016 at 3:46 pm

Matteus,
A dica para morar nos Emirados Arabes Unidos seria procurar emprego nos sites de empresas locais ou no Linkedin. Não se pode entrar no pais sem um visto de turista ou de trabalho, e a cada dia eles estão mais rigorosos. Qual a sua area de atuação? Espero ter ajudado, qualquer outra duvida e so perguntar. OBRIGADA POR ACOMPANHAR O BLOG E DEIXAR SEU COMENTÁRIO

Resposta
João Siqueira Abril 28, 2016 at 2:55 pm

olá tudo bem!muito legal mesmo,será que para médico veterinário haveria campo??

grande abraço

Resposta
Renata Salas Collazo Abril 28, 2016 at 3:50 pm

Joao,
Nao sei ao certo, mas acredito que sim dependendo da sua especialidade. Afinal ha muitos haras, fazenda de camelos…. Sem contar as clinicas para animais de pequeno porte. Sexta feira agora dia 29 o Globo Reporter falara sobre Abu Dhabi e a criação de vários animais, talvez ajude. E nesse site voce pode encontrar algumas ofertas : https://jobs.laimoon.com/uae/veterinary Espero que tenha ajudado. Obrigada por acompanhar o blog e deixar seu comentario

Resposta
Edilson Abril 30, 2016 at 2:36 am

Boa noite Renata, como vai?
Eu trabalho com TI, suporte em redes e servidores Windows. Configurações, cabeamento e afins,
Você acha que há necessidade nessa área aí?
Moro só, portanto não tenho maiores preocupações com relação à mudanças, rs.
Agradeço pelo texto e se possível, me responda de forma clara sobre possibilidades.
abraços.

Resposta
Renata Salas Collazo Abril 30, 2016 at 3:18 am

Edilson,
Obrigada por acompanhar o blog e deixar seu comentário.
Abu Dhabi está sempre crescendo e necessitando de diferentes profissionais, não sei te reponder ao certo para a área de TI.
A melhor maneira de sentir o mercado e a sua necessidade é consultando os sites das empresa locais,sites de busca de emprego como Gulf talent ou mesmo Linkedin. Conversar com alguém da sua área que já esteja no país também pode ajudar. Espero ter esclarecido suas dúvidas.

Resposta
Robson Passos Barbosa Abril 30, 2016 at 6:44 am

Olá Renata,

Comecei hoje a acompanhar seus posts e confesso que gostaria de saber mais sobre esse lugar maravilhoso. Estou pensando seriamente em tentar algo na área de informática, seja como técnico em informática ou desenvolvedor de software? Saberia me dizer como estão as oportunidades nessa área?
Grande abraço!

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 1, 2016 at 7:44 am

Ola Robson,
Obrigada por acompanhar o blog. Infelizmente não tenho ideia de como seja a demanda dessa setor aqui. Recomendo que você tente contato com headhunters da área nos EAU, ou contatos através do LInkedin e também diretamente no site das empresas locais. Espero ter ajudado

Resposta
Leonardo Abril 30, 2016 at 2:08 pm

Olá Renata, Parabéns pelo blog. Sou professor de tênis e gostaria de saber se você alguma idéia sobre o mercado aí? Um abraço e mais uma vez parabéns!

Resposta
Renata Salas Collazo Abril 30, 2016 at 8:57 pm

Leonardo,
Muito obrigada. Ficamos muito felizes com o elogio. Obrigada por acompanhar o blog.
O mercado para professores de tenis eu não tenho conhecimento, mas acredito que haja sim uma boa procura. Porém é importante ter em mente que o ingles precisa ser fluente. No site da escolas internacionais eles disponibilizam as vagas abertas para o próximo ano letivo que começa em fim de agosto. Acredito que nas escolas seja o melhor nicho. Algumas sugestoes: Gems American Academy, American Community School, Al Raha Internacional school, British International School of Abu Dhabi, Repton School, Cranleigh School of Abu Dhabi. Espero ter ajudado. Boa sorte

Resposta
Robson Santos Maio 1, 2016 at 8:05 pm

Renata boa tarde querida,parabéns pelo seu sucesso..
Nos somos especialistas em revestimentos de parede voltada a area da construção civil será que essa area e bem solicitada por ai será que nos brasileiros temos oportunidades para abraçar a oportunidade que vc acha…..

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 1, 2016 at 9:08 pm

Robson,
Obrigada por acompanhar o blog.
Infelizmente não sei sobre esse nicho. é verdade que o país vive em obra, seria interessante você fazer uma pesquisa com empresas locais, olhar os sites do governo, verificar como abrir um empresa, como participar de licitações. O país apesar de apreciar o trabalho dos estrangeiros é bastante exigente em relação a documentação, qualificação dos profissionais.Lamento não poder ajudar mais. Desejo boa sorte e se precisar estamos aqui para tentar esclarecer outras duvidas que venham a aparecer.

Resposta
Malcher Maio 3, 2016 at 10:34 pm

Olá Renata, quero agradecer sua disponibilidade em ajudar.
Sou Fonoaudiólogo e atendo os pacientes de labirintite, câncer de cabeça e pescoço, deglutição e estetica facial, gostaria de trabalhar em AD, vc sabe me indicar nome de clínicas e sites?.

Resposta
Robert Helio Maio 5, 2016 at 1:46 am

Olá Renata adorei sua postagem no seu blog. Aqui no Brasil eu trabalho na área da construção Civil pesada na área de projetos eu trabalho com os softwares Auto Cad e o Revit 2015, eu opero muito bem estes softwares, tenho uma experiência ampla com projetos de arquitetura e engenharia e como aqui no Brasil está numa crise grande nesta área. Será que por ai não tem vagas para se trabalhar na área.

Abraços e fico no aguardo.

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 5, 2016 at 12:57 pm

Ola Robert,
Obrigada por acompanhar o BPM. Provavelmente haverá vagas sim para sua area em Abu Dhabi, mas e preciso ser muito bem qualificado, ter inglês fluente e saber que para se estabelecer e preciso muita dedicação. A melhor maneira de verificar se ha posições no pais e consultando as empresas locais, voce pode fazer isso pelo site delas. O LinkedIn também tem se mostrado uma ótima ferramenta para fazer contatos, distribuir currículos e conhecer profissionais de recursos humanos que ajudam na recolocação no mercado ou a busca por novos desafios. Espero ter ajudado.

Resposta
Diego Maio 6, 2016 at 2:13 am

Oi eu tenho 28anos meu nome é Diego queria trabalhar ai em Abu Dhabi mais não falo inglês mais n aguento mais o desemprego do Brasil me ajude se puder

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 6, 2016 at 11:24 pm

Diego,
Obrigada por acompanhar o blog. Infelizmente inglês é fundamental nos Emirados Árabes.A crise no Brasil está muito grande realmente , mas posso te garantir que o mercado mundial de uma forma geral está também retraído e fica cada vez mais exigente para contratar estrangeiros. Boa sorte

Resposta
Wender Maio 11, 2016 at 3:11 pm

Tenho 19 anos jogo futebol profissionalmente,já atuei na ponte preta no criciuma Audax e outros clubes,meu sonho é jogar futebol no imirados árabe,me ajude com uma sugestão ??

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 15, 2016 at 5:27 pm

Wender,
Sugiro você entrar em contato direto com o clube de Abu Dhabi, o Al Jazira. Interessante também seria buscar algum profissional especializado em administração de carreira de profissionais de futebol. Espero ter ajudado.Obrigada por acompanhar o blog.

Resposta
Icaro Santana Maio 23, 2016 at 2:25 am

Boa noite Renata ! Como esta? Você ainda mora em Abu dabhi? Eu tenho interesse em empreender na cidade e morar. Você pode me ajudar em algo? Grato!

Resposta
Renata Salas Collazo Maio 23, 2016 at 2:52 am

Icaro,
Obrigada por acompanhar o BPM. Acredito que a única forma em que eu possa te ajudar é com informações sobre a cidade, custo de vida….Recomendo que você leia os outros posts sobre o local publicado anteriormente e também a entrevista com a empresária, no ramo de alimentaçãoaqui. Se ainda restarem dúvidas nos mande outra mensagem. Boa sorte.

Resposta
Alberto Oliveira Setembro 5, 2016 at 12:45 pm

Bim dia,Renata! Tenho uma proposta para trabalhar na School internacional Emirados Árabes Eis mas confesso que estou com medo as coisas estão acontecendo freneticamente como devo agir, para ter as informações que tudo que prometem e verdade? Obrigado

Resposta
Renata Salas Collazo Setembro 6, 2016 at 7:14 pm

Ola Alberto,
A Escola e a Emirates International School? Meadows or Jumeirah? Nao entendi bem.
Geralmente as propostas sao bem serias e costumam ser como prometidas, porem acho importante voce se informar com detalhes sobre salario e beneficio, pois mesmo parecendo valores irresistivies o custo de vida tambem e alto.Prestar atencao tambem no incio do ano escolar, que e em Setembro geralmente.E sempre negocie: salario, beneficios, passagens para o Brasil, tempo de ferias.E possivel em uma mesma escolar ter diferentes pacotes de expatriacao, tudo depende de como fica acordado entre as partes. Algumas de nossas colunistas, como a Juliana de Dubai, Pollyane de Abu Dhabi e a Thais do Qatar ja comentaram a respeito nas suas respectivas regioes. A regiao e excelente para se morar e criar filhos. Hoje em dia com o avanco da tecnologia e bem facil entrar em contato com outros profissionais da mesma empresa para consultar a satisfacao deles, aconselho-o a faze-lo se possivel. Se precisar de maiores informacoes e quiser saber sobre valores posso ajudar tambem com prazer. Obrigada por acompnhar o BPM.

Resposta
Renato Figueiredo Outubro 11, 2016 at 11:07 am

Renata, bom dia
Como vai tudo bem?
Me candidatei a uma vaga e acabo de ser selecionado. Estou em dúvidas se aceito ou não as condições apresentadas, por que, simplesmente não tenho a menor idéia sobre o salário em comparação com o custo de vida. A conversão de moeda me desestimulou um pouco. A oferta é um salário de AED 35,500 mais alguns outros valores para moradia, etc, Poderia por favor me informar sobre os custos em Abu Dhabi?
Muito obrigado

Resposta
Renata Salas Collazo Outubro 14, 2016 at 2:53 am

Renato,
O salário em sim não é ruim, o que pode incrementá-lo são os benefícios, esses sim fazem uma grande diferença. O salário mensal daria em torno de 9500 dólares. O que é caro aqui: moradia e escola. Negociar é importante. Esse site pode te auxiliar. A Pollyane também escreve sobre Abu Dhabi aqui no BPM e também no blog pessoal dela onde ela já comentou sobre o custo de vida. Espero ter ajudado. Se você precisar tirar outras dúvidas ou “conversar”um pouco mais, estamos sempre aqui disponíveis. Boa sorte!!!

Resposta
Marines Agosto 17, 2017 at 1:43 pm

Ola Renata amei suas experiências e informações! Não sei se você vai poder mim ajudar!!estamos indo morar em Abu Dhabi e sou com problema em encontrar escola pra meu filhos mais velho,ele está com 5 anos !!!
Você tem alguma sugestão pra ele não ficar sem estudos até Março de 2018?Serar que conseguimos uma professora ou ajudante pra dar aulas a ele em casa?
Obrigada ê aguardo a sua resposta ??
Marines.

Resposta
Renata Salas Collazo Agosto 20, 2017 at 1:58 pm

Marines,
Esse problema com escola acontece para muitos expatriados, meu conselho e : faca inscricao no maior numero de escolas possiveis, pois sempre ha criancas saindo ao longo do ano escolar. Visite as escolas, uma a uma. Aqui tem uma lista para voce.Com 5 anos talvez voce possa coloca-lo em uma creche para eles se familiarizar com o ingles e assim que alguma vaga estiver disponivel voce muda ele de escola. O ano letivo comeca por volta da primeira semana de Setembro, ate Janeiro eles chamam as criancas que estao na lista de espera. Nao desanime. Boa sorte e obrigada por acompanhar o BPM.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação