BrasileirasPeloMundo.com
Criando Filhos Pelo Mundo Dubai

Escolas internacionais em Dubai

Já sabemos que mudar para outro país é um processo desafiador. Imagine, agora, quando este processo envolve crianças ou adolescentes. E, se elas estiverem em idade escolar, o desafio será ainda maior. Normalmente dizemos que as crianças se adaptam mais facilmente e que aprendem novos idiomas mais rápido, certo? Nem sempre! Os pequenos também podem sofrer os possíveis efeitos da mudança, como a falta da família, dos amigos, da escola, da comida, do fuso. E isso também vale para os adolescentes. Por isso, os pais devem estar preparados e munidos de muita paciência para ajudar os filhos nessa fase de transição.

Dentre os desafios da mudança, a educação, é sem dúvida, o fator que mais afeta e preocupa as famílias expatriadas: como meu filho irá reagir ao novo ambiente, novos professores, novos amigos, novo idioma e hábitos culturais? Apreensões que devem ser consideradas para que não se coloque em risco o processo da mudança para outro país.

Aqui em Dubai, como a grande maioria da população é expatriada, a cidade oferece escolas de diferentes nacionalidades (muitas com currículos britânicos e americanos), com diferentes programas pedagógicos. Todas as escolas internacionais possuem o inglês como o idioma oficial mas, vale ressaltar que, a língua árabe também está na grade currícular, e isso pode ser um motivo bem desafiador para a criança. Já imaginou seu pequeno desenvolvendo a habilidade de usar 3 idiomas ao mesmo tempo (a língua materna, o inglês e o árabe)? Para muitas crianças, isso pode ser até divertido, mas para outras, pode ser motivo de muito estresse.

www.freeimages.com

Outro ponto importante é que as instituições de ensino oferecem atividades complementares, o que pode levar a criança a passar muitas horas no ambiente escolar. Essa é uma outra diferença para o Brasil, onde a maioria das escolas funciona em horário de “meio período”.

Também vale ressaltar a diferença do calendário escolar: o novo termo, ou seja, o novo ano se inicia depois das férias de verão, normalmente em setembro. Diferente do Brasil onde o novo ano escolar acompanha a virada do ano. E, por falar em férias, elas ocorrem nos meses de julho e agosto, e algumas semanas entre dezembro e janeiro. E lembre-se, as nossas séries/anos não são iguais as daqui. As escolas comparam os currículos para enquadrar o seu filho na grade correspondente a que ele estaria cursando no Brasil. E, ao retornar ao Brasil, atente sobre o fato de que os certificados deverão ser validados para dar prosseguimento aos estudos; é necessário verificar na Secretaria de Educação do seu Estado qual o procedimento a ser seguido.

E por falar mais uma vez em férias, aqui vale uma dica: você poderá encontrar várias escolas que oferecem o Summer Camp (acampamento de verão) para as crianças pequenas. Trata-se de um programa de entretenimento para os pequeninos e pequeninas que permanecem em Dubai no período das férias. Se você estiver trabalhando, essa é uma boa ideia para manter seu pequeno ocupado. O custo gira em torno de R$800 por semana.

E por falar em valor, o quanto você irá gastar com escola dependerá muito da série que seu filho estiver estudando. Mas você deve se preparar para gastar algo entre R$50 mil – R$70 mil por ano. Se você tiver um bebê, a creche pode lhe custar entre R$30 mil – R$40 mil por ano. Nesses valores estão inclusos a matrícula, as mensalidades e o material escolar. As atividades extras devem lhe custar mais R$30 mil por ano. É isso mesmo, estudar em Dubai pode ter um impacto significativo em seu orçamento. Algumas empresas oferecem aos expatriados, como benefício, um valor de ajuda para os estudos. Por isso, vale a pena tentar negociar com sua empresa quando for assinar o contrato.

Mas o lado positivo da expatriação é que seu filho terá a oportunidade de vivenciar algo totalmente diferente, aprender novos idiomas, se relacionar com crianças de diferentes nacionalidades, aprender a pensar diferente, gerenciar mudanças e estresse.

O fato é que ao decidir por uma expatriação, os pais devem ser o grande porto seguro da criança/adolescente, pois com tantas mudanças, ela poderá se sentir deslocada, tanto no novo país como, até mesmo, no Brasil. Mas lembre-se que os filhos dos expatriados, vivendo essas experiências internacionais, provavelmente terão diferentes habilidades desenvolvidas, o que, sem dúvida, terá um impacto na sua vida profissional, emocional e cultural. Se você acha que seu filho deve vivenciar a globalização, estudar fora será uma grande oportunidade. Pronta para esta experiência?

Related posts

Kindergeld: o dinheiro da criança

Tábata Senna

Como obter documento e visto de trabalho em Dubai?

Juliana Perim

Projeto Reading Bag: Incentivo da Língua Portuguesa

Thais Amaral Tellawi

8 comentários

Janaina Fiorini Setembro 7, 2016 at 12:47 am

As escolas internacionais do Brasil funcionam exatamente como você descreveu as de Dubai: não há meio período, eh quase período integral, férias longas eh no meio do ano e o ano escolar começa em agosto.

Resposta
Ramon Cristian Setembro 11, 2016 at 2:39 pm

Aqui no Brasil aos poucos o tempo de permanecimento na escola está sendo integral. Aqui no meu estado (ES) tem até um projeto para que todas as escolas tenha este currículo de dois turnos em alguns anos, mas isso gerou protestos, pois tem alunos que falam que precisam trabalhar.

Resposta
Angélica Setembro 12, 2016 at 5:12 pm

Excelente matéria, Parabéns!!!!

Resposta
Juliana Bordião Setembro 26, 2016 at 1:09 pm

Obrigada

Resposta
Marcelo Dezembro 17, 2017 at 3:03 pm

Olá Juliana! Sou Graduado em Língua Portuguesa e Literatura e Pós-graduado em História. Como faço para trabalhar em Dubai, bem como morar? Quero contribuir com a cultura brasileira, ao mesmo tempo fugir dessa violência, criminalidade, corrupção que assombra nós e nossos filhos. Sou solteiro, 35 anos, 1 filha e Professor de Língua Portuguesa no Brasil. Gostaria muito de uma chance em Dubai. Tu poderias me ajudar com alguma informação ou algo mais? Obrigado desde já e sucesso para você.

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 19, 2017 at 6:21 pm

Olá Marcelo,
A Juliana Bordião parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista em Dubai chamada Thais Cunha.
Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Jaina Fevereiro 7, 2018 at 2:03 pm

Bom dia, meu nome é Jaina , estou com algumas dúvidas, minhas filhas estão indo fazer faculdade em Dubai, é uma delas quer fazer medicina, e a outra direito.
Gostaria de saber mais sobre esses cursos.tipo: durabilidade, si pode exercer em outros países, por favor si puder me ajudar

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 7, 2018 at 2:34 pm

Olá Jaina,
A Juliana Bordião parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista em Dubai, chamada Thais Cunha que talvez possa te ajudar.
Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação