BrasileirasPeloMundo.com
Filipinas

Filipinas – Homem Branco Solteiro Procura…

Em maio de 2009, Alec Baldwin fez uma piada no The Late Show With David Letterman, no qual dizia “Adoraria ter mais filhos. Estou pensando em pedir uma noiva filipina pelo correio ou uma russa” (“I’d love to have more kids. I’m thinking about getting a Filipina mail-order bride at this point or a Russian”), comentário que gerou alvoroço por aqui. A verdade é que, embora muitas filipinas se comportem bem sendo, inclusive, bastante recatadas e exista uma lei que proiba a facilitação de casamento entre filipinas e estrangeiros (Anti Mail-Order-Bride Law, ou Republic Act 6955), a “busca online” por namoradas filipinas é uma realidade.

A lei foi criada devido a diversos casos de abusos nas décadas de 80 e 90, mas, em minha opinião, somente existe para tapar o sol com a peneira. Muito websites facilitam esse encontro e se anunciam explicitamente como lugares onde um estrangeiro pode encontrar mulheres filipinas (ou vice-versa). Na página principal do Cebuanas, por exemplo, se lê: “Esse site é dedicado a ajudar mulheres filipinas e homens estrangeiros a encontrar o companheiro adequado e de seus sonhos”. Mulheres filipinas e homens estrangeiros… Sem mais.

Somente ele contém, atualmente, 736918 membros e é apenas um entre vários outros de conteúdo similar disponíveis. A popularidade desse tipo de site é enorme e, acredito, que um dos motivos pelos quais isso aconteça seja porque o inglês é um dos idiomas oficiais do país e, por isso, aqui se encontram mais mulheres asiáticas com quem se pode comunicar com maior facilidade, sem a necessidade de usar o Google Translator caso já se fale o inglês.

Soube da existência dessa “busca online” quando eu e meus colegas conversávamos na cantina do trabalho. Uma delas falava sobre a escola de alemão que estudava (Goethe Institut – sim, temos Goethe em Manila!) e que muitas de suas colegas tinham conhecido seus namorados online, através de um site. Até aí, tudo bem. Atualmente, muitas pessoas conhecem seus parceiros online. Inclusive, conheço casais que se conheceram pela internet e hoje vivem felizes juntos, sendo que um mudou de país para viver com o outro.

Nas Filipinas, no entanto, acredito que seja um reflexo virtual e global do que acontece na vida real. Para muitas filipinas, principalmente àquelas que pertencem a uma camada mais baixa da população, o relacionamento com um estrangeiro é bastante valorizado. Quando estivemos em Davao, no fim do ano, um senhor filipino (a verdade é que era um chato) dizia, com orgulho, que todas as suas seis irmãs eram casadas com estrangeiros. Acho que isso acontece porque, como se acredita que um estrangeiro tenha melhores salários (com razão), também se acredita que ele poderá providenciar àquela menina e à sua família uma vida melhor.

Por outro lado, muitos homens estrangeiros também se sentem atraídos por mulheres filipinas por diversos motivos. A estatura dos filipinos, em geral, é baixa e muitas das filipinas que conheço têm, aproximadamente, 1,55m ou menos (o que faz de mim um monstro de alta). Elas tendem a ser magras e bastante femininas. Segundo outro site de relacionamento, elas são bastante obedientes e bem devotas a família e religião (católica). Pessoalmente, acredito que muitas não se importem em ser sustentadas pelo homem e não o enfrentam diretamente, como faria uma mulher independente do ocidente. Talvez essa docilidade as torne tão atraentes.

Não quero dizer que todos os relacionamentos de filipinas com homens estrangeiros ocorram por interesse. Conheço muitos casais lindos e filipinas que se casaram com estrangeiros por amor. Mas também percebo que poucos estrangeiros permanecem sozinhos em baladas; quando um chega, principalmente se ele for estados-unidense ou europeu e caucasiano, em nada uma filipina começa a dançar ao seu lado. E todo o ritual se inicia.

Muitos dos relacionamentos virtuais vêm para a vida real. A minha colega que namora um alemão (e o conhece pessoalmente) disse também que muitas de suas colegas do Institut tinham seus cursos pagos pelos seus namorados, embora muitos não se conhecessem pessoalmente. Inclusive, esses namorados pagavam não somente o curso, mas também suas moradias e custo de vida.

Uma amiga que trabalha na Embaixada da Grécia comentou que muitos gregos, independente da idade, físico ou beleza, pedem vistos para as namoradas que eles acabaram de conhecer pessoalmente. E, como acontece na Embaixada da Grécia, acredito que o mesmo possa acontecer em outras embaixadas por aqui também.

Sem julgar, acho que cada um é responsável pela sua própria vida e cada relacionamento é singular e único; ninguém, a não ser o casal, tem nada a ver com ele. E, por ser uma questão pessoal, de ilusões e realizações, acho que ainda que todos os países do mundo tivessem leis contra o mail-order bride, ele continuaria acontecendo.

Pessoalmente, acho bastante complicado se comprometer com alguém que pouco (ou nada) se conhece por promessas, que, muitas vezes, podem ser vazias. Embora o “sonho do príncipe encantado internacional” possa ser real para algumas pessoas, para muitas, esse sonho se torna um pesadelo . Mas cada um deve entender que todas as escolhas têm conseqüencias, boas ou ruins.

E o que aconteceu com o Alec Baldwin? Ele teve que se desculpar publicamente para não se tornar uma persona non-grata no país (os filipinos são bem sensíveis. Acho que se eles soubessem ler português eu me tornaria uma persona non-grata. Haha!); um dos senadores até ameaçou espancá-lo, caso ele viesse ao país, dizendo que se para o ator o assunto era motivo de brincadeira, para muitos filipinos aquilo era ofensivo. Mas essa sensibilidade filipina em relação à sua própria hipocrisia é outro tema, para ser discutido em alguma próxima vez.

Salamat! =)

 

Related posts

Filipinas – Os Confrontos Culturais

Tati Sato

Filipinas – Adaptação e mudança de hábitos

Tati Sato

Filipinas – Em Cinco Pontos

Tati Sato

25 comentários

Cintia February 13, 2014 at 2:40 pm

Ola Tati, parabéns pelo texto e pelo tema abordado….realmente é um assunto polêmico. Muito polêmico, acredito que cada um é responsa’vel pelos seus atos e consequentemente pelas consequências dos mesmos. São inúmeras e inúmeras histórias de muheres veem para a Europa sem conhecer minimamente o parceiro e quando chegam aqui encontram uma realidade muito diferente da sonhada. Particularmente, eu acredito que o dinheiro e a estabilidade financeira ( dependendo da visão de cada um sobre o que é isso) não paga um casamento sem amor, um relacionamento baseado apenas em ganhos materiais. Mas, como voce mesma disse, cada um sabe de si. Parabéns mais vez pela delicadeza com que escreveu.

Resposta
Tati Sato February 17, 2014 at 11:45 pm

Oi Cintia! Obrigada por ler o texto e deixar um comentário! =)
Concordo com você que falar sobre relacionamento é algo complicado e também acho que cada um sabe onde o sapato aperta (estou adorando esse bordão!). Acho que se alguém entende as consequências do tipo de relacionamento que ela entrou e as aceita, ótimo para ela; que eles sejam felizes. Mas acho muito complicado quando alguém acredita no padeiro e compra sonhos, me entende? Porque muitas dessas meninas, de quaisquer nacionalidades, que decidem morar com alguém que conheceram pela internet acham que encontraram o homem da vida e estão comprando sonhos.
Já ouvi diversos casos de mulheres que tiveram seus passaportes tirados e tinham que escravizar-se (como empregada ou prostituta) para “pagar” a passagem e a hospedagem.
Acho que precisamos ter um pouco mais de consciência. Se alguém embarca nessa aventura com consciência e conhece suas rotas de fuga, acho válido. O problema é que 99% dessas meninas não tem um plano B, não conhecem o telefone ou endereço da sua embaixada (muitas nem mesmo sabem se naquele país existe uma embaixada sua) e não têm nenhuma reserva de dinheiro, nem mesmo a passagem de volta. Isso, para mim, é suicídio.
Um beijo! E espero que você continue acompanhando! =)

Resposta
Monica Bateman February 13, 2014 at 3:11 pm

Oi Tati, parabens pelo texto. Lembro que as Filipinas em Cingapura eram proibidas de casar ou engravidar – ao menos as que vao trabalhar como empregadas do lar. De tempo em tempo elas tem que fazer um medical check up – onde um dos items a ser checado eh o teste de gravidez! Tudo controlado pelo governo!
Eh triste essa troca de interesses – sexo/parceira mais “obediente” x uma vida com mais conforto e viagens. Mas funciona para muita gente! Oh well…..
Beijo!

Resposta
Tati Sato February 17, 2014 at 11:51 pm

Oi Mônica! Obrigada!!! =)
A fama das filipinas pelo mundo não é mesmo a melhor! Hehe! Mas muitas mulheres, de várias nacionalidades, fazem o mesmo… Inclusive brasileiras…
Acho que cada um sabe o que faz, Mô… O problema é que ninguém quer admitir que errou ou que aquele plano já não funciona mais… E isso é complicado. Ninguém que aceitar as consequências dos seus atos!
Também acho que muitas filipinas se transformam em boas companheiras para seus maridos porque elas cuidam deles (ou assim eu espero).
Beijos!!!

PS: Estou em choque… Exame médico anual que inclua teste de gravidez… Elas eram obrigadas a abortar se estivessem grávidas? Pergunto por mera curiosidade! 😉

Resposta
Fernanda Moura February 13, 2014 at 6:46 pm

Oi Tati! Parabéns pelo texto. Bom, aqui no México e até mesmo no Brasil vejo muitos casos de meninas que se casam com estrangeiros ( sempre claros e de preferencia de olhos azuis) por status. As vezes nem sempre é por dinheiro, já que tem muito pé rapado que conquista as meninas pelo simples fato de ser loiro ( afffff). Penso que, é mais uma questão de status que de dinheiro propriamente dito. Agora, lembro de quando eu era estudante de filosofia no Canada, da quantidade de canadenses que falavam que só queriam namorar ou asiática ou latina , de preferencia mexicanas!!! Muito surreal isso. Eles diziam que as canadenses eram muito “machildas” e pouco atraentes. Sempre achei sintomático este comportamento, principalmente em uma sociedade que se diz igualitária. Quer dizer que a mulher ser dona do seu próprio nariz a converte em um machona que ninguém quer….terrivel isso. Claro que, os homens mais inteligentes e sensíveis não ligavam para a nacionalidade e queriam sim uma mulher com opiniões etc. Mas ainda há um preconceito horroroso em relação as asiáticas e latinas a este respeito. Não, claro, sem um bom fundo de verdade para complicar ainda mais a questão para aquelas que fogem ao estereotipo. Beijos!

Resposta
Tati Sato February 18, 2014 at 12:02 pm

Oi Fe! Concordo com você: acho surreal essa idéia que mulheres independentes são menos femininas. Às vezes, acho que é falta de auto-afirmação ou desconhecimento mesmo. Acho que o problema não é o nível de independência da mulher, mas a falta de respeito pelo outro. E, desde quando falta de respeito está associada a independência? =)
Sobre a preferência pela loiros, ainda não sei se é uma preferência pessoal ou um reflexo da televisão e cinema. Quero dizer, eu mesma, que tenho sangue japonês, acho o ocidental mais atraente…
Um beijo

Resposta
karla February 13, 2014 at 7:06 pm

O sonho de um futuro melhor de uma vida com melhores condicoes … tem muita gente que so quer dar o golpe mas tem muita gente que sim se casa por amor …coitada das que levadas para longe caso nao de certo que eles fazem ????

Resposta
Tati Sato February 18, 2014 at 12:08 pm

Oi Karla! Tudo bom? Acho bem complicado dizer que alguém se casa para dar o golpe porque acho que, no fim, acaba sendo um acordo entre partes, como é todo casamento, desde o começo dos tempos… Mas, como comentei, acho falta der juízo partir para uma “aventura” dessas sem ter um plano B. Tem muitas mulheres que vai pela ilusão e, não se engane, não falo somente da ilusão de casar com alguém em melhores condições, mas pela ilusão de ter encontrado o príncipe e de ser amada. Também me pergunto: sem um plano B, se tudo der errado, o que ela vai fazer? Muito triste…
Um beijo e obrigada por ler o texto e comentar!

Resposta
Renata Meneses February 14, 2014 at 2:47 am

A vontade das Filipinas em se casar com estrangeiro é tão grande, que muitas delas são completamente descaradas e sem educação, a ponto de dar em cima de homens casados e até com a esposa ao lado!! Isso ja aconteceu comigo 2 vezes e tinham amigos junto que presenciaram o descaramento da “bisca”! Tenho amigas aqui que também ja passaram por essa situação.

Resposta
Tati Sato February 18, 2014 at 1:37 pm

Oi Re! Acho que todas as mulheres casadas ou com namorado, nas Filipinas, já passaram por isso! Haha! Mas será que isso só acontece por aqui? Escrevi sobre isso, como vejo o mail order bride pelos dois pontos, porque se os homens estrangeiros não tivessem interesse algum, não aconteceria.
Mas também já presenciei muita falta de respeito e muita quenga no Brasil também. E, se você for ao interior do nordeste, acredito que conhecerá um monte de meninas que querem se casar para site daquela vida.
Um beijo

Resposta
thay February 14, 2014 at 9:58 pm

Olá Tati eu estou sempre lendo seus artigos sobre a Filipinas, estou indo para ai até o final do mês e gostaria de orientações sobre escolas, cursos , e também hospitais
você pode me passar seu email, para te contar tudo detalhadamente em off.
eu te mandei um email , não sei se você recebeu, eu peguei em um post que você escreveu sobre oportunidades e empregos em filipinas.
Obrigada!

Resposta
Tati Sato February 18, 2014 at 4:30 pm

Oi Thay, tudo bom? Eu não recebi o seu e-mail, mas estou tentado redirecionar tudo referentes a blog ao tatty.sato@googlemail.com, que tem menos movimentação. Então, se puder encaminhar para lá, eu agradecería. Mas não seria legal você deixar a sua dúvida aqui? De repente, ela pode ser muito parecida com a dúvida de várias outras pessoas! =)
Bom, sobre escolas ou cursos, eu não tenho informações suficientes. Não sei onde se pode encontrar um bom curso de inglês além da Berlitz que é muito cara, mas sei que existe.
Eu não vim para as Filipinas como estudante e nunca busquei nenhum curso por aqui! Mas, de repente, sei alguma coisa… Pergunta e vejo como posso responder!
Sobre os hospitais, como comentei no post que eu e a Chris Marote fizemos das Filipinas e China, os bons hospitais aqui são privados. Então, seria legal você vir com um seguro viagem internacional.
Quanto tempo você pretende ficar por aqui?
Um beijo e boa sorte! Espero seu e-mail!

Resposta
Yura February 15, 2014 at 4:45 am

Ola gostaria de saber a respeito das filipinas mais coisas curiosidades

Resposta
Tati Sato February 18, 2014 at 4:32 pm

Oi Yura! Tudo bom? Então, já tem alguns posts meus aqui, no Brasileiras pelo Mundo, nos quais tento escrever sobre as Filipinas e colocar minha opinião. Além disso, você pode visitar meu blog: http://tatisatotrotamundos.com/.

A diferença entre o Brasileiras pelo Mundo e o Trotamundos é, embora sempre apresente minha opinião sobre um tema que escrevo, tento não tomar partido. O Trota, no entanto, tem minhas viagens e desabafos.

Se você ainda quiser saber algo, pode perguntar! Deixa a pergunta aqui, no Brasileiras, que eu respondo!

Beijinhos!

Resposta
Ana Cristina Kolb February 24, 2014 at 2:38 pm

Bem minha querida Tati, seu texto toca em um assunto muito polemico e complexo rsrsrrsrsr Primeiramente acho que existe sim uma atracão pelo exótico, aquela estória de os opostos se atraem. Depois veem esta nocao de homem ocidental = melhor qualidade de vida. Ainda existe o fator cultural de que casamento é segurança financeira e social, não so pra quem casa mas pra família. O assunto é complexo mesmo. Existe teorias que teem estudado como a igualdade da mulher na sociedade, tem atingido os relacionamentos com os homens, inclusive em termos de intimidade. A mudança do papel da mulher na sociedade, trouxe um outro efeito sobre o papel dos homens, acho que o perfil dos ocidentais que se casam procurando mulheres submissas, são em geral homens que teem dificuldade com seu novo papel na sociedade. Adorei o texto, com noa tenho aqui como cobrir inteiramente a minha opinião sobre o assunto, mas espero poder contribuir em outros textos pro tema. Bjus e ótimo texto como sempre! Namasté minha linda! 🙂

Resposta
Tati Sato February 28, 2014 at 4:15 pm

Oi Ana! Eu gosto dos temas polêmicos! Hehe! Sabe, demorei para escrever sobre esse tema porque eu tentei fazê-lo de uma forma mais neutra. Sou muito de bater no peito, de fazer acontecer e dar a minha opinião. Mas, nesse caso, acho o tema bastante delicado para dizer que alguém está certo ou errado e não acho que eu deveria ser a pessoa a atirar pedras.

Concordo com você quando diz que o papel da mulher na sociedade mudou e isso afetou muito os homens que não entendem seu novo papel. Acho isso bastante complicado também para as mulheres porque, no fim, sofremos a pressão de ser tudo e fazer tudo muito bem: ser donas-de-casa, ser mães e ser profissionais.

Acho que a noção do “homem branco” ser “melhor” vem do pré-conceito colonialista… A verdade é que muitas vezes me surpreendo como carregamos pré-conceitos não somente por anos, mas por séculos! E são conceitos que nos são passados culturalmente, através de livros que lemos, filmes que vemos, programas de televisão que escolhemos!

Obrigada pela leitura e pelo comentário! Beijo mega!

Resposta
Filipinas – It’s More Fun here March 19, 2014 at 12:06 pm

[…] Leia mais sobre as Filipinas! […]

Resposta
Valentine’s Day Pelo Mundo June 8, 2014 at 11:50 pm

[…] O Valentine's Day é celebrado com bastante entusiasmo na Ilha de Lost. Corações se tornam parte da decoração dos – lotados – restaurantes, as pessoas trocam presentes e frases como "sharing the love" e "love is in the air" tomam conta de vitrines. Inclusive, a gerência de muitos escritórios preparam mimos para os seus funcionários, distribuindo chocolates, rosas ou doughnuts. Quando cheguei, tinha uma caixinha de chocolates belga em cima da minha mesa – um mimo meigo. Desejo a todos um ótimo dia! Espero que esse seja apenas um dia, entre os tantos do ano, que se celebra o amor! (Tati Sato) Leia mais sobre as Filipinas! […]

Resposta
Arlene Morena October 10, 2014 at 6:17 pm

Olá Tati Sato, amei sua postagem e realmente é um tema muito polêmico e a neutralidade foi muito sábia da sua parte, bem, tenho muitas curiosidades sobre as mulheres filipinas e por isso gostaria de saber porque os homens italianos adoram essas mulheres, no meu facebook tenho mais de 2500 adicionados entre brasileiros e estrangeiros, é impressionante a quantidade de curtidas, compartilhamentos e comentários que os italianos tem com as filipinas, fiquei super curiosa e fui ao google.com e nada encontrei até encontrar o seu blog que confesso já virei fã rsrs desde já agradeço!!!

Resposta
Tati Sato October 14, 2014 at 12:13 pm

Oi Arlene, quem agradece sou eu! 😉

Então, esse é um tema complicado e, como já disse minha co-blogueira Ana Kolb em algum momento, meto a mão no vespeiro! 😉 Mas, ao chegar aqui, ao me deparar com tantas coisas que nunca fizeram parte da minha realidade, comecei a indagar e a questionar… Ou melhor, comecei a me indagar e perceber o mundo como é…

Eu tento não escolher lados, ainda que possa ter minha opinião sobre o que acontece. O que percebi é que minha percepção, às vezes, está incorreta… Mas, o que realmente me incomoda aqui é a hipocrisia do governo e do povo… Não faça isso, não faça aquilo, mas todo mundo faz… Bom, acho que acontece! 😉

Um beijo!!!

Resposta
jose antonio da silva February 14, 2015 at 9:14 pm

Eu jose antonio 6]a. de idade tenho loucura para me relacionar e constituir familia com com mulheres Filipenses ou asiatica, sou negro, formação academicae gostaria de saber se existe algum site ou se é facil ir para aqulele pais e conhecer alguem e traze-la para o Brasil como procedo? qual é o idioma falado naquewle Pais? o portugues e´conhecido por lá ou so Ingles?
quero uma mulher de 34 a 44a.

Resposta
Tati Sato February 21, 2015 at 1:43 am

Olá sr. José Antônio. O senhor poderá encontrar vários sites na internet – é só buscar. Como comentei no post, há uma lei que proíbe a facilitação de casamento entre estrangeiros e filipinas e, por isso, não posso colocar nenhum website. Nas Filipinas, os idiomas falados são o inglês e o filipino (cuja base é o tagalog), sendo que este último é o falado no dia-a-dia da população.
Sobre a imigração de estrangeiros no Brasil, acho melhor o senhor entrar em contato com a Polícia Federal ou com o consulado brasileiro no país estrangeiro.

Resposta
Michel August 30, 2016 at 8:57 pm

A única Coisa que posso dizer para os homens ocidentais é o seguinte: NUNCA, mas JAMAIS se relacione com uma FILIPINA, por mais bonita que seja, eu mesmo quase me ferrei com isso. Quem quiser saber maiores detalhes, pode me contatar.

Resposta
Tati Sato September 6, 2016 at 5:20 pm

Oi Michel! Obrigada por ter lido seu texto.
Olha, acho todas generalizações perigosas, principalmente quando se fala de relacionamentos humanos. Sinto muito que você tenha sido enganado, mas assim como conheço relacionamentos nos quais filipinas tiraram tudo que podiam do rapaz e filipinos que abusavam fisicamente de suas companheiras, conheço também relacionamentos longos e felizes.
Também acho que relacionamentos não são construídos somente pela beleza, mas sim por companheirismo e respeito.

Resposta
Ewerton December 12, 2018 at 7:48 pm

Olá, Michel. Estou namorando uma Filipina e gostaria de maiores informações a respeito do comportamento geral delas. Se puder, pode explicar com mais detalhes? Abraços.

Resposta

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação