BrasileirasPeloMundo.com
Alugar/Comprar Imóvel Pelo Mundo Espanha

Dicas para comprar móveis em Madri

No último artigo, falei sobre como foi alugar meu apartamento em Madri e, nesse momento, posso afirmar que amo minha casa. Ela está a 10 minutos de duas estações de metrô em linhas diferentes – há 12 linhas – e ao mesmo tempo de, pelo menos, dois supermercados bons, o Dia (rede madrilenha) e o Mercadona. Perto de casa tenho açougues, quitandas e alguns bares e restaurantes, além de encontrar mercadinhos latino-americanos, onde posso comprar quitutes, como suco de cacau e maracujá.

Alugamos a casa sem móveis e, agora, vou escrever sobre o processo de mobiliá-la. Por não ser vidente, não posso dizer qual o melhor tipo de lugar para alguém alugar porque as necessidades são individuais. Entre os apartamentos mobiliados ou sem móveis, eu sempre coloquei no papel se valeria a pena comprar ou não os móveis, afinal o investimento inicial é enorme, que se amortiza com o tempo. Tanto na Irlanda quando nas Filipinas, morei em apartamentos mobiliados porque não sabia quanto tempo ficaria ou não queria ficar muito tempo.

A verdade é que tudo depende do dinheiro inicial disponível. Com fundos infinitos, se compra o apartamento que quer e se contrata um decorador de interiores, não importa o tempo que se vai ficar em um lugar. Com fundos limitados, tudo se resume a colocar as coisas na ponta do lápis: quanto tempo se pretende ficar e quanto se está disposto a investir inicialmente são perguntas que têm que ser respondidas.

O aluguel de um apartamento com móveis pode não ser tão mais alto que de um apartamento sem móveis do mesmo estilo. Acredito que a diferença seria de 150 euros, mais ou menos, mas essa é uma estimativa, um “achismo”. Tenho como objetivo morar nessa cidade pelos próximos 10 anos da minha vida e, portanto, para mim, investir em móveis me parecida uma boa ideia.

Ao se alugar um lugar sem móveis, tem-se que considerar que o apartamento estará vazio, embora, em muitos casos, a cozinha esteja completa. Haverá, com sorte, armários embutidos, mas não haverá sequer uma cama ou um sofá para descansar. A verdade é que se estará pagando por um local no qual não será utilizado por, pelo menos, alguns dias.

A cozinha, aliás, é um item importante que merece ser comentado. Quando dizem “cozinha completa”, normalmente, querem dizer que ela terá a geladeira, o fogão e a máquina de lavar roupas, mas não necessariamente terá as panelas, os pratos ou os copos. O forno pode ou não estar na “cozinha completa” – na minha, não estava – e a máquina de lava louças é um item opcional – do dono do apartamento.

Há lojas de móveis em diversos bairros e o Corte Inglés, uma loja de departamentos bastante conhecida, está espalhada por toda a cidade. Pessoalmente, acho que o Corte Inglés tem preços bastante exorbitantes e não vale a pena. Como meu marido tem carro, fomos ao Polígono de San Sebastián de los Reyes, que é uma das cidades que fica ao redor de Madri. Uma das três lojas da Ikea, uma espécie de Tok & Stok sueca com móveis de fácil montagem, está lá, assim como também se pode encontrar uma Leroy Merlin, um Media Markt e um Worten, lojas de eletrônicos e eletrodomésticos, um Conforama, outra loja de móveis, e diversas outras lojas enormes com inúmeras opções de móveis e produtos para a casa.

Vale a pena pesquisar antes. Baixei um aplicativo – minha vida, meus aplicativos – que me indicaram, chamado Tiendeo. Com ele, é possível ver todos os catálogos de lojas de todos os tipos, desde os catálogos de ofertas de supermercados a catálogos de ofertas de móveis. O catálogo da Ikea, inclusive, é um dos que estão disponíveis. Enfim, vimos uma promoção de colchões e camas que valia muito a pena e fomos conferir.

Pode ser que pareça óbvio, mas é importante tirar as medidas. O meu colchão viria com uma cama-canapé, um estilo de cama box, mas com um baú para se guardar coisas. No entanto, embora eu tivesse medido a sala e o tamanho dos dormitórios, não medi o espaço das escadas e a tampa do baú não subiu. Estamos tentando solucionar, mas isso mostra como é importante tirar TODAS as medidas antes de se efetuar a compra. De qualquer maneira, meu colchão, que chegou há uma semana e custou uma pequena fortuna, foi o melhor no qual dormi na vida. A marca é Pikolin, de origem espanhola, e bastante famosa pela qualidade dos colchões.

Outra opção para se comprar os móveis é a Carretera de Toledo. Nessa estrada, que conecta Madri a Toledo, se pode encontrar diversos polígonos com inúmeras lojas de móveis para todos os ambientes de uma casa. É tanta coisa que fiquei meio tonta com todas as opções oferecidas, embora soubéssemos que queríamos um sofá que tivesse uma chaise longue e virasse cama para que pudéssemos acomodar nossas visitas.

Entramos em três lojas e vimos infinitos sofás. Sofá é um item tão importante quanto a cama, mas pode custar caro. Vimos várias opções que custavam mais de mil euros, um preço que não queríamos (pagar) investir. Vale a pena lembrar que camas (e colchões) e sofás costumam custar bastante caros, sendo que podem ultrapassar os mil euros cada um aqui em Madri. Por isso, estar atento às promoções é importante porque, embora esses itens possam ser encontrados, fora de promoções, por preços muito mais baixos, às vezes, o conforto é sacrificado.

Acabamos por escolher um sofá, que não é cama, mas que tem assentos deslizantes. Pagamos outra pequena fortuna, ainda que a peça estivesse com preço promocional de lançamento. Escolhemos a cor e o tecido – a prova de manchas – e esperamos, mais ou menos, um mês para que ele fosse entregue.

Hoje, tenho a casa que sempre quis. Faltam detalhes, como prateleiras e uma poltrona linda e confortável que vi no Ikea, uma peça que agregará conforto para o meu cantinho e um pouco mais de cor, mas, de forma geral, não só podemos viver na casa, como também podemos convidar pessoas para jantar ou mesmo para passar uns dias. Já posso cozinhar e podemos nos jogar em frente a televisão e ver o tempo passar em nossa varanda. Investimos uma pequena fortuna, mas como mencionei, não tenho intenção de me mudar da cidade nos próximos anos e estou feliz em chamá-la de lar!

Related posts

Dá para comprar casa em Buenos Aires?

Fabi Lima

Dicas para mudar de casa na Suíça

Janaína Abreu

Turismo em Segóvia

Juliana Bezerra

1 comentário

Márcia Sá Novembro 30, 2016 at 3:54 pm

Oi Tati, boa tarde! Gsoteo muito da matéria e gostaria de sair do Brasil, qual o país que você me indicaria, já que gosto de praias e ambiente calmo. E quero também trabalhar e fazer cursos. Tenho 48 anos sou separada e uma filha de 14 anos.
Obrigada pela atenção. Bjs

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação