BrasileirasPeloMundo.com
Filipinas

Filipinas – It’s More Fun here

As Filipinas são um país estranho. Enquanto o resto do mundo divide suas férias escolares entre dezembro e janeiro ou julho e agosto (depende em qual hemisfério se está), as férias aqui ocorrem nos meses de março e abril, exatamente após o “inverno”, que ocorre em janeiro. Isso porque o clima nessas ilhas é dividido em dois – quente seco (de dezembro à maio, com sorte) e quente chuvoso (de junho à novembro) – e, durante os meses de março e abril as temperaturas atingem os 30º e sensação térmica de acima de 40º.

Como estamos em mês de férias escolares (por aqui), acho válido escrever sobre COMO viajar por esse arquipélago, algo que considero bem desafiador. Sempre digo que viajar pelas Filipinas é duro, mas vale à pena: nos quase três anos que vivo aqui, tive a oportunidade de conhecer lugares maravilhosos e ver cenários únicos, mas exige paciência e um pouco de planejamento para que as férias no paraíso não se transformem em um pesadelo.

Quando Vir?

A época de seca é considerada alta temporada, com alguns peaks, como como a semana entre o Natal e o Ano Novo, o Ano Novo Chinês e a Semana Santa. Os preços de hotéis e passagens aéreas são mais altos, mas as chances de se encontrar um tufão (ou mesmo uma simples chuva) são bem menores. Isso não quer dizer que algum tufão perdido não possa passar por aqui nesse período, mas é uma questão de probabilidade.

Já em época de chuva, os preços são mais baixos, os lugares, mais vazios, mas existe a forte possibilidade de se deparar com um tufão (ou, pelo menos, muita chuva). Isso pode estragar as férias porque, além do fato de se correr o risco em passar alguns dias (indesejados) dentro de um quarto de hotel sem nada o que fazer, vôos podem ser cancelados (ou remanejados) ou, em alguns casos, a chegada ao aeroporto pode ser impossível.

Quando fui a Caramoan, local onde Survivors US foi filmado, um tufão impediu que atravessássemos o mar em barco (era muito arriscado) e, por isso, perdemos o vôo.

caramoan_brasileiraspelomundo_tatisato
Caramoan, Camarines Sur, Filipinas

Independente da época, aconselho sempre ter uma rota de fuga, ou seja, conhecer quais são as saídas alternativas do lugar (ferry, jeepney, helicóptero, barco de pescador). No caso de Caramoan, por exemplo, sabia que se conseguisse chegar à cidade de Naga até a noite, poderíamos pegar um ônibus noturno (e confortável) até Manila. Para isso, alugamos um jeepney e fizemos, em 5 horas por terra, um trajeto que demoraria pouco menos de 2 horas por mar.

Como Chegar?

Se o destino escolhido for Boracay, não se engane: não existe um aeroporto chamado Boracay; o aeroporto de destino será Caticlan (o mais próximo e o que recomendo) ou Kalibo. Em Caticlan (onde está o aeroporto que está há 5 minutos do porto), se tem que ir comprar três tickets (01- environmental fee: PHP 100; 02- port fee: PHP 50; 03- ferry/barco: PHP 25) para atravessar o mar e chegar à ilha de Boracay. Ao chegar à ilha, se não se tem transporte alugado desde o hotel (em geral, sai mais caro), se tem que pegar um trycicle que, por PHP 100, o levará a quaisquer uma das station 1, 2 ou 3.

Decidiu economizar e vir por Kalibo? Adiciona, no início da viagem, uma viagem em van, que durará 1,5h. E estou falando de Boracay, eleita a segunda praia mais bonita do mundo pelo TripAdvisor em 2011; isso é, a praia é famosa!

Os tempos de viagem podem ser longos porque a viagem de avião pode ser apenas um pedaço da jornada: para se ir a El Nido de uma forma que não se gaste muito, se tem que pegar um vôo até Puerto Princesa e, de lá, uma van ou um ônibus, viagem que dura de 5 a 6 horas.

palawan_brasileiraspelomundo_tatisato
El Nido, Palawan, Filipinas

Uma busca rápida no Google com as palavras “how to get to…” é necessária caso se queira fazer uma viagem sem contratar um agente. Outra opção é visitar sites de tours, como o Travel Factor, que oferecem pacotes fechados, por um determinado preço.

Onde Ficar?

Sempre busco acomodação no Agoda que tenha um rating acima de 8,5 para evitar quaisquer surpresas desagradáveis. É importante verificar se o hotel realmente existe e quais serviços são oferecidos: wifi (somente no lobby ou existe wifi nos quartos também?), água quente e gerador elétrico.

Muitos hotéis nas Filipinas oferecem somente água fria, a pressão do chuveiro costuma ser fraca e existe um balde dentro da área de banho, com um balde menor dentro. A água fria é explicada porque as Filipinas são um país tropical e muitos não usam água quente para tomar banho (eu preciso!). A pressão do chuveiro e a presença do balde são explicadas pela forma como se toma banho: se enche o balde maior com água e se usa o menor para tirar o shampoo e o sabonete. Não sei se isso é algo costumeiro para um filipino, mas sei que é assim que funcionam vários hotéis.

Em relação ao gerador, muitos lugares, como El Nido, a eletricidade é inconstante; ela é desligada durante um certo período do dia. Então, se o hotel não possuir gerador, é bem possível que se deixe uma das baterias da câmera carregando durante o dia para se ter a desagradável surpresa de que ela não está fully charged quando se volta do passeio.

Ainda assim, vale à pena viajar pelas Filipinas?

SIM! Além das praias paradisíacas, com mar azul transparente e de areias brancas, negras ou até rosa (Great Santa Cruz, localizada em Zamboanga, região conhecida pelos conflitos com a facção separatista muçulmana. Se quiser, vá por sua conta e risco; não recomendo), se encontra uma variedade de cenários e animais que só podem ser vistos aqui.

Lugares como as Terraças de Arroz de Ifugao, os Chocolate Hills em Bohol e o Mayon Volcano em Legazpi são alguns exemplos das maravilhas dessas ilhas: as terraças de arroz descem pelas montanhas, como se fossem escadas, e têm mais de 2000 anos; os Chocolate Hills são formações de montanha únicas e o Mayon Volcano maravilha pelo seu formato cônico quase simétrico.

Terraças de Arroz, Banaue, Ifugao, FilipinasTerraças de Arroz, Batad, Ifugao, Filipinas
chocolate_hills_bohol_brasileiraspelomundo_tatisato
Chocolate Hills, Bohol, Filipinas
mayon_legazpi_bicol_brasileiraspelomundo_tatisato
Mayon Volcano, Legazpi, Bicol, Filipinas

Também vi tarsiers, os menores primatas do mundo, que estão ameaçados de extinção. Dizem, que foram a inspiração para o ET de Steven Spilberg. Eu, particularmente, acho que eles foram a inspiração para muitos outros personagens, inclusive para o Yoda, de Star Wars. Em Bohol, existe uma reserva onde se pode visitá-los.

tarsier_yoda_brasileiraspelomundo_tatisato
Tarsier (que se parece ao Yoda) e eu, Bohol, Filipinas

E é barato… Então, planeje sua viagem, faça a mala e venha, de coração aberto, para uma aventura. Prometo que ela vai valer à pena!

samal_brasileiraspelomundo_tatisato
Por-do-sol em Samal, Davao, Filipinas

Related posts

Filipinas – As palavras de um papa pop e a realidade de um país

Tati Sato

Filipinas – A posse de terra

Tati Sato

Filipinas – Por dentro de um funeral

Danyella Proença

9 comentários

Ju Março 19, 2014 at 4:49 pm

Tatiii .. adorei eheheheh todos os lugares estão em minha lista haahah mas acho que esse ano em agosto vou a Manila novamente para ficar o fim de semana no Villa Escudero eheheh e ano que vem quero ir a Boracay …. amei Puerto Princesa quando eu fui… lugar lindissimoooo ahh e os chocolates hills.. eles sobreviverão depois do Haiyan?Quer muito visitar Bohol tambem… aiaiaia acham que faltam dias no meu ano para fazer todas estas viagens ahahahah bjos grande e te vejo ai em agosto!!!!

Resposta
Tati Sato Março 25, 2014 at 1:24 pm

Oi Ju, minha linda! A verdade eh que nao sei como estao os Chocolate Hills, mas acredito que eles tenham sobrevivido! Fico mais triste – e preocupada – pelos tarsiers! Sobre Puerto Princesa, eu nao gosto muito porque tem lugares mais bonitos que la em Palawan (como Coron ou El Nido). Venha em agosto e espero ainda estar por aqui!!! Quero muito te ver!!! Beijos beijos!

Resposta
sandra Março 19, 2014 at 7:23 pm

Conhecer as Filipinas foi uma das melhores coisas que já fiz na vida. A Tati me deu excelentes
dicas as quais segui, e tenho ótimas lembranças dessa maravilhosa viagem. Sim é duro viajar nas Filipinas, mas vale cada sacrificio de andar horas de barco, jeepney ou trycicle . Uma grande aventura que te proporcionará conhecer lugares paradisíacos, praias maravilhosas, ilhas incríveis e o melhor de tudo um povo alegre por quem fiquei apaixonada. Um momento especial que vou guardar pra sempre em meu coração.

Resposta
Tati Sato Março 25, 2014 at 1:27 pm

Oi Sandra!!! Obrigada pela mensagem e pelos elogios!!! Adoro viajar pelas Filipinas porque sempre tem muito que ver! =) A Ju do comentario acima disse que os filipinos sao os latinos da Asia – o que eh bem verdade, especialmente se voce considerar a colonizacao.
Um beijo!!!

Resposta
Emilia Hanashiro Março 21, 2014 at 3:44 am

Show!!! Tati quando puder vou contar com suas dicas e vou conhecer esses belos lugares, beijos.

Resposta
Tati Sato Março 25, 2014 at 1:34 pm

Oi Emilia! Vem sim!!! Conhecer as Filipinas eh show!!! Beijos!

Resposta
Ana Cristina Kolb Março 22, 2014 at 12:35 pm

HUmmmm deu vontade total de ferias tropicais! Que delicia, ja ta na minha lista! Adorei as dicas! Inspiracao pura! Bjus linda!

Resposta
Tati Sato Março 25, 2014 at 1:37 pm

Ana, vem!!! Haha! Beijos!

Resposta
marta Janeiro 19, 2017 at 1:31 pm

Olá,
Queria conhecer boracay, mas só consigo fazer essa viagem na passagem do ano….. Será muita confusão?? Será muito turístico??

Obrigada

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação