BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Itália

15 invenções italianas que mudaram o nosso cotidiano

Made in Italy: 15 invenções italianas que mudaram o nosso cotidiano

1- Piano

Vou começar com a invenção do meu instrumento musical preferido, o piano.

Bartolomeo Cristofori é considerado o inventor do piano, um instrumento clássico e revolucionário. Se até 1688 o instrumento de teclado mais difundido e apreciado era o cravo, no século XVIII o piano tornava-se o protagonista da cena musical europeia. Mérito do artesão Bartolomeo Cristofori de Pádua, que na corte dos Medici em Florença, desenvolveu o primeiro protótipo do “cravo com piano forte”, mais tarde renomeado pianoforte.

2- Pila di Volta (Pilha)

Em 20 de março de 1800, o físico e químico italiano Alessandro Volta rendeu pública a invenção do primeiro gerador de energia elétrica chamado pilha. A invenção da pilha ganhou fama internacional e honras. Em 7 de novembro de 1801, Alessandro Volta explicou como a pilha funcionava no Institut de France, em Paris, na presença de Napoleão Bonaparte, que naquela ocasião o premiou com uma medalha de ouro em homenagem às suas pesquisas.

As baterias modernas, chamadas pilhas secas, são bem diferentes da pilha histórica de Volta, mas utilizam o mesmo princípio.

Leia também: Visto para entrar na Itália 

3- Telefone

Em 1849, Meucci inventou o primeiro telegrafo parlante. A atribuição desta grande invenção tem sido contestada há anos entre dois italianos, Meucci e Manzetti. Mas quem é o verdadeiro inventor do telefone? Qual foi o problema das invenções de Manzetti e Meucci? A patente!

A patente é o certificado legal que garante a autoria de uma invenção. Manzetti não pensou por conta própria, para patentear seu telefone, e Meucci não tinha dinheiro suficiente para registrar uma verdadeira patente de sua invenção e mantê-la nos anos seguintes. Sem pagar este registro, de fato, de acordo com a lei americana, Meucci não poderia ser considerado o inventor do telefone. No entanto, em 11 de junho de 2002, o Congresso dos Estados Unidos da América proclamou Antonio Meucci o verdadeiro e único inventor do telefone.

4- Motor a combustão

É uma patente italiana dos inventores Eugenio Versanti e Felice Matteucci, a quem devemos o mérito de fazer dos carros os meios de transporte mais difundidos e acessíveis do mundo. Em 1853, eles patentearam o primeiro modelo de motor de combustão interna. Foi uma invenção extraordinária que revolucionou a história do transporte para sempre. Uma versão mais moderna e eficiente foi patenteada pelo engenheiro Giovanni Enrico para a Fiat em 1909.

5- Máquina de escrever

No século passado, a máquina de escrever era a ferramenta mais difundida para escrever textos. Hoje não se usa mais, foi superada por computadores, tablets e smartphones, ou seja, por e-mail! Mas quem inventou a máquina de escrever?

Foi o advogado novarês Giuseppe Ravizza, em 1837, que construiu o primeiro protótipo de “cembalo scrivano”, assim chamado porque foi feito com as teclas de um velho piano. Em 1855, a invenção foi apresentada na Exposição Industrial de Turim onde foi patenteada.

6- Pizza

Segundo a lenda, um pizzaiolo napolitano, Raffaele Esposito, queria celebrar com o tricolore de manjericão, muçarela e tomate ( ingredientes que representavam as cores da bandeira italiana) a chegada da rainha Margherita di Savoia a uma visita a Nápoles. Era 1889. Uma deliciosa descoberta!

Leia também: Médico de família na Itália

7- Rádio

O físico e inventor italiano Guglielmo Marconi foi o primeiro a desenvolver um sistema de comunicação a distância via ondas de rádio que hoje nós chamamos de rádio. Foi em 1894, quando Guglielmo Marconi conseguiu, pressionando um transmissor a distância, tocar um sino: o primeiro passo para a invenção da rádio.

Patenteado em 1896, inicialmente era um sistema destinado apenas à telegrafia sem fio: o primeiro rádio real viria a luz dentro de alguns anos. Graças a sua invenção, o bolonhês Guglielmo Marconi obteve o Prêmio Nobel de Física em 1909.

8- Helicóptero

Além de projetar a Vespa, Corradino d’Ascanio também foi pioneiro da aviação, além de criador do primeiro modelo de trabalho de helicóptero. Desde a época de Leonardo da Vinci, projetos e protótipos semelhantes haviam fascinado os inventores, mas foi D’Ascanio com seu modelo D’AT3 em 1930 a pilotar o primeiro helicóptero, por um tempo de 8 minutos e 45 segundos.

9- Moka

É o símbolo do bom café italiano no mundo. Para um verdadeiro italiano, o café é parte integrante do ritual da manhã, se não bebe o café no bar, prepara-se em casa com uma Moka.

Esta invenção é do bolonhês Alfonso Bialetti que remonta a 1933. Uma ideia revolucionária que invadiu as casas dos italianos, mas também ficou conhecida em todo o mundo.

10- Vespa

Outro símbolo italiano no mundo é, sem dúvida, o scooter, veículo que conquistou o mundo inteiro. O primeiro modelo histórico de scooter foi a lendária Vespa, lançada em 1946 por Piaggio e, projetado pelo engenheiro de Abruzzo Corradino d’ Ascanio. Um dos mais famosos produtos de design italiano do mundo. Graças ao seu design original, grande manobrabilidade e posição de condução inovadora, a Vespa foi um sucesso global. Desde 1946 mais de 17 milhões foram vendidas até hoje.

11- Moplen

O químico Giulio Natta idealizou, no início dos anos 50, um modelo de estrutura molecular de polipropileno, um material plástico, leve e resistente que se tornaria famoso sob o nome comercial Moplen (plástico).

O engenheiro e acadêmico é o único italiano que ganhou o prêmio Nobel de química em 1963.

12- Fiat 500

Um dos carros mais amados pelos italianos… Não foi o primeiro veículo utilitário da história, mas o Fiat 500, que invadiu as estradas italianas a partir de 1957, fez história de qualquer maneira. O carro projetado pelo romano Dante Giacosa foi o símbolo do boom econômico na Itália do pós-guerra, foi o primeiro carro para milhões de italianos e ainda continua a ser um símbolo inesquecível dos tempos de grande crescimento econômico da Itália.

13- Microchip e Sim

O inventor do microchip, um pequeno dispositivo ainda fundamental para a eletrônica moderna, é o físico de Vincenza Federico Faggin. O inventor, nos anos 70, mudou-se para a América, onde foi contratado pela Intel, e em 1971 foi o líder do projeto de desenvolvimento do Intel 4004, o primeiro microprocessador do mundo.

O cartão Sim foi uma outra importante invenção. A Sim introduziu o conceito de cartão pré-pago e em 1996, a Telecom Italia Mobile (TIM), deu a possibilidade de fazer um certo número de ligações em troca de um valor pago antecipadamente.

14- PC

É italiano o primeiro computador pessoal projetado pelo engenheiro elétrico e cientista da computação Pier Giorgio Perotto, designer da Olivetti. Conhecido como programa 101 ou Perottina, foi apresentado em 1965 na Exposição Universal de Nova York.

15- Mp3

O mp3 fez sua aparição no final dos anos 90. É uma ferramenta capaz de comprimir uma grande quantidade de música sem alterar o som. Foi inventado por uma equipe de pesquisadores internacionais, liderada pelo engenheiro italiano Leonardo Chiariglione.

Esta foi uma lista com 15 invenções italianas importantes que, de uma forma ou de outra, mudaram o nosso modo de viver. É claro que esta lista não está completa: da Nutella aos óculos, rodovias, banheira de hidromassagem, bancos, sismógrafo, hardware, jeans, poderíamos citar outras inúmeras invenções italianas.

Related posts

Indo ao Supermercado na Itália

Daphne Pierin

5 curiosidades sobre Seattle

Camila Picolli

Invenções suecas

Monique Garcia

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação