BrasileirasPeloMundo.com
Irlanda

Irlanda – Natal de imigrante começa mais cedo

Quem é imigrante sabe, se uma viagem para o seu país de origem não se encontra nos planos o seu Natal vai começar mais cedo. É preciso providenciar o envio de cartões e de presentes com muita antecedência, do contrário nada chega a tempo. E o passo a passo segue mais ou menos assim:

Fazer uma lista com o nome de todos os presenteados: No meio de tanta confusão é comum esquecer de mandar o cartão de algum parente mais distante ou com o qual não se tem contato frequente, lembrar depois também não adianta muito, porque a pessoa pode acabar notando que o dela foi o último a chegar e é melhor evitar dramas. Por isso o ideal é tentar fazer uma lista com o nome de todos aqueles para os quais você quer mandar algo e escrever ao lado quem vai receber o cartão e quem vai receber o presente.

lista-presentes
Foto: Morgue File

Assim, mesmo que você se esqueça de alguém a princípio, você pode acabar se lembrando antes de despachar os pacotes. Os amantes da tecnologia (euzinha) e de memória quase zero (euzinha) podem lançar mão de apps, como o Wunderlist. Cadastre a sua linda lista por lá, inclusive com endereços e conserve-a para todos os natais seguintes.

Aqui na Irlanda, cartões e decorações de Natal já estão a postos nas lojas na segunda quinzena de outubro para desespero de todos. Como assim? Nem comprei a fantasia do Halloween, e já estão vendendo os presépios? Mas, por outro lado, isso facilita e muito a vida de quem tem família em outro país, pois ficamos com tempo de sobra para comprar e enviar cartões e presentes. Acredito eu (especulação sem prova científica) que tem tanto irlandês expatriado que não consegue voltar para casa para um Natal típico e com isto eles acabam se preocupando em ter tudo em ordem bem cedo (descubra como é isso nesse artigo aqui).

Por aqui, quem lucra com boa parte das vendas dos cartões são as organizações filantrópicas, pois estes oferecem para as pessoas a oportunidade de fazer algo em benefício de uma causa de sua preferência; o dinheiro arrecado é revertido para uma instituição escolhida.

loja-decoracao-natal-irlanda
Foto: Arquivo pessoal

Marcas famosas e cosméticos costumam ser muito mais baratos por aqui do que no Brasil e geralmente ganham a preferência de muitos imigrantes na hora das compras. Perfumes, cosméticos, bolsas e carteiras, estão entre os mais comprados para o envio; porém é preciso ter cuidado em relação a quantidades e outras especificações regulamentadas pela Receita Federal e pela Alfândega brasileira ou seu presente pode acabar se tornando uma conta a ser pagar na mão de quem o receber.

Esses produtos de marca são mais baratos na Irlanda e na Europa como um todo, por dois motivos: não há imposto de importação por conta da Comunidade Europeia e também por aqui existem as lojas de descontos e de ponta de estoque como a TK Max, onde todo mundo faz a festa. Muita gente no Brasil fica pensando que a gente ficou rico aqui  “no estrangeiro” quando veem os presentes chegarem, mas a realidade é outra.

Por último, é hora de enviar os presentes de Natal! Compras feitas, empacote tudo da maneira mais prática possível, lembre-se de que tudo será  acomodado em uma caixa ou pacote padrão do serviço postal. (O serviço postal irlandês, o An Post, dá diversas dicas sobre isso neste link aqui). Fique atento aos prazos dos correios. Aqui na Irlanda, o prazo máximo para envio de pacotes e cartas para fora da Europa encerra-se no dia 7 de dezembro conforme imagem abaixo.

correio-natal-irlanda
Imagem: site do An Post

Depois disso, o Courier Internacional (algo como o Sedex Mundi) pode tentar entregar a sua encomenda até 18 de dezembro mas lembre-se do outro lado da história dos presentes e cartões atrasados mencionado aqui no início do texto. Seus cartões e presentes serão entregues no Brasil, provavelmente em São Paulo ou no Rio de Janeiro pelo serviço postal irlandês antes do Natal, se você enviar tudo direitinho no prazo; entretanto os Correios brasileiro deve ter tempo suficiente para entregar a sua encomenda no endereço de seu interesse e se este for em outra região brasileira, ela pode ficar perdida por algum tempo. Aprendi isto através da minha experiência pessoal, enviei um simples cartão de Natal apenas um dia depois do prazo e o mesmo só chegou à Salvador- BA) para o Carnaval! Sim! Em fevereiro do ano seguinte. Lição aprendida.

Outra opção usada por muitos é pedir a alguém ou até mesmo pagar para quem esta indo passar o Natal no Brasil para levar seus presentes e cartões e despachar pelo Correios por lá. Isso também funciona desde que a pessoa chegue com a antecedência necessária ou vá para a mesma cidade ou  que a entrega final seja feita em mãos.

No mais, é marcar o famoso Skype cheio de lágrimas com a família, e tentar sobreviver da melhor maneira possível, pois Natal longe da família não é para qualquer um não (leia mais sobre isso nesse artigo aqui).

Related posts

Culturas e tradições na Irlanda

Ludmilla de Paula

Curiosidades sobre a Irlanda

Luciana Damasceno

Cinco curiosidades sobre o Natal na Irlanda

Annaline Stepien

2 comentários

Juliana Brandão Dezembro 15, 2015 at 4:17 pm

Ano passado meus cartões chegaram em março para algumas regiões do Rio de Janeiro. E eu fui organizada hehehe
Esse ano desisti :/

Resposta
Luciana Damasceno Dezembro 15, 2015 at 6:02 pm

Nossa, Juliana, seus cartões bateram meu recorde (fevereiro, junto com o Carnaval do ano em questão)! Obrigada por ler e comentar. Feliz Natal e umum ótimo Ano Novo.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação