BrasileirasPeloMundo.com
Peru

Lima com crianças

Lima com crianças.

Quando anunciei minha gravidez à minha família e meus amigos, no ano passado, muitos deles me perguntaram se Lima era uma boa cidade para se viver com crianças. O problema era que, até então, eu nunca havia me preocupado com isso e simplesmente não sabia como responder. Eu não tinha filhos, minhas amigas não tinham filhos e meu contato com crianças era mínimo – na verdade, eu só falava com as que chegavam perto de mim atraídas pela “lindeza” do meu cachorro. Para não ficar sem graça, minha resposta era sempre que a cidade era normal e tinha muitas crianças.

Como não poderia deixar de ser, a questão logo me preocupou. Minha preparação pra chegada da minha filha incluiu longas pesquisas sobre o que fazer com ela aqui em Lima, sobre as atividades que a cidade oferece às crianças e sobre a satisfação dos pais em relação à vida com os pequenos na cidade. Por sorte, descobri que a capital de céu cinzento quase o ano todo pode ser bastante divertida para as crianças.

Apesar do clima frio ser quase permanente por aqui, em Lima quase não chove e as atividades ao livre estão sempre em alta. A cidade tem uma quantidade enorme de parques muito bem cuidados, garantindo diversão pra crianças de todas as idades. Muitos desses parques abrem às 7 da manhã e fecham às 7 da noite e outros são abertos ao público 24 horas por dia. Cada municipalidade (espécie de sub-prefeitura, como conhecemos no Brasil) é responsável pelos parques dentro de seu território e essa divisão de responsabilidade parece funcionar muito bem por aqui. Também é tarefa da municipalidade organizar os eventos realizados dentro desses parques e a grande maioria deles é voltado para as crianças. No parque Ernesto Alaysa, em San Isidro, por exemplo, todas as terças e quintas, às 10 da manhã, um grupo musical muito divertido, com músicas voltadas para bebês, faz apresentações de 1 hora, atraindo mães e babás com seus pequenos.

Nessa mesma linha de “contato com a natureza”, também temos o “Malecón”, o calçadão das praias de Lima. Com suas partes também divididas entre as municipalidades, está sempre cheio de atividades, ajudando os pais na hora de fazer os filhos gastarem um pouco de energia.

Leia também: custo de vida em Lima

O melhor do Malecón é que há parques voltados para crianças de todas as idades, pistas de skate, circuitos para a prática de ciclismo de montanha, ciclovias bem conservadas e a possibilidade de alugar bicicletas. Quando a fome chegar, há diversas opções de restaurantes com vista para o oceano Pacífico. No Malecón de Miraflores, além de matar a fome, também se pode passear no shopping mais famoso da cidade, o Larcomar.

Shoppings são sempre divertidos para as crianças e vale a pena saber que ainda no Larcomar tem cinema, teatro e boliche. No maior shopping da cidade, o Jockey Plaza, localizado em Surco, há uma área somente para as crianças, com jogos eletrônicos, além de uma grande quantidade de salas de cinema.

Como o trânsito de Lima é terrível, deslocar-se por aqui nos dias de semana pode ser bastante estressante. Uma ótima atividade para aliviar a tensão e ver a cidade é andar de bicicleta na Avenida Arequipa, uma da principais avenidas de Lima. Nas manhãs de domingo ela fica fechada para os carros e convida os moradores e turistas para um passeio. Quem só passa de carro infelizmente não consegue desfrutar da imensa beleza dessa importante avenida. Para os pequenos ciclistas, pedalar numa grande avenida pode ser bastante divertido. Os pais podem ficar sossegados, pois o policiamento por lá é intensivo.

Quem vier para Lima com crianças simplesmente precisa levá-las ao “Parque de la reserva“. Este é o parque com o maior número de fontes de água do mundo, conhecido como “el Circuito Mágico de las Águas”. O circuito tem treze fontes controladas por computador, misturando luz, imagens e músicas, que fazem o passeio por lá ser belíssimo. Os jatos chegam a alcançar incríveis 80 metros de altura. É diversão garantida e a entrada geral é baratinha, apenas 4 sóis.

Outro lugar adorado pelas crianças aqui é o “Parque de las Leyendas“, o zoológico de Lima. Como a fauna peruana é riquíssima, é uma ótima oportunidade para os pequenos verem animais que não verão em nenhum outro lugar do mundo. O Parque de las Leyendas fica em San Miguel e a entrada geral custa 14 sóis. Vale ressaltar que o parque é bem grande e que a estrutura é surpreendentemente boa, dando às crianças a oportunidade de aprender e brincar muito.

Para quem acha que os museus são uma boa opção de passeio (tudo depende da idade da criança), Lima é o paraíso. Isso porque a cidade conta com mais de setenta museus e sítios arqueológicos. Eu recomendo o passeio guiado pela Huacla Pucllana, um sítio arqueológico belíssimo, localizado na parte turística da cidade, em Miraflores, datado de aproximadamente 200 DC. É uma oportunidade maravilhosa de mergulhar no passado e na história das civilizações inca e pré-inca sem sair da zona mais badalada da cidade.

Ainda para os que têm filhos um pouco mais crescidos, visitar o museu e as catacumbas da Igreja de São Francisco, bem perto da Plaza de Armas, bem no centro da cidade, pode ser interessante. Confesso que não me sinto bem nas catacumbas quando faço este passeio, mas conheço muitos adolescentes que adoram a experiência e esse passeio é super comum para os colégios daqui. É difícil não se deparar com estudantes por lá.

Todas essas opções fazem de Lima um lugar excelente para se viajar com crianças de todas as idades. Cultura, diversão, atividade física, boa comida, contato com a natureza… Lima tem tudo que uma criança e seus pais podem querer de uma cidade. Mais child friendly, impossível!

Related posts

Adaptação no Peru

Jéssica Soares

Natal no Peru também tem arroz com passas

Viviane Naves de Alencar

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

6 comentários

Barbara Janeiro 6, 2016 at 7:02 pm

Olá Rafaela, tudo bem? Parabens pelo post… Estou gravida e estou indo morar em lima …vc sabe me informar qual o melhor local para o acompanhamento do meu pré natal e para o nascimento do bebê?

Obrigada!

Resposta
Cris Outubro 24, 2017 at 11:31 pm

Olá! Estou grávida e estou indo para o Peru. Também estou com a mesmo dúvida.

Resposta
Liliane Oliveira Outubro 27, 2017 at 3:23 pm

Olá Cris!
A Rafaela Queirós parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Peru.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Fernanda Junho 30, 2016 at 7:37 pm

Olá Rafaela,
Estou fazendo uma pesquisa sobre Lima sobre vários aspectos, pois há uma possibilidade de morarmos aí. Seguindo a minha pesquisa vi seu post e outros que dizem que é um bom lugar para criança, mas eu gostaria de saber se você tem alguma dica sobre escolinhas ou creches não sei como funciona aí a idade é 3 anos.

Resposta
Vera Lucia Fevereiro 4, 2017 at 2:27 pm

Rafaela bom dia! Gostei do seu post, estamos com uma proposta de ir morar no Peu, tenho um filho de 2 anos de 7 meses. Estou preocupada com escola pra ele, vc pode me ajudar indicando boas escolas infantis? Há escolas para estrangeiros brasileiros?
Obrigada
Abs Vera

Resposta
Ann Moeller Fevereiro 7, 2017 at 2:06 pm

Vera, a Rafaela não colabora mais com o BPM e no momento só temos uma colunista que mora no interior. Sugiro que siga os textos dela. Equipe BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação