BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Hong Kong

Medicina Chinesa para reduzir os cabelos brancos

Medicina Chinesa para reduzir os cabelos brancos.

Nesse tempo em Hong Kong pude conhecer um pouco melhor a medicina chinesa e de como ela influencia a cultura e os hábitos locais. O que nós chamamos de medicina chinesa é o conjunto de práticas milenares conhecidas aqui como Medicina Tradicional. A colega Christine Marote, que mora na China, fez um excelente texto explicando melhor os aspectos dessa medicina e você pode lê-lo aqui. O que vou compartilhar com vocês nesse post são algumas curiosidades dessa medicina e também uma história que aconteceu comigo. Vamos lá:

As clínicas e os hospitais possuem médicos da medicina ocidental e também da medicina chinesa. As farmácias aqui sempre têm uma sessão com remédios tradicionais. Isso não significa que as pessoas não vão ao médicos ocidentais. Pelo que vi, em geral, consultam os dois tipos. A medicina ocidental, principalmente para tratar sintomas e problemas mais específicos, e a tradicional  para cuidar do corpo e da saúde de maneira geral. A medicina tradicional se rege muito pela harmonia ou equilíbrio entre corpo, mente e espírito, tratando a pessoa como um todo. Não há especializações, como ortopedistas, cardiologistas, etc, presentes na medicina ocidental. As pessoas consultam um médico tradicional regularmente, mesmo sem ter sintomas, para ver o estado geral, conversar sobre a saúde e prevenir doenças. Quando conversando em grupo, alguém reclama de um sintoma (azia, etc), sempre tem uma pessoa oferecendo uma solução natural: um chazinho ou algo para tomar ou fazer.

Leia também: Cinco verdades sobre a massagem tailandesa

Hábitos curiosos

Muitos hábitos dos chineses são influenciados pelos preceitos da medicina tradicional:

Segundo essa medicina, não é bom misturar alimentos frios e quentes no estômago. Na hora da refeição, como a comida é quente, o que se bebe deve ser quente também. Por isso, a bebida que costuma acompanhar a refeição é o chá. Muitos restaurantes já trazem chá automaticamente, assim que o cliente se senta à mesa. Se pedimos água, vão nos trazer um copo com água fervendo. Caso queiramos água fria, devemos especificar e provavelmente vão trazer uma garrafa.

Algumas pessoas também evitam certas combinações de alimentos e é comum evitarem algum ingrediente em certos horários, pois acreditam que fazem mal.

A medicina tradicional é tão importante e presente, que muita gente faz algumas coisas sem nem saber a origem, mais por costume. Vi algumas colegas comprando bacias e perguntei para que as utilizariam. Elas falaram que era para colocar os pés em água quente antes de dormir (prática que conhecemos como escalda-pés). Perguntei quais os benefícios e elas não souberam responder, só disseram que os pais e avós recomendaram. Pesquisando, descobri que, além de ajudar a relaxar para ter uma boa noite de sono, ajuda a reequilibrar a temperatura corporal. Isso porque a cabeça, por abrigar o cérebro, é centro das atividades e então ficaria mais aquecida. Como o sangue se concentra onde tem mais atividade, os pés, que estão no extremo oposto do corpo, acabam ficando frios. Aí é importante aquecê-los, para não prejudicar o equilíbrio corporal e danificar a saúde. Isso me fez pensar que algumas expressões brasileiras como “cabeça quente”, “esfriar a cabeça” e “pé frio”, refletem exatamente essa ideia!

Algumas atividades como artes marciais, ajudam a equilibrar mente e corpo. Portanto, é comum ver nas praças e parques públicos, geralmente de manhã cedo, pessoas fazendo atividades como tai chi.

Cabelos brancos

Ao chegar em Hong Kong, começaram a aparecer cabelos brancos. Como eu não tenho nem 40 anos e na minha família ninguém apresentou cabelos brancos tão cedo, atribuí ao estresse do doutorado. Comentando com minha orientadora, ela me disse: tome gergelim preto em pó. Eu pesquisei e vi que os chineses acreditam que o gergelim preto não só previne os cabelos brancos como ainda podem escurecer os fios já brancos! Achei estudos da medicina ocidental que chegaram à mesma conclusão. Isso porque o cabelo branco não está associado só a redução de melanina, que acontece com o envelhecimento, mas também ao excesso de peróxido de hidrogênio, substância eliminada em situações de estresse e que impediria a melanina de colorir o cabelo. Uma vez eliminado o peróxido, a melanina voltaria a colorir o cabelo. O gergelim preto ajudaria na redução do peróxido.

Pensei: faz sentido. Que mal tem tentar? Pior do que está não fica. Hehehe Além do mais, é um bom complemento para vegetarianos como eu.

Sementes de gergelim em pó é indicado pela medicina chinesa para combater fios brancos/ Fonte: Pixabay

Dizem que tem que tomar uma colher de sopa ao dia por pelo menos um ano (misturado no chá ou nos alimentos) para começar a ver os resultados. Após 6 meses tomando, já tirei dois fios e vi que a raiz estava mais escura que a ponta, da cor do meu cabelo mesmo! Independente disso, para a medicina chinesa, o gergelim preto é uma das melhores comidas anti-idade. É rico em proteínas, minerais essenciais e vitaminas que ajudam na prevenção e combate a diversas doenças como diabetes, anemia, colesterol alto, osteoporose, doenças cardiovasculares e artrite. Além disso, ajuda o sistema imunológico e a perda de peso.

Já adianto que procurei no Brasil e não achei o gergelim negro em pó, só em grão. Não sei se moendo a gente mesmo no liquidificador ou processador de legumes dá certo…

De qualquer maneira, se alguém tiver tido a experiência por mais de um ano, por favor comente aqui.

Related posts

Cinco curiosidades sobre o Minho

Giselle Costa

10 curiosidades sobre a Rússia

Renata Rossi

Seattle, a terra da garoa

Ded Freixeira

13 comentários

gisele Março 20, 2018 at 10:51 pm

Que texto intéressante !! Obrigada pelas informações !

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Março 21, 2018 at 4:41 am

Obrigada Gisele. Quando escrevi o texto, tinha achado 2 fios revertidos, agora já são pelo menos 6 com a raiz mais escura que a ponta! Os brancos ainda sao maioria, acho que tenho que reduzir mesmo o estresse. Depois que eu defender a tese, talvez… Hahaha Abraços

Resposta
Glaucia Março 26, 2018 at 2:07 am

Será que o gergilim em grão não faz o mesmo efeito? Me interessei pelos diversos efeitos. Adorei a matéria, parabéns!

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Março 29, 2018 at 7:41 am

Obrigada Glaucia. Eu acredito que o gergelim negro em grao tem o mesmo efeito sim. Acho que fazem em pó aqui só para facilitar colocar no chá. Abraço

Resposta
Marlon Silva Agosto 6, 2018 at 3:14 am

sabe me dizer onde encontrar o gegerlin preto ai em BH? Obrigado. Valeriana ajuda mutio no stress. Associada ao mulungu na hora de dormir terá um sono sem preocupações! abraço.

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Agosto 6, 2018 at 1:55 pm

OI Marlon. No Mercado Central voce acha, mas sem ser em pó. Gosto de valeriana, deveria ter trazido…Voce tem razao, o melhor é mesmo controlar o estresse. Mas no geral, nada me tira o sono. Nao tenho problemas para dormir. Hahaha Abraços

Resposta
Debi Chobanian Agosto 18, 2018 at 11:24 pm

Ótimo artigo. Qual seria o tamanho da colher, de chá ou de sopa? É para tomar pela manhã junto com o café da manhã? Se você puder compartilhar o artigo científico, eu agradeço. Super obrigada!

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Setembro 6, 2018 at 3:46 am

Obrigada Debi. Olha, na verdade quase tudo está em chinës e eu sigo as recomendacoes que as pessoas aqui me deram. Seria uma colher de sopa, mas como eu acho dificil dissolver tudo, tomo duas colheres de sobremesa ao dia, no horario que quiser. O artigo que achei em ingles fala no geral como o gergelim preto ajuda a combater os efeitos dos radicais livres (cabelos brancos, rugas, perda de cabelo, etc). https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0308814605006801 Se procurar em ingles tem mais coisas. Atualizando a informacao, já achei varios fios que estao voltando à cor normal, mas ainda tenho muitos fios brancos. Boa sorte!

Resposta
Lidiane Setembro 23, 2018 at 9:25 pm

Ana clara,
Você continua tomando o chá?
Caso positivo, qual a porcentagem de fios revertidos até o momento?
Tomei o chá por 6 meses e obtive a reversão de alguns fios, porém parei de tomar e agora vou começar novamente para tentar reverter a maioria dos muitos fios brancos que eu possuo.

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Outubro 7, 2018 at 2:32 pm

Oi Lidiane. Continuo sim, mas não estou conseguindo duas vezes ao dia. Tenho que me organizer melhor. Nao sei te dizer a porcentagem de reversão, me desculpe… Mas tem que tomar por pelo menos um ano, dizem… Boa sorte!

Resposta
Flaviane Outubro 7, 2018 at 2:45 am

Olá, muito interessante a matéria. Já encontrei várias opções pela internet, mas esta foi a única que me pareceu confiante. Tenho muitos fios brancos, já estou cansada de coloracao. Vou fazer o teste. Sabe me dizer, já q não há o gergelim em pó, se posso bate-lo no liquidificador para obter melhor extração dele no chá?

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Outubro 7, 2018 at 2:30 pm

Oi Flaviane. Acredito que possa sim bater no liquidificador ou processador. Dá um pouco de trabalho e perde-se um pouco porque alguns ficam “agarrados”no liquidificador, mas não tem outro jeito aí no Brasil. Em grão é mais dificil consumir no dia a dia. Boa sorte, espero que tenha bons resultados.

Resposta
Regina Maria Março 2, 2019 at 7:18 pm

Gostei. Acredito na filosofia milenar oriental. E acho que a prática de escalda pés não é sem razões. Costumo buscar o shiatsu para prevenção e reequilíbrio energetico, casos mais graves e urgentes a acupuntura pois age mais rápido, como enxaquecas diagnosticadas, via acupuntura, como oriunda de disfunção do fígado….faz mais de 10 anos, algumas sessões e estancou. Agora é queda de cabelo, um dos fatores stress….tentarei o gégelim também. Obrigada pela informação.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação