BrasileirasPeloMundo.com
Hong Kong

10 surpresas na ida ao supermercado em Hong Kong

10 surpresas na ida ao supermercado em Hong Kong.

Depois de morar em 4 países diferentes, estou convencida de que o que comemos depende muito de onde nascemos. A comida é uma das coisas que os expatriados mais sentem falta de seus países, junto com família e amigos. Dependendo de onde se mora, a comida pode ser um dos principais choques culturais para quem vai viver fora. Eu já mencionei que não me acostumei à comida daqui (que não tem nada a ver com a comida chinesa do Brasil). As texturas molhadas e gelatinosas não me agradam. Claro que há muitos restaurantes internacionais e é possível passar a semana inteira sem comer como os locais. No entanto, seja por hábito, pela praticidade, pelo custo ou pelo fato de ser vegetariana, acabo cozinhando mais em casa do que comendo fora. Isso significa que vou muito aos mercados e supermercados para comprar alimentos.

Quando cheguei aqui, ficava mais de uma hora dentro do supermercado, tentando entender o que eram as coisas ou querendo encontrar algo que não tinha. Outro problema é a disposição dos produtos nas prateleiras. Até inconscientemente a gente sabe onde encontrar as coisas mais comuns nos supermercados do Brasil, porque há uma lógica por trás. Mas essa lógica é cultural. No Brasil, seguimos a lógica de: coisas dentro da mesma categoria ficam na mesma prateleira, por exemplo: os temperos vão todos juntos. Aqui organizam o que vai junto comumente na hora de preparar cada refeição. Então muitas prateleiras estão organizadas assim: “coisas de café-da-manhã”.

Tudo bem, isso tem sua lógica, mas até me acostumar, ficava rodando e voltando para trás várias vezes. Uma vez no supermercado que vou, mudaram a cebola de lugar e não a encontrava de jeito nenhum. Olhei em toda a seção de frutas e legumes. Não encontrei ninguém que falasse inglês e achei que tinha acabado e saí sem esse alimento que uso sempre para cozinhar. Dois dias depois, a mesma coisa. Me peguei fazendo mímica de cortando e chorando até que um funcionário entendeu e me levou para o setor de… carnes (que nunca vou, pois sou vegetariana). Pelo que entendi, era porque estávamos perto de um feriado aqui em que a comida típica leva carne e cebola. Faz sentido… para quem sabe disso.

Seguem 10 curiosidades e surpresas para quem vai ao supermercado em Hong Kong. Cabe ressaltar que Hong Kong é uma cidade super internacional e por isso, além dos supermercados locais, há vários voltados para o público internacional e algumas coisas são mais fáceis de achar neles. No entanto, além de ser mais caros, na região onde moro não tenho essa opção.

Comidas diferentes

Chá com inseto em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Há literalmente muita coisa que nunca tinha visto na minha vida. Legumes diferentes, frutas desconhecidas. Um problema é que algumas vezes eles são embalados em plástico individualmente. Como as pessoas moram em locais pequenos, não têm onde guardar muita comida. Por isso acabam indo mais vezes ao supermercado e comprando menos coisas. No entanto, isso não justifica embalar separadamente uma maçã ou duas laranjas. Muitas pessoas preocupadas com a sustentabilidade e quantidade de plástico fazem campanha contra isso.

Espaços e carrinhos

Corredores estreitos e carrinhos que na verdade são cestinhas. Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Com o grave problema da moradia e falta de espaço aqui, vários supermercados são pequenos e precisam aproveitar ao máximo os espaços. Por isso os corredores são apertados, o suficiente para caber uma pessoa com o carrinho. Os carrinhos são menores. Algo criativo que ajuda na economia de espaço são os carrinhos 2-em-1. Na verdade os carrinhos são só os suportes para caber a cestinha. A pessoa pode colocar uma cesta ou 2 (uma em cima outra embaixo).

Legumes com terra

Batatas com terra em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

As batatas e cebolas não são totalmente lavadas, então são vendidas com terra. Quando perguntei a amigos locais, tentaram me dar explicações saudáveis, que tinham a ver com toxinas, etc, mas não fiquei totalmente convencida. Deve haver uma razão mais prática. O que não fica nada prático é levar esses legumes para casa. Como as embalagens contém furinho, a terra vai caindo na sacola e sujando as outras compras… Eu levo um saco separado quando vou comprar batata ou cebola.

Um mundo de noodles

Corredor inteiro de noodles em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Todo supermercado tem um ou dois corredores inteiros só para noodles, espécie de macarrão mais fino (como miojo, mas nem todos são instantâneos). O povo aqui é viciado nisso. Há de vários tamanhos, marcas e sabores.

Sacos de arroz imensos

Sacos de arroz de 15 kilos em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Variedade de cogumelos

Muitos tipos de cogumelos em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

A quantidade de tipos de cogumelos existentes aqui é impressionante! Nunca vi tanta variedade. Aliás, para os chineses o cogumelo é um vegetal… Se você vai em restaurante e pede arroz com legumes, servirão arroz com cogumelo e talvez outro legume… O espaço nas prateleiras dedicado aos cogumelos então é bem maior que no Brasil geralmente.

Cadê?

Opções de azeitona em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

A decepção em não encontrar itens que adoro. Claro que não esperava encontrar produtos tipicamente brasileiros, mas algumas coisas achei que eram universais. Rúcula e manjericão nunca vi por aqui. Azeitona! Nos supermercados locais só vendem uma azeitona de lata da Espanha, mas que é sem graça e cara. Nos supermercados internacionais há um pouco mais de opção mas são caras e não tão boas. A culinária chinesa não usa azeitona normalmente, pois eles acham azeitona muito salgada… Eu amo azeitona! Quando passei férias no Brasil eu comia um pote grande a cada 2 dias, para compensar. E claro que trouxe 2 vidros na mala…

Bebidas diferentes

Limonada com sal em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Está um calor de rachar e você pensa em tomar uma limonada gelada para refrescar. Você compra uma garrafinha de limonada e ao beber, cospe tudo. Aqui tomam limonada com sal! Para mim isso é purgante, mas aqui é normal. Ok, se encontra limonada com açúcar também, mas há que ficar de olho para ver qual se está comprando. Agora, se quiser uma alternativa típica, aqui também bebem vinagre de maçã quente…

Etiqueta de Hong Kong

Etiqueta tampando os ingredientes em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Por lei, tudo que é importado deve conter uma etiqueta exclusiva para Hong Kong. Até aí tudo bem. O problema é que algumas vezes eles colam essa etiqueta em cima de informações importantes, como ingredientes ou modo de preparar….

Nomes enganosos

Bolo de cenoura em Hong Kong. Fonte: Arquivo pessoal

Na seção de padaria do supermercado, são várias novidades, mas não se deixe levar pelo nome. O bolo de cenoura (carrot cake/Luo Bo Gao), não é bolo, não é doce, nem é feito com cenoura. É uma comida salgada feita com nabo. Uma das comidas típicas de Hong Kong é o bolinho de abacaxi (pineapple bun/Bo Lo Bao). Mas… não contém abacaxi. É um bolinho doce, de farinha e ovos, e esse nome é porque a cobertura geralmente tem um formato em xadrez, que os chineses acham que parece um abacaxi. Os chineses algumas vezes colocam o nome mais pela aparência do que pelos ingredientes…

Na verdade eu adoro ir a supermercados em outros países. É um mundo de descobertas, uma diversão.

Related posts

Custo de Vida em Hong Kong

Paula Augot

Queima de oferendas para os ancestrais em Hong Kong

Ana Clara Oliveira Garner

Morar em Hong Kong sem saber chinês

Ana Clara Oliveira Garner

4 comentários

Gislaine Abril 25, 2018 at 6:40 pm

Ana clara
Tudo bom?
Deve ser difícil de adequar a novo ingredientes e comidas.
Mas com certeza é uma experiência única.
Obrigada por compartilhar.

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Abril 30, 2018 at 5:46 am

Oi Gislaine.
Sim, para mim, a comida é a principal dificuldade em adaptar-me a Hong Kong.
Obrigada pela leitura.

Resposta
Soo Min Julho 18, 2018 at 1:06 am

Olá Ana Clara!
Muito útil o seu post, em breve viajarei para Hong Kong a trabalho para ficar 6 meses e estou super apreensiva com a adaptação! rs
Uma das minhas maiores dúvidas é o valor médio gasto com compras básicas no mercado em um mês. Vc saberia me dizer?

Beijoss

Resposta
Ana Clara Oliveira Garner Julho 18, 2018 at 1:22 pm

Olá Soo. Bem vinda a Hong Kong. No meu blog pessoal tambem há vários posts sobre Hong Kong e pode te ajudar a já vir mais preparada: abordodomundo.com.
Esse valor dos gastos com supermercado é muito relativo. Precisaria saber alguns dados mais, por exemplo: quantas pessoas serao, se vai cozinhar todo dia, que tipo de comida, se vai comprar mais nos supermercados chineses ou internacionais (a diferença de preço é brutal e vai depender muito de onde voce mora, qual supermercados ficam perto). Eu atualmente gasto menos de 1700HKD por mës, o que é bem pouco mas: só para uma pessoa, eu não como carne, só cozinho uma vez por semana para durar alguns dias, mas acabo comendo mais na rua. Se quiser, entre em contato comigo pelo email do blog ([email protected]) e posso te dar uma noçao melhor (exceto sobre valor da carne, que nao tenho a mínima ideia, hehe). Boa sorte!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação