BrasileirasPeloMundo.com
Dicas de compras pelo mundo Holanda

Onde comprar pro seu dinheiro render na Holanda

Onde comprar pro seu dinheiro render na Holanda.

Você já parou pra pensar que, ao mudar pra um outro país, nos primeiros dias você provavelmente vai abrir a gaveta da sua cozinha e não achar uma colher pra mexer seu café? E tudo bem, porque você ainda não vai ter comprado uma xícara pra botar o tal do café.

E que, se esse país for a Holanda, logo logo você vai descobrir que não adianta botar os casacos e as botas que você trouxe do Brasil porque eles não foram feitos pro frio daqui e você vai congelar nos 5 minutos que levar pra botar o lixo pra fora?

Ou seja, você vai ter que comprar tudo novo, sem ainda estar ganhando em Euro que, no momento, está beirando os R$ 4,10 no câmbio oficial!

Não sei você, mas por aqui bateu um leve desespero quando eu percebi que ia ter que comprar de botas a panelas, quase numa tacada só, sendo que a minha herança de princesa do sertão ainda nem saiu (e nem vai! Risos).

Leia também: Custo de vida em Amsterdã

Então lá fui eu pesquisar com os amiguinhos onde dava pra dar uma esquentada no guarda-roupa e uma enchida na cozinha, continuando com dois rins – e dois pulmões. A boa notícia é que na Holanda você acha preços pra todos os gostos, além de itens de segunda mão serem muito comuns por aqui. E o foco foi preço, então se preparem pra sugestões de algumas marcas que não estão na lista das mais politicamente corretas, mas que você acha facilmente pelo país.

Marketplaats

Esse site vai salvar a sua vida em todos os sentidos. É tipo um Mercado Livre em que você acha itens tanto novos quanto usados à venda, mas também muita coisa, principalmente móveis, de graça.

De graça? É, cara, de graça.

Aqui não é todo mundo que tem carro, então pensa, você comprou um sofá novo e não tem como se livrar do velho. O que você faz? Anuncia de graça ou bem baratinho no Marktplaats e fala que o comprador precisa retirar na sua casa.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Holanda

Pra você ter uma ideia, praticamente todos os móveis de casa foram dados por amigos ou comprados a preço de banana no Marktplaats. Nem todos estão nas melhores condições, mas eu já tenho cadeira pra receber os amigos e sofá pra ver TV.

Tá, mas como buscar? Sofá não cabe no porta-malas do carro, né? Bom, o que a gente fez por foi alugar uma van na Bo-Rent e agendar um dia pra fazer a via-sacra, buscando tudo na casa das pessoas. Não foi o dia mais fácil da minha vida, mas eu mobiliei a casa numa tacada só.

Ikea

Outra opção para comprar móveis e itens pra casa é a Ikea, se você preferir novos. Pra panelas e outras coisas de cozinha, além de cama e colchão, ela foi uma ótima solução, achei jogo de panelas por 10 €.

Claro que você paga mais caro nos móveis do que se comprar usado e ainda vai precisar montar, mas eles têm ótimas promoções, a loja tem ambientes montados que ajudam a dar ideias se você estiver decorando casa e o restaurante deles ainda tem café da manhã por 1 €, até as 10h da manhã (minha parte preferida).

Leia também: 10 dicas de compras baratas em Los Angeles

Action/Big Bazar

Tem hora que eu acho que essas lojas vendem produtos roubados de tão baratos que são. Tem mixer por 12 €, barra de proteína por 0,89 € e jogo de taças por 5 €. A qualidade não é das melhores, mas quebra um mega galho (e você ainda pode devolver e pegar seu dinheiro de volta se alguma coisa estragar).

O sortimento é super variado, tem roupas, eletrodomésticos, cosméticos, brinquedos, produtos de limpeza, chocolates, materiais pra escritório, itens e decoração e por aí vai. Prefiro o Action em todos os sentidos, menos pra material de limpeza, nesse caso, acho as opções do Big Bazar melhores.

Van Haren

Agora chega de falar de coisas pra casa e vamos pro que interessa: sapatos.

A Van Haren tem preços bem amigos e, o mais importante, sapatos quentinhos! Quando chegou o meio do outono, que eu vi que meia de lã com tênis não ia mais resolver, eu entrei na Van Haren e comprei uma bota daquelas com pelo (falso) por dentro, super bonitinha e confortável, por 35 €. Usei ela praticamente todos os dias, desde que o frio começou, e a bichinha já parece meio cansada, mas me manteve quentinha e confortável por uns bons 5 meses.

Agora, com a chegada da primavera, a coleção mudou e eles estão com uns tênis bem fofos pelos mesmos 35 €, além de terem sapatos de salto e outros pro dia a dia.

Coleção da Primavera 2018 na Van Haren

Primark

Vamos à loja mais controversa do post por causa das denúncias de venderem peças feitas em situações precárias de trabalho, muitas vezes em condição de escravidão e por crianças, em países como Bangladesh. Lembra que eu falei que as marcas aqui não iam ser muito politicamente corretas? Pois é.

Não compro na Primark com orgulho, mas quando você precisa refazer um guarda-roupa praticamente do zero porque as roupas que trouxe do Brasil não aguentam o frio holandês, um casaco quentinho por 18 € e um suéter por 12 € não são uma má ideia, né?

A C&A (que é holandesa, por sinal), a Zara e a H&M também podem ser boas opções, mas seguem não sendo muito melhores em matéria de sustentabilidade e os preços são um pouco mais altos.

É lógico que chegando aqui você vai escolher quais são as suas lojas preferidas, mas garanto que essas, no começo, vão ajudar a salvar seu orçamento.

Related posts

Condições de trabalho como pesquisadora na Holanda

Paula Dalcin Martins

A prática da eutanásia na sociedade holandesa

Cintia Beatrice

Exames de Idioma na Holanda

Cintia Beatrice

1 comentário

Gisele Borges Maio 6, 2018 at 6:49 pm

Oi Giovanna, tem algum email para nós conversarmos?
O meu [email protected] Com
Abraço

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação