BrasileirasPeloMundo.com
EUA Los Angeles Melhores bairros e onde morar

Onde morar em Los Angeles – Central LA

Onde morar em Los Angeles – Central LA

Para fechar com chave de ouro a nossa série Onde morar em Los Angeles, abordarei a região mais hipster da cidade—Central LA. É, também, a região mais antiga, pois em Downtown está localizado o El Pueblo, primeiro vilarejo da cidade construído e habitado pelos mexicanos. Acredito que a Central LA seja a região onde encontramos mais diversidade e cultura.

Central LA consiste em Downtown, Silver Lake, Echo Park, Los Feliz, Koreatown, Hollywood e vários outros. Por questão de conveniência comentarei apenas os aqui mencionados.

Leia também: Seis dicas para quem vai morar nos Estados Unidos

Freeways

A região central de Los Angeles inclui Downtown—o centro da cidade—e é aqui onde há uma grande concentração de saídas para diferentes freeways (vias de trânsito rápido). Como são inúmeras vias e o sistema um pouco confuso, acho válido deixar aqui um rápido roteiro e mencionar as mais utilizadas.

Todas as freeways possuem um nome e um número, teoricamente o nome indica o destino final da rodovia, no entanto, algumas terminam antes da chegada ou, para complicar mais um pouquinho mudam de direção. Portanto, o mais comum é referir-se ao número da freeway.

 

Freeway – Número e Nome Freeway – Número e Nome
2Glendale22Garden Grove
71Corona Expressway105Glen Anderson
170Hollywood710Long Beach
14Antelope Valley60Pomona
101Ventura/Hollywood605San Gabriel
10Santa Monica/San Bernardino57Orange
91Riverside/Artesia118Simi Valley/San Fernando Valley
405San Diego5Golden State/Santa Ana
90Marina110Pasadena/Harbor

Em Los Angeles não existe uma via de fluxo rápido que não tenha trânsito, é sempre caótico. Uma das vias mais utilizadas é a 10 que leva para a praias como Santa Mônica e Venice, e para o lado oposto o Valley. Outra via de extrema relevância é a 101 que faz o percurso Valley e Hollywood. Agora, se o destino for o famoso aeroporto LAX ou a charmosa UCLA, a via certa é a 405 que também permite acesso aos bairros de Culver City e Beverly Hills. As vias 5, 105 e 110 servem as regiões centrais como Downtown e Echo Park, até áreas mais periférica como Glendale e Pasadena.

Downtown

Quando visitei Los Angeles pela primeira vez, essa foi a região que eu mais gostei. No entanto ela é a que menos representa a vibe da cidade. Downtown é parecida com São Paulo e Nova York, muitos prédios, muita gente, e muito trânsito.

As inúmeras opções de restaurantes, museus, arte, e música, são os principais atrativos da região que apesar de ainda sofrer com criminalidade, drogas, e moradores de rua em certas áreas, vem se transformando aos poucos e se tornando uma forte opção entre os jovens.

Em termos de moradia a longo prazo, Downtown não entra na lista de opções pois as escolas não possuem boa avaliação e passeios com crianças é escasso. Segundo o Curbed Los Angeles o mais comum nessa região é que as pessoas aluguem ao invés de adquirir o imóvel devido ao custo, mas principalmente, ao estilo de vida.

Silver Lake

Eis o bairro mais hipster de todos, tudo é moderno com um toque de antigo. Perfeito para quem trabalha como freelancer e gosta de variar onde trabalha. Em Los Angeles há muitos freelancers que preferem usar Cafés e restaurantes transadinhos como seus escritórios.

Tudo pode ser feito a pé em Silver Lake, que é uma mistura de praticidade com estilo. Outro ponto forte do bairro é a grande influência da arte nas ruas, nas decorações dos estabelecimentos, que fazem do lugar ainda mais moderno.

Além disso, atividades ao ar livre fazem com que o bairro seja família, mas a maioria dos residentes ainda são jovens casais que gostam de curtir boa comida, música, e uma caminhada pelo Silver Lake Reservoir.

Echo Park

Uma amiga me ajudou com esse bairro, e como ela deu uma opinião geral e sobre todos os aspectos preferi manter da forma como ela me passou, apenas traduzi a opinião de Krissy Estrada:

“De forma geral é um bairro com uma vibe hipster. Coisas que eu gosto: Facilidade de andar pelas ruas, há ótimos restaurantes e cafés. O custo de vida não é assim tão alto quando comparado a outras áreas de Los Angeles, é possível encontrar alguns produtos bons por um preço razoável.

Em termos de vizinhança trata-se de uma comunidade culturalmente diversa, acolhedora e simpática. Se você gostar de música e shows com artistas locais Echo Park tem o The Echo um lugar perfeito para quem gosta de música, e com a vantagem de poder assistir shows gratuitos durante a semana se você for morador do bairro.

A melhor parte é o lago! Em Echo Park existe um parque com o mesmo nome do bairro com um lago lindo. É um lugar perfeito para caminhar, fazer picnic, ou experimentar comidas diferentes das barraquinhas na rua.

O que eu não gosto e que não é um problema apenas de Echo Park são os muitos moradores de rua instalados em vários partes. A região costumava ser predominantemente de hispânicos, mas com a gentrificação o bairro perdeu sua singularidade que fazia toda a diferença, por fim, estacionar é também um grande desafio.”

Los Feliz

Esse é o bairro do maior parque da cidade o Griffith Park e Observatório. Los Feliz é também é um dos queridinhos de Central LA, pois segue a vibe de cidade para atividades ao ar livre, bons restaurantes e Cafés.

Los Feliz é um bairro aconchegante e mais família, estilo cidadezinha do interior, com a vantagem de poder fazer tudo a pé. No entanto, por estar bem localizada permite fácil acesso a Downtown, Hollywood e Valley.

Um dos grandes diferenciais é o valor histórico e cultural que a região possui pois anos atrás Los Feliz era a casa de alguns estúdios de cinema, incluindo a Disney. Hoje, a região é a favorita de jovens artistas e músicos que, talvez, um dia, serão famosos.

Hollywood

A região de Hollywood é dividida em quatro regiões North Hollywood (NoHo), East Hollywood, West Hollywood e Hollywood. O bairro de NoHo pode ser lido no artigo sobre o Valley.

Hollywood é provavelmente o bairro mais famoso de todo o país. Com estúdios espalhados por toda a cidade, a região é a casa do entretenimento, em todos os prédios há alguém trabalhando com filmes e séries, consequentemente as chances são grandes de encontrar alguma celebridade andando pelas ruas.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar nos EUA

West Hollywood, é o bairro gay de Los Angeles onde se encontram as baladas mais animadas da cidade, e vale ressaltar que as baladas são boas, baratas e para todos os públicos.

East Hollywood quando comparada com as outras duas se mostra a menos glamorosa, porém une qualidades das outras como lojas e restaurantes mas adiciona um senso de comunidade e cidade pequena. 

Koreatown

Carinhosamente chamada de Ktown, esse pedacinho da Coréia do Sul em Los Angeles é única.

Quando se chega ao bairro é fácil identificá-lo, todos os letreiros são escritos em coreano, há inúmeros deles, e a qualidade não deixa a desejar. Além disso, o bairro é famoso pelos Karaokês e botecos.

Em termos de estilo de vida, Koreatown é ideal para quem quer economizar, o aluguel de um quarto custa em média 1.620 dólares, o que é barato considerando ser uma região próxima a Downtown e com uma forte rede de transporte público, no entanto, o estilo difere dos que venho comentando neste artigo, pois há menos preocupação com o estilo.

Com relação a escolas e segurança, a região não é a mais qualificada. Lendo em alguns fóruns vi respostas divergentes sobre seguranças, algumas pessoas relatam sentirem-se seguras e outras descrevendo situações de furto. Então, seria meio que estar alerta quanto morando nesse bairro.

Assim, a série chega ao final, tendo abordado as áreas de Westside, Valley, Praias e Central LA.

Los Angeles é mais ampla que essas regiões, porém próximas e muito semelhantes às que foram abordadas nessa série, Por isso, acredito que aqui você encontrará um bom guia para quem ainda não conhece Los Angeles e precisa de orientação na hora de escolher o futuro lar.

Related posts

Custo de vida em Seattle

Ded Freixeira

Melhores bairros para morar em Seattle

Camila Picolli

Fazendas Urbanas nos EUA

Lorrane Sengheiser

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação