BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica Imigração

Onde Morar na Bélgica?

Depois de escolhermos o país que vamos migrar, a segunda e mais importante decisão é: Onde morar na Bélgica, no meu caso?

A verdade é que essa decisão quase sempre se dá em função dos nossos interesses neste lugar. Se o interesse é estudar, optamos pela cidade que oferece as melhores escolas, universidades e/ou cursos, se o interesse é trabalhar escolhemos as cidades que oferecem mais ou melhores oportunidades na área pretendida, tudo para simplificar nossa nova vida, nesse lugar novo, e quase sempre desconhecido.
Na Bélgica sempre há uma cidade que vai atender o seu interesse, sempre! Por que aqui tem cidade para os mais diversos interesses, perfis sociais e econômicos.
Mas a verdade é que grande parte dos brasileiros, escolhem a Bélgica para trabalhar!

Ganhar em euros, mandar o dinheiro para o Brasil para garantir uma boa educação para os filhos e melhorar a qualidade de vida da família.
E para esse interesse, o destino mais escolhido ainda é a capital, Bruxelas.

A região tem cidades (que mais parecem bairros) que em grande parte é dominada por imigrantes, brasileiros e de outras nacionalidades também. Isso porque a região “Bruxelloise” oferece muitas possibilidades de empregos (mesmo que para imigrantes ainda seja em grande maioria, trabalho operário), e ainda conta com transporte público eficiente, comércio em vários seguimentos de acesso fácil e um custo de vida acessível.

Depois de Bruxelas, as cidades que mais recebem imigrantes são Antuérpia, Liége, Charleroi e Namur, todas cidades cosmopolitas, dinâmicas, vivas e em constante movimento. Mas onde tem movimento… Tem problemas também!

Bruxelas e as outras grandes cidades daqui, sofrem com o excesso de veículos, com os engarrafamentos cada dia maiores e mais constantes, o trânsito difícil e estressante e ainda a falta de vagas para estacionamento. Esse último, um problema bem incompreensível para mim.

Aqui boa parte das casas tem garagem, e em grande maioria, essas garagens tem a função de guardar todo tipo de objeto, menos os carros. Algumas se tornam verdadeiras oficinas para os carros ou para bricolagem.
Lugar de carro aqui, é nas ruas! (Lógico que para toda regra, há exceções!)
E você pode dormir descansado, que no dia seguinte seu carro estará lá, exatamente onde você o estacionou. As vezes danificado, é verdade, mas aqui você não tem tanta dor de cabeça para acionar o seguro do veículo, caso precise.

Na Bélgica, como em vários países, também se roubam carros, fazem vandalismo e tal, mas a grosso modo, podemos considera-la um lugar seguro, ainda mais, por se tratar de uma metrópole.

Viver em regiões metropolitanas, fica cada dia mais complicado, principalmente quando os filhos chegam ou quando o que se deseja é fincar raízes. Quando se chega naquela fase de mais qualidade, tranquilidade e sossego, sem perder a comodidade, claro!
E isso na Bélgica é bem possível, graças a maneira como as cidades em torno dos grandes centros cresceram e se desenvolveram.

Algumas mais parecem vilarejos, daqueles ricos em tranquilidade e charme, com comércios locais, hospitais, escolas e creches pequenas, como uma vida de cidade do interior do Brasil, sabe como é?
Aí, 10 ou 20 minutos desses paraísos de paz, sossego e estacionamentos garantidos, você encontra centros comerciais de porte médio e até grande, com redes de fast food, restaurantes, grandes lojas com todos os tipos de serviços necessários para atender esse nosso consumismo moderno.
Tenho visto cada vez mais brasileiros se espalhando pela Bélgica, se deslocando para essas cidades menores e bem charmosas.

Isso me faz pensar que cada dia mais o brasileiro imigrante, têm se integrado e adaptado à vida deste lado do globo, um sinal de que os brasileiros têm batalhado e encontrado seu espaço nesse “mundo belga”. Não importa se é numa grande e caótica cidade ou num pequeno e charmoso vilarejo, o importante é que cada um, vai descobrindo de acordo com seus interesses, o melhor lugar e o melhor jeito para se viver aqui, com o coração cheio de esperança, fé e coragem. E isso todo brasileiro tem sobrando!

Related posts

A Nova Zelândia é um País Receptivo ao Imigrante?

Gabriela Nunes

Bélgica para cachorros

Elisa Penna

Como se mudar para a Dinamarca

Camila Vicenci Witt

6 comentários

Rita de Cassia Arouca Junho 9, 2017 at 11:19 am

Quando morei na Bélgica como Au Pair, morei perto de Namur, numa vilinha chamada Saint-Germain. Precisava de carro pra tudo mesmo! Mas era tão próximo de Namur e até próximo de Bruxelas. Foi muito bom morar no campo. além disso tinha duas opções de estação, em Gembloux e em Namur, sendo que Gembloux é mais próximo para Bruxelas e conta com uma grande área de estacionamento e Namur que era mais próximo pra passear em Liége. Enfim, a Bélgica é um país tão agradável, pequeno e acessível! Fui muito feliz morando lá!

Resposta
Bruno Cesar Silva Junho 9, 2017 at 4:12 pm

O duro da Bélgica é que ela leva as pessoas que gostamos embora e nos deixa com uma imensa saudade, mas tudo bem, vamos nos superando daqui já que sabemos que é um país maravilhoso e que proporciona aos nossos queridos felicidades, alegrias e possibilidades de realização de seus sonhos.
Parabéns, quando leio esses textos fico cheio de orgulho!!!

Resposta
Lazinho Silva Julho 19, 2018 at 1:02 pm

Muito bom! As informações somente intensificam meu desejo pela Europa. Ultimamente tenho pesquisado países menos populosos que proporcionem uma qualidade de vida boa mas, com baixo custo de vida. Quanto a isso cara Bruna é muito auto o custo de vida na Bélgica?

Resposta
Liliane Oliveira Julho 19, 2018 at 1:47 pm

Olá Lazinho,
A Bruna Cely Silva parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Bélgica que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Elizete Março 9, 2019 at 10:09 am

Bom dia gostei muito da matéria, vc me indica uma cidade perto de Jette que tenha escolas primárias e secundárias. Obrigada aguardo resposta. ELIZETE

Resposta
Liliane Oliveira Março 9, 2019 at 6:12 pm

Olá Elizete,
A Bruna Cely Silva parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Bélgica que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação