BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Europa Holanda

Regras de etiqueta na Holanda

Muito além de leis e regulamentos, viver em um país significa conhecer e seguir aquelas regras que ninguém fala ou escreve – mas todo mundo segue. Regras de convivência que é necessário conhecer para evitar gafes e mal entendidos.

Aqui na Holanda não é diferente. Além das leis existem costumes e regrinhas que ninguém precisa falar, mas todo mundo segue. Então antes de se aventurar por esse lindo país vale a pena conhecer sua cultura. Listei algumas das muitas regras que pode  ajudar nessa jornada.

1. Drie kussen, ou três beijos

Holandês, surpreendentemente, é um povo beijoqueiro, com os beijos de cumprimento que também adoramos no Brasil. Mas não com qualquer um, só quando se tem intimidade : amigos próximos, família…. e aí a regra para cumprimentar são sempre três beijinhos, começando pela esquerda. Ficou em dúvida? Espera o dutchie começar, assim não tem erro de se achar mais íntimo do que realmente é.

2. Festa de aniversário? Cumprimente todos os parentes do aniversariante!

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Holanda

Isso mesmo! Se for convidado para uma festa de aniversário se prepare para congratular não só o aniversariante. E é parabéns mesmo, o que eu tenho que dizer que acho bem simpático, algo como parabéns por ter essa pessoa mais um ano na sua vida.

 

3. No seu aniversário, você que compra o bolo

Mais uma regra meio estranha… ao invés do aniversariante ganhar uma festa no trabalho, ou pelo menos um docinho, aqui é quase que obrigação levar o bendito bolo. Sério, existem expectativas. Já ouvi gente dizer que o ideal mesmo é ainda fazer o bolo você mesmo, mas me faço de surda pra isso. Então lembre de levar o bolo ou os seus colegas vão lembrá-lo.

4. E nunca esqueça de mandar um cartão!

Aqui se manda cartão pra tudo! Se a pessoa está doente, se começou em um emprego novo, se mudou de casa, se teve filhos…. além de claro de aniversário, Natal e ano novo, como no Brasil. O engraçado é que é mais fácil ganhar cartão que presente. Eu acho esse um costume muito bonito porque dá para se ter na mãos a memória de alguém querido lembrando da gente. Um detalhe é que a maioria das pessoas só assina o cartão, já que vem com uma mensagem.

5. Nada de alô – diga o seu nome ao atender o telefone

Essa eu confesso que ainda não consegui me acostumar. No Brasil eu sempre achei uma grosseria gente que antes de se identificar vinha perguntando quem estava falando ao ligar pros outros. Aqui é o oposto: se atende ao telefone já se identificando, algo como “met Fernanda” (com a Fernanda). É a etiqueta daqui e todo mundo faz igual, então o jeito é se adaptar.

Quer saber mais curiosidades sobre outros países ? A Cristiane conta várias sobre a Dinamarca aqui.

6. A principal refeição é o jantar

Essa é reclamação geral dós expatriados: o triste almoço holandês, que normalmente é um pão com queijo, ou uma salada (ou outra opção rápida), e se come rapidinho em coisa de 30 minutos, se duvidar na mesa de trabalho. Saudades eternas de restaurante por quilo do Brasil.

Em compensação o jantar geralmente é uma refeição quente, bem mais substancial. Eu confesso que prefiro comida “de verdade” no almoço e fiquei bem aliviada ao saber que tinha microondas no trabalho, mas conheço muitos estrangeiros que se acostumaram com isso. Coisa de hábito mesmo.

7. Evento nem sempre significa comida

Ainda falando de comida é bom saber que se chamarem para um evento a não ser que digam que é almoço/jantar existem grandes chances de não ter comida. Ou só um petisco e olhe lá. Isso vale até em casamentos. Sei que pareço a esfomeada mas vale a pena se precaver, porque mais de uma vez acabei faminta em festinhas e afins.

8. Regras de trânsito não existem para bicicletas

Já disse, e repito: holandês subiu na bicicleta, esquece toda e qualquer regra de trânsito. Passa no sinal vermelho, ignora que, tem preferência, conduz alcoolizado, briga no trânsito…. já vi de tudo no trânsito de bicicleta por aqui. A regra é: se você não sabe pedalar como eles, fique na direita e deixe eles passarem. Porque as bicicletas nunca param.

9. Economizar é a regra de ouro

Claro que todo mundo adora uma promoção, economizar aqui e ali. Mas aqui isso é levado realmente a sério. Nos mercados sempre tem os produtos em promoção e aqui eles estocam mesmo, e além disso sempre tem campanhas para juntar selo pra isso ou para aquilo – e vira quase que obsessão! Todo mundo junta mesmo, troca, fala com os vizinhos, tudo para conseguir os prêmios, que variam desde panelas, louça, até brinquedo e descontos em restaurantes. Acho que a maior diferença é que aqui isso é visto como algo positivo, para se orgulhar mesmo.

Ainda nessa regra aqui é comum espremer tudo até o final. Por exemplo eles têm utensílios para cozinha para raspar pote de iogurte, outro para cortar o queijo bem fininho, adoram aquele que raspa massa de bolo…. tudo para usar bem o que se tem. Nessa estou com eles!

10. Sinceridade acima de tudo

Eu sempre digo que holandeses são em sua maioria muito amigáveis e educados. Mas uma regra de ouro para se entender a sociedade aqui é saber que eles são extremamente sinceros, e ainda mais diretos. Tem hora que se você não estiver preparado vai achar que é má educação mesmo. Se perguntar se está gordo, se o cabelo está esquisito, se o trabalho não ficou bom…. vai ouvir a verdade, e de forma super direta. E tem hora que vai ouvir sem sequer ter perguntado.

Para nós, brasileiros, povo com essa comunicação tão indireta, do “vamos ver se a gente marca”, pode ser um imenso choque cultural. Por outro lado se um holandês combinar algo com você 99% das vezes eles vão cumprir exatamente o que disseram. E nunca vão te iludir sobre como as coisas realmente são. Para o bem e para o mal.

Related posts

Como ser mãe longe da própria mãe?

Regina Oki

Expressões portuguesas que você precisa aprender

Gabriela Monteiro

Islândia – O concurso de música Eurovision

Erika Martins Carneiro

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação