BrasileirasPeloMundo.com
Polônia Transporte Público Pelo Mundo

Transporte público em Varsóvia

O transporte público em Varsóvia é uma das coisas que deixa qualquer brasileiro impressionado quando chega, principalmente por sua organização e pontualidade. Chegar em um ponto de ônibus ou bonde e ter uma tabela com todos os horários e percurso de seu transporte não tem preço! Outra coisa que impressiona, é não ter nenhum cobrador ou catraca dentro dos ônibus ou bondes; assim que você entra no veículo, pega seu bilhete e o valida nas máquinas. Trata-se de um sistema pautado na confiança e na responsabilidade que confia que nós, os passageiros, validaremos nossos bilhetes para, assim, continuarmos a ter um serviço de qualidade.

Se por um acaso seu bilhete não estiver validado e um fiscal entrar no veículo, você terá que pagar multa no valor de 266 PLN.

Em Varsóvia e seus arredores, o gestor do transporte público é o ZTM (Zarząd Transportu Miejskiego), que iniciou suas operações em 01 de janeiro de 1992. Todos os dias nas ruas saem mais de 1,5 mil ônibus, 400 bondes e 40 trens do metrô, sem contar os trens urbanos (SKM). A área de atuação do ZTM é dividida em 2 zonas: Zona 1 (Strefa 1) dentro dos limites de Varsóvia e Zona 2 (Strefa 2) que abrange os limites fora de Varsóvia.

Na zona 1 você pode se locomover com todos os tipos de bilhetes ZTM, mas na zona 2, você precisa ter o bilhete específico para as zonas 1 e 2.

Os bilhetes podem ser adquiridos nos pontos de serviço aos passageiros (Punkty Obsługi Pasażerów), correios, pontos de venda credenciados e nas máquinas de bilhetes espalhadas pelas ruas, estações de metrô e até mesmo dentro de ônibus. Caso o veículo no qual você esteja não tenha uma máquina, o motorista poderá vender o bilhete, mas não é sempre que ele terá o bilhete que você quer ou troco.

Os bilhetes valem para todos os tipos de transporte e você pode escolher o tempo de validade. Dentro desse tempo você pode usar qualquer tipo de transporte, quantas vezes precisar.

Todos os pontos ou estações de ônibus, bonde e trem têm um nome; em alguns lugares existem pontos com o mesmo nome, nesse caso, eles fazem parte da mesma região e são diferenciados por números ao lado do nome. Geralmente, isso acontece em cruzamentos com um maior fluxo de linhas.

A numeração se dá da seguinte forma:

Bondes – têm numeração de um ou dois dígitos.
Ônibus – têm numeração de 3 dígitos

exemplos:

  • 1xx, 2xx, 3xx – linhas com percurso normal, que param em todos os pontos;
  • 4xx, 5xx – linhas com percurso mais rápido, sinalizado na cor vermelha;
  • E-x – linhas expressas com percurso em horários de pico durante a semana, sinalizados na cor vermelha;
  • 7xx – linhas com percurso para fora da cidade;
  • 8xx – linhas com percursos para fora da cidade, durante a semana;
  • Nxx- linhas com percursos noturnos, a partir das 23:15 até às 4:30.

O ônibus 180 (Wilanów – Cmentarz Powązkowski – Chomiczówka) é muito recomendado aos turistas por causa de seu trajeto; ele passa pela Rota Real, desde a Cidade Velha até Wilanów, um percurso que dura em torno de 60-70 minutos.

Optimized-IMG_0331
Metrô da linha M2. Arquivo Pessoal.

O metrô de Varsóvia teve seu primeiro projeto aprovado em 1925, mas com o início da Segunda Guerra Mundial foi interrompido. Depois, em 1950, a construção foi iniciada, porém dificuldades econômicas fizeram com que o projeto não fosse finalizado. O terceiro projeto teve seu início em 1981, com a inauguração de sua primeira linha em abril de 1995.

O metrô é constituído por duas linhas: a M1, que liga o bairro de Bielany (estação Młociny) à parte sul da cidade, no bairro de Ursynów (estação Kabaty); e a M2, que vai do bairro de Wola, na margem esquerda do Rio Vístula (estação Rondo Daszyńskiego), até o bairro de Praga Velha, na margem direita do Rio Vístula (estação Dworzec Wileński).

A linha M2 ainda não foi terminada e a construção de mais estações está a todo vapor. O metrô funciona, diariamente, das 05:00 até às 00:00 (a cada 3-4 minutos no horário de pico, e a cada 7-8 minutos fora desse horário). As sextas e sábados funciona de 00:15 até às 2:30, com intervalos de 15 minutos.

Além de ônibus, bonde e metrô ainda podemos usar a linha ferroviária urbana (SKM), que liga Varsóvia aos seus arredores, sendo, muitas vezes, a melhor opção de transporte público para fazer essa ligação de maneira mais rápida e confortável.

Apesar de em Varsóvia termos um transporte público eficaz, também temos problemas e horários de pico, onde qualquer um dos tipos de transporte fica cheio. Algumas vezes atrasos ocorrem por causa do trânsito, do alagamento nos trilhos, ou até muita neve, mas nada que se compare ao transporte caótico de São Paulo, com o qual eu estava acostumada.

Quando vejo um polonês reclamar do trânsito, morro de rir, pois ele não sabe o que é ficar parado horas num congestionamento.

Para aquelas pessoas que querem aproveitar o ar livre e o tempo bom, a partir da primavera até o fim do outono temos as bicicletas ( NextBike ) espalhadas pela cidade, que após um simples cadastro e o pagamento inicial de 10 PLN, podemos utilizar gratuitamente por até 20 minutos. Depois desse período, um pequeno valor é debitado de seu saldo. Vale muito à pena pegar uma bicicleta e andar pelas ciclovias de Varsóvia e ver como a cidade consegue conviver em harmonia com carros, bondes, pedestres, bicicletas, ônibus e patinetes.

Para saber:

-Preços de alguns bilhetes:

  • Bilhete 20 minutos – normal: 3,40 PLN/reduzido: 1,70 PLN
  • Bilhete 75 minutos – normal: 4,40 PLN/reduzido: 2,20 PLN
  • Bilhete 90 minutos – normal: 7 PLN/reduzido: 3,50 PLN
  • Bilhete diário zona 1 (válido 24h) – normal: 15 PLN/reduzido: 7,50 PLN
  • Bilhete diário zona 1 e 2 (válido 24h) – normal: 26 PLN/reduzido: 13 PLN
  • Bilhete de fim de semana (a partir das 19:00 de sexta-feira até às 8:00 de segunda-feira), zonas 1 e 2 – normal: 24 PLN/reduzido: 12 PLN
  • Bilhete de fim de semana (a partir das 19 horas de sexta-feira até às 8:00 de segunda-feira) para até 5 pessoas, zonas 1 e 2 – 40 PLN
  • Bilhete 30 dias zona 1 – normal: 110 PLN/reduzido: 55 PLN
  • Bilhete 90 dias zona 1 – normal: 280 PLN/reduzido: 140 PLN
  • Bilhete para idosos acima de 65 anos zona 1 e 2 – 50 PLN

-Caso opte pelo bilhete de longo prazo, você precisará fazer um cartão (Karta Miejska). Para isso, deverá preencher o protocolo e precisará mostrar um documento (passaporte, por exemplo), ter uma foto 3×4 e pagar o valor do bilhete escolhido.

JakDojade: Site e aplicativo para traçar rotas

-Cachorros podem andar em qualquer tipo de transporte público, desde que estejam usando focinheira e tenham o cartão de vacinas em dia.

-Bicicletas e carrinhos de bebê são muito bem-vindos, mas a preferência sempre é para mamães e bebês.

-Entre abril e setembro, navegam as linhas turísticas de Varsóvia: barcos que fazem passeios pelo Rio Vístula.

-A novidade é a zona K + R (Kiss & Ride), um lugar especialmente destinado para poder parar, “dar um beijo” e deixar o passageiro para que este siga o seu caminho por ônibus, bonde ou metrô. Eles são facilmente identificados pela marcação no chão “K + R”, o carro pode ficar parado por até 2 minutos. Existe também o P + R (Park & Ride), que consiste em estacionamento gratuito para quem deixa o carro e segue viagem de metrô.

Kiss&Ride
Kiss&Ride. Arquivo Pessoal

Tallenna

Tallenna

Tallenna

Related posts

A brasilidade que faz falta

Isadora Mendes

O trânsito na Cidade do Panamá

Ana Rodrigues

Varsóvia Judaica

Gizelli Gliwic

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação