Turismo no Quênia Parte 2

0
105

Turismo no Quênia.

No texto do mês passado  dei dicas sobre como tirar o visto para entrar no Quênia, vacinas, hospedagem e outras dicas úteis para quem deseja conhecer o Leste Africano. Hoje irei falar da parte mais divertida e esperada que são os passeios e o que fazer para ter uma temporada de férias que realmente possa ser aproveitada.

O Quênia é um país relativamente pequeno, deve ter o tamanho do Estado da Bahia, mas dentro dele existem diferentes tipos de turismo que agradam a todos os gostos. Apesar de ser um país pequeno, não aconselho fazer estes passeios sozinho de carro pois as estradas são muito ruins e movimentadas o que pode tornar-se perigoso para os menos experientes.

O tipo de turismo mais procurado por aqui é o turismo para ver a vida selvagem, mais especificamente os Big Five (leão, rinoceronte, leopardo, búfalo e elefante), os chamados safáris. Antigamente os safáris eram para caçar, mas hoje em dia a caça de animais selvagens é sumamente proibida e, em caso de descumprimento da lei, a prisão é certa.

Atualmente, o país conta com 23 parques nacionais. Alguns são parques aonde serão encontrados todos os Big Five, outros, não encontraremos leões, por exemplo e outros são parques que preservam a flora e a vida marinha, já que o Quênia é banhado pelo oceano índico.

Uma vez que você chegue no Quênia, poderá contratar estes safaris aqui caso sua companhia de turismo não haja agendado para você com antecedência. As ofertas são abundantes e é muito difícil que esteja lotado ou que você não consiga saída para os dias desejados. Os passeios são feitos de domingo a domingo, mesmo em feriados nacionais. Aconselho que busque passeios que já incluam as refeições e que tenham boa reputação nos sites de turismo. Existem safáris para todos os bolsos. De qualquer forma, prepare-se, os preços são geralmente salgados (variam de 290 dólares por noite por pessoa com a entrada do parque incluída, transporte e comida, até 5000 dólares por noite por pessoa, aconselha-se pelo menos 2 dias de visita em cada parque).

Todos os passeios que listarei podem ser feitos com crianças e são relativamente tranquilos e seguros.

4. Masai Mara

Este é o parque nacional mais famoso do Quênia. Localizado no sudoeste do país fica a 220 quilômetros da capital Nairobi, na divisa da Tanzânia com o Quênia. Nele é possível encontrar todos os BIG five e contemplar a época de migração dos bichos que saem da região do Serengueti, na Tanzânia, em direção à região do Masai Mara e vice-versa. É o único lugar do mundo em que os animais podem ser vistos em grandes manadas, como eram nos períodos pré-invasão humana.

Os animais mudam de lugar dependendo da estação do ano, pois quando é época de chuva no Serengueti, é seca no Masai Mara e vice-versa, quando é inverno em um lado, é verão em outro. As zebras e gnus mudam de lugar para buscar pastagens mais verdes, enquanto os leões e leopardos ficam parados apenas esperando seu próximo alimento e fazendo a festa.  Esta migração constante, em círculo, do Masai Mara para o Serengueti e vice-versa, é o que eles chamam de “o Grande Círculo da Vida “, que inspirou o filme o Rei Leão.

3. Parque Nacional do Amboseli

Parque localizado ao sul, também na divisa com a Tanzânia, a cerca de 200 km de Nairobi. Nele é possível encontrar grandes manadas de Elefantes e Girafas. Há muito tempo já não se encontram os felinos em sua área, mas sem dúvida o mais famoso personagem de sua paisagem é o monte Kilimanjaro que, do alto de suas neves eternas (que estão cada vez mais escassas durante estes anos) contempla um pântano que mantem a vida de inúmeras manadas de elefantes e girafas. Lá é possível ver a vida familiar de uma manada de elefantes da maneira mais próxima possível.  Existem também excursões para subir o Kilimanjaro que podem ser agendadas com os próprios guias das excursões. Reserve pelo menos uns 3 dias neste parque caso queira escalar o monte.

2. Giraffe Centre

Se você gostaria de tocar em uma girafa e alimentá-la este lugar é imperdível. Localizado dentro da capital Nairobi, o Giraffe centre é um centro de conservação de girafas que permite observar e alimentar as girafas com nossas próprias mãos. Nele existem ossadas e guias que contam um pouco sobre o ciclo de vida da girafa e os diferentes tipos de girafas existentes. Ao lado, existe um hotel único no mundo em que, caso seu orçamento permita, deixa as girafas bem próximas da mesa de café da manhã e sem dúvida vale a pena conhecer. Este centro fica no bairro de Karen e custa cerca de 7 dólares a entrada para não residentes e funciona das 9:00  até as 17:00.

1. David Sheldrick Orfanato de Elefantes

Sem dúvidas um dos passeios que não se pode perder quando estamos em Nairobi. Um grande abrigo para elefantinhos bebês que perderam suas mães pelo tráfico do Marfim. O elefante sendo mamífero necessita de sua mãe até aproximadamente 2,5 anos para sobreviver. Quando a mãe morre antes deste período, o animal filhote geralmente morre também pois fica abandonado pela manada e não tem condições de sobreviver sozinho. Geralmente morreria em 3 dias se não fosse pelo trabalho do orfanato, que já resgatou centenas de animais, os alimentou e os acompanhou até ficarem aptos novamente à vida selvagem. No orfanato é possível vê-los tomando mamadeira, como brincam entre si, tocar nos pequeninos e adotar um elefante, caso queira. É um trabalho lindo e emocionante uma vez que um elefante é morto há cada quinze minutos no Quênia hoje em dia. A entrada custa em torno de 5 dólares e as visitas são diárias, das 11:00 am às 12:00.

No próximo texto falaremos sobre os outros imperdíveis passeios que valem a pena ser feitos na terra do Simba.

Hakuna Matata !

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.