BrasileirasPeloMundo.com
Turquia

Turquia e as novas restrições

Turquia e as novas restrições.

Desde o início desse período de pandemia o mundo tem se comportado de maneira que não conseguimos ter certeza de nada. É necessário aguardar todo final de mês para sabermos as novas diretrizes para o mês seguinte. A Turquia não é diferente.

Quando tudo começou o mundo não sabia de que forma se comportar, ninguém sabia. Tudo estava incerto, surpreendente e deixando um rastro de medo e pânico.

Aos poucos fomos compreendendo o que acontecia, tomando as medidas necessárias de cuidado, mas ainda assim fomos atingidos direta ou indiretamente.

Turquia e as novas restrições

Atualmente a Turquia está com as fronteiras abertas para os brasileiros. Existe a exigência de apresentação de teste negativo da Covid-19 (PCR) antes do embarque. E o teste deve ser feito nas 72 horas que antecedem o embarque.

Essa exigência deve durar até o dia 01/03/2021, mas como disse anteriormente, tudo muda, a cada mês, com as novas estatísticas, e nada pode ser dito como absoluto.

Restrições adicionais e cancelamentos de voos podem acontecer a qualquer momento, sem aviso prévio.

O uso de máscaras em locais públicos é obrigatório e o não uso implica em multa no valor de 3.150 liras turcas, R$ 2.250,00 (dois mil, duzentos e cinquenta reais).

Os restaurantes e bares estão fechados e só podem oferecer serviço de entrega ou retirada.

Leia também sobre o Mercado de trabalho para estrangeiros na Turquia

Está em vigor o toque de recolher lockdown, todos os dias, durante a noite, das 21h às 05h. E aos fins de semana, das 21h de sexta-feira às 05h de segunda-feira.

Os turistas podem circular pelas ruas em qualquer horário e dia, inclusive no horário do toque de recolher, mas devem sempre portar seus passaportes e, se solicitados (isso acontece regularmente), apresentar seus documentos às autoridades locais.

As atrações turísticas e comércio considerado essencial têm permanecido abertos nos fins de semana, mas é sempre bom verificar os horários dos eventos porque também podem mudar a qualquer momento.

Exigência de quarentena

A Turquia também faz a exigência de quarentena para as pessoas que visitam o país e em seu território adquiriram a Covid-19. Isso pode acarretar em atraso na volta da viagem.

As regras sobre o local para cumprimento da quarentena pode variar de acordo com a província visitada. E a quantidade de dias em quarentena varia entre 10 e 20 dias, de acordo com os sintomas e necessidades.

Caso o viajante tenha passado pela África do Sul, Dinamarca ou Inglaterra, mesmo com o resultado do teste negativo, existe a exigência da quarentena de 07 (sete) dias.

A Turquia adotou um sistema de controle que, aos poucos, tem se tornado mais exigente e obrigatório, é o código HES (Hayat Eve Siğar).

A princípio, os turistas estão isentos da obrigatoriedade de apresentar o código HES, entretanto, muitos locais como hotéis, shoppings e locais turísticos têm feito essa exigência.

Leia também: 8 suposições errôneas sobre a Turquia

A última decisão do governo foi de exigir o código também para o uso do transporte público com o cartão de passagem Istambulkart.

Através desse código, é possível rastrear o local por onde essa pessoa esteve e caso passou por algum ponto onde existe alguém infectado, se torna um ponto vermelho, ou seja, é sinalizado que ela pode estar contaminada e um monitoramento é realizado ou a entrada dela nos locais que exigem o código pode ser negada.

Para obter-se o código é necessário ter um chip de telefone habilitado na Turquia e enviar uma mensagem de texto para o número 2023, no seguinte formato:

HES [espaço] código de sua nacionalidade BRA [espaço] número de seu passaporte [espaço] ano de seu nascimento [espaço] SOBRENOME

Como tudo é novo e recente, vamos adequando-nos, aprendendo e ajustando o que precisa ser ajustado. Nada está perfeito, já que tudo aconteceu muito rápido e pegou muitos governos de surpresa, assim como nós.

As escolas e universidades permanecem fechadas, com exceção da pré-escola.

A quantidade de infectados aumentou consideravelmente nos dois últimos meses e muitas pessoas também adoeceram psicologicamente, emocionalmente e fisicamente. Isso em todo o mundo.

Leia também:  Golpes na internet usando empresas turcas

Esse é um momento que exige resiliência, empatia e isolamento. Essa tem sido a palavra de ordem: isolamento. Na Turquia, como em todo o mundo, as pessoas não estão preparadas para se isolarem, porque esse comportamento exige muito mais do que não sair de casa desnecessariamente.

Isso envolve controle, amor, doação e acima de tudo responsabilidade consigo e com o outro. O mundo está aprendendo a lidar com esse momento e esse aprendizado transpõe fronteiras, culturas e línguas. O povo turco também está reinventando-se, procurando respostas, certezas e cura.

A vacinação começou aqui no dia 14 de janeiro de 2021, e junto com ela a grande esperança de que esse momento passe mais depressa e que a vida não seja mais como antes, mas que seja melhor, com mais saúde, mais vida e principalmente mais certeza de que o nosso futuro são nossas ações de hoje.

E se realmente acreditamos assim, esse momento nos ensinou. E de alguma forma, ainda em meio à tristeza e dor de perder entes queridos, amigos, conhecidos e mesmo desconhecidos, descobrimos e compreendemos que somos todos responsáveis por um mundo melhor.

Related posts

Idioma Turco: dicas de aprendizagem e confusões

Rubiana Ozturk

Cursos gratuitos na Turquia, onde fazer

Cristhiane Mutlu

Transporte público na Turquia

Cristhiane Mutlu

1 comentário

Isaac Março 16, 2021 at 6:45 pm

Obrigado por no manter informados Cristhiane! Não encontrei em nenhum lugar um relato tão completo e detalhado de como estava a situação na Turquia como o que descreveu aqui.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação