BrasileirasPeloMundo.com
Turismo Pelo Mundo Turquia

Viajar  pela Turquia

Turquia

Viajar pela Turquia.

Quando pensamos em Turquia, logo imaginamos algumas cidades muito turísticas e atrativas, como Capadócia e Istambul.

Pensando sobre isso, decidi mostrar um pouco além dos pontos turísticos conhecidos. Quero mostrar a vocês uma Turquia realmente linda, surpreendente e rica culturalmente, gastronomicamente e que sabe receber.

Outro tema que quero tratar neste texto é a segurança em viajar sozinho ou sozinha pela Turquia. Muitas pessoas me questionam sobre isso nas redes sociais. Então, vamos começar por esse ponto, mas antes quero ressaltar que meu intuito não é, em nenhuma hipótese, fomentar o turismo ou incentivar de qualquer forma isso nesse momento.

Leia também: O turismo religioso cristão na Turquia

Quero, sim, de algum modo, levar você a uma viagem por esse belo país através desta leitura. E se despertar o desejo de conhecer de perto os lugares citados, aguarde e programe-se para um momento oportuno e seguro para todos nós.

A Turquia é, sim, um país bem seguro para viajar, para fazer turismo, seja para homens ou mulheres que viajam sozinhos ou acompanhados.

Como todo estrangeiro em terra estranha, ficamos receosos de fazer essa viagem no início, mas a medida que vamos avançando, conhecemos quão generoso e hospitaleiro é esse povo.

Viajar pela Turquia

Viajei 12 dias pelo interior da Turquia de carro e dormindo em barraca, junto com mais três amigos brasileiros. Saímos de Izmir, fomos até a fronteira com a Síria e paramos a 10 metros da cerca que separa os dois países para tomarmos um autêntico chá turco. Documentamos e mostramos tudo isso em nosso canal e vou compartilhar com vocês todas as impressões que ficaram dessa aventura.

Segurança, isso é a primeira coisa que vou defender. Dormimos em barracas à beira da praia, em parques públicos e até na estrada. Houve pessoas que nos cederam o quintal em meio a plantações de maçãs.

Em outra cidade nos cederam o terraço do prédio e de várias formas experimentamos a segurança em lugares diferentes. Quesito aprovado! Nunca fomos incomodados por ninguém ou nada.

A segurança nas estradas também é muito boa e bem sinalizada, sem falar nas paisagens diferentes e povoados que encontramos. As pessoas nos receberam com muita simplicidade e hospitalidade.

Verão e belas praias turcas

Para quem prefere o calor, os melhores meses são junho, julho, agosto e setembro. Já para quem prefere o inverno, outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro e março. Meses realmente frios e em muitas regiões com muita neve.

Nos meses de inverno mais intenso há bases de esqui em muitas cidades, e uma das mais famosas é Uludağ, na cidade de Bursa, uma experiência que vale a pena.

Mas como o verão é o período mais procurado, vamos nos concentrar nas possibilidades para essa estação. Praias, elas são muitas na Turquia e são belíssimas. Temos praias do mar Mediterrâneo, do mar Egeu e do mar de Mármara.

Além das praias, há lagos que nos extasiam com sua beleza e transparência. Uma das praias que considero mais belas e com muitas opções de passeios para outras praias em ilhas próximas é a praia de Ölüdeniz, em Fethiye.

Saiba aqui 10 curiosidades sobre a Turquia

É uma praia do Mediterrâneo, com águas mornas e sem areia. Transparente e com diversos barcos que partem dali para outras ilhas, inclusive a ilha de São Nicolau, o famoso Papai Noel. Uma ilha onde existem ruínas e contam a história desse famoso personagem conhecido no mundo inteiro, mostrando que realmente viveu na Turquia.

Em Ölüdeniz é possível voar de paraglider, uma das coisas mais emocionantes que já fiz. Pulei da montanha Babadağ, a mais de 2000 metros de altura e vislumbrei a mais bela paisagem que poderia imaginar. O valor é acessível, custa em torno de 600 liras turcas (R$ 392,00), para meia hora de voo.

Próximo à Fethiye existe um dos maiores cânions da Europa, o Saklıkent. É possível também descer 5 Km correnteza abaixo pelas águas que passam pelo cânion numa boia, praticando o boia cross por um valor muito acessível, 50 liras turcas (R$ 33,00). A água é gelada, mas a emoção é indescritível. Caminhar por dentro do cânion é outra atividade permitida.

Gaziantep, a capital gastronômica da Turquia

Outra cidade, indo mais à Sudoeste que vale a pena visitar é Gaziatep, a capital gastronômica da Turquia. Pense em sabores, aromas, texturas e cores em pratos tipicamente turcos.

Gastronomia elaborada com o conhecimento popular e tradicional e o que muitos não sabem é que os pratos gastronômicos de Gaziantep são Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Consegue imaginar isso?

São tão bons que estão guardados pela Unesco. É também a terra do pistache e muitos doces tradicionais levam esse sabor em sua receita. O mais famoso em Gaziantep é Katmer.

E continuando a viagem, passamos pelas terras onde nasceu e viveu Abraão, a cidade de Şanlıurfa e Harran.

Cidades tradicionais e sagradas para cristãos e muçulmanos. Şanliurfa é a cidade onde existem muitos pontos sagrados, entre eles a caverna onde Abraão ficou escondido, segundo a crença islâmica; e o lago onde aconteceu um grande milagre também relacionado a Abraão.

Harran, a cidade onde Abraão viveu

Já em Harran é possível visitar casas que foram construídas sem qualquer tecnologia, mas que resistem ao tempo e ao uso. Casas em forma de cone, térmicas e tradicionais, que contam histórias de famílias que vivem ali há muitas gerações. Harran é a cidade onde Abraão viveu por muitos anos antes de entrar na terra prometida, conforme relato bíblico.

Outro ponto importante ali perto é Göbekli Tepe, uma das mais recentes descobertas na Turquia. Um sítio arqueológico que imaginam ser o início de tudo aqui na Terra e para quem gosta de história é um ponto imperdível e obrigatório.

Há ainda muitas coisas que gostaria de colocar neste texto, em destaque, como a cidade de Mardin, Midiyat e um dos mais belos lagos que já vi, o Salda Gölu. Um lago com águas transparentes e mornas, com propriedades medicinais e pouco conhecido pelos turistas. É um mergulho no aquário literalmente, mas os peixes somos nós.

Veja também: Como é viajar sozinha pela Turquia?

Visitamos também o Monte Nemrut e esse é um local que todo ser humano deveria visitar um dia. Com o nascer e o pôr do sol considerado um dos mais lindos do mundo, realmente comprovei que deve ser.

Uma montanha com estátuas em seu cume, construído para abrigar o corpo do rei e sua família após sua morte. Subimos para ver o nascer do sol e confesso que é um dos espetáculos que a mente não esquece nunca.

Por esses e por outros lugares, visitar a Turquia é sempre um privilégio. É um país que exala cultura do momento em que acorda até o momento em que dorme. Aprendemos as diferenças e a importância dessas diferenças.

Não precisamos e acredito que nem queremos ser iguais, mas se conseguimos compreender e respeitar as desigualdades, já chegaremos quase ao final da corrida.

Pandemia e restrições

Atualmente tudo está fechado na Turquia. Lockdown decretado desde o dia 26/04/2021 e com duração de três semanas, podendo ser prorrogado. Nesse caso, quero realmente que compreendam a necessidade de ficarmos em casa e nos programarmos para um roteiro de viagem com bastante cautela.

Vamos aproveitar esse momento para organizarmos nossas metas e objetivos e que viajar para nos enriquecer seja sempre um plano em nossas vidas.

Quer saber mais sobre o BPM? Siga-nos também no Instagram e no Facebook

Related posts

As praias do México: Acapulco e Los Cabos

Ana Paula Almeida

Roma em três dias

Marina Sacco

Fim de semana em Cinque Terre na Itália

Nathália Braga Bannister

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação