Bom senso no relacionamento virtual com turcos

124
21609
Advertisement

Nos últimos anos, o número de relacionamentos entre brasileiras e turcos tem crescido consideravelmente e uma enorme parcela desses romances surge na Internet. Geralmente, em redes sociais, sites de jogos ou de idiomas.

Como eu tenho um canal falando sobre a Turquia, no qual eu alerto sobre esse tema desde Novembro de 2013, recebo muitas mensagens com relatos dessas brasileiras e o meu texto de hoje será baseado nesta fonte de informação.

Os namoros costumam começar por iniciativa do turco que muito insistente e galanteador rapidamente faz juras de amor e promete casamento. Algumas mulheres relutam no início, mas depois de um tempo acabam cedendo às investidas. Os meses se passam e o casal começa a programar o primeiro encontro. Nesse momento é que as coisas tendem a se complicar. Quase 100% dos casos que conheço têm o mesmo perfil: o turco quer que a namorada vá para a Turquia primeiro e também decide que eles irão viver em seu país após o casamento.

Bom, sendo este relacionamento com qualquer homem estrangeiro os desafios e choques culturais já seriam inevitáveis. Contudo, por se tratar de uma união entre uma ocidental e um muçulmano (quase todos os turcos são muçulmanos por criação, praticantes ou até mesmo fervorosos), as dificuldades e riscos aumentam drasticamente e o preço maior a ser pago quase sempre é cobrado da brasileira que precisa deixar seu país, aprender um novo idioma, conquistar a família do noivo (turcos raramente se casam sem a aprovação dos pais sejam eles religiosos ou não e seus pais geralmente interferem bastante na relação), se adaptar aos costumes muçulmanos e ainda lidar com o impacto de ser expatriada.

E em MUITOS casos, o namorado turco impõe direta ou indiretamente a conversão de sua amada ao Islã, algo totalmente proibido pelo próprio Alcorão. O certo é a pessoa decidir por livre arbítrio se quer ou não se converter, mas várias famílias turcas tradicionais costumam pular essa parte dos ensinamentos!

Além desses sacrifícios mais comuns que a brasileira costuma enfrentar, também existe a possibilidade de riscos à sua própria segurança e a necessidade de apelar para a Embaixada ou Consulado do Brasil na Turquia caso o namorado não seja exatamente o que aparentava na Internet.

Muitas são as apaixonadas que largam tudo no Brasil apenas por uma promessa de amor feita via Skype sem a menor garantia e muito menos um plano B! Elas simplesmente compram a passagem, juntam um pouco de dinheiro e pernas para que te quero! Em poucas horas colocam suas vidas nas mãos de um homem que nunca viram antes, se hospedam na casa dele e contam totalmente com a sorte.

Isso quando a família do turco não está envolvida e as impedem de dormir debaixo do mesmo teto que o rapaz – para muitos pais turcos isso é inadmissível sem que tenha ocorrido o casamento – e de última hora precisam encontrar um lugar para ficar. Como se tudo isso não fosse o bastante, ainda há casos em que o casal só se comunica via Google Tradutor! Isso mesmo.

O desfecho dessas histórias em muitos casos é sombrio. Conheço várias brasileiras frustradas que voltaram ao Brasil com uma lembrança bem amarga de rejeição (por parte da família turca), decepção (devido ao comportamento diferente do homem turco) e/ou choque por não ter se adaptado à cultura turca, e só quando o sonho de encontrar o amado se despedaçou é que elas se deram conta de que queimaram etapas cruciais. Como, por exemplo, superação de diferenças graves, compreensão da cultura do outro e planejamento cauteloso da mudança para a Turquia.

O otimismo comum aos apaixonados não os deixa enxergar o quanto são culturalmente diferentes entre si e quando a realidade toma o lugar do computador é que eles percebem o preço elevado a ser pago em uma relação binacional.

Não quero com isso dizer que todas as histórias envolvendo turcos e brasileiras acabam mal. Além de mim, conheço vários casos que deram certo. Porém, eu decidi usar o espaço deste site para fazer mais um alerta às mulheres que se envolvem pela Internet com alguém do outro lado do mundo detentor de uma cultura que em muitos aspectos é completamente incompatível com a realidade mais liberal do Brasil.

Eu não conheci meu marido pela Internet e muito menos casei de um dia para o outro. Tive um namoro normal e me dei o devido tempo para compreender a cultura turca e me acostumar com a mesma. Fiz isso porque acredito que uma mudança tão drástica quanto essa tem que ser feita com calma e pé no chão. Por isso deixo aqui algumas dicas fundamentais para quem tem um namoro virtual.

  • Cheque todas as informações pessoais do seu namorado (endereço residencial, telefone fixo, móvel, etc.);
  • Proponha que ele te visite no Brasil antes de você ir até a Turquia;
  • Peça para conhecer a família dele por vídeo (principalmente os pais)
  • Aborde temas polêmicos tais como: religião, vestimenta, valores morais para saber até que ponto vocês são diferentes.

Desconfie se:

  • Ele esconde de você a lista de amigos no Facebook dele (provavelmente ele é comprometido ou apenas está se divertindo com você);
  • Some da Internet e volta um tempo depois com alguma desculpa;
  • Te pede dinheiro sob o pretexto de dívidas, parente doente, etc. (o homem muçulmano é criado para ser provedor e não para pedir dinheiro à mulher);
  • Controla as suas roupas, te obriga a excluir homens das suas redes sociais e tem crises de ciúmes excessivas;
  • Possui discurso autoritário e extremamente machista do tipo: você não pode isso, você me deve obediência;
  • Demonstra uma personalidade violenta e temperamental. Homens assim podem acabar partindo para a agressão física quando são contrariados.

A minha intenção com todo esse alerta não é destruir sonhos ou prever o fracasso na relação de ninguém. Não costumo brincar de Deus. Só tento conscientizar as pessoas, dando a elas informações importantes sobre a cultura turca e relacionamentos virtuais fracassados, de modo que possam tirar suas próprias conclusões e decidir por si mesmas se o relacionamento que estão vivendo vale mesmo a pena.

Não há felicidade sem riscos e sacrifícios. Eu paguei para ver e hoje vivo muito feliz! Porém, o nosso instinto de autopreservação deve ser mantido em alerta sempre, a fim de evitar que essa busca não se transforme em um verdadeiro pesadelo!

—-

Leia mais textos sobre Relacionamentos Online

Conheça a página de Psicólogas Pelo Mundo, do BPM!

124 Comentários

  1. Parabens pelo texto, assunto muito importante a ser abordado! Sigo também uma outra brasileira que alerta sobre as armadilhas desta mistura tao diferente en termos de cultura! Parabens pelo texto Aline! Namasté 🙂

      • Aliné eu tenho muitas perguntas sou brasileira e conheci um rapaz turco e ele esta me cortejando muito romântico e diferente do que você classifica me postou no seu face mandou fotos de seus pais e em em junho o que devo falar mais com ele me ajude

        • Ana Paula… tenha bem firme os pés no chão, pois o CHOQUE CULTURAL É IMENSO, dê tempo ao tempo… CONHEÇA-O AO MÁXIMO que puder, EXTRAIA INFORMAÇÕES CRUCIAIS, tipo fazendo perguntas como sobre a RELIGIÃO (se caso vocês vierem a vias de fato se casarem, ele e/ou família te “obrigará” a seguir a religião Mulçumana?). Vê até onde vai a opinião dele sobre isso, muito importante!), VESTIMENTA (como ele e a família veem o modo de uma moça se vestir, você conseguirá se encaixar?), COM RELAÇÃO A FAMÍLIA DELE como ele irá se posicionar com relação à vocês (pois como disse a Aline Sain e outra brasileira que tem um canal no Youtube… Grande parte das famílias tradicionais turcas não veem com bons olhos casamentos com estrangeiros, e quando acabam “aceitando”… tem grande chance de querer te “enquadrar” no modo de vida deles/cultura.

          Ana Paula, pense muito bem… quando for falar com ele via Skype pede pra conhecer a família dele, principalmente os pais dele!

          Outra sugestão importante, não vá para a Turquia sem antes pedi-lo para vir ao Brasil e se conhecerem bem por antes, para depois tomarem decisões mais concretas.

          Amiga Ana, sou tbm brasileira, e só quero ajudá-la, desejo do fundo do meu coração que não seja mais um caso frustante por causa dos choques culturais, mas que vença o amor se de fato for verdadeiros.

          Desejo votos de felicidades, se cuide!

          Abraço.

          • *Só acrescentando não é só o choque cultural, mas PRESTE TAMBÉM ATENÇÃO SE ELE DE FATO TEM BOAS INTENÇÕES, SE ESTÁ AFIM DE LUTAR REALMENTE POR VOCÊS.
            OU SE É MAIS UM… QUERENDO ARREBATAR CORAÇÕES, PARA DEPOIS SEGUIR AS TRADIÇÕES E SE CASAR COM UMA MULHER TURCA, COMO MANDA A CULTURA,

            SÃO MUITOS OBSTÁCULOS, REVEJA, AVALIE, QUESTIONE ATÉ ONDE VAI…

            BOA SORTE AMIGA, QUE DEUS TE PROTEJA DE TODO MAL, AMÉM.

  2. Aline,

    Excelente texto de alerta…aqui na Holanda, vejo muitos e muitos casos assim. As mo;cas vem para cá, assim na sorte, sem ao menos falar ingles , ou seja, sem ter ao menos um idioma em comum com o parceiro….nao checam informacoes, nada , nada. Namoro á distância requer paciência e mais ainda pés nos chão. Não dá para simplesmente largar tudo e arriscar. Independentemente, de terem se conhecido via intenet ou pessoalmente, há que se prevenir. Eu sugeriria mais algumas atitudes preventivas que eu mesma apliquei : – visitarem-se várias vezes antes de tomarem alguma decisao ( para que a pressa? conhecer bem uma pessoa leva tempo) , nao apenas a mulher ir ao parceiro, mas este também visita-la . – nessas visitas observar o comportamento da familia e dos amigos -observar as pequenas atitudes – prestar atenção em como o parceiro(a) se comporta com os ja citados amigos e família – se possível visitar o ambiente de trabalho – checar o nome da pessoas nao so no google, mas tb em sites especificos que denunciam as “figurinhas carimbadas”em dar golpes em mulheres estrangeiras – informar-se sobre a cultura e religiao do parceiro….e finalmente nao deixar-se cegar pela paixão ou pela vontade de morar no exterior. Poderia, citar muito mais coisas, mas paro por aqui…deixando o alerta : Tenha os pés no chão !!!

    • Obrigada, Cíntia. E as suas dicas também são bem úteis, já falei disso no meu canal: é mega importante encontrar o namorado ANTES de casar e até morar junto antes de oficializar o casamento para ter certeza de que realmente está fazendo a escolha certa. Beijão!!

      • Olá Aline eu sou Crisleine Duarte eu estou lendo essas informações e gostei muito. Tenho um Noivo Turco que mora em Istambul ele me pediu para ir morar com ele em seu país, estou com medo mais ao mesmo tempo eu amo ele. Tenho uma filha de 5 anos nós duas só falamos a linguá português do Brasil. Não conheço nenhuma brasileira que more em Istambul para me ajudar, tenho perguntas como existe escolas para brasileiros que não falem outra linguá? como seria a vida de uma mulher com filho nessa circunstancias ? Você pode me ajudar nesse sentido? outra duvida e quantas horas de voo para Istambul saindo de Curitiba.

        • Crisleine, a Aline parou de colaborar conosco e estamos sem colunista na Turquia. Sobre a sua dúvida, posso lhe dizer que a vida é muito difícil quando a gente vai morar num país onde não falamos a língua mas com o tempo, tudo vai se adaptando, principalmente se você falar inglês, que ajuda bastante na maioria dos países. Tente buscar grupos no Facebook de brasileiras na Turquia para ver se alguém consegue dar uma luz e leia também os outros textos sobre relacionamentos online publicados aqui no blog para evitar cair numa cilada. A Fabi do Brasil tem dois textos ótimos a respeito.
          Boa sorte,
          Edição BPM

  3. Gostei do post fala bem real do ocorre nas maioria dos casos nada fácil viver entre mundo dos turcos a pessoa tem que amar muito e ter o pés no chão.

    • A liberdade de expressão é decidida por mim, criadora e editora do blog. O seu comentário anterior não foi aprovado, decisão minha, por dois motivos, primeiro a sua falta de elegância ao se expressar, e segundo que a Aline é apenas colunista neste blog, portanto comentário relacionados com o canal ou o blog dela pessoal são para serem enviados para os próprios. 🙂

          • Eu acabei de ser enganada por um Turco lindo que manteve um relacionamento virtual por 2 anos, sem pornografia, conheci amigos irmã, mãe, o face era dele mesmo!!! Ele tentou entrar no Japaoe com minha ajuda e financeira!! Voltou a Turquia foi barrado Depois de um ano retornou ao Japão e foi barrado Na imigracao entrei fomos investigados Por 5 horas Ele conseguiu, Em 25 dias Ele mudou da agua para o Vinho!! Me bloqueou!! Ameaçou tudo Fica dica saem for

  4. conheci um turco a varios meses começamos a nos relacionar e logo ele começou a me falar que tinha dividas diz ja ter namorado outra moça brasileira de nome diane de ~são jose dos campos mas diz qu o relacionamento acabou gosto muito dele mas desconfio que seja golpista ja trocou de nome varias vezes no face quero saber o que vc acha diso ? bom ele diz chamar se sinan karaca

    • Homem turco mencionando que tem várias dívidas para uma mulher, provavelmente é golpe porque aqui, os homens são criados para bancar a mulher e não para pedir dinheiro. Principalmente, quando está só namorando. Melhor você se afastar, Netty. Bjs

  5. Namastê Aline realmente parabéns pelo texto.eu venho pesquisando um pouco sobre a religião mulçumana e ainda tenho muitas dúvidas sobre xiitas e suditas, qual é o mas radical e como foi o processo de aceitação da família de um mulcumano com uma latino américa? Att Elaine Rangel

    • Olá, Elaine. Namastê!! Bom, eu sou a última pessoa do mundo indicada para falar do Islã. Isso porque a família do meu marido é muçulmana não-praticante e NUNCA nem tocou nesse assunto comigo, pois sabem que eu não tenho e nem quero ter uma religião. Infelizmente, vou ter que te deixar na mão…. Mas se eu não me engano, os xiitas são os mais radicais. Beijos!!!!

  6. Criei um blog sobre a minha experiencia na turquia Renascendo na turquia, espero a visita de vocês, la falo sobre minha experiencia pessoal ao sair das ruas do brasil para ir morar com uma família turca em Istambul aos 13 anos, e a experiencia de uma casamento forçado aos 19 anos.

    • Vi teu blog Maya e gostei uma pena que não consegui ver mais historias do dia fatal do teu casamento só consegui ver as historia dos preparativos na casa do teu tio para a festa pra conhecer o noivo ataulize o blog adorei …. fiquei muito emocionada com teu relato e fui as lágrimas… beijos

  7. OLa ALINE TBEM ESTOU NAMORANDO UM TURCO POR ALGUNS MESES GOSTO MUITO DELE E ACREDITO Q ELE DE MIM TBEM ME PEDIU EM CASAMENTO E PEDE P QUE EU VA PARA CANAKKALE PARA NOS CASARMOS, GOSTARIA DE UM CONSELHO SEU POIS ADOREI SEU BLOG E CONSELHOS.

    • Oi Dione, eu acho que você deveria ir com calma. É comum na cultura muçulmana logo se falar em casamento. Alguns fazem isso de coração e outros apenas para conseguir o que querem da mulher (se é que você me entende).
      Então, o melhor é sempre dar tempo ao tempo para vocês se conhecerem melhor ANTES de casar. Até porque a cultura turca é MUITO diferente da nossa e isso impõe muitos desafios ao casal.
      Eu iria além e sugeriria morar junto antes de casar. Eu fiz isso, algumas amigas minhas também fizeram ou fazem e é a melhor forma de ver se o relacionamento funciona mesmo na prática. Beijos.

      • Oi Aline!! Concordo com você! Me casei com um turco, mas ele que veio morar no Brasil a meu pedido. No começo quando ele veio a primeira vez me visitar, fiquei com tanto medo que mandei os dados dele para a delegacia especializada em tráfico de pessoas hahahaha coitadinho….mas a delegada me ligou mesmo. Olhou os dados dele com o consulado e me confirmou que era verdade. Muito atenciosos. Tem que tomar muito cuidado, porque meu marido mesmo fala que muitos turcos são safados, e só querem aquilo rsrsrsrs.

  8. IRACILDA R SOUZA.
    Conheci um Turco, Através de um site de Relacionamento. e Desde então estou vivendo um namoro virtual. nos comunicamos todos os dias. ele um, homem,: uma pessoa bastante séria, ao que me parece , tem 53 anos,atráves do watsapp, manda todos os dias através de video ,gravação ao vivo da casa onde mora, tem um menino lindo. Ele fala muito de sua religião, ( inslã), fala que seu pai e mãe, são falecidos. tem discuso bonito.estou impresionada., Eu sou uma mulher simples, ja fui amasiada, tenho três filhoe,tenho 52 anos, Gostaria de ajuda. Ele mandou o endereço da casa onde mora, nº do Telefone.

    • Olá Iracilda, eu acho que namoro virtual é algo complicado, principalmente quando a pessoa já tem filhos e tudo porque se a relação vingar, um dos dois terá que largar tudo pelo outro.
      Talvez seja melhor se relacionar com alguém de sua cidade, não acha?
      Bjs.

      • Não acho que seria necessário procurar alguém de sua cidade, se eles dois estão tendo um dialogo maneiro e se ele manda fotos do filho e principalmente do local onde ele mora, eles tem tudo para dar certo, más um dos dois teria que renunciar seu pais.

        De inicio como Aline sugeriu no texto, Você poderia convida-lo para conhecer sua cidade Iracilda.

  9. Aline, Adorei seu artigo e acredito que deveria estar na primeira pagina do O Globo por 6 meses seguidos. Moramos no Oriente Medio, e minha esposa (Carla) recebe dezenas dessas mensagens pedindo aconselhamento regularmente. As pessoas precisam entender sobretudo, que a cultura e diferente ao extremo, e que apesar de algumas pessoas se “adaptarem” – muitas das vezes e dificil “aceitar” verdadeiramente. As vezes, e uma questao de principios – e como voce disse 99.9% das vezes, e ela que tem que abrir mao de tudo. Essa mensagem precisa chegar a essas meninas novinhas que se dizem “loucamente apaixonadas” e que querem largar tudo, mudar e casar… Vida conjugal nao e facil; em um novo pais mais desafiadora; em uma cultura diferente ao extremo muito dificil; e sem saber exatamente o que devera deixar para tras e o que te espera – a receita perfeita para um desatre.

    • Pois é Vidal. As chances disso tudo dar errado são imensas, por isso eu alerto sempre que posso – aqui no BPM, no meu blog e canal no Youtube.
      Também recebo essas mensagens de jovens, mulheres e até senhoras completamente apaixonadas e decididas a largar tudo pelo namorado. É difícil…. Obrigada pela visita.

  10. oi linda estou passado por isso conhecir um turco falor com ele no skyp no facebook no celular mais ele e estranho ele tem vez que falar dereito outras vezes nem responder eu vou conhecer a turkia ismir mais ele jja quer que case eu nao quero eu tenho muito medonao sei de nada so vejo uns amigo dele quando ele posta um meu amigo eu tambem bloqueio mais ate agora ele nao venho mi peder denheiro nao mais ele nao gosta que combri muito.

  11. OI ALINE .ME CHAMO MIRIAN E ME RELACIONO COM UM TURCO,ELE JÁ VEIO AO BRASIL PARA NOS CONHECERMOS,MORAMOS JUNTOS POR SEIS MESES ATÉ VENCER O VISTO DELE,E ELE TEVE QUE VOLTAR.QUER QUE EU VÁ ATÉ LÁ PARA CONHECER A FAMILIA DELE, É DIVORCIADO TEM DOIS FILHOS QUE VIVEM COM A EX MULHER DELE.EU ME APAIXONEI POR ELE PELO SEU JEITO DESTEMIDO E OUSADO,FALOU QUE VIRIA E VEIO,SEM ME CONHECER ,SEM FALAR O IDIOMA SEM CONHECER NINGUEM AQUI, ELE VEIO ,NO COMEÇO NÃO BOTEI FÉ ,MAS QUANDO ME MOSTROU A PASSAGEM PELA CAM ,EU QUASE TIVE UM TROÇO.MORAMOS JUNTOS SEM ELE FALAR UMA PALAVRA EM PORTUGUES E EU SEM FALAR UMA EM TURCO,MAS O INCRIVEL É QUE PARECIA QUE NOS CONHECÍAMOS Á UMA ETERNIDADE ,E NOS ENTENDIAMOS MUITO BEM ,MINHAS AMIGAS E AMIGOS FICAVAM IMPRESSIONADOS COM A NOSSA SINTONIA,SINTO MUITA FALTA DELE,NÃO POSSO IR PARA LÁ POR AGORA E NEM SEI QUANDO PODEREI ,POIS MINHA MÃE TEM ALZHAIMER E ESTÁ TOTALMENTE DEPENDENDE DE MIM ,E EU NÃO TENHO CORAGEM DE DEIXA-LA ASSIM ,E EXPLIQUEI ISSO A ELE.MAS TENHO MUITA VONTADE DE CONHECER A TURQUIA QUE EU JÁ AMO,E QUEM SABE VIVER LÁ COM ELE.ELE É ISLÂMICO,MAS NÃO MUÇULMANO,ME EXPLICOU QUE EXISTEM OS MAIS LIGHTS ,E OS MAIS FANÁTICOS.NÃO ACREDITAM E VÊEM JESUS CRISTO COMO NOS VEMOS,MAS NÃO É FANATICO,GRAÇAS Á DEUS.SÓ QUERIA DEIXAR MEU RELATO, DE QUE EXISTEM EXCESSÕES,RELACIONAMENTOS VIRTUAIS PODEM DAR CERTO!!!!!,O MEU DEU,CONHECI ELE PELA INTERNET,ALÍAS ELE QUE ME ENCONTROU.FOMOS MUITO FELIZES ENQUANTO ELE ESTEVE AQUI,E AGORA A SAUDADE ESTÁ NOS MATANDO.MAS SE DEUS QUIZER LOGO ESTAREMOS JUNTOS NOVAMENTE. BEIJÃO.

  12. Ola querida…estou passando por essa experiencia,. Conheci um turco pelo facebook…estamos namorando…quase tudo que vc falou se encaixa no perfil dele menos falar de dinheiro… É romântico… Quer casar… Mas ele quer vir antes ao Brasil e depois me levar p morar c ele… Segundo ele a familia não será obstaculo para nós… Ele mora só… Falamos ao vivo o dia todo… Ele pública declarações para mim ni facebook… Mas estranhei porque não vejo lista de amigos… Conversei com ele sobre as diferenças… O acho tradicional nos costumes… Em relação as minhas roupas e a ter amigos… Gosto dele,mas estou receios a disso… Ah!! Ele disse que vai falar de mim a familia dele essa semana…tenho 2 filhos,ele os vê na câmera e demonstra gostar…me disse tê-los como filho… Em questão de relacionamento no face…ele gostaria de tornar publico o relacionamento sério comigo, mas eu pedi para esperar… O que vc me diz? Adorei seu texto!!!

  13. estou me relacionando com um turco ja tem um ano ele sempre sorrindo e fala o tempo todo que me ama tenho uma filha do qual ele tem um carinho muito grande por ela amo ele nos falamos todos os dias pelo skype e facebook ele quer que eu va conhecer a turkia mas tem um grande problema pois sou casa e ele asseita numa boa

  14. Eu conheci um turco através do google+, me disse que é divorciado que estava apaixonado, sempre a mesma prosa eu te amo, eu sinto sua falta , estou apaixonado…..um verdadeiro canalha, de Istambul, usa vários nomes: Soner temur, Karel servis, Tekin Timurr…mentiroso de mal cheia!

  15. Muito bom o texto…tambem achei um turco e me falou em casamento mas tenho muifo receio,bom nos falamos todos os dias ele me manda muitas fotos e ate da familia me mandou, mas fiquei e fico muito receiosa! Falou em vim ao Brasil,para me conhecer como devo proceder Aline

  16. Boa tarde! Aline.
    Achei super necessário sua idéia!
    Então, ja tem um mês que me comunico com um Turco, pediu para ir visita – lo! E desde da idéia, estou pesquisando sobre a cultura deles é e etc.. Não achei bicho de 7 cabeças, só uns itens, que aos poucos vamos esclarecer uns tópicos.
    Ele se demostrá se legal, pedi tempo pra ele, tenho coisas pra resolver aqui. Já demonstrou interesse e no Facebook dele, excluiu todas as mulhere. Ele é ciument, porém converso com ele e resolvemos. O meu intuito é apenas ficar 1 semana la. Depois eu volto para ver no que dá, infelizmente os país dele são falecido. Sempre dou forças pra ele, pois vibe dizendo que se sente só sem eles. Já falou em casamento.

  17. oi Aline,eu também namoro a um tempinho com um Turco,me apaixonei por ele,ele me esconde tudo do face dele,ele diz que nao é casado,sempre estar no face,uma vez postou uma foto dele e 2 meninas,perguntei se era filha dele e ele me disse que sim,depois ele bloqueou as fotos dele,só tem a foto do perfil,nao vejo os amigos dele,só vejo quando alguem curte ou comenta alguma coisa que ele compartilha,mais ele nunca me prometeu nada,nunca disse que me ama,nunca me cobrou nada,ele ja me fez a proposta de ir a Turquia,e nao me prometeu nada.ele fica até amanhecer no face,quase todos os dias.uma pessoa casada fica esse tempo todo no face? e eu estou meito apaixonada por ele.o que eu faço Aline?me ajuda amiga.

  18. Ola Aline..adorei seu blog eu namoro um turco faz 3 meses pela internet, confesso sou muito desconfiada. Mas ele nunca me pediu para ir para a turquia, ao contrario esta providenciando vir para o brasil em agosto/15 e somente depois eu vou a passeio para antalaya, diz que quer se casar em no maximo 2 anos, vou aguardar a chegada dele e ver o que vai acontecer… ele é muito atencioso nunca deixa de me responder e quando esta muito ocupado sempre da um jeito de avisar o que esta fazendo isso acho que é um bom sinal… acho rs… um beijo a todas… em breve volto para contar como foi e claro se ele realmente vir rs…

  19. Olá, conheci um rapaz da turquia em uma rede de relacionamento, meu perfil esta como amizade o dele também, ele trabalha bastante vindo ao brasil e soltou algumas frases em português, tenho um filho e ele me deu feliz dia das mães! Agora ele disse que precisa resolver o visto dele e antes de ir para o nordeste em julho vai passar em sp, pediu permissão para eu conhece-lo e se eu não quiser ele resolve o visto e volta para a casa dele! Então eu disse que sim claro que o conheceria! Estamos trocando e-mails, fotos e falando muitooo o tempo todo, e lógico que temos problemas com fuso horário, ele disse que tem certeza que depois de julho nos veremos muito mais vezes, pois ele dará um jeito de sempre passar em sp e ou que eu vá passear em Istambul. Mas até momento não disse nada sobre relacionamento só que ele disse que não ver a hora de chegar julho, pergunta se irei mesmo encontrar com ele, quais o programas que vamos fazer em sp quer conhecer tudo aqui pois nunca saiu do aeroporto. Essa semana ele pediu permissão para me beijar quando chegasse aqui e depois de muitas piadas eu disse ok, permito! Agora nosso tratamento e semelhante a namorados, nos chamamos de bebe, sentindo saudades, não vejo a hora de te ver, quero te dar muitos beijos! Minha pergunta é, qual a visão que eles tem das brasileiras, sexo fácil? Acho que to gostando dele, mas quero ter sempre o pé no chão ate porque ele não falou nada dos sentimentos dele ainda e nosso relacionamento começou como amigos e parece que agora estamos em uma “amizade colorida”, isso é normal? Como é o tratamento que os homens ai dão as brasileiras??? To com muita duvida, estava querendo dizer a ele que estou começando a gostar dele mas acho que não deveria!

  20. ola aline. eu taambem estou m relacionando com um turco. no comeco ele m fe comecou a pedir fotos ousadas. eu ate reluteie mas por esta apaixonada eu acabei cedendo.eu nao vejo os amigos dele do face.ele trocou o nome agora recente e trocou o perfil.antes era nascido em ancara agora ja e de gebze nao da pra entender. no perfil ele estava em um relacionamneto serio, agora ele ja mudou o perfil.esse blog me encorajou e eu resolvi fazer-lhe umas perguntas a respeito de csamento turco na primeira pergunta ele se irritou e dsligou o celular.

  21. Aline, é verdade o que vc disse, conheci um que solicitou minha amizade pelo face, o aceitei, conversamos pelo google tradutor, um dia todo e no outro ja disse que me amava, me pediu em casamento, fiquei foi assustada! ele disse que é de Istambul!

  22. mulheres completamente necessitadas de um conto de fadas.
    O que me intriga é eles”TURCOS” dz que amam no primeiro contato, e terem um ciume louco. Alguma razao para isso? Algum motivo para amar logo de cara e querer casar..

    • Eu, particularmente não acredito nesse amor relâmpago. Acho que está mais para truques para conquistar a mulher do que sinceridade mesmo. E quanto a falar em casamento, isso é cultural. É assim que o homem turco mostra para a mulher turca que ele tem boas intenções.

  23. oi aline sou maria eusinete 60anos, numca mi despertou turquia, uma amiga mi chamou atençao busca na turquia mas com tantos desencontros estou temerosa, so busco site mais o menos europa e usa, uma coisa é fato, em td o planeta exitem diferenças de pessoas, atos e atitudes nao custa procurar, como tu mesma dizes pé no chão, mas vou cutucar um turquinho kkkkk

  24. Boa noite Aline sahin,sou brasileira há quatro messes venho falando com um turco da pra perceber que ele é legal .agora ele esta querendo que eu vá para Turquia eu pedir a ele vir para o Brasil e ele me respondeu que ele não pode vir para o Brasil e ele falou que só poderia vir ao Brasil quando eu ja te ver indo a Turquia ele falar em casamento falar de ter filhos eu fico um pouco comedo mas ele me passar segurança quando falo que tenho medo e eu falei pra ele que eu não tenho dinheiro para ir a Turquia mas ele falar que vai arca com tudo eu falei pra ele que se eu for só passo 7dias e ele aceitou.como faço conferso que eu também estou apaixonada, e ele falar também quer estar apaixonado por me .beijos Aline

  25. Olá sou brasileira amazonense atualmente moro na Bulgária a 3 anos e conheci um rapaz turco na base onde meu cunhado joga futebol e começarmos a nós envolver eu tenho 23 anos mas aparentemente todos que me vê dizem que tenho 16. Enfim o rapaz tem 18 anos e quando nós conhecemos não perguntamos a idade um do outro pois pensarmos em ter a mesma idade pela aparência. Já estamos namorando a 4 meses e eu nunca conheci a família dele pessoalmente somente pela internet pois passaram a me seguir no facebook. Resumindo estamos naquele momento love mais agora ele passou a fazer tudo o que esse texto aí diz controlar amizades ciúmes exagerados. Mas o que mais está me magoando é que ele me falou que a mãe dele é contra por eu ter 23 anos e ele 18 que sou velha para ele e ele tem que namorar e casar com uma turca. Estamos passando por isso agora é eu não sei o que devo fazer. Vocês acham que realmente sou muito velha para ele ? Eu disse a ele que estarei voltando para o Brasil em dezembro e ele falou isso a mãe dele e ela disse que em dezembro se separamos. E ele me perguntou se eu ainda quero namoralo até dezembro. De primeira eu aceitei mais isso está acabando comigo por dentro saber que você está com uma pessoa e não pode fazer planos e ter a certeza que será tudo só um momento.

  26. Me identifique com muitos relatos aqui conheci um turco a 3 meses estamos conversando todos os dias por telefone e video ele me manda foto de praticamente todos os passos dele com a família pedio q eu falase com a mãe dele mas como não falo turco esitei ele já colocou no face dele q está namorando comigo já falou em casamento disse q vem ao Brasil me conhecer e quer se casar mas faz questão de falar q mão é rico e não tem muito dinheiro rsrs até aí tudo bem né mas tenho muito medo ainda não falei dele pra toda minha família ele sempre manda foto da mãe dele mas eu ainda tenho muito receio diante de tantos casos trágico não sei o q pensar mas gosto dele e sinto falta quando ficamos horas sem conversar ele mora em kuthaya os amigos dele comenta as nossas publicações e e tenho acesso a endereço e lista de amigos não abusando da sua boa vontade o q VC acha da minha história ?

  27. Muito interessante seu post, Aline!
    Eu sou casada com um britânico, não nos conhecemos pela internet, namoramos 4 anos antes de casarmos e já acho nossas culturas muito diferentes. Mal consigo imaginar o tamanho dos choques culturais de uma brasileira com um turco que nunca se encontraram pessoalmente!
    Muito bacana o seu ponto de vista e seus alertas!
    Parabéns pelo texto!

  28. Eu também conheço um turco,há um tempo, mas sei pouco da vida dele, ele já veio com conversa de eu ser mulher dele, de pedir fotos minha sensuais e tudo mais, ele sumiu 1 ano mas ou menos e agora começo desse ano ele apareceu de novo, mas já está sem falar comigo há uns 4 meses eu acho. Antes eu tinha ele no meu facebook, agora eu não tenho mas. Você não achar estranho. Queria um conselho?

  29. oi tudo bom como eu faço para trabalhar ai na turquia como domestica ou camareira tenho 57 anos e sou solteira e quero morar ai mais so a trabalho vc pode me aj obrigada

  30. Bom dia.

    Eu gostaria de namorar e casar com um Turco, mas não consigo encontrar.
    Onde eles geralmente se reunem em são paulo.

    No aguardo.

    Obrigada.

  31. oi aline td bem? aline apareceu um convite de um turco no meu facebook,aceitei o convite dele,ai começamos a teclar e agora se vemos todos os dias pelo web can,ele entende um pouco a lingua portuguesa,mais eu não entendo nada mais mesmo assim conseguimos nós entender…so tem um poblema sou separada e tenho 1 filho de 10 anos.e pior moro no brasil sim,mais moro no interior do paraná…penso comigo que isso é a grande diliculdade de um dia nóis se conheçer.ele conheçe o brasil,ele mora sozinho e trabalha como motorista de uma empresa e ele é mais novo do que eu…aline agora estou sem saber o que fazer ou pensar so sei que gosto dele.quando puder me de um conselho desde ja obrigada.

    • Jucineia, a Aline deixou a colaboração do blog.
      No próprio texto ela dá dicas importantes sobre o que deve levantar suspeitas, o que deve fazer você ficar esperta em relação a esses relacionamentos pela Internet. Você chegou a ler o texto inteiro? Está tudo aí!
      Eu também sou colunista do blog e volta e meia recebo comentários perguntando sobre homens dinamarqueses. Por isso também escrevi um texto falando a respeito desses tipos de relacionamentos e minha dica pra você é a seguinte: pense BEM no que você está fazendo e analise se você não está colocando muita expectativa nesse relacionamento por estar carente. No começo pode parecer tudo lindo mas com o tempo virão os problemas que a Aline fala a respeito no texto: o cara vai querer que você vá para o país dele, vocês mal conseguem se comunicar porque não falam o mesmo idioma; a família dele pode te rejeitar e você pode acabar ficando na rua, sem dinheiro e sem ajuda num país desconhecido e ainda com a responsabilidade de um filho. Você diz que é separada – era casada legalmente, no papel? E ele, já falou em vir te conhecer no Brasil? Desconfie antes de confiar cegamente, para sua própria segurança. Eu particularmente penso que antes de a gente sair por aí querendo afogar as nossas carências e necessidade de afeto no primeiro cara que nos dá um pouco de atenção, a gente tem que se resolver com nossos problemas e estar bem com a gente mesma, para aí, sim, procurar alguém, não uma pessoa para nos completar e sim, para somar à nossa vida com coisas positivas. Tem tantos jeitos de a gente se sentir menos carente… Tente achar algo para ocupar a sua cabeça; o amor verdadeiro vem quando a gente está feliz. Não caia nessa armadilha de se relacionar com alguém que mal conhece e de botar mil esperanças num relacionamento online com uma pessoa que nem sabe direito quem é. Leia de novo o texto e preste bastante atenção nos conselhos que a Aline dá no texto. Encontre a sua felicidade mas não dependa de homem para isso.

  32. Oi Aline, como vai?
    Gostei demais da sua matéria e realmente temos que abrir bem os olhos para esses fatos reais que acontecem nas nossas vidas. Bom, como em todas as histórias, comigo não foi distinto…rsrsrrr. Um turco me conheceu pela net e começamos os bate-papos pelo skype, Facebook, etc…, com o passar dos dias ele me mostrou pela câmera toda a sua rotina,como: casa, trabalho, lugares que vai, pai e mãe, irmãs (ele é o único filho homem), casa dos pais e a priori a casa dele (segundo ele, ele mora sozinho em uma cidade e os pais e irmãs moram em uma outra cidade)…Resumindo, ele também escreve coisas lindas e todo o bla..bla..bla de amor. Ele me disse que quer vim no Brasil me conhecer em Julho 2016 e conhecer também o Brasil, ele nunca me pediu fotos íntimas ou nada do género, eu falei para ele que sou cristã e não abro mão (NUNCA) e ainda falei que a mesma distância daqui para Turquia, era da Turquia para aqui. Ele disse que sim, viria aqui e tudo mais, não sei (vamos ver?)rsrsr..Ele me falou que não segue muitas das coisas do País dele a risca (lógico, também deve está mentindo só para impressionar??..rsrsr). Preciso da sua opinião e confesso que com tudo que eu Já li em seu blog e outros também, estou de sobreaviso e não quero me Iludir ou nada do típico (Inclusive perguntei a ele se ele moraria comigo sem casar, apenas por uma experiência, só para ver a reaçao dele , se ele ia sumir depois dessa pergunta, mas ele respondeu que sim…pode ser mentira também srsrrrsrsrrs?)..Acontece é que se ele vier aqui no Brasil ,posso até o encontrar, mas eu nunca iria de início no País dele, como falei a ele, MESMA DISTÂNCIA DAQUI PARA A TURQUIA É DA TURQUIA PARA O BRASIL…..
    Aguardo sinceramente sua dica/opinão e meus parabéns pelo Blog, gostei demais!
    Deus a abençoe!!

  33. Sou homem e tive relacionamento com uma turca no BR que visitava familia, ela ODEIA homens turcos.

    Eu acho que não tem nada a ver um relacionamento entre brasileiras e turcos até mesmo outros arabes, mulher brasileira é criada pra ser independente, conquistou isso ao longo dos anos.

    Acho que não combina um casamento entre arabes/turcos com brasileiras ou outras mulheres do Ocidente, uma ou outra dá certo, mas maioria é furada

  34. Recebi recentemente um convite de amizade de turco…estamos conversando…acabei de ler os relatos acima e digo a todas vcs cuidado. Ninguém conhece o amor de sua vida assim do dia pra noite. De fato eles são muito encantadores…o meu amiguinho…manda posters o dia todo. Se eu deixar ele quer falar comigo por facebook video todo dia. Digo é bom receber elogios, otimo mas é virtual…cuidado. Beijo a todas.

  35. Boa tarde gente eu sei q o assunto aqui é relacionamento mais eu estou desesperada com uma pessoa que foi pra turquia e desapareceu alguém pode me dizer como eu fasso pra saber notícias ?se tem como eu saber pelo nome da pessoa q ela estar em hospital ,preso ou se estar residindo la.alguém me ajuda

    • Francisca, em um caso de emergência como esse, você tem que entrar em contato com o Consulado do Brasil na Turquia, eles irão ajudar na busca. Boa sorte!

  36. Olá Aline… Eu gostaria de saber como é um namoro entre turcos… O que é ou não permitido.
    Estou conhecendo um turco (virtual) através de um app de idiomas como você citou acima… Não temos um relacionamento amoroso mas falamos todos os dias e tem dias que falamos quase dia todo… Ele me da bom dia todos os dias diferente dos homens brasileiros… Antes de me envolver quero muito suas dicas…

    Grata e abs,
    Mariah.

  37. bom dia linda eu gostei munto do seu alerta ,sobre o namoro com homens turco .que vc continue a alerta as mulheradas de todo mundo desse perigo e amim também obrigado Deus abençoa .

  38. Ola, recemente recibe uma solicitaçao de amizade de um turco, tudo isso que li ,foi veridico,o nome dele Can mertcan.estou tentando sair, mas ele fala que nao. vcs tem como descobrir algo sobre ele?

  39. Ola meu nome é Ana e estou conversando com um turco a um ano já , ele ja mim pediu em casamento e quer qui eu va morrar la com ele , ele me manda fotos da fomilia da casa dele e ate do trabalho . ele tem 22 anos falou q mora só se chama Halil mais tenho medo pois. só tenho 18 anos mais estou apaixonada e sei que ele é uma boa pessoa nunca. me pediu dinheiro. ao contrario ele queria mandar dinheiro para mim mais e claro. que eu não quiz mim ajude.

    • Ana, antes de tudo não acredite em promessas feitas pela internet. Ninguém ama ninguém que nunca viu. Isso é história de conto de fadas e na vida real, não é assim que funciona. A gente não tem como conhecer uma pessoa pela internet; é preciso vê-la ao vivo e a cores, conviver com ela. Muitos estrangeiros enganam brasileiras com promessas de casamento e mil juras de amor mas na verdade o que querem é uma distração, um passatempo. Tenha muito cuidado. Não é porque vocês estão conversando há um ano que isso significa necessariamente que ele é ou não uma boa pessoa. Não sei qual o teor de suas conversas e nem como vocês conversam (em que idioma, já que na Turquia não se fala português).

    • Ola Lúcia, a Aline não colabora mais com o BPM. Aconselho você a ler vários textos que temos sobre relacionamentos com indianos, perigos de relacionamentos online, violência doméstica fora do Brasil, etc…O BPM tem recebido dezenas de emails pedindo conselhos de nossas colunistas. Muita cautela!

  40. Eu sou Brasileira namoro com um turco, já faz um ano. Ele mim chama muito para eu ir morar lá, eu queria quer você mim desse uma sugestão. Aquando a sua resposta.

    • A Aline parou de colaborar com o blogue. Aproveite as dicas que ela deu aqui no texto para evitar cair numa cilada em relacionamentos online com turcos. Leia também outros textos das nossas colaboradoras em outros países falando sobre relacionamentos online para obter mais dicas.
      Evite viajar para um país desconhecido sem ter dinheiro para sua estadia, para poder comer e pagar o hotel, e nunca viaje sem avisar alguém sobre onde estará, informando o endereço e telefone da pessoa que você irá encontrar. Alguém no Brasil deve manter sempre contato para saber se está tudo bem. É sempre preferível que o homem venha visitá-la no Brasil primeiro, antes de você ir para outro país sozinha, ainda mais se nunca viajou para o exterior e se só fala português. Tente obter contato com a família dele, com amigos próximos. Quanto mais informação sobre ele você tiver, mais segura poderá se sentir.
      Edição BPM

  41. Olá, bom conversei com um um turco 6 meses, tinha uma amiga que mora aqui na Turquia e pedir pra ela ivestigar a vida dele, então assim que ela me disse que o que ele me falava era verdade,ele me enviou dinheiro para tira a documentação para o casamento e comprou meus bilhetes, e hoje estou aqui em Istambul, acho que devemos tentar sim, em todos os lugares tem gente boa e ruim, se ñ der certo e mas uma aprendizagem, ele é um homem maravilhoso faz tudo para me agradar. Bom então é isso meninas beijos

  42. OI Aline,tudo bem? Olha,gostaria de saber de vc se esse nome Sahin é comun na Turquia,pq eu estava me comunicando com um Turco mas que vivia em Chipre, bom vou contar um pouquinho do que aconteceu a vc..
    Conheci esse pessoa pelo face,ele tinha um grupo no qual tinha várias mulheres nele especialmente brasileiras,então ele me incluiu nesse tal grupo,eu como não tinha interresse sempre saia a ele imediatamente me incluía outra vez,foi numa dessas que eu me irritei e entrei no bate papo para saber o porque dele sempre me incluir novamente naquele bendito grupo,ele foi extremamente gentil (oque me deixou tímida na hora,por ter sido tão grossa..rs) e pediu desculpas, foi aí que começamos a conversar diariamente por várias horas,depois de uns dias começou a dizer que eu era seu anjo,que queria casar comigo,e etc.. Achei estranho ele falar que me amava sem nem me conhecer, mas fui dando corda pra ele, então teve um dia que ele me disse que não ia trabalhar apenas para ficar no chat comigo,mas eu como tinha que ir para o trabalho não pude ficar com ele no bate papo o dia todo..Quando retornei e puxei assunto,esse homem faz um drama terrível! Disse que não havia comido,nem dormido apenas esperando por mim o dia todo! Achei ele grosso,parecia que eu estava falando com outra pessoa..Queria saber se os turcos são tão melodramaticos desde jeito?! Eu li a respeito que o povo turco tem a mania de falar a palavra”eat” quando gostam de alguma coisa em vc,por isso que se vez em quando ele dizia: I eat your hair Baby..Antes eu não entendia pq ele queria “comer meu cabelo..rs”,mas enfim, eu e ele nos comunicamos vários dias,até que ele me pediu as “tais” fotos sensuais que todos os homens pedem..???? Foi aí que comecei a aterrizar e ver que ele estava apenas afim disso,apesar dele falar que estava gostando de mim e tal..Quando eu percebi a verdadeira intenção dele eu o bloqueei, mas acho que se fosse qualquer garotinha ingênua certamente teria cedido aos pedidos dele,confesso que não foi fácil resistir aquela lábia toda,e principalmente à aqueles olhos verdes liiiiindossss de morrer!

  43. Aline,
    Muito legal seu texto.
    Hoje conheci um rapaz pela Internet e ele é turco. Confesso que estou um pouco recentida, primeiro porque eu mal sei falar o inglês que dirá turco. Estamos usando o Google Tradutor, mas particularmente não confio nele. Pois nem tudo sai como escrevemos… estamos conversando pelo whatssap. E vamos ver no que vai dar, mas da minha parte é só amizade. Eu jamais teria coragem de sair do Brasil atrás de alguém rss
    Mas, valeu pelas dicas. Adoreei, tentarei amizade sem ele quiser bem… Se não, é só dar um bloqueio e tá tudo resolvido rs
    Vlww. Beijos.

  44. Olá. pessoal vocês sabem de algum site que eu possa acessa para praticar a conversação em Turco? Pretendo visitar a Turquia no fim da minha graduação. Beijos!

  45. Oi Aline sou a Derli Furquim eu estou bem preocupada porque eu tenho um namorado turco nos só se conhecemos por internet nos já faz 5 mês que estamos juntos a primeira coisa que ele fez eu apagar todos os meus amigos do Facebook e eu apaguei só tenho ele agora mais eu só ficar com ele se ele vim morar comigo aqui porque pra mim ir embora pro país dele ainda não sei mais eu amo muito ele ele é muito amável comigo mais ele diz que vai vim vou esperar um tempo se ele não vim daí não é nada sério mais eu amo muito

    • Derli, a Aline parou de colaborar com o blogue porque saiu da Turquia e voltou ao Brasil.
      Agora eu queria que você refletisse: um cara que você nem sequer conhece pessoalmente te pede para apagar todos os seus amigos do Facebook e você obedece imediatamente, você acha que isso é sinal de algo saudável? Eu vou te falar: isso é sinal de um relacionamento abusivo. Se começa assim enquanto vocês nem sequer se conhecem pessoalmente, imagine como será quando se conhecerem… E vou te falar outra coisa dura: você não o ama. O que você ama é a sensação de ser elogiada, de ter atenção de um cara. Amor se constrói com o tempo e com a convivência. Você está apaixonada por uma ideia.
      Cuidado com as ilusões que a carência ajuda a criar. Cuidado com os relacionamentos online.
      Talvez uma ideia melhor seria começar a sair mais, frequentar um curso, conhecer pessoas novas e reais. Tem muita gente bacana por aí e talvez o homem que você busca está aí mesmo, do seu ladinho, e você não tá conseguindo ver.
      Eu falo tudo isso porque já presenciei milhões de vezes as ilusões de relacionamentos online que deram errado e sei que é muito difícil pra gente como mulher. Não desejo que nenhuma mulher sofra e me corta o coração ver o quanto as mulheres parecem estar carentes e inseguras para precisar de homem para serem felizes. Empodere-se! Ame-se em primeiro lugar! O parceiro que combina com você vai aparecer quando você começar a se amar e a se dar valor. Nunca, jamais obedeça cegamente o que um homem lhe disser, por mais doce que ele pareça ser. Fuja de relacionamentos abusivos.
      Boa sorte pra você.

          • Oi Cristina eu te falei tudo sobre ele mas nós se falamos todos os dias e eu pedi para ele me mandar fotos dele com os filhos dele ele me mandou e me falou que vem para o Brasil para morar comigo e quer casa aqui no Brasil comigo oque eu Fasso Cristina ele também me falou que não brinca com o amor ele quer coisa seria comigo por vem em bora para sempre agora não sei se eu acredito ou não vou espera um pouco pra ver se é verdade mesmo só vou acredita quando ele estiver aqui

          • Meu nome é Cristiane.
            Cada um acredita naquilo que acha que deve. Se você acha que é uma boa pra você viver essa fantasia, vá fundo. Só tome cuidado para não se machucar com ilusões e promessas falsas. Os homens indianos são muito habilidosos com as palavras e muito bons em enganar as mulheres cujas cabeças vivem na fantasia de encontrar o príncipe encantado.
            O meu desejo é que todas essas mulheres percebam o quão elas já são maravilhosas e que não precisam de homem para serem felizes e completas.

  46. Eu sou vitima de um turco ele me ameaca todos os dias confiei nele enviei fotos e videos imtimos ele compartilhou na rede sosial estou sendo envergonhada sou brasileira tenho 33 anos nao sei oque fazer mim ajude nao aguento mais ele mim chama de prostituta em todas as fotos que posta ameaca em vim mim matar estou muito triste despetada mim ajude

  47. Eu sou vitima de um turco ele me ameaca todos os dias confiei nele enviei fotos e videos imtimos ele compartilhou na rede sosial estou sendo envergonhada sou brasileira tenho 33 anos nao sei oque fazer mim ajude nao aguento mais ele mim chama de prostituta em todas as fotos que posta ameaca em vim mim matar estou mutriste desesperada mim ajude

    • Ola Mauriceia,

      Segundo as colunistas do BPM, elas deram algumas dicas:

      Primeiramente fique calma, pois infelizmente esse tipo de coisa é mais comum do que se imagina. Você deve denunciar as publicações no Facebook e pedir a retirada do conteúdo em outros sites. Diga a ele que isso é crime, e faça um B.O. Pode não dar em nada, mas é melhor fazer o registro. Por fim, e mais importante, depois de comunicar a ele que isso é crime e pedir a retirada do conteúdo, corte qualquer contato com ele. Esse tipo de abusador se alimenta da sensação de poder que tem sobre a vítima, e se você o ignorar, ele poderá deixar de te importunar.

      Registre a ocorrência na delegacia de crimes virtuais e notifique as redes sociais judicialmente para retirar o conteúdo informando a URL.

      E por favor, leia os vários textos que temos aqui no site sobre o assunto: cuidado com relacionamentos virtuais.

      Boa sorte!

  48. Obrigado aline ja fiz isso mas ele ainda mim persegue todos os dias ele posta minhas fotos eu estou em ar de loucura nao saiu na rua so choro nao tenho forcas pra encara a situacao

  49. Minha mãe está tendo um relacionamento com um turco mas ele e casado e mesmo assim quer vim para o Brasil.si eles chegarem a se casar aqui no Brasil o casamento tem validade,você poderia tirá essa minha dúvida

  50. Olá. Muito interessante o texto. Sou casada e conheci um turco no final do ano quando fui passear na Turquia com o meu marido. Ele era o guia. Uma pessoa espetacular. Foi paixão à primeira vista, mas não dei nenhum sinal. Voltando para o Brasil não conseguia parar de pensar nele e começamos a nos comunicar por mensagens e videos no celular. Inicialmente só conversávamos sobre cultura, curiosidades, como amigos. Nunca tentou nada. Mas minha paixão foi aumentando e acabei declarando tudo que sentia. E descobri que ele sentia o mesmo. Mas ele nunca disse nada porque sabia que eu era casada e respeitava isso. E também conhecia meu marido e sabia que ele era uma boa pessoa. Mas foi uma paixão forte que não conseguíamos ficar sem se falar. E isso me consumiu por saber que para viver isso teria que abdicar de toda minha vida estável aqui e de um casamento bom por uma paixão inesperada. Como estou muito angustiada e não estou conseguindo conciliar isso, vou preferir renunciar essa paixão, por mais que doa.
    Sei que não vou conseguir largar tudo que conquistei aqui por uma vida que não sei o que me espera. Ele é uma pessoa magnífica, sei que me faria muito feliz. Mas como sou casada há 15 anos sei que o amor se constrói no dia a dia. E por mais que a paixão seja forte, as diferenças e dificuldades que possa passar no dia a dia vão fazer essa paixão murchar.
    É muito difícil ter que pensar assim, mas devemos ter um pouco de pé no chão quando se tem muita coisa a perder. Se fosse solteira acredito que viveria essa paixão e se não desse certo voltaria, mas com a certeza que vivi isso. Mas na minha atual situação é complicado.
    Obrigada por me ouvirem.

  51. Oi meu nome é Maria conheci um turco via internet me apaixonei e me dei mal.
    Ajuntei cada moeda pra ir encontrar ele.
    E no final ele fingiu que não me conhecia .
    Isso depois de1 e meio conversando.
    Ele dizia que me amava que eu era mulher da vida dele .que queria se casar comigo.
    Sofri muito sofro até hoje nunca consegui superar uma rejeição tão grande .
    Só Deus sabe a dor que sinto no meu coração. Vou deixar o nome dele aqui.a cidade onde mora. Porque e se ele tiver enganando outras meninas. E só um alerta.
    Nome dele ,Gokhan timarcioglu. Cidade onde mora .Gaziantep .idade 28 Anos .
    Costuma-se comunicar pelo um site de relacionamento. Wechat ou badoo que pena que não tem como eu deixar uma foto , mais quem quiser me procurar, entre no meu facebook, Maria Balieiro. Ou Instagram Maria-34- Balieiro ele é um rapaz aparentemente muito bonito e muito galanteador fala que mora sozinho esses tipo de coisas abra olhos meninas nem tudo que parece realmente e

  52. Eu mora na Bulgária e aqui conheci um rapaz que é turco, trabalha junto com meu cunhado! Namoramos já faz dois anos amo muito ele, mais existe sim uma diferença muito grande entre nós sobre religião pois sou cristão e ele segue a dele! No início eu não me importava com isso, pois acredito que ainda não via um futuro com ele! Mais hoje isso está afetando muito nosso relacionamento e me incomodando bastante. Pois tento falar sobre Deus com ele e ele vem me falar da religião dele tipo ele fala que respeita minha religião e eu respeito a dele. Mais hoje o que me incomoda é porque já falamos em casamento mais tenho receio pois penso na minha família nos meus filhos que um dia teremos! Eu creio que para Deus nada é impossível me apego a isso! Não está sendo fácil ele tamebm tem ciúmes meio que doentio tipo que mandar em mim, por enquanto deixo isso. Mais fico pensando ese casamos como vai ser daqui a 3 anos minha família volta a morar no Brasil e eu vou ficar aqui com ele penso essas coisas! Já tentei por várias vezes acabar com esse namoro mais por todas as vezes ele se comportou de uma maneira muito estranha e fico com medo dele fazer alguma coisa a ele! Penso na família pois gosto muito da família dele também é fora os ciúmes exagerados ele é muito bom para mim!
    Vivemos bem fora isso! Mais quer saber se eu pudesse volta no tempo jamais teria me aproximado dele!
    Então meu conselho é não se envolva com os turcos eles jamais terão o memso sonhos que você e nunca vão crê no Deus que criou o céu e terra! E como todos sabem viver sem Deus não dar!

  53. Meu nome é Juliany moro na Argentina com os meus pais. Estou namorando um turco pela internet, eu tenho 23 anos e ele 29. Ele diz que me ama e vai vim no final do ano para ficar comigo na Argentina. Ele disse para eu escolher se eu quero viver na Argentina ou Turquia. Ele não fala nada sobre a religião, ele diz que não tem problema com nenhuma religião. Eu conheci a mãe, irmãos dele por video chamada. A familia dele parece ser bem tranquila. Ele diz que a mãe e irmã gosta de mim. A única coisa que estou pensativa , é que ele ainda esta se divorciando com uma mulçumana que ele diz que ela fugiu com outro homem. E ainda não saiu o divorcio. Demora muito sair um divorcio na Turquia ? Ele falou para mim, que vai casar comigo aqui em Buenos Aires e depois ele e eu vamos para a Turquia conhecer a falimia dele.

    • Querida, cuidado com essas promessas de amor e casamento muito repentinas. Você ainda é jovem e pode estar sendo vítima de um farsante. Leia o que está descrito no texto.
      Se ele for separado e não divorciado, ele não pode se casar de novo. Eu aconselho procurar se informar com autoridades da Turquia sobre esses procedimentos de divórcio e casamento após divórcio. Aproveite e leia aqui no BPM o texto com dicas para evitar golpes nos relacionamentos online, saiu hoje.
      Cuide-se bem, abraços e boa sorte!

  54. Eu não me cuidei… Durante 2 anos vivi uma mentira… Uma amiga conheceu o Ryan virtualmente e me pediu ajuda p conversar com ele pq ela não falava inglês. Ele se apresentou como um britânico vivendo em Istambul a trabalho… Não me preocupei muito e nem queria me envolver mas essa amiga me convenceu a dar uma chance pra ele… Em pouco tempo ele era tudo pra mim… Tínhamos ótimos momentos juntos, às vezes com, às vezes sem sexo. A vida era mais leve com ele, apesar da distância e das expectativas. Ele prometia vir me visitar mas nunca sabia quando, fiz várias surpresas virtuais como comprar um bolo para comemorar o aniversário dele, video com mensagens lindas no dia dos namorados, natal… Ele nunca me pediu p ir pra lá, somente dizia que um dia ia poder me levar pra passear na Turquia, havia vários lugares lindos que ele queria que eu conhecesse. Éramos equilibrados, eu tinha minha carreira aqui, ele a dele lá, mas claro q ele ganhava muito mais que eu… Eu estava fazendo pós graduação e terminaria em Junho/2017, e o combinado era q depois disso, faríamos nossos planos… A coisa começou a mudar logo depois do meu primeiro aniversário juntos em Abril/16 … Ele dizia q por causa do trabalho não podia vir para o Brasil antes de Dezembro/2016, porém, eu tinha férias programado para Julho/2016, foi aí que depois de uma noite linda juntos no Skype (SEM SEXO) somente uma conexão inexplicável eu ousei a propor a ele q eu fosse visitá-la nas minhas férias… Minha mensagem foi um print do voo ida e volta p Istambul contendo as datas e o hotel sem o valor pois eu iria pagar pelas despesas, não queria q ele pensasse q eu estava pedindo $$, e uma pergunta “O que você acha?☺️”. Foram 24 horas de silêncio. Logo depois uma resposta vazia, “Não sei se vou estar disponível”. Foi aí q eu cai um pouco na real, mas como muitas mulheres a gente sempre acredita que vai melhorar. A partir daí começamos a brigar muito, ele ficava bravo, chateado qdo eu estava muito ocupada. Trabalho numa multinacional e vira e mexe estou viajando, ele me cobrava ter mais tempo pra ele é eu me sentia culpada, até que Julho chegou, eu estava de férias em casa e em uma tarde enviei uma mensagem pra ele, descobri neste dia q ele tbm estava de férias do trabalho mas disse q não sabia q ia estar livre pq um projeto foi cancelado de última hora. Fiquei arrasada, cancelei a viagem q tinha programado com a minha irma e qdo falei isso pra ele, ele insistiu e me convenceu q eu devia ir, q o q tinha acontecido era só um contratempo a gente ainda ia poder se encontrar. Quando voltei dessa viagem, a grande surpresa, encontrei um perfil no Facebook com uma foto dele, porém com um nome totalmente diferente Eray Kuyucu. Fiquei louca. Ele dizia q não tinha rede social, não gostava. Somente usava o LinkedIn para questões profissionais. Liguei pra ele imediatamente, nunca tinha feito isso, sempre perguntava antes por mensagem se ele podia falar. Ele me atendeu, carinhoso, amoroso, preocupado, perguntou se estava tudo bem, não tive coragem de falar. Chorei a noite inteira e no dia seguinte decidi pesquisar na internet quem era esse tal de Eray Kuyucu. Foi aí que me dei conta que não sabia o sobrenome do Ryan. Nunca perguntei… Ele sabia tudo de mim, meu nome, meu endereço, a empresa onde eu trabalho, quanto eu ganhava, o nome dos meus paos e da minha irmã, a profissão deles, tudo… E eu, não sabia nada sobre ele. Nessa minha busca, descobri que muita coisa não batia, parecia que eram duas pessoas diferentes exceto pelas fotos. Era ele, não tinha como negar. Então, todo o restante era mentira… Quando liguei e abri o jogo, ele disse q ia me falar toda a verdade e que estava aliviado pq não aguentava mais mentir pra mim. Assumiu que na verdade era turco, de família turca e que fez isso pra conhecer mais pessoas e as pessoas não terem preconceito, mas q com o tempo ele se apaixonou por mim e sabia q se me falasse a verdade tudo estaria acabado e ele não queria, foi aí q ele começou a falar de casamento, de filhos… Desde o início ele dizia q me amava, mas nunca tinha mencionado questão de casamento ou algo assim… Foram dias difíceis, ele chorava como criança na câmera, dizia que sabia do erro dele e que ele tinha estragado tudo mas que não tinha me dito a verdade antes com medo de me perder… Passei um mês arrasada, até q um dia ele me chamou pra conversar e diante da câmera ajoelhou pedindo perdão e que nunca mais mentiria pra mim… A minha resposta foi “Me faz confiar em vc de novo” e ele fez, até q um dia ele me mandou uma mensagem dizendo que teria q ir pra Rússia por alguns dias, q me mandaria msg mas talvez não conseguisse conectar no Skype todas as noites como era de costume mas q logo estaria de volta e que eu nunca esquecesse o quanto ele me amava… A partir daí nossa vida nunca mais foi a mesma, ele voltou diferente… Não nos falávamos muito e por diversas vezes ficava dias e dias sumido… Me bloqueava várias vezes e tudo mais… Mas qdo retornava eu ainda fingia q nada tinha acontecido, ainda tinha esperança… Sofria muito, até que ele sumiu de vez e eu, no meu desespero, fiz de tudo p ele falar comigo de novo, liguei 208 vezes, mandei mensagem, escrevi num site de anúncio na Turquia. Ele voltou e falou coisas horríveis. Depois disse q estava fazendo aquilo porque a gente não podia ficar junto. Eu era livre, ele não mas q eu sempre seria o amor da vida dele. Eu pedi, implorei pra ele vir pra cá por alguns dias. Ele disse não, q nada mudaria. Nesse meio tempo, fui para os Estados Unidos a trabalho e falei com ele, q eu poderia pedir transferência pra lá e vivermos lá, ele disse q eu estava louca… E estava… Eu não conseguia aceitar q tudo o q vivemos era mentira, foi só uma brincadeira… Ele desistiu de mim… Ele não me amava como dizia… Ele disse q não viria viver aqui pq não sabia se podia arrumar um bom emprego e nunca aceitaria ser sustentado por uma mulher… Então, foi qdo eu disse q abriria mão de tudo pra viver com ele na Turquia. Sim, eu estava disposta a largar tudo por ele. Mas A resposta dele foi não, vc não seria feliz aqui. Estudar tanto pra ficar em casa servindo alguém? Não é isso q eu quero pra vc… Falar pra vc vir pra cá e correr o risco de morrer, aqui tem bomba em todos os lugares. Eu já não sabia mais se isso era desculpa ou cuidado… Ainda assim nos falamos algumas vezes… Entrei em depressão profunda, não conseguia mais trabalhar, tranquei a pós faltando 2 meses pra terminar… Em maio, tive uma crise e parecia q ele sentia qdo eu não estava bem, pq sempre me escrevia nestes dias, chorei muito com ele no skype, ele dizia q eu ia ficar bem, q ele se preocupava comigo mas ele estava desistindo para o meu bem, pq me amava… Acreditei de novo… A última vez q conversamos foi dia 9/7 desse ano. Mais tarde eu descobri q ele havia se casado dia 10/7… Hj estou afastada do trabalho, não consigo mais fazer nada… Choro dia e noite por ter sido tão enganada e tão ingênua… Dói muito, é uma dor física é uma dor na alma… Penso diversas vezes em tirar a minha vida, que seria melhor se eu morresse pq eu já não sei mais lidar com essa situação…
    Então, meninas, mulheres se cuidem, p não acontecer com vcs o que aconteceu comigo.

    • Olá Lilian, como você está?
      Não sou a autora deste post, mas também sou colunista da BPM e seu comentário nos chamou muito a atenção pela tamanha coragem em compartilhar a sua (má) experiência. Assim como você, temos visto todos os dias mulheres pelo mundo que se envolvem em relacionamentos “ciladas” que resultam em um sofrimento emocional. Por mais que a mídia divulgue informações e alertas sobre a periculosidade de relacionamentos virtuais, principalmente entre culturas muito distintas, não é garantia que a razão sobressaia quando já nos vemos envolvidas.
      Sou psicóloga e me permito sugeri-lá psicoterapia para ajudá-la neste processo. Nós da BPM possuímos uma página de classificados de psicólogas com atendimento online para ajudar a todos, que como você, foram vítimas de relações nocivas. Dá uma olhada: http://www.brasileiraspelomundo.com/psicologas-pelo-mundo
      Nos procure. Estamos dispostas a ajudá-la no que for preciso.
      Abraços,

      Marcela

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui