10 motivos para morar na Argentina

108
24220

Neste post vou listar 10 motivos para morar na Argentina!

Neste momento de crise no Brasil, sei que muitos estão pensando: “e se eu me mudar para outro país?” Em alguns casos pode ser uma boa ideia, em outros, nem tanto. Por isso, recomendo fortemente que se você está nessa situação, pense muito a respeito.

Sei que num primeiro momento o alívio de pensar “vou para um país onde há emprego, segurança, qualidade de vida” conforta seu coração. Mas com tudo isso vêm algumas dificuldades também: aprender uma nova língua, acostumar-se a uma nova culinária, traduzir um monte de documentos, conseguir uma nova casa, um novo emprego, escola para os filhos, plano de saúde etc.

Pesquise, pergunte, informe-se. Essa é uma decisão muito importante e que vai mudar bastante a sua vida.

Para te dar uma ajuda, hoje venho dizer os dez motivos que me fazem escolher a Argentina – e Buenos Aires – para viver.

10. Idioma

Já disse anteriormente e volto a repetir: espanhol não é português, mas nada como ter que aprender um novo idioma quase irmão gêmeo do seu, não é mesmo?

Curiosidade: Português e Castelhano tem 75% de semelhanças em gramática e vocabulário. Estudando 3 horas por dia, podemos ir do básico ao avançado em menos de 4 semanas.

E também se falar uma ou outra palavra em português no pasa nada, as pessoas até vão gostar!

9. Localização

Momentos como: ter uma urgência familiar e você poder ir ajudar; visitar seus pais (que não estarão por muito mais tempo) num feriado longo; ir no casamento da sua melhor amiga; conhecer o novo sobrinho que nasceu, devem e podem fazer parte da sua vida.

Viver fora do Brasil numa distância de um voo de 2 horas não tem preço! E muitas passagens são mais baratas que voar dentro do próprio Brasil.

8. Custo

De todas as “big cities” Buenos Aires é a que melhor tem um custo-benefício para viver. Com um salário razoável você pode alugar um apartamento num bairro super bacana, comer fora, ir ao cinema, ao teatro, passear e fazer compras.

Compare com suas colegas Londres, Paris, NY, LA, Tokyo, Madrid, Amsterdam, Berlin, SP, RJ, Barcelona, Milão e veja se não compensa!

7. Educação

Escolas e universidades públicas e gratuitas de excelência.

Escolas públicas de primeiro e segundo grado (ensino fundamental e médio) em tempo integral, bilingue e com atividades extracurriculares.

Universidades nacionais – públicas, gratuitas e sem vestibular – que oferecem uma imensa variedade de cursos nas áreas humanas, artes, ciências biológicas e exatas.

6. Saúde

Bons hospitais e sistema de saúde pública que funciona bem. Sobre este assunto falei um pouco mais detalhadamente nesse post aqui.

5. Segurança

Buenos Aires é segura assim como a grande maioria das cidades argentinas.Óbvio que existem casos de violência, mas são isolados e nada diferente do que acontece em toda grande metrópole. Por outro lado, terrorismo e catástrofes naturais ainda não chegaram por aqui.

4. Oportunidades

País que está se desenvolvendo é ótimo para novas oportunidades.

Ainda há muita ideia/projeto/empresa/indústria para se criar por aqui e você pode ser a primeira nisso.

3. Documentos

Pelo acordo do Mercosul, Brasileiros podem pedir residência na Argentina e vice-e-versa.

Isso quer dizer que, mesmo sem estudar, trabalhar, ter descendência ou estar casada com um argentino você pode vir morar aqui.

Nada de dúvidas, angústias ou incertezas. Uma vez que você apresentar sua solicitação com todos os documentos em mãos, sua residência é aprovada e você volta para casa despreocupada. Para saber como funciona este processo leia este post.

2. Cultura

Buenos Aires é uma cidade culturalmente vibrante em todos os sentidos.

Como disse antes, boas escolas e universidades formam pessoas interessantes e cultas. Sair para bater um papo com os amigos, além de divertido, pode ser um evento muito enriquecedor. Sem falar na imensa quantidade de opções de museus, exposições, galerias, cinemas,teatros, livrarias e cafés. E que cabem em qualquer bolso.

1. Sentir-se Bem-Vindo

http://www.migraciones.gov.ar/accesible/indexD.php

Nada melhor para um expatriado que ser bem recebido no novo país. E na Argentina é assim: somos muito bem-vindos.

Fala a verdade, que país te recebe com a seguinte mensagem?

“A Argentina que queremos construir é inviável sem a contribuição do imigrante”

Todos adoram quando dizemos que somos brasileiros, não temos problema para conseguir residência permanente, nem emprego, nem alugar apartamento.

Não há discriminação na escola, nem na universidade, nem no trabalho, a não ser quando o assunto for futebol…. mas, aí, é porque, bem, sabe como é, Argentina e Brasil numa final fica difícil para ambos lados.

108 Comentários

  1. Adorei seu texto. A Argentina sempre foi um países da minha listinha de lugares para morar. Já havia cogitado a possibilidade em 2013, mas não deu certo. Atualmente estou morando e estudando nos EUA, porém, não dá para ficar aqui por muito tempo.
    Gostaria de saber se você tem conhecimento de como é a demanda para profissionais da área de TI. Quem sabe quando concluir o curso aqui, “pouso” por aí? Rsrs…
    Obrigada!

    • Que bom que gostou, fico feliz! E pode vir tranquila, a demanda é boa e a época melhor ainda porque como disse no post, de uns poucos anos para cá a Argentina está crescendo e as empresas e idústrias aparecendo. Oportunidade não vai faltar, te garanto. 😉

  2. Olá, me chamo Thiago, tenho 21 anos e sou louco pela Argentina!
    Atualmente estudo jornalismo e trabalho em farmácia, mas quero largar tudo e ir morar na Argentina!
    Conseguir serviço na Argentina é fácil para um brasileiro?

    • Oi Thiago, tudo bem?
      Aqui sempre tem oportunidades de trabalho. Se vai ser fácil ou não dependerá da sua formação e do seu castelhano. Quanto ao fato de você ser brasileiro não há problema algum! 😉

  3. Olá, Fabíola estou pensando muito em ir morar na argentina, tenho curso de mecanico de automoveis queria saber se a area ai é boa, me deixa um pouco preocupado pq vou com minha esposa e filho, e tbm pretendo estudar.

    Obg

    • Olá, tudo bem?
      Então, sobre esse mercado específico eu não saberia te dizer. Melhor você dar uma pesquisada no site de empregos zonajobs.com.ar.
      O que te recomendo é já saber algo de espanhol. Entender e se fazer entender faz toda a diferença na hora de conseguir um trabalho.
      Para estudar será fácil e tranquilo, existem muitas instituições de ensino gratuitas e de acesso a todos.
      Boa sorte!

  4. ola, sou Jof Romel, sou motorista queria trabalhar la com entregas será que daria para trabalhar deste jeito e o mercado é bom para isso? e da para se manter trabalhando la com este tipo de emprego?

    • oi, tudo bem sim, e com você?
      então para conseguir trabalho depende do que vocês estão pensando, mas não costuma ser muito difícil não
      tem muitos estudantes que trabalham em bares, cafés e restaurantes da cidade
      😉

  5. Oiii!
    Eu e minha namorada estamos pensando em morar em Buenos Aires. Sabe informar se tem uma demanda de emprego legal por aí na área de Administração e Psicologia? Grata! Adorei o post!

    • Oi, tudo bem?
      Então, antes de tudo, sugiro que vocês dois preparem todos os documentos para poder trabalhar aqui (traduzir, validar, etc.) e estejam com o espanhol em dia (se tiver certificado então, melhor).
      Na área de administração conheço um pouco mais e sei que há boas oportunidades sim, já na de psicologia não poderia te dizer. Apenas que este é um assunto muito forte por aqui. Todos os estabelecimentos educacionais contam com psicólogos e todos por aqui fazem terapia. Não imagino que será tão difícil.
      😉

    • Oi Vivian, tudo bem?
      Que bacana que voce gostou do post 😉
      Pedagogia é algo um pouco diferente por aqui.
      É que nao existe uma faculdade propriamente dita, na verdade todos os “professorados” já a incluem como base e conhecer alguém que só se dedica a pedagogia eu ainda nao conheci.
      Mas vamos conversando, se precisar de alguma ajuda posso te colocar em contato com alguns conhecidos.
      E desculpa pela falta de acentos, teclado em espanhol é difícil…
      Beijo!

    • Olá, tobigad por escrever.
      Infelizmente tenho pouco conhecimento nessa área. O costume por aqui (Buenos Aires) é andar muito ou transporte público, e carros sempre ficam para os que moram mais longe ou em outras cidades.
      Mas como se diz, sempre há emprego para quem trabalha bem! 😉
      Sucesso.

  6. Bom dia Fabíola! Parabéns pelo blog! Recebi uma proposta para ir trabalhar aí em Buenos Aires! Você recomenda algum site onde eu posso estar verificando o custo de vida? Sei que é muito relativo, mas quanto seria um salário onde eu possa estar me sustentando e a minha família (tenho dois quase adolescentes)? Nada de luxo, mas que eu possa dar uma qualidade de vida para eles legal.
    Obrigado e muito sucesso!!

    • Oi Alexandre, obrigada por escrever! E que bom que voce gostou do post 😉
      Infelizmente qualquer site ou artigo que eu te recomendar vai estar um pouco defasado porque – nao sei se sabe – aqui a inflacao ainda é um problema a ser resolvido. Entao os valores vao se reajustando a cada tres meses, mais ou menos. O que posso te garantir é o que mais pesa no bolso é aluguel e as contas de onde voce for morar, depois comida, depois transporte e por ultimo plano de saúde. O ensino é bom e gratuito, seus filhos poderao estudar em escola pulica sem problemas. Dependendo do seu trabalho, seu plano de saúde também será gratuito e talvez até o transporte. Quanto voce irá gastar por mes vai depender do seu trabalho (local, salário e benefícios) e de onde pretende morar. Se precisar de mais ajuda podemos continuar conversando.
      Até mais!

  7. Gostaria de saber a média salarial para emprego de início..( se tem salário minimo) trabalhobarra contábil, tenho que revalidar meu diploma? Sabe se é difícil… Pois tenho interesse em em tentar cursar medicina sabe me dizer como funciona esse processo de seleção para medicina, desculpa pelas várias perguntas… Mas fico grato por sua atenção.

    • oi Peter, tudo bem?
      Tem um salário inicial sim e tem mínimo também. Varia de acordo com cada sindicato. No seu caso, como contador, poderá ser por hora (entre $ 80 e $ 130) ou por mes (+- $ 25000). Valores em pesos argentinos. E sim, tem que revalidar diploma e ter o espanhol muito bom para conseguir trabalho.
      Trabalhar e estudar ao mesmo tempo nao recomedo, porque ambos vao demandar muito tempo e dedicacao. O processo em si de admissao na faculdade de medicina é bem simples, é burocrático (já tenho um post falando sobre como vir estudar aqui), mas possível.
      E, ao contrário do que muitos brasileiros pensam, os médicos na Argentina nao sao os maiores salários.
      Suesso pra vc!

  8. Olá, tudo bem? Adorei seu post.
    Eu sou recém formada aqui no BR. Já estive uma vez na Argentina (Buenos Aires), e me apaixonei. Mas diante da crise, nao estou trabalhando aqui.
    Você acha que para a área de comunicação (me formei em Publicidade e propaganda), é complicado por aí?
    Grata desde já.

  9. Oiiii… adorei seu post, parabéns.
    Sou nutricionista e gostaria de saber sobre oportunidades de emprego nessa área de atuação. Você saberia informar ou indica algum lugar que eu possa estar me informando?
    O custo e a qualidade de vida na Argentina compensam em relação ao Brasil??
    Desde já agradeço muito o esclarecimento e parabéns pelo Blog

    • Oi Jéssica, orbigada! 😉
      Entao, vamos por partes… primeiro, sobre area de nutricao, acredito que pode ser uma boa hora para conseguir trabalho por aqui porque está na moda “comer bem” (ou pelo menos aprender a como fazer isso). Muitas pessoas estao cada vez mais frequentando nutricionistas. Mas isso nao significa que será fácil, como em qualquer lugar, no comeco sempre temos que ralar um pouco (seja para conseguir todos os documentos, ou o idioma, ou ser aceita num emprego novo). Dá uma olhada aqui ó http://www.nutricionistaspba.org.ar/sitio2/index.php (em castellano).
      Sobre custo de vida, depende. Onde voce mora no Brasil? Onde voce pensa morar aqui na Argentina? Daí sim podemos fazer uma compracao mais precisa. Agora que Buenos é mais barata que SP e RJ, isso com certeza. 😉
      Sucesso!

  10. Oi Fabíola . TD bem? Estou pensando em morar aí com meu marido e 3 filhas p cursarmos medicina. Mas a minha única preocupação é com as crianças em relação a escola e se a cidade de Rosário é boa(violência) p morar com elas… Vc pode me ajudar? O custo das escolas particulares, são caras?beijos , adorei a postagem.

    • Oi, tudo bem?
      Obrigada por escrever 😉
      Primeiro, voce pensa em cursar medicina e voltar ao Brasil ou ficar por aqui? Pois saiba que por aqui conseguir trabalho de médico assim que “receber o título” é bem concorrido e o salário nao muito alto.
      Segundo, serao muitos anos de estudo e residencia e recomendo fortemente que venham preparado para arcar com todas as despesas, porque mesmo que Rosario nao seja uma cidade cara, na Argentina tem inflacao e os precos sobem muito e rapidamente (contas, plano de saude, supermercado, menalidade de escolas, etc.).
      Terceiro, eu particularmente gosto de Rosario. Acho uma cidade bonita e é mais tranquila que Buenos. Tem bairros residenciais charmosos e eu moraria lá sem problema. Quanto aos precos das escolas, eu nao saberia te dizer, mas as escolas publicas (e gratuitas) por aqui sao boas e muito gente as frequenta sem preconceito.

      Sorte! 😉

  11. Oi Fabiola, tudo bem?Moramos próximo de Porto Alegre, e estamos amadurecendo a ideia de ir morar na Argentina, por enquanto são somente planos, tenho um restaurante e meu marido é gerente de TI e está concluindo o curso de ciências contábeis, para o caso de futuramente concretizarmos nossos planos, você considera melhor morar na capital ou em cidades menores??Levando em consideração o caso de termos melhores chances e facilidade em abrir o próprio negócio.
    Adorei teus textos!
    Abraço!

    • Oi Cláudia, obrigada por escrever!
      Vou ser sincera contigo. Apesar de morar em Buenos Aires sempre trabalhei em outra cidade. É na grande Buenos Aires onde estão a maioria das grandes empresas e fábricas. Para trabalhar com TI talvez seu marido consiga algo aqui em Buenos mesmo, ou nos arredores. Não acredito que indo para longe as chances sejam maiores. Dá uma pesquisada no site zonajobs.com.ar
      Já para um restaurante eu diria que faça uma boa pesquisa antes. É porque Buenos já está mais do que sobrecarregada de cafes, pizzarias, bistros, etc. E a comida daqui é bem diferente da do Brasil. Nossa comida por aqui não faz muito sucesso. Tem que se adaptar ao paladar do argentino (nada de tempero na comida salgada e muito açúcar nos doces).
      E não se esqueçam de ter o espanhol bem afiado se querem vir para cá e revalidarem seus diplomas (timbre do MRE, tradutor juramentado, revalidar aqui na Argentina… no post de dicas para estudar na Argentina eu explico como fazer tudo isso).
      Sucesso!

  12. Oi Fabíola! Paraabéns pelo site!
    Como é a questão de plano de saúde para o brasileiro que chega de fora para morar mas não está vinculado a nenhuma empresa. Usa o sistema de saúde pública deles? Plano particular seria minha última opção.

  13. Olá, Fabíola! Não sei se você já tem post acerca do assunto, mas você sabe como é o trâmite para se mudar para Argentina com um animal doméstico? Beijão!!

  14. Olá sou Pedagoga, estamos pensando em ir para Argentina, e gostaria de Lecionar aí, pode me add, e me passar mais informações, queria saber se é necessário validar meu diploma e passar por todos os trâmites?

    • Oi Patrícia, tudo bem? Obrigada por escrever!
      Vou tentar responder todas as suas dúvidas, se não conseguir pode me escrever de novo, ok?
      1. Qualquer pessoa que venha para cá, independentemente da profissão, tem que passar por vários trâmites (residência, revalidação, etc). E acredito que isso vale para qualquer outro país também. Não tem como escapar. Se quiser saber mais sobre o assunto dê uma olhada aqui.
      2. Não entendo muito do assunto, mas me parece que o curso de pedagogia no Brasil não é o mesmo que aqui. Por aqui o curso se chama Licenciatura en Ciencias de la Educación e tem uma duração mínima de cinco anos. Se o seu curso não for equivalente, talvez você tenha que cursá-lo novamente. Para saber com certeza sugiro conversar com pessoal da Filo (Faculdade de Filosofia y Letras, UBA).
      3. Para dar aula por aqui você deve ter um diploma do curso de “Profesorado” que é bem específico. Por exemplo existem profesorados de matemática, psicologia, ciencias juridicas e assim por diante. Cada tema é abordado por um curso. E dura de qautro a cinco anos também.
      Aqui educação é levada muito a sério e trabalhar nesse ramo requer um excelente preparo profissional.
      Boa sorte! 😉

  15. Olá Fabíola, tudo bem? Sou assistente social com cress Ativo e cursando ultimo ano do curso de Direito.
    Você tem conhecimentos/contatos com ONGs /institutos do terceiro setor ? Meu objetivo é Morar na Argentina e atuar na minha área. Você ,por estar morando um bom tempo aí, poderia me dizer se para atuar na minha área de humanas, o mercado por aí é bem explorado ? E sobre a média de locações apartamento e escola ensino fundamental , são acessíveis ? Desde ja obrigada por colocar sua experiência . Beijos Valéria

  16. Oi. Valeu pelo post. Quero ir como aposentado. Tem boas cidades ao norte (mais quente!). Quais? Não gosto de grandes cidades, mas sim de cidades médias com boa infraestrutura. Apreciamos natureza, talvez ter um sítio … mas tenho receio da violência no Brasil.

    • Oi Rogerio, tudo bem?
      Primeiro o que temos que saber, cidades grandes no Brasil sao grandes de verdade e poucos países tem cidades com o mesmo tamanho… Buenos Aires é grande, mas nem um terco de Sao Paulo. Aqui as cidades sao pequenas no geral, com poucos habitantes e de tamanho razoável.
      Para ter um sítio eu recomendo a província de Córdoba, Santa Fe, Entreríos ou San Luís. Lindas, tranquilas e com clima agradável. Ao contrário do que muitos pensam na Argentina faz calor (frio mesmo só no inverno mesmo).
      Uma província do norte bacana é Salta. Pode ser uma bo ideia para voces.
      Sucesso!

  17. Oi amei seu post 😍 seguinte gostaria de saber como é área de construção civil na Argentina pois sou formada em engenharia civil! Abraço obrigada!

    • Oi Daniela, tudo bem?
      Bacana receber seu comentário. Então, engenheiros, no geral, tem emprego sempre. Mas vai se preparando, sem dominar bem o espanhol e sem ter seu diploma validado, fica bem difícil.
      Sorte! 😉

  18. Olá Fabiola. Tudo bem? Sou apaixonado pela Argentina e estou planejando morar nesse país quando me aposentar. Creio que uma renda de aproximadamente 8 a 10 mil posso ter qualidade de vida na Argentina dependendo da cidade em que eu escolher. Mas andei pesquisando e vi que há um aumento de violência. Realmente está violento se comparando com o Brasil? Vou definir muito pela segurança em cidades preferencialmente no interior…

    • Oi André, tudo bom?
      Obrigada por escrever! Primeiro, quando você diz uma renda de 8 a 10 mil são reais ou pesos argentinos? Por aqui só peso, ok?
      Sim, a violência está aumentando, mas nada para se preocupar. Às vezes é mais notícia na tv do que violência real mesmo. Ainda falta muito para chegar no nível do Brasil. E as cidades do interior então, nem muro nas casa tem.
      Boa sorte! 😉

      • Olá Fabiola

        Obrigado por responder. São 8 a 10 mil reais que na conversão para o peso dariam um valor que acho digno. A minha dúvida é justamente essa que você tirou sobre a violência vendida na mídia e a violência real. Estou pesquisando algumas cidades do interior e estou bem inclinado para Mendoza ou Puerto Madryn mas ainda pretendo visitar essas cidades e conhecer outras. Por enquanto só conheço pessoalmente Buenos Aires. Como sou da área policial priorizo um local com segurança e qualidade de vida. Se você puder me sugerir outras opções rs te agradeço…

        • Oi André, tudo bem?
          Então, com R$ 8000 a R$ 10000 dá para viver muito bem por aqui. É um excelente salário, pode ficar sossegado 😉
          Tem muitas cidades bacanas na Argentina. Eu particularmente gosto de Córodoba, de Rosario, de Pinamar, de Salta, San Luís, Mendoza é uma boa opção. Tem também Tandil, La Plata, Tigre… ai são tantas. Puerto Madryn é pequena e linda. Com certeza todas tem um charme e a tranquilidade que você está procurando.
          Boa sorte!

  19. Olá Fabíola! Parabéns, muito legal tudo que tem postado nesse blog. Eu sou motorista Uber aqui no Brasil e estou amadurecendo a ideia de ir para a Argentina, como anda a situação dos Ubers aí? E tbm queria saber sobre uma média de valor de um carro 2012 popular por aí em peso argentino? Muito obrigado.

    • Oi Felipe, tudo bem? Obrigada por escrever.
      Por aqui Uber não está legalizado e não funciona bem como no Brasil. O que sim funciona são as empresas de “Remis”.
      Valor de carros não saberia dizer porque não tenho um. Dá uma olhada nos classificados do jornal El Clarín.
      Sucesso!

  20. Olá Fabíola, parabéns pelo texto , muito bom mesmo.
    Então , estou quase me formando em técnico de enfermagem e estou cogitando a ideia de ir morar na Argentina daqui uns anos. Me aconselha ? Vou conseguir emprego como técnico em enfermagem? Sabe me dizer quanto ao salário aí ? Preço de aluguel aí é caro ?
    Desde já agradeço muito sua atenção!

    • Oi Osmar, tudo bem?
      Bacana receber seu comentário. Se eu te aconselho a vir para a Argentina, não sei o que dizer, não sei se sou muito boa para aconselhar 😉 o que posso te garantir é que você será muito bem-vindo! E quanto a conseguir emprego vai depender do seu CV, da revalidação do seu diploma e do seu espanhol. Brasileiros tem fama de “gente que trabalha duro e de bom humor” e isso com certeza é um ponto a favor. Infelizmente não saberia te dizer o salário de um enfermeiro. Já sobre aluguel dá uma olhada aqui ó https://www.brasileiraspelomundo.com/dicas-para-abrir-conta-bancaria-e-carteira-de-motorista-000981011
      Boa sorte!

  21. Boa noite Fabiola pretendo me mudar para Buenos Aires ano que vem já fiz de tudo um pouco,mais me identifico com a cozinha onde trabalho e montei buffet,pensão e trabalhei também em cozinha industrial,mas sou apaixonada por direito e estou indo para fazer o curso nessa faculdade que me deixou encantada quando visitei Buenos Aires,já tentei algumas vezes fazer o curso aqui,mas tive que trancar a matricula,mas para ganhar a vida penso em montar algo voltado para cozinha é difícil montar o próprio negocio?estive vendo uns imoveis e os preços são confuso nunca sei se esta em Pesos ou Dolar

    • Oi Cris, tudo bem?
      Bacana você querer vir para cá, será super bem-vinda! 😉
      Vamos lá, primeiro fazer faculdade na UBA. É bem puxado. Se puder vir só estudar, melhor, porque a fama daqui é “entrar todos entram, porque não tem vestibular, mas sair, já é outra história”. Mas se não der, venha preparada para aguentar uns meses para conhecer melhor o ambiente e daí se situar no que poderá trabalhar. Porque já adianto, cozinha aqui é complicada, não tem folga, só um dia por semana e não sobra muito tempo para estudar.
      Boa sorte!

  22. Ola fabiola, onde vc estudou confeitaria!? Estou a 1 mes aqui em BA, meu esposo foi tranferido e tenho 2 filhas de 4 e 2 anos. Acabei de comecar as aulas de espanhol 2 x por semana em casa, mas sinto q preciso fazer algo alem da aula de espanhol p vivenciar a lingua e que tb me de prazer! Pensei em algum curso de gastronomia! Sabe me indicar? Obrigada

  23. Ola Fabiola, eu e meu marido estamos focados para ir morar em outro país, estou fazendo uma boa pesquisa na Argentina(Buenos Aires) porém queremos abrir nosso próprio negocio de alimentação, já ouvi algumas pessoas falando que na parte de carne as coisas não são tão boas assim, apesar de que a melhor carne é a da Argentina, porém, em sua maior parte é exportada, e a que fica é a de segunda , ate se acha a de primeira com o custo é bem elevado, isso procede? Outra duvida é questão de moradia, queremos morar em uma casa com um bom patio, pois temos 4 cachorros, quais são os melhores bairros arborizados para se morar? um ótimo final de tarde , mil bjs

    • Oi Luciana, tudo bem? Obrigada por escrever!
      Então sobre carne, não posso te ajudar. Eu não como e não compro. Não tenho noção de preços. Desculpa.
      Já sobre casa… então viver em Buenos Aires capital em casa é difícil. Até dá, mas em bairros já bem mais afastados onde não tem comércio. Pode ver que a grande mairoria das pessoas vive em apartamentos. As poucas casas que existem são caríssimas. E os barrios em geral são arborizados, com parques onde as pessoas vão passear com seus cachorros porque vivem em apartamentos.
      Sorte!

  24. Olá Fabiola, bom dia!

    Adorei seu post.
    Moro em Fortaleza e curso arquitetura, estou querendo me mudar para Argentina/Buenos Aires com alguns amigos e transferir meu curso(FADU/UBA). Estou pensando em levar uns R$ 12.000 para os primeiros meses, até conseguir algum emprego para me manter. Você acha que eu conseguiria me manter por pelo menos 6 meses com essa quantia em reais? Você acha que eu teria dificuldade como estudante em conseguir algum emprego na área da arquitetura/urbanismo ou em qualquer outra área? Aguardo seu retorno!! Desde já grato pela atenção. Beijos!!!

    • Oi Mattheus, tudo bem?
      Obrigada por escrever!
      Nossa que saudade de Fortaleza, já morei aí e sinceramente, não viria para cá não… rsrs… bom demais rapaz ter o mar, a comida.
      Mas vamos lá. Primeiro, se prepare para o frio. Segundo, transferir faculdade não sei como funciona, não saberia te ajudar nessa. Terceiro, a Argentina também está em crise e não está sobrando trabalho, infelizmente. Em arquitetura não saberia te dizer pois não tenho contato.
      Eu viria preparada para pelo menos um ano. E R$ 12000 para um estudante recém chegado pode ser pouco, pois os alugueis por temporadas são caríssimos e os comuns pedem fiador da cidade. Se quiser podemos seguir conversando e eu vou te ajudando no que precisar.
      Beijo 😉

      • Poxa Fabiola, o retorno me angustiou um pouco haha 🙁

        Então você acha que eu não deveria ir? O que mais me instiga é a universidade pública e de qualidade. Aqui no BR tudo é tão caro. Acho que a cidade, a cultura, seriam interessantes para minha formação como profissional.. Mas agora fiquei na dúvida. Você fala tão bem da Argentina, mas não me recomenda. Estou confuso 🙁 Help me.

        • Desculpa se te desanimei Mattheus, não é que eu não recomendo vir para cá, é que eu acho que agora (de um mês para cá) que o dólar disparou a Argentina está entrando num território já conhecido de muita instabilidade. E que pode levar a uma crise. Ainda não sabemos o que acontecerá nos próximos meses e por enquanto estamos aguardando. Os preços já subiram e vir com pouco $ pode ser complicado, porque você pode conseguir emprego logo no começo ou não. Buenos ainda é mais barata que SP e RJ, mas mais cara que Fortaleza.
          Agora, claro que vir passar um tempo aqui será ótimo para sua formação. Como você mesmo disse, outra cultura faz a gente ampliar o horizonte e crescer um montão. E uma cidade com uma arquitetura tão cuidada como esta (coisa rara de se encontrar no Brasil, infelizmente) é de encher o coração de qualquer um de amor. Sobre a transferência você teria que falar com a própria universidade. Não deve ser algo complicado. Infelizmente não recomendo assessorias. A maioria das que conheci enganam muito as pessoas.
          E tem um post meu também sobre o que eu não gosto daqui, afinal nenhum lugar no mundo é perfeito 😉
          https://www.brasileiraspelomundo.com/o-que-eu-nao-gosto-na-argentina-200982383
          Sorte!

  25. Olá Fabiola, tudo bem?
    Eu e minha família, estamos pensando em nos mudar para a argentina,
    porém não na capital, talvez interior, pois temos 3 filhos e 3 cachorrinhos, temos um empresa de camisetas personalizadas e uniformes em geral, quero saber se você me recomendaria uma cidade que atenderia as minhas necessidades, em questão de mercado e moradia.
    Se seria viável.
    Obrigada.

    • Oi Fernanda, tudo bem?
      Obrigada por escrever.
      Precisaria de mais informação para poder te ajduar melhor. Não sei o que vocês precisam e quanto frio aguentam. Sobre camisetas personalizadas por aqui há também, já uniformes é um pouco diferente de como funciona no Brasil 😉
      Sorte!

  26. Olá, Fabíola!
    Quero muito passar pelo menos uns meses fora do Brasil e desde criança gosto muito da Argentina. Agora que estou desempregada queria dar início a uma jornada de autoconhecimento e desafio (pois minha zona de conforto é grande e estou enraizada). Tu saberia me dizer se tem free lance aí? Não preciso de muito, só quero o mínimo pra viver

    • Oi Evelin, tudo bem?
      Obrigada por escrever!
      Venha passar uns meses aqui… você vai adorar, vai crescer bastante também. Sobre ser free lance, seria do que? Porque eu sei que tem gente que trabalha assim, mas qual seria a sua área?
      Sorte!

  27. Oii Fabíola tudo bem? Eu e minha namorada amamos a Argentina e estamos pensando ir pra ficar (somos gaúchos), tenho um espanhol fluente, sou formando como cabeleireiro a 4 anos e tenho experiência como vendedor, ela também tem experiência como vendedora e está se formando em Análisis clínicas, sabe nos ajudar em questão de moradia e emprego?! Muchas Gracias!

  28. Olá, Fabíola.
    Parabéns pelo post e pela disposição em responder todas as indagações. Aproveito para deixar a minha 😁.
    Tenho cogitado fortemente passar um tempo fora do Brasil. Não falo nenhum outro idioma, sou professora de português e bastante disposta a mudanças, até mesmo profissional.
    Quais conselhos, dicas, você me daria a respeito de Buenos Aires. Há possibilidade de trabalhar na minha área por aí?
    Obrigada pela atenção.

  29. Fabiola, boa tarde,

    Trabalho na área de projeto arquitectónicos e saneamento básico de infra estrutura urbana no Brasil e ultimamente estou pensando muito em arrumar um emprego na Argentina ou Portugal, saberia me dizer com esta ai esta área.

  30. Olá Fabíola,

    Acredito que minha pergunta não seja fácil uma vez que uma série de variáveis estão presentes.

    Recebi convite para trabalhar na Argentina mas não sei qual valor devo negociar.

    No caso levarei esposa e filho de 10 anos.

    Seria para trabalhar em Buenos Aires mesmo. Qual o valor médio para uma família viver tranquilamente ou mesmo confortavelmente por aí ?

    • Olá Marcelo, tudo bem?
      Obrigada por escrever!
      Como você bem disse, existem muitas variáveis e tudo depende… primeiro se a empresa também te pagará uma casa ou não, se você terá plano de saúde no trabalho ou não e se seu filho for para uma escola gratuita ou não. Converse primeiro com a empresa que te fez a porposta e pergunte por “obra social” (plano de saúde) e também “moradía”. Eles também te ajduarão com a mudança e com os documentos? Porque isso também envolve um custo.
      Boa sorte! 😉

    • Oi Junior, tudo bem?
      Obrigada por escrever!
      Por aqui se chama “higiene y seguridad”, seria algo como segurança do trabalho e meio ambiente.
      Existe trabalho na área sim porque as empresas estão começando a dar importância para esse departamento.
      Sorte! 😉

  31. Ola Julia. Primeiro parabens pelo texto e por toda essa paciencia em responder a todas as duvidas dos leitores.

    No meu caso eu trabalho remoto ou seja trabalho para uma empresa brasileira e sendo assim, eu soh preciso de acesso a internet . Portanto posso trabalhar de onde eu puder. Argentina eh uma opcao para mim.

    Qual seria o melhor lugar para se morar e se a internet eh bem desnvolvida ai, quais melhores empresas e custo.

    Obrigado desde ja e desculpa se por acaso estou repetindo a mesma pergunta.

    • Oi Sérgio, tudo bem?
      Obrigada por escrever! Não sei se entendo bem sua dúvida… melhor lugar para morar, seria cidade ou bairro? Você quer estar perto de algo em particular ou precisa de alguma coisa… às vezes cada um tem uma necessidade que o outro não tem. Eu por exemplo gosto de estar perto do metrô.
      Já sobre internet, não se preocupe porque funciona bem e imagino que melhores empresas seriam as de internet (?). Se for esse o caso, existem várias e depende do que você quer contratar (com plano para celular também, ou com telefone fixo, tv a cabo, etc.). Só para dizer algumas: telecentro, cablevision, arnet, movistar, claro, speedy.
      Ah, e não sei porque você me chamou de Julia… kkk… sou Fabiola 😉
      Sorte!

  32. Opa, tudo bem?, obrigado por ter postado esse port hehe, a minha pergunta é a seguinte:
    você acha que depois de quanto tempo de curso de espanhol já é possível entrar entrar uma faculdade?tipo,vejo o pessoal muito empolgado para ir estudar e trabalhar aí na Argentina, porém ainda não manjam muito do castelhano kk, e estudar uma matéria de ensino superior já é dificil, imagina em outro idioma em que estaremos nos adaptando… você acha que seria o ideal morar uns 6 meses primeiro e depois se ingressar em uma faculdade?

    • Oi Alexandre, tudo bem?
      Que bom que gostou do post 😉
      Então, eu concordo com você, às vezes a empolgação atrapalha um pouco. Achar que vir aqui e em pouco tempo tudo estará resolvido é ilusório. Para conseguir se formar ou um bom emprego a pessoa deve saber bem o castelhano. E isso acredito que em dois meses se resolve, mas estudando todos os dias, claro. No dia-a-dia aprendemos apenas algumas expressões e vocabulário, mas falar corretamente, e se faz entender é preciso conhecer a gramática também.
      Sorte!

  33. Gostei muito do post, Fabiola. Mais ainda por você responder a todas as perguntas.
    Então, tenho 25 anos e publicitário recém-formado. Minha namorada também é publicitária e estamos querendo ir passar uma temporada na Argentina.. uma temporada boa, 1 ano ou mais. Na verdade, queríamos morar, mas mais ainda experienciar. Você acha que esse é um mercado movimentado aí? Não só a publicidade, mas tudo que ela engloba como design, redação, redes sociais, marketing, fotografia…

    É que com a crescente situação daí, fico um pouco receoso. Agora com a entrada no FMI, ainda mais. Vi que o peso tá cerca de 13 centavos hoje. Ou seja, pra turistar, está ótimo. Mas ainda vale a pena morar aí? Ou recomenda melhor esperar um tempo?

    Muuuito obrigado!

    • Oi Marllon, fico feliz que gostou do post 😉
      Então… essas últimas semanas não tem sido fáceis. A Argentina estava bem, não maravilhosamente bem, mas tranquila. E agora parece que as coisas estão começando a desandar. Não sei se este seria o momento adequado para mudar para cá. Vir passar um tempo para ver como é acho bacana, mas eu ficaria uns meses para depois tomar uma decisão definitiva. Porque com o peso desvalorizando tanto nossos salários não valem nada na hora de pagar as contas ou de viajar (comprar uma passagem para o Brasil, por exemplo). Já quanto ao mercado de publicidade, conheço algumas pessoas que trabalham com marketing digital e estão bem. Acho que revaliudando o título e tendo o espanhol bem afiado não será problema conseguir trabalho.
      Boa sorte!

  34. Olá, sou do Rio grande do sul e estou me formando em farmácia no ano que vem. Já pesquisei e vi que meu curriculo pode ser aprovado pela Universidade federal de Buenos Aires. Gostaria de saber se o mercado de trabalho ai tem a grande demanda que possui aqui no Brasil e um salário melhor (aqui o piso está em 3.400 reais).

    att,

    • Oi Lucas, tudo bem?
      Obrigada por escrever! Então sobre ramo farmacêutico, você diz farmácias ou fábricas? Eu tive experiência de trabalho em fábrica e te digo que o campo está começando, não é como no Brasil. Ainda tem bastante para crescer e isso pode representar boas oportunidades. Já quanto a salário são bons, mas se voc~e já tiver experiência (como era meu caso). Para um iniciante é o mesmo que no Brasil. E se quiser vir para cá, já sabe, revaldiar título e espanhol na ponta da língua.
      Sorte! 😉

  35. Olá Fabiola.
    Tudo bem?
    Meu nome é Maycon Sander, sou do Rio Grande do Sul, mas moro no estado do AMAPÁ, estou formando em Engenharia Civil, mas já tenho alguns anos como técnico em Edificações formado, e gostaria de saber como está na área da construção civil, pois tenho interesse em morar na argentina, e gostaria de saber se o mercado está aquecido neste setor.
    Desde já agradeço.

    • Oi Maycon, tudo bem?
      Obrigada por escrever!
      Não sei se tem acompanhado a situação da Argentina, mas de um mês para cá, quando o peso desvalorizou muito e muito rápido (tendo até o FMI no meio), o país entrou num modo “stand by”. Por esses dias estamos todos esperando que a situação se tranquilize e estabilize um pouco. É um período complicado para te dizer se o mercado está aquecido neste setor.
      Sorte!

      • Muito obrigado, estou em situação de estudo ainda, para daqui à aproximadamente um ano e meio, e estou fazendo comparações e levantamentos quanto a custos e despesas, ainda vamos em viagem para reconhecimento, e estudo dos locais.
        Qualquer novidade estarei no aguardo.
        Obrigado.

        • Ihhh, para daqui a um ano e meio muita coisa pode acontecer. Até lá haverá nova eleição e provavelmnte já estaremos bem melhor.
          Sorte 😉

  36. Ola!amei seu texto!! Me esclarecer muuuuito.Penso en ir morar na Argentina … Em Buenos Aires ou Rosario.
    Você podería me dizer como é o mercado de trabalho na área de Enfermagem?

  37. Olá meu nome é Camila atualmente estou cursando odontologia estou no 2 período mais meu maior desejo era fazer Medicina
    ouvi falar que as faculdades de medicina não tem vestibular e não é paga como funciona isso?
    E também gostaria de saber se alguém mais tem interesse em ir para Argentina cursa Medicina ☺ ou está cursando como e foi tudo mais. Agradeço aguardo respostas.

    • Oi Camila, tudo bem?
      Obrigada por escrever! 😉

      Antes de tudo, muita calma nessa hora…

      Existe sim a fama de que se pode cursar medicina na Argentina sem vestibular e de graça. Mas não é bem assim.

      Primeiro, não existir exame de ingresso (vestibular) em algumas universidades (não todas) não significa que você não terá que se preparar para o curso. Me explico, na Universidade de Córdoba existe vestibular sim, já na de Buenos Aires não, mas em compensação tem um ano de estudos (que eles chamam de CBC) onde o aluno vai sendo preparado para entrar no curso. Se não for aprovado, não entra.

      E nem toda universidade é gratuita. Muitas delas não são. Por isso te recomendo fortemente que antes de chutar o balde pesquise e leia muito sobre o assunto (sempre de fontes confiáveis como Ministério de Educação e sites das próprias universidades) para decidir o que fazer.

      CUIDADO que tem muita “assessoria” enganando pessoas e as trazendo para cá com promessas muito milagrosas. Desconfie, pergunte, informe-se.
      Neste post aqui falo um pouco sobre estudar na Argentina, espero que ajude:
      https://www.brasileiraspelomundo.com/dicas-para-estudar-na-argentina-190877409

  38. Olá!

    Sou formado em medicina aqui no Brasil, gostaria de saber como faço para validar me diploma ai na Argentina. É muito dificil ? Estou terminando a residência em medicina de família e comunidade e gostaria de trabalhar ai na Argentina.

  39. Olá Fabiola! Gostei muito do seu texto. Sempre vou a Buenos Aires a passeio, pequenas ferias, tive em julho acompanhada de Mae e Irma, ocorre que queremos voltar em outubro, mas com meu pai idoso, é muito complicado contratar um cuidador em Buenos Aires? para nos auxilar durante o dia, como ajudar vestir roupa, banho e fazer companhia, pensamos em 10 dias. grande abraço

    • oi Silvia, tudo bem?
      Não é difícil conseguir ajuda. Tem um site https://zolvers.com/ que é para contratar qualquer tipo de profissional (empregada, encanador, eletricista, etc.) e pelo tempo que você precisa. A reserva é paga diretamente no site e o restante do valor direto com a pessoa contratada. Se você tiver problemas com ela, é só avisar e o site troca e te manda outra.
      Boa sorte! 😉

  40. Ola boa noite, seu post é perfeito, gostaria de saber mais como são oportunidades para trabalhar com turismo na Argentina?

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.